A.J. Styles

lutador profissional norte-americano
(Redirecionado de AJ Styles)

Allen Neal Jones (Jacksonville, 2 de junho de 1977), mais conhecido por seu ring name AJ Styles (também estilizado como A.J. Styles), é um lutador de luta livre profissional americano. Atualmente trabalha para a WWE no programa Raw. Considerado um dos maiores lutadores profissionais de sua geração, Styles trabalhou para as maiores promoções do mundo e tem uma história compartilhada com alguns dos maiores nomes da indústria da luta livre. Ele também é conhecido por seu tempo na Total Nonstop Action Wrestling (TNA, agora conhecida como Impact Wrestling) de 2002 a 2014 e na New Japan Pro-Wrestling (NJPW) de 2014 a 2016.

AJ Styles

Styles em abril de 2016.
Informações pessoais
Nome completo Allen Neal Jones
Nascimento 2 de junho de 1977 (47 anos)
Jacksonville, Carolina do Norte
Residência Gainesville, Geórgia
Cônjuge(s) Wendy Jones
Filho(s) 4[1]
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Air Styles
AJ Styles
Mr. Olympia
Altura
anunciada
5 ft 11 in (1,80 m)

[2]

Peso
anunciado
218 lb (99 kg)[2]
Anunciado
de
Gainesville, Geórgia[3]
Treinado
por
Rick Michaels[4]
Estreia 1998[4]

Ele estreou em 1998 e competiu por várias promoções independentes antes de ganhar exposição inicial na World Championship Wrestling (WCW) em 2001. Styles tornou-se amplamente conhecido depois de assinar com a TNA, que o descreveu como "a pilar da empresa desde [seu] início";[5] ele ganhou duas vezes o Campeonato Mundial de Pesos Pesados da TNA, três vezes o Campeonato Mundial Pesos Pesados da NWA , e foi o campeão inaugural do Campeonato da Divisão X, que ele ganhou seis vezes. Ele também é o primeiro campeão da TNA sendo Triple Crown e Grand Slam.[6] Styles apareceu simultaneamente na Ring of Honor (ROH) de 2002 a 2006, onde se tornou o inaugural Campeão Puro da ROH, e lutou na NJPW entre 2014 e 2016, onde ganhou duas vezes o Campeonato Peso Pesado da IWGP.[7]

Styles apareceu pela primeira vez na World Wrestling Federation (WWF, agora WWE) em 2002, mas recusou um contrato de desenvolvimento. Ele retornou à empresa em 2016 e venceu duas vezes o Campeonato da WWE; com sua segunda vitória em Manchester, Styles é reconhecido pela WWE como o primeiro lutador a ganhar o título fora da América do Norte. Com 371 dias, este é o oitavo reinado mais longo da história do título. Ele também ganhou três vezes o Campeonato dos Estados Unidos, e o Campeonato Intercontinental e o Campeonato de Duplas do Raw uma vez cada, tornando-se assim o segundo lutador (depois de Kurt Angle) a se tornar um vencedor da TNA/Impact e da Tríplice Coroa da WWE, e o primeiro a se tornar campeão do Grand Slam da TNA/Impact e da WWE. No geral, em grandes promoções (WWE, Impact, ROH, NJPW, RevPro), Styles ganhou 31 campeonatos no total - incluindo nove títulos mundiais.

AJ Styles tem sido um pilar da indústria da luta livre por mais de duas décadas e é muito respeitado pelos fãs e seus colegas de trabalho. Há muito considerado um dos melhores lutadores profissionais do mundo,[8] Styles encabeçou vários eventos pay-per-view, incluindo os respectivos eventos da WWE e TNA, WrestleMania e Bound for Glory. Ele ficou no topo do Pro Wrestling Illustrated 500 anual em 2010, o primeiro lutador da TNA a fazê-lo, foi eleito Lutador do Ano pela PWI três vezes entre 2016 e 2018, e Lutador da década em 2020. Styles também ganhou dez prêmios Wrestling Observer Newsletter, incluindo Wrestler of the Year em 2015 e 2016, e foi introduzido em seu seu Hall da Fama em 2017.

