Lista de clubes que disputaram a Copa Libertadores da América e a segunda divisão nacional no mesmo ano

Equipe do Palmeiras (uniforme verde) é uma dos sete clubes a disputarem a Libertadores da América e a segunda divisão nacional no mesmo ano

Esta é a lista de clubes que disputaram a Copa Libertadores da América e a segunda divisão nacional no mesmo ano. A Libertadores é a principal competição de futebol entre clubes profissionais da América do Sul, organizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) desde 1960.[1] Até a presente edição, apenas sete clubes fazem parte deste rol, sendo quatro do Brasil, um da Bolívia, um do Chile e um da Argentina.[2]

Após conquistar o título da copa nacional respectiva, a participação na Libertadores é possível por três formas: sendo rebaixado na primeira divisão (casos de Palmeiras, Santiago Wanderers e Tigre);[3] já estando na segunda divisão, não conseguindo acesso, nem sofrendo descenso (casos de Criciúma, Santo André e Paulista); estando no terceiro nível, tendo alcançado ascensão. A situação também pode se configurar em conta do sistema de promédio de alguns nacionais, caso do Jorge Wilstermann, que em 2010 foi campeão e rebaixado ao mesmo tempo, pois o regulamento do Campeonato Boliviano usa a média das três últimas edições. Outras hipóteses seriam títulos da Libertadores ou Sul-Americana e descenso na divisão principal, ou título desta primeira e permanência na B (haveriam dois anos seguidos de paralelo entre as duas competições).

Além destas sete equipes, outras duas equipes brasileiras poderiam estar presentes na lista, entretanto, os regulamentos dos campeonatos nacionais das respectivas edições foram alterados. O Guarani garantiu vaga na Libertadores de 1987 após ser vice-campeão brasileiro em 1986. Porém, com a reformulação do Campeonato Brasileiro para o ano seguinte, conhecido como Copa União, a equipe paulista disputou o Módulo Amarelo, considerado pela grande mídia da época como uma espécie de "segunda divisão". Entretanto, o seu módulo era primeira divisão para a Confederação Brasileira de Futebol, assim sendo, oficialmente disputando a principal competição nacional naquela temporada.[4][5][6] O outro caso é o do Juventude, que em 1999 foi campeão da Copa do Brasil, garantindo vaga no torneio continental do ano seguinte, e foi rebaixado no Campeonato Brasileiro. Todavia, com a criação da Copa João Havelange, o clube gaúcho disputou a primeira divisão nacional no ano 2000.[7]

Em 21 de maio de 2019, a CONMEBOL determinou que a partir da próxima edição apenas clubes que estivessem "disputando o torneio nacional de sua Associação Membro na divisão principal" iriam poder disputar a Libertadores e a Copa Sul-Americana.[8] Caso a confederação permanecesse irredutível, a primeira equipe afetada seria o Tigre, campeão da Copa da Superliga Argentina de 2019,[9] mas rebaixado na Superliga Argentina de 2018–19, por conta da média dos últimos três anos. No dia seguinte, porém, a CONMEBOL voltou atrás na sua decisão.[10]


ListaEditar

# Ano Clube Método de acesso
a Libertadores
Desempenho
Copa Libertadores da América Segunda Divisão Nacional
1 1992   Criciúma Campeão da Copa do Brasil de 1991[11] Eliminado nas quartas-de-final[12] Terceira posição, garantindo acesso à primeira divisão nacional[13]
2 2005   Santo André Campeão da Copa do Brasil de 2004[14] Eliminado na primeira fase[15] Sexta posição, não garantindo acesso à primeira divisão nacional[16]
3 2006   Paulista Campeão da Copa do Brasil de 2005[17] Eliminado na primeira fase[18] Quinta posição, não garantindo acesso à primeira divisão nacional[19]
4 2011   Jorge Wilstermann Campeão do Campeonato Boliviano de 2010[20] Eliminado na primeira fase[21] Terceira colocação; garantiu acesso à primeira divisão nacional depois de vencer os playoffs[22]
5 2013   Palmeiras Campeão da Copa do Brasil de 2012[23] Eliminado nas oitavas-de-final[24] Campeão, garantindo acesso à primeira divisão nacional[25]
6 2018   Santiago Wanderers Campeão da Copa Chile de 2017[26] Eliminado na terceira fase preliminar[27] Quinta posição; perdeu nas semifinais da Liga de Promoção[28]
7 2020   Tigre Campeão da Copa da Superliga de 2019[29] a disputar a disputar

