Meu Amigo Bussunda

(Redirecionado de Meu amigo Bussunda)

Meu Amigo Bussunda é uma minissérie documental dirigida por Cláudio Manoel, Micael Langer e Júlia Besserman, lançada em 16 de junho de 2021 na plataforma de streaming Globoplay.[1] A série é uma homenagem promovida pelo amigo e colega de Casseta & Planeta, Cláudio Manoel para o humorista carioca Bussunda.[2]

Meu Amigo Bussunda
Meu Amigo Bussunda
Informação geral
Formato
Gênero documentário
Duração 45 minutos (em média)
Estado finalizado
Criador(es) Cláudio Manoel
País de origem  Brasil
Idioma original língua portuguesa
Temporadas 1
Episódios 4
Produção
Diretor(es) Cláudio Manoel

Micael Langer

Júlia Besserman

Produtor(es) Manfredo Garmatter Barretto

Rodrigo Letier

Produtor(es) executivo(s) Roberta Oliveira

Anna Julia Werneck

Câmera Bacco Andrade
Música por Murilo Chebabi
Empresa(s) produtora(s) Emoções Baratas

Kromaki

Distribuição Globoplay
Transmissão original 16 de junho de 2021
Cronologia
Programas relacionados Casseta & Planeta, Urgente!

Enredo editar

A série retrata por meio de entrevistas e imagens de arquivo, a memória do humorista Bussunda, morto no ano de 2006, em meio a Copa do Mundo FIFA de 2006.[3][4] Mostra-se o início da vida de Bussunda, nascido no Rio de Janeiro, em uma família de imigrantes de classe-média e militantes comunistas até sua entrada na Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro, sua militância pelo Partido Comunista Brasileiro (PCB) e o ingresso no grupo Casseta & Planeta e a ascensão dos humoristas no grupo Globo.[5]

Na elaboração do documentário, a direção conta com o ator Cláudio Manoel e o cineasta Micael Langer.[3] Ainda na direção, marca-se a estreia de Júlia Besserman, filha de Bussunda na coordenação das filmagens.[6]

Episódios editar

Episódios de Meu Amigo Bussunda
Título Enrendo Ref.
1 Fama De Famoso [1962-1989] O primeiro episódio remonta os primeiros anos da vida de Bussunda, a criação em acampamentos da comunidade judaica carioca - onde conheceu amigos como a atriz Débora Bloch e a coreógrafa Deborah Colker - além dos anos na escola, sua imersão na militância pelo comunismo e os primeiros contatos com o álcool e drogas. [7]
2 Ih, Ó O Cara Aí [1989-1998] Dando sequência a vida de Bussunda, no segundo episódio a entrada de Bussunda na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o processo de formação com os alunos do curso de Engenharia de produção da universidade que formaram o grupo Casseta & Planeta. Mostra-se também o início da relação com sua esposa, Angélica Nascimento. [8][9]
3 Fala Sério [1998-2006] No terceiro episódio da série, mostra-se a consolidação do grupo Casseta & Planeta no grupo Globo e na programação da televisão brasileira e o impacto que o grupo causou na sociedade brasileira, na música, no cinema, nas livrarias. Contempla-se ainda imitações notórias do humorista como a do presidente Lula (PT), Ronaldo e Diego Maradona. A morte de Bussunda ainda é registrada pelos membros, amigos e profissionais da emissora que estiveram presentes no infarto do humorista na Alemanha. [10]
4 Meu pai Bussunda O quarto e último episódio da série exibe Júlia Vianna, filha de Bussunda trazendo as lembranças do pai conversando com sua mãe, amigos e parentes - além de humoristas - para saber mais sobre Bussunda e seu legado para cultura cômica brasileira. [11]

Elenco editar

Participam das entrevistas diversos membros do grupo humorístico Casseta & Planeta, Beto Silva, Hélio de la Peña, Marcelo Madureira, Cláudio Manoel, Hubert Aranha e Maria Paula.[12] São entrevistados ainda familiares de Bussunda, como seus irmãos Sérgio Besserman Vianna e Marcos Besserman Vianna, além da esposa, Angélica Nascimento.[13]

Para além do grupo e de sua família diversas personalidades são entrevistadas pela minissérie como Patrícia Kogut, Mauricio Stycer, Danilo Gentili, Fábio Porchat, Zico, Vera Fischer, Marisa Orth, Léo Gandelman, Giovanna Gold e Noêmia Oliveira.[14][15][16][17]

Estreia editar

A série estreou no dia 16 de julho de 2021 pelo serviço de streaming Globoplay.[18][19]