Início de vida editar

Allen Neal Jones[9] nasceu no Marine Corps Base Camp Lejeune em Jacksonville, Carolina do Norte em 2 de junho de 1977.[10] Ele cresceu na pobreza com um pai alcoólatra abusivo. A pobreza da família era tal que eles não podiam pagar a televisão a cabo, o que resultou em Jones sendo incapaz de assistir luta livre profissional, sua paixão de infância.[11] Quando ele tinha um ano de idade, sua família se mudou para Gainesville, e ele cresceu em um trailer com seus irmãos.[12] Ele freqüentou a Johnson High School em Gainesville, Geórgia, graduando-se na classe de 1996.[13] Jones assumiu a luta livre amadora no ensino médio e se tornou duas vezes campeão estadual de wrestling.[14] Jones então frequentou a Anderson University em Anderson, Carolina do Sul, onde foi bolsista de wrestling e educação física.[15] Ele foi então convidado por alguns de seus amigos para tentar o wrestling profissional.[16] Ele entrou em uma escola de luta livre profissional porque seus amigos estavam fazendo isso e para descobrir se ele tinha uma aptidão natural. Para complementar sua renda, ele trabalhava cortando grama e dirigindo uma ambulância.[16]

Carreira na luta livre profissional editar

Início de carreira (1999–2001) editar

Jones foi treinado por Rick Michaels e estreou em 1998.[17] Na promoção da National Championship Wrestling (NCW) sediada na Geórgia, ele lutou como Mr. Olympia, um lutador mascarado, perdendo para Michael Brooks em sua primeira luta individual.[17] Em agosto de 1999, ele ganhou o Campeonato da Televisão da promoção.[17]

De 1999 a 2001, ele geralmente competiu em promoções independentes menos notáveis. Em dezembro de 1999, a NCW se fundiu com a NWA Georgia para formar o NWA Wildside, e Jones foi renomeado para A.J. Styles. Ele apareceu esporadicamente mesmo depois de assinar com a NWA-TNA, e é um ex-Campeão dos Pesos Pesados NWA Georgia, tendo derrotado Rick Michaels pelo título em 22 de dezembro de 2001, no Christmas Chaos.[17]

World Championship Wrestling (2001) editar

A World Championship Wrestling (WCW), com sede em Atlanta, observou o programa de Styles e Air Paris no NWA Wildside e ofereceu um contrato a cada um no início de 2001. Styles (renomeado Air Styles) e Paris foram colocados em uma tag team, que foi nomeada Air Raid.[17] No episódio de 5 de março de 2001 do Nitro, eles entraram em um torneio para o recém-criado Campeonato de Duplas de Pesos Médios da WCW, mas foram eliminados na primeira rodada pelos eventuais vencedores Elix Skipper e Kid Romeo.[17]

Aparições na World Wrestling Federation (2001–2002) editar

Em 9 de julho de 2001, Styles teve sua primeira partida de teste da WWF contra seu treinador, Rick Michaels, antes da gravação do Raw. Styles venceu com uma Shooting Star Press, mas não foi oferecido um contrato.

Styles fez mais duas aparições pela World Wrestling Federation (WWF) em 2002: no episódio de 26 de janeiro do Metal (gravado em 21 de janeiro), em uma derrota contra The Hurricane, e em uma luta antes do episódio de 27 de janeiro do SmackDown! (gravado em 22 de janeiro), onde foi derrotado por Rico Constantino. Após essas lutas, a WWF ofereceu a Styles um contrato de desenvolvimento, onde exigiria que Styles se mudasse para Cincinnati, Ohio, onde o território de desenvolvimento da Heartland Wrestling Association (HWA) estava localizado. Styles acabou recusando o acordo, pois a mudança interferiria nos planos de faculdade de sua esposa. Apesar disso, Styles fez uma luta sem contrato para HWA, em 19 de fevereiro contra Matt Stryker, mas acabou derrotado.

Várias promoções (2001–2002) editar

Em 26 de outubro de 2001, Styles participou do torneio King of the Indies da All Pro Wrestling. Ele derrotou Jardi Frantz na primeira rodada, mas foi eliminado por Christopher Daniels nas quartas de final na noite seguinte. Em 13 de novembro de 2001, Styles estreou na Xcitement Wrestling Federation (XWF), competindo em uma batalha real contra Billy Fives, Christopher Daniels, Juventud Guerrera, Kid Kash, Prince Iaukea, Psicosis e Quick Kick pelo Campeonato dos Pesos Médios da XWF, mas não teve sucesso na conquista do título. Mais tarde naquela noite, Styles derrotou Josh Mathews em uma luta gravada para a televisão XWF. Na noite seguinte, Styles foi derrotado por Daniels, novamente em uma luta gravada para o programa de televisão XWF.

