Abrir menu principal

Wikipédia β

Luís Carlos Quintanilha

Luís Carlos Quintanilha (Rio de Janeiro, 17 de março de 1965), mais conhecido por Luisinho, é um ex-futebolista brasileiro que atuava como volante[1]. Ficou nacionalmente conhecido por suas passagens por Botafogo e Vasco da Gama, atualmente é Auxiliar-técnico do Bahia.

Luisinho Quintanilha
Informações pessoais
Nome completo Luís Carlos Quintanilha
Data de nasc. 17 de março de 1965 (52 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Altura 1,70 m
Apelido Luisinho
Informações profissionais
Equipa atual Brasil Bahia
Posição Ex-volante
Função Auxiliar-Técnico
Clubes de juventude
Rio de Janeiro Botafogo
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
19821990
19911993
19931994
1994
1994
19952000
Brasil Botafogo
Brasil Vasco da Gama
Espanha Celta
Brasil Vasco da Gama
Brasil Corinthians
Brasil Vasco da Gama
188 (57)
58 (8)
30 (10)
6 (0)
18 (0)
116 (20)
Seleção nacional
19921993 Brasil Brasil 8 (1)
Times/Equipas que treinou
2012
2014
2016
2017
Brasil Rio Branco-SP
Brasil Santa Cruz-RJ
Brasil São Cristóvão
Brasil Bahia (auxiliar-técnico)

Índice

CarreiraEditar

Luisinho começou nas categorias de base do Botafogo e em 1982 foi promovido à equipe principal do clube. Ele esteve presente na conquista do Campeonato Carioca de 1989, que terminou com o jejum de títulos do alvinegro carioca. Ele conquistou também o título carioca no ano seguinte. Foi no Botafogo que ele marcou os seus sete gols.

Luisinho jogou pelo "Fogão" até o fim de 1990, quando acertou a sua transferência para outro clube carioca, o Vasco da Gama.

Após dois anos no Vasco, o volante voltou a conquistar outro título estadual. Ele repetiu o feito nos dois anos seguintes, atingindo a marca de cinco títulos estaduais.

Entre junho de 1993 e Janeiro de 1994, Luisinho esteve ao serviço do Celta de Vigo. O jogador ficou pouco tempo na equipe espanhola e regressou ao Brasil, novamente para o Vasco da Gama, onde ficou por três meses.

Em junho de 1994, transferiu-se para o Corinthians, num contrato de seis meses. Pelo clube paulista, Luisinho teve a oportunidade de disputar a sua primeira final do Campeonato Brasileiro, mas com a derrota do Corinthians para o Palmeiras, não pode comemorar o título, que seria inédito na sua carreira.

No ano seguinte, regressou pela segunda vez ao Vasco da Gama. Em 1997, voltou a disputar uma final do Campeonato Brasileiro, mais uma vez contra o Palmeiras, porém o resultado foi diferente e Luisinho conquistou o seu primeiro título nacional. Este feito repetiu-se em 2000, quando conquistou outro Campeonato Brasileiro, também pelo Vasco.

O jogador continuou no clube carioca até o fim da sua carreira e, mesmo sendo perseguido por lesões (a mais grave foi no tornozelo, que lhe rendeu até uma cirurgia) acumulou mais títulos, incluindo dois títulos internacionais, a Taça Libertadores da América, no ano do centenário do clube, e a Copa Mercosul de 2000. Depois da conquista da Mercosul, Luisinho encerrou a carreira, aos 35 anos. Foram 228 partidas e sete gols, todos marcados com a camisa do Botafogo.

Após encerrar a carreira, como jogador. Luisinho se tornou empresário de jogadores. nos anos 2000. logo depois, mudou-se prara o cargo de treinador, onde fez estágios e esteve como auxiliar-técnico. iniciando sua carreira de treinador à frente do Rio Branco de Americana. onde logo de cara, conquistou a Série A3 do Paulista.

Seleção BrasileiraEditar

Pela Seleção Brasileira, Luisinho disputou oito jogos e marcou um gol, num jogo válido pela U.S. Cup contra a Seleção Alemã. Ele também esteve presente na participação brasileira na Copa América de 1993. foi sempre cotado para atuar na Copa de 1994. Mas ele não chegou a ser lembrado por Carlos Alberto Parreira na convocação dos 22 jogadores que iriam aos EUA. segundo o própio Luisinho, a transferência para o Celta de Vigo foi o principal motivo para sua não-convocação.

TítulosEditar

Referências

Ligações externasEditar