Recepção editar

Crítica editar

O jornalista Eduardo Pereira, escreveu para o site Omelete, que a série conseguiu "capturar qualquer trajetória de vida em um registro audiovisual, que faça sentido e ainda consiga sintetizar a complexidade dela em poucas horas." [20] Pereira deu nota quatro de cinco em sua crítica, classificando o projeto como ótimo.[20] Participante das entrevistas da minissérie, a jornalista Patrícia Kogut em sua coluna no jornal carioca O Globo, tratou a série como 'o retrato de uma geração' e anotou que "Para rir (e derramar lágrimas furtivas), Meu Amigo Bussunda é simplesmente imperdível."[21]

Na imprensa paulista, Ivan Finotti assinou a crítica do jornal Folha de S.Paulo, disse que a série "é feita sob medida pra emocionar os fãs de Bussunda" e deu quatro estrelas de cinco disponíveis, classificando a série como ótima.[22] Em Minas Gerais, o jornal Estado de Minas, publicou a crítica de Mariana Peixoto, que elogiou a série e a classificou como "uma série muito afetiva".[23]

Referências

  1. «Meu Amigo Bussunda (TV Series 2021– )». IMDb (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2021 
  2. Jornal da Globo | 'Meu Amigo Bussunda', que conta a história do humorista que morreu há 15 anos, estreia no Globoplay Assista online | Globoplay, consultado em 23 de junho de 2021 
  3. a b Midlej, Roberto (16 de junho de 2021). «'Meu Amigo Bussunda', no Globoplay, revela estilo de vida do humorista». Jornal Correio. Consultado em 23 de junho de 2021 
  4. «Humorista Bussunda morre aos 43 anos de infarto na Alemanha». UOL. 17 de junho de 2006. Consultado em 23 de junho de 2021 
  5. «Bussunda». Memória Globo. Consultado em 23 de junho de 2021 
  6. Fortuna, Maria (15 de junho de 2021). «Filha de Bussunda fala pela primeira vez: 'Quando meu pai morreu, eu fiquei míope'». O Globo. Consultado em 23 de junho de 2021 
  7. T1:E1 - Fama De Famoso [1962-1989] - Assista online | Globoplay, consultado em 26 de junho de 2021 
  8. T1:E2 - Ih, Ó O Cara Aí [1989-1998] - Assista online | Globoplay, consultado em 26 de junho de 2021 
  9. Santos, Eliane (21 de junho de 2006). «Um cara família». Quem. Consultado em 26 de junho de 2021 
  10. T1:E3 - Fala Sério [1998-2006] - Assista online | Globoplay, consultado em 26 de junho de 2021 
  11. T1:E4 - Meu Pai Bussunda - Assista online | Globoplay, consultado em 26 de junho de 2021 
  12. «Bussunda é lembrado por amigos do 'Casseta' em série sobre o humorista: 'Era uma figura diferente'». Gshow. 17 de junho de 2021. Consultado em 28 de junho de 2021 
  13. Pereira, Eduardo (17 de junho de 2021). «Meu Amigo Bussunda começa com homenagem e resgate da trajetória do humorista». Omelete. Consultado em 28 de junho de 2021 
  14. Neto, Nelson Lima (23 de junho de 2021). «A participação de Zico no documentário 'Meu amigo Bussunda', do Globoplay». O Globo. Consultado em 28 de junho de 2021 
  15. Bravo, Zean (15 de junho de 2021). «Débora Bloch será uma das entrevistadas da série documental 'Meu amigo Bussunda', que estreia no Globoplay». Extra Online. Consultado em 28 de junho de 2021 
  16. «Globoplay lança série em homenagem a Bussunda | Televisão». O Dia. 15 de junho de 2021. Consultado em 28 de junho de 2021 
  17. Detalhes, Meu Amigo Bussunda | Assista online aos episódios no Globoplay, consultado em 28 de junho de 2021 
  18. Sommadossi, Guilherme (16 de junho de 2021). «Série em homenagem a Bussunda ganha data de estreia no Globoplay». Yahoo!. Consultado em 26 de junho de 2021 
  19. «Morte de Bussunda há 15 anos, na Copa do Mundo, comoveu o Brasil; relembre». Folha de S.Paulo. 16 de junho de 2021. Consultado em 26 de junho de 2021 
  20. a b Pereira, Eduardo (22 de junho de 2021). «Meu Amigo Bussunda é tributo sensível guiado por riso, choro e saudade». Omelete. Consultado em 28 de junho de 2021 
  21. Kogut, Patrícia (20 de junho de 2021). «O retrato de uma geração em 'Meu amigo Bussunda' - Patrícia Kogut, O Globo». O Globo. Consultado em 28 de junho de 2021 
  22. Finotti, Ivan (16 de junho de 2021). «Crítica: 'Meu Amigo Bussunda' é feito sob medida para emocionar os seus fãs». Folha de S.Paulo. Consultado em 28 de junho de 2021 
  23. Peixoto, Mariana (18 de junho de 2021). «A estrela de Bussunda brilha (e diverte) na série do Globoplay». Estado de Minas. Consultado em 28 de junho de 2021 

Ligações externas editar