Styles estreou para a promoção australiana World Wrestling All-Stars (WWA) em 24 de fevereiro de 2002, fazendo sua estreia no pay-per-view The Revolution contra Christopher Daniels, Low Ki, Shark Boy, Super Nova e Tony Mamaluke em um six-way luta de eliminação de sobrevivência de pesos médios. Em 7 de abril, Styles se uniu a Chuck E. Chaos para enfrentar Jerry Lynn e Super Nova em um combate perdido. Em 10 de abril, Styles enfrentou Lynn e Nova em uma triple-way-dance. Em 12 de abril, Styles derrotou Nova em uma semifinal do torneio no The Eruption pelo Campeonato International dos Pesos Médios. Styles progrediu para a final mais tarde naquela noite em que derrotou Jerry Lynn para ganhar o título, que ele deixou vago logo depois.

Em 2 de março, Styles estreou na East Coast Wrestling Association (ECWA), entrando no 6º torneio anual Super 8 da promoção. Ele derrotou Xavier na primeira rodada, assim como The Amazing Red em sua partida de semifinais, mas foi derrotado na final por Donovan Morgan. Em 15 de junho, Styles estreou na Game Changer Wrestling, entrando no torneio Jersey-J Cup. Na primeira rodada, Styles derrotou Qenaan Creed, ele então avançou para as quartas de final, derrotando Colt Cabana. Na semifinal, ele foi derrotado por Reckless Youth e foi eliminado do torneio.

Em outubro, Styles viajou para o Reino Unido, estreando na Frontier Wrestling Alliance (FWA) em 13 de outubro, sofrendo uma derrota para Jonny Storm em sua luta de estreia no FWA: British Uprising. Em 15 de outubro, Styles foi derrotado em um combate triplo pelo Campeonato Britânico de Pesos Pesados da FWA por Doug Williams e Jerry Lynn no FWA: Seasons Beatings. Mais tarde naquela noite, Styles derrotou Jody Fleisch no mesmo desafio round-robin. Em 1º de novembro, Styles estreou na IWA: Mid-South, participando do torneio anual de promoções Ted Petty Invitational, mas foi derrotado por Christopher Daniels na primeira rodada.

Ring of Honor (2002–2006) editar

 
Styles com Matt Sydal em um evento da ROH em 2006.

Anos iniciais (2002–2004) editar

Styles estreou na Ring of Honor em seu terceiro show, A Night of Appreciation de 2002,[18] e rapidamente se tornou um lutador principal (por exemplo, se apresentando nos principais eventos contra Low Ki para o Campeonato Mundial da ROH no Honor Invades Boston).[19] Depois de não ganhar o título, ele se tornou o primeiro titular do Troféu Número Um Contender, que foi visto dentro da promoção como um campeonato secundário na época. No One Year Anniversary Show, em fevereiro de 2003, Styles competiu contra Low Ki e Paul London, vencida por London. Depois disso, Styles competiu sozinho e derrotou The Backseat Boyz (Johnny Kashmere e Trent Acid), The Carnage Crew (HC Loc e Tony DeVito) e The S.A.T. (Joel e José Maximo), para receber uma disputa de título pelo Campeonato Mundial de Duplas da ROH. Ele escolheu Amazing Red como seu parceiro, e os dois derrotaram The Profecy (Christopher Daniels e Xavier) para ganhar o campeonato.[20] Styles e Red então derrotaram The Briscoe Brothers (Jay e Mark Briscoe) em três ocasiões distintas, mas perderam para The Prophecy. No Wrath of the Racket, Christopher Daniels e Dan Maff colocaram Red fora de ação e Styles escolheu Homicide como seu parceiro substituto. Styles e Homicide venceram The Prophecy, mas Styles teve que desocupar o título devido a Red ser afastado por uma lesão legítima.

Após seu reinado como Campeão de Duplas da ROH, Styles levou Jimmy Rave como seu protegido e tentou se tornar o Campeão Mundial da ROH, derrotando Bryan Danielson no Main Event Spectacles para se tornar o desafiante número um. No War of the Wire, Styles desafiou sem sucesso Samoa Joe pelo título.[18] Ele então derrotou CM Punk, Jimmy Rave e Matt Stryker em um torneio no Second Anniversary Show para se tornar o primeiro Campeão Puro da ROH.[18] Styles derrotou Punk em uma revanche com Ricky Steamboat como árbitro convidado no At Our Best para sua luta final pela ROH em 2004,[18] quando a TNA retirou todos os seus lutadores contratados de todos os eventos da ROH e a ROH deixou o título vago.[21]