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Quem são os Libertadores da América?». Mundo Estranho. 7 de julho de 2017. Consultado em 27 de outubro de 2017 
  2. «Palmeiras é o sexto time a disputar Libertadores e Série B no mesmo ano». Fox Sports. Consultado em 2 de abril de 2020 
  3. «Os times que jogaram Libertadores e 2ª divisão no mesmo ano». Revista Veja. Consultado em 2 de abril de 2020 
  4. Revista Placar (21 de setembro de 1987). «Os Caprichos do Regulamento». Consultado em 28 de abril de 2019 
  5. «O regulamento do Brasileirão de 1987». Diario de Pernambuco. 7 de novembro de 2017. Consultado em 28 de abril de 2019 
  6. Cassio Zirpoli (15 de março de 2016). «Todos os campeões da Taça das Bolinhas». Diario de Pernambuco. Consultado em 28 de abril de 2019 
  7. «Times que disputaram a Série B e Libertadores no mesmo ano; relembre». Terra. Consultado em 2 de abril de 2020 
  8. «Conmebol diz que só clubes da Série A podem jogar Libertadores e Sul-Americana; CBF contesta». Globoesporte. Consultado em 2 de abril de 2020 
  9. «Tigre conquista a Copa da Superliga Argentina e mesmo rebaixado vai jogar a Libertadores». Globo Esporte. Consultado em 2 de abril de 2020 
  10. «Conmebol volta atrás e libera times de divisões inferiores na Libertadores e Sul-Americana». Globo Esporte. Consultado em 2 de abril de 2020 
  11. «Criciúma, o campeão da Copa do Brasil de 1991». CBF. Consultado em 2 de abril de 2020 
  12. «Há 25 anos, o Criciúma era Santa Catarina na Libertadores». TN Sul. Consultado em 2 de abril de 2020 
  13. «Série B - 1992». Bola na Área. Consultado em 2 de abril de 2020 
  14. «Santo André, o campeão da Copa do Brasil de 2004». CBF. Consultado em 2 de abril de 2020 
  15. «Santo André goleia mas não fica com a vaga». UOL. Consultado em 2 de abril de 2020 
  16. «Santo André vence Grêmio, mas está fora da 'B'». UOL. Consultado em 2 de abril de 2020 
  17. «Paulista, campeão da Copa do Brasil de 2005». CBF. Consultado em 2 de abril de 2020 
  18. «Paulista só empata e dá adeus à Libertadores». UOL. Consultado em 2 de abril de 2020 
  19. «Paulista derrota o Brasiliense, mas continua na Série B». UOL. Consultado em 2 de abril de 2020 
  20. «Rival do Inter na Libertadores, Jorge Wilstermann é rebaixado na Bolívia». ESPN. Consultado em 2 de abril de 2020 
  21. «Resultados e classificação do grupo 6 da Libertadores». UOL. Consultado em 2 de abril de 2020 
  22. «Wilstermann logra el milagro y vuelve a la Liga; Guabirá desciende». Opinion. Consultado em 2 de abril de 2020 
  23. «Palmeiras, campeão da Copa do Brasil 2012». CBF. Consultado em 2 de abril de 2020 
  24. «Com falha de Bruno, Palmeiras é eliminado da Copa Libertadores». Estadão. Consultado em 2 de abril de 2020 
  25. «Palmeiras se torna o quinto bicampeão da Série B». Folha. Consultado em 2 de abril de 2020 
  26. «Santiago Wanderers surepeende e conquista Copa Chile de 2017». Futebol Latino. Consultado em 2 de abril de 2020 
  27. «Santa Fe x Santiago Wanderers». Globo Esporte. Consultado em 2 de abril de 2020 
  28. «Locura en el puerto: Santiago Wanderers queda a cuatro finales de volver a primera». T13. Consultado em 2 de abril de 2020 
  29. «Tigre conquista a Copa da Superliga da Argentina e mesmo rebaixado vai jogar a Libertadores». Globo Esporte. Consultado em 2 de abril de 2020