Rivalidade com Jimmy Rave (2005–2006) editar

Styles retornou a Ring of Honor no Third Anniversary Celebration: Part Two para lutar contra Jimmy Rave, que o acusou de roubar o Styles Clash (que ele chamou de Rave Clash) dele, embora ele não tenha conseguido derrotar Rave.[18] Durante sua rivalidade com Rave e The Embassy, Styles formou uma aliança com a Generation Next, que também estava em disputa com a The Embassy. Em Glory by Honor IV, Styles derrotou Rave com Mick Foley no corner, com a estipulação de que o perdedor não poderia mais usar o Rave / Styles Clash na empresa.[18] No This Means War, ele derrotou o líder do Generation Next Austin Aries, que foi atacado pela The Embassy após o show. No Vendetta, Styles teve sua última partida contra o The Embassy quando ele, junto com Austin Aries, Jack Evans e Matt Sydal foram derrotados por Abyss, Alex Shelley, Jimmy Rave e Prince Nana em uma luta de oito homens.[18]

Após a sua rivalidade com The Embassy, Styles apostou em ganhar um campeonato. No A Night of Tribute, Styles enfrentou Christopher Daniels e Matt Sydal em um combate triplo, que Daniels venceu. No primeiro show de 2006, Styles derrotou Matt Sydal, após o que os dois concordaram em formar uma dupla em um desafio para conquistar o Campeonato de Duplas da ROH, que foi mantido por Austin Aries e Roderick Strong. Antes de receber uma chance pelo título de duplas, Styles recebeu uma chance no Campeonato Mundial da ROH quando ele foi escolhido por Bryan Danielson, mas ele não teve sucesso. No Fourth Anniversary Show, Styles e Sydal receberam sua chance no Campeonato de Duplas da ROH, mas não conseguiram derrotar os campeões.

Após uma ausência, Styles retornou no Death Before Dishonor IV, derrotando Davey Richards. Logo após, Styles retornou no Time to Man Up, perdendo para Samoa Joe. Em uma promoção pré-gravada, Styles disse que estaria tirando vários meses de folga da Ring of Honor após a partida; no entanto, os comentaristas da ROH se referiram à luta como sua última e até mesmo fizeram uma homenagem especial a ele depois disso.[22]

Total Nonstop Action Wrestling editar

Campeão Mundial dos Pesos Pesados da NWA (2002–2004) editar

Em maio de 2002, Styles assinou um contrato não-exclusivo com a Total Nonstop Action (TNA). Ele apareceu no primeiro pay-per-view semanal da TNA, fazendo parceria com Low Ki e Jerry Lynn, onde acabaram perdendo para The Flying Elvises (Jorge Estrada, Sonny Siaki e Jimmy Yang).[23] Na semana seguinte, Styles derrotou Low Ki, Jerry Lynn e Psicosis em uma luta de eliminação dupla para se tornar o campeão inaugural do Campeonato da Divisão X.[23] Ele ganhou um segundo título no terceiro pay-per-view da TNA, em parceria com Lynn e derrotando Bruce e Lenny Lane nas finais de um torneio pelo vago Campeonato Mundial de Duplas da NWA.[24] Styles defendeu com sucesso ambos os títulos nas semanas seguintes, mas começou a brigar com o veterano Lynn durante suas partidas juntos. Em 7 de agosto, Styles perdeu o título da X Division para Low Ki em um combate triplo também envolvendo Lynn.[24] Na semana seguinte, ele e Lynn lutaram contra Jeff Jarrett e Ron Killings em no contest, e o título de duplas foi adiado como resultado.[24] Na semana seguinte, ele e Lynn lutaram entre si em uma luta Falls Count Anywhere (vencida por Lynn), uma luta sem desqualificação (vencida por Styles) e uma luta Iron Man de dez minutos, que terminou em empate após ambos os homens marcaram três pinfalls.[24] Em 28 de agosto, Low Ki defendeu o Campeonato da Divisão X contra Lynn e Styles em uma luta de escadas e perdeu o título para Lynn. Recrutando Mortimer Plumtree e Sonny Siaki como aliados, Styles continuou a rivalizar com Lynn em semanas sucessivas. Em 23 de outubro, ele derrotou Syxx-Pac pelo Campeonato da Divisão X, mas perdeu o título para Lynn em 6 de novembro e tentou, sem sucesso, recuperá-lo durante o restante do ano.

Em 2003, Styles começou a se concentrar no Campeonato Mundial Pesos Pesados da NWA quando, Depois de derrotar David Flair em 15 de janeiro para se tornar o desafiante número um ao título, Styles recrutou a ajuda de Larry Zbyszko e associou-se com o grupo de Vince Russo, o Sports Entertainment Xtreme.[25] Styles enfrentou o campeão mundial dos pesos-pesados da NWA Jeff Jarrett em 19 de fevereiro, mas foi derrotado.[25] No decorrer da luta, Styles se tornou num mocinho, atacando o S.E.X. quando eles tentaram interferir em seu nome, porque ele não quer ganhar dessa forma. Styles se uniu brevemente a D'Lo Brown, mas se desfez por suas aspirações ao título mundial, desafiando-se em 4 de junho em uma luta número um que foi vencida por Styles. Styles derrotou Jarrett e Raven em um combate triplo pelo Campeonato Mundial Pesos Pesados da NWA (tornando-se o primeiro vencedor da TNA Triple Crown no processo) em 11 de junho com a ajuda de Russo, tornando-se um vilão no processo. Ao longo de julho de 2003, Styles defendeu com sucesso o título em lutas contra D'Lo Brown e uma infinidade de oponentes antes de perder o título de volta para Jarrett em 22 de outubro. Após sua perda, Styles voltou a ser um mocinho, enquanto Jarrett se tornou um vilão. Em 12 de novembro, ele se uniu a Sting para derrotar Lex Luger e Jeff Jarrett, embora sua tentativa pelo título em 3 de dezembro não tenha tido sucesso devido à interferência de Kid Kash.[26]

Styles rivalizou com Abyss e Jeff Jarrett ao longo de janeiro, e em 4 de fevereiro de 2004, após Styles exigir uma disputa pelo título, o aliado de Jarrett, Don Callis, forçou-o a se juntar a Abyss em uma luta com os Campeões Mundiais de Duplas da NWA, Kevin Northcutt e Legend, que Styles ganhou, apesar de ter sido abandonado por Abyss. Na semana seguinte, Styles derrotou Abyss em uma luta para determinar o único dono do campeonato de duplas por desqualificação após Jarrett interferir, mas sua vitória foi anulada por Callis, levando a outra luta na semana seguinte que foi vencida por Abyss depois que Lex Luger interferiu, concedendo assim a Abyss o controle exclusivo do campeonato de duplas. Em 17 de março, Abyss derrotou Styles para se tornar o desafiante ao Campeonato Mundial Pesos Pesados da NWA. Russo concedeu a Styles uma luta na gaiola de aço contra Jarret em 21 de abril, onde ganhou seu segundo título mundial. Ele defendeu com sucesso o título em combates contra Ron Killings, Raven e Chris Harris, e em 19 de maio ele defendeu contra os três lutadores em uma luta fatal four-way. Styles perdeu o título para Killings depois que Jarrett interferiu na luta, acertando-o com uma guitarra.

Campeão da Divisão X (2004–2007) editar

 
Styles em 2005

Styles voltou a atenção para a X Division logo em seguida, ganhando uma luta four-way se tornando o desafiante número um ao Campeonato da Divisão X no episódio de 4 de junho do Impact!. Em 9 de junho, ele derrotou Frankie Kazarian para tornar-se pela terceira vez Campeão da Divisão X. Nas semanas seguintes, Styles rivalizou com Kid Kash e Dallas,[4] ao defender com sucesso seu título em combates contra Kazarian e Mr. Águila. Uma luta adicional em 23 de junho com o estreante Jeff Hardy foi interrompida por Kash e Dallas.[27] Em 28 de julho, ele defendeu o título contra Kazarian e Michael Shane em uma luta ultimate X.[28] Depois de Kash atingir Styles com uma muleta, Shane e Kazarian recuperaram simultaneamente o cinturão e se tornaram-se co-campeões da X Division.[28] Depois de várias tentativas frustradas de recuperar o título, Styles lutou contra Kash em uma série de combates, culminando em 8 de setembro em uma luta de mesas que foi ganha por Styles. Em outubro, Styles começou a rivalizar com Petey Williams (que até então era o campeão da TNA X Division) e em 7 de novembro no Victory Road, o primeiro evento pay-per-view mensal realizado pela TNA, Styles não conseguiu recuperar o título de Williams.[29]

No Final Resolution, Styles ganhou o Campeonato da Divisão X pela quarta vez em uma luta ultimate X, derrotando Chris Sabin e o atual campeão Petey Williams.[29] Styles enfrentou Christopher Daniels pela primeira vez em 21 de janeiro de 2005, e depois de não conseguir derrotá-lo em dez minutos, se classificou para uma luta Iron Man de trinta minutos pelo título no Against All Odds,[29] onde Styles derrotou Daniels para manter o título após o empate inicial e entrar nas regras de "morte súbita". A rivalidade entre Styles e Daniels continuou e no Destination X em 13 de março, Styles perdeu o título para ele em um Ultimate X Challenge também com Ron Killings e Elix Skipper.

Depois de derrotar Abyss no Lockdown e se tornar o desafiante número um ao Campeonato Mundial Pesos Pesados da NWA, Styles ganhou seu terceiro campeonato mundial de Jeff Jarrett no Hard Justice, que ele perdeu para Raven em um combate King of the Mountain no Slammiversary. Styles então entrou no TNA 2005 Super X Cup Tournament, que concedeu ao vencedor uma chance pelo Campeonato da Divisão X. Styles derrotou Matt Bentley nas quartas de final e Petey Williams nas semifinais, mas perdeu para Samoa Joe no Sacrifice. Como Christopher Daniels (o atual Campeão da X Division) interferiu na luta, o diretor de autoridade da TNA, Larry Zbyszko, adicionou Styles à luta pelo título. No Unbreakable, Styles derrotou Samoa Joe e Daniels em um combate triplo elogiado pela crítica para se tornar o Campeão da Divisão X pela quinta vez.[30]

 
Styles participando de uma luta Ultimate X.

No Bound for Glory, Styles defendeu com sucesso o título contra Christopher Daniels no segundo Iron Man de trinta minutos.[31] No mês seguinte no Genesis, Styles defendeu com sucesso o título contra Petey Williams.[32] Styles então começou uma rivalidade com Joe, alegando que ele havia quebrado o "código da X Division" não escrito ao bater brutalmente em Daniels.[32] No Turning Point, Styles perdeu o Campeonato da Divisão X para Joe.[31] Styles não conseguiu o título em uma luta triple threat, também com Daniels, no Against All Odds,[29] e em uma luta ultimate X no Destination X, que Daniels venceu.[29] Depois que Daniels perdeu o título de volta para Joe, Styles se juntou a Daniels para desafiar o America's Most Wanted pelo Campeonato Mundial de Duplas de NWA. Depois de perder para o America's Most Wanted em duas ocasiões, Styles e Daniels ganharam o Campeonato Mundial de Duplas de NWA no Slammiversary.[29] Eles mantiveram com sucesso contra The Latin American Xchange (Homicide e Hernandez) (LAX) no Hard Justice,[29] apenas para perder o título para eles em uma Border Brawl no episódio de 24 de agosto do Impact!.[29] Eles recuperaram o título no No Surrender, mas os derrubaram de volta para o LAX no Bound for Glory em uma luta Six Sides of Steel.[29]

No episódio de 2 de novembro do Impact!, Styles derrotou Chris Sabin para começar seu sexto reinado como o novo Campeão da Divisão X. A luta também foi as quartas de final do torneio Fight for the Right pelo desafiante número um ao Campeonato Mundial Pesos Pesados da NWA de Sting; Styles venceu a partida semifinal no Impact! de 9 de novembro! mas foi derrotado nas finais por Abyss. No episódio de 16 de novembro do Impact!, Styles perdeu o Campeonato da Divisão X para Daniels em um combate triplo quando Daniels fez o roll-up pinfall em Sabin.[29] No Genesis, Styles perdeu para Christian Cage, que Styles culpou Daniels, que tentou intervir em seu nome.[29]

Styles rivalizou com Rhino por tentar reconciliá-lo com Daniels e no Turning Point ele derrotou Rhino,[29] e no episódio de 22 de dezembro do Impact!, Styles e Samoa Joe derrotaram Rhino e Kurt Angle.[29] Rhino então derrotou Styles em uma luta Last Man Standing na Final Resolution e no Destination X em uma luta Elevation X.[29]

Várias alianças (2007–2009) editar

 
Styles fazendo sua entrada no Lockdown.

Styles se juntu com Christian Cage para Lockdown, formando o Team Cage (mais tarde Christian's Coalition), que foi derrotado pelo Team Angle no Lockdown.[29] Styles se juntou a Tomko para enfrentar Sting e Abyss no Victory Road, mas foi derrotado.[29] No No Surrender, Styles e Tomko venceram uma luta de dez equipes para ganhar uma luta pelo título de duplas no Bound for Glory contra o Team Pacman (Adam Jones e Ron Killings),[29] onde os derrotaram para ganhar o Campeonato Mundial de Duplas da TNA. Eles defenderam com sucesso contra o LAX no episódio de 1º de novembro do Impact! e no Genesis contra The Steiner Brothers (Rick e Scott Steiner).[29] Mais tarde naquela noite, Styles e Tomko inadvertidamente custaram a Cage sua luta e ajudaram Kurt Angle a manter o campeonato mundial. Nas semanas seguintes, Styles lutou para escolher entre alinhar Cage e Angle,[29] até se juntar à The Angle Alliance na Final Resolution.[29]

 
Styles em um show da TNA em 2007

Em fevereiro de 2008, Styles se envolveu em um enredo no qual ele se casou acidentalmente com Karen Angle.[29] Enquanto isso, Styles e Tomko perderam o Campeonato Mundial de Duplas da TNA para Kaz e Super Eric. Com Kurt constantemente acusando Styles e Karen de um caso e ambos negando qualquer coisa além de amizade, Styles saiu da The Angle Alliance. Em retaliação, Tomko custou a Styles sua luta de qualificação King of the Mountain contra Booker T. No Slammiversary, Styles derrotou Angle após uma distração de Karen, mas foi derrotado por Angle e Tomko após a luta.[29] A rivalidade continuou até o Hard Justice, onde ele derrotou Angle em uma luta Last Man Standing. Eles continuaram negociando vitórias e no episódio seguinte do Impact! ele derrotou Angle por sua medalha de ouro olímpica.[29] Styles também venceu a revanche na escada na semana seguinte para acabar com a rivalidade, mas mais tarde ele foi convidado a devolver a medalha de ouro a Angle por Jeff Jarrett em um esforço para tentar consertar as coisas com Angle.[29]

No Bound for Glory IV, Styles enfrentou Christian Cage e Booker T em um combate triplo na qual Booker T venceu.[29] Pouco depois disso, Booker T, Kurt Angle, Kevin Nash e Sting formaram The Main Event Mafia, e Styles se uniu a Samoa Joe para lutar contra eles. No episódio de 30 de outubro do Impact!, Styles e Joe formaram uma facção de lutadores mais jovens conhecidos como The TNA Front Line para combater o Main Event Mafia, que recrutou Scott Steiner.[29] Styles desafiou Sting pelo Campeonato Mundial dos Pesos Pesados da TNA no Turning Point e novamente em uma luta de duplas de oito homens no Final Resolution, mas não teve sucesso todas as vezes. No episódio de 22 de janeiro de 2009 do Impact!, Angle prometeu encerrar a carreira de Styles e mais tarde naquela noite derrotou Styles em uma luta de mesas, onde Styles se machucou (kayfabe).[31]

No Against All Odds, Styles retornou atacando Booker T e roubando seu Campeonato de Lendas da TNA.[31] Styles derrotou Booker T para se tornar Campeão de Lendas (e o primeiro TNA Grand Slam Champion) no Destination X,[31] e ele manteve em uma revanche no Sacrifice. No Slammiversary, Styles competiu na luta King of the Mountain pelo Campeonato Mundial dos Pesos Pesados da TNA, mas não teve sucesso depois que Samoa Joe traiu The Front Line e ajudou Angle a vencer. Nash ganhou o Campeonato de Lendas de Styles no Victory Road.[31] Após a derrota, Styles começou um "Best of Three Series" contra Matt Morgan pela entrada na luta pelo Campeonato Mundial dos Pesos Pesados da TNA com Sting e Angle no Hard Justice, que viu Styles vencer a primeira luta, mas perdendo as duas seguintes, resultando em Morgan avançando para Hard Justice.[31][31]

 
Styles em um show da TNA em 2008

Campeão Mundial dos Pesos Pesados da TNA (2009–2010) editar

Em 20 de agosto no episódio do Impact!, Styles foi convencido a se aposentar por Sting, que disse ter escolhido Styles para carregar a tocha depois dele. No No Surrender, Styles ganhou o Campeonato Mundial dos Pesos Pesados da TNA em uma luta five-way contra Matt Morgan, Sting, Hernandez e o atual campeão Kurt Angle.[33] No Bound for Glory, Styles manteve o título contra Sting, terminando sua sequência invicta no Bound for Glory. Styles foi misteriosamente atacado por um assaltante anônimo nos bastidores levando-o a acreditar que era Samoa Joe ou Christopher Daniels, os quais ele enfrentou no mês seguinte no Turning Point para manter o Campeonato Mundial dos Pesos Pesados da TNA.[34] Styles continuou a defender com sucesso o título contra Desmond Wolfe no episódio de 10 de dezembro do Impact!,[35] contra Daniels no Final Resolution,[36] contra Angle no episódio de 4 de janeiro de 2010[37] e contra Tomko, que havia sido revelado como seu misterioso atacante, no episódio de 14 de janeiro do Impact!.[38]

No Genesis, Styles se tornou um vilão e derrotou Angle em uma luta Last Chance para reter o título novamente com a ajuda de Ric Flair.[39] No episódio de 21 de janeiro do Impact!, Flair anunciou que havia se juntado com Styles e o batizado de "The New Nature Boy", mas no mesmo episódio Hulk Hogan anunciou uma revanche do Genesis, onde se Flair interferisse, Styles seria derrotado, concedendo o título a Angle. Durante a luta, Angle aplicou seu movimento signature, o Angle lock em Styles, que reverteu e aplicou o mesmo movimento em Angle, quando de repente o árbitro Earl Hebner, pago por Flair, chamou o sino, embora Angle não tenha finalizado.[40] No Against All Odds, Styles manteve o título contra Samoa Joe, com a ajuda de Flair,, onde Eric Bischoff foi o árbitro do combate.[41] No episódio de 8 de março do Impact!, Styles se juntou a Ric Flair em uma luta de duplas, perdendo para Abyss e Hulk Hogan.[42] Styles defendeu o título contra Abyss no Destination X em uma luta que não foi disputada depois que Abyss acertou Styles com um chokeslam no ringue.[43] No Lockdown, Styles defendeu com sucesso o título contra D'Angelo Dinero em uma luta em uma jaula de aço.[44] No dia seguinte no Impact!, Styles perdeu o Campeonato Mundial dos Pesos Pesados da TNA para Rob Van Dam, terminando seu reinado em um recorde de 211 dias.[45] Styles enfrentou Van Dam em uma revanche no Sacrifice, mas foi derrotado novamente.[46]

Fortune (2010–2012) editar

 
Styles em julho de 2011

Flair adotou Kazarian como seu mais novo protegido, fazendo com que Styles ficasse com ciúmes e tentasse impressionar seu mentor, mas depois de ser derrotado por Jay Lethal, Flair ordenou que ele "fosse para casa".[47][48] No Slammiversary VIII, Styles tentou reconquistar Flair derrotando Lethal, mas perdeu novamente.[49] No episódio seguinte do Impact!, Flair, que havia se alinhado com Styles, Desmond Wolfe, Kazarian, Robert Roode e James Storm, anunciou que reformaria os Four Horsemen sob o novo nome Fourtune, afirmando que cada um deles teria que ganhar seus lugares no grupo.[50][51] Styles e Kazarian ganharam seus lugares derrotando Samoa Joe e Rob Terry devido à interferência externa de Desmond Wolfe.[52] No episódio de 22 de julho do Impact!, Styles derrotou Terry para ganhar o Campeonato Global (anteriormente o Campeonato das Lendas) pela segunda vez.[53] Na semana seguinte no Impact!, Styles renomeou o título para Campeonato de Televisão da TNA.[54] Fourtune (logo renomeado Fortune) então rivalizou com o EV 2.0 e Styles derrotou o líder do EV 2.0 Tommy Dreamer em uma luta sem título "I Quit" no No Surrender,[55] embora Fortune tenha sido derrotado em uma luta Lethal Lockdown por EV 2.0 no Bound for Glory.[56] No episódio seguinte do Impact!, Fortune formou uma aliança com o novo grupo de Hulk Hogan e Eric Bischoff, Immortal.[57] No Turning Point, Fortune derrotou o EV 2.0 em uma luta de dez homens e, como resultado, Sabu do EV 2.0 foi liberado da TNA.[58] No mês seguinte, no Final Resolution, Styles perdeu o Campeonato da Televisão para Douglas Williams, que havia se juntado a Fortune.[59] No episódio de 3 de fevereiro do Impact!, Fortune se tornou a favorita dos fãs ao atacar Immortal, quando eles interferiram em uma luta pelo Campeonato Mundial dos Pesos Pesados da TNA entre Mr. Anderson e Jeff Hardy.[60] Flair, que não participou da interferência de Fortune devido a uma lesão, retornou no episódio de 17 de fevereiro do Impact!, atacando Fortune durante uma luta entre Styles e Matt Hardy, indo para a Immortal.[61] Styles enfrentou Flair e Hardy em um combate triplo em 10 de março, onde Styles foi derrotado por seu ex-mentor, com a ajuda de Hardy.[62] No Victory Road, Styles derrotou Hardy em uma luta individual, apesar da interferência de Flair.[63]

No episódio seguinte do Impact!, Styles foi afastado com uma lesão na história depois que Flair ajudou Bully Ray a executar uma powerbomb nele do palco de entrada através de uma mesa.[64] Styles fez seu retorno em 17 de abril no Lockdown, atacando Bully Ray e ajudando Fortune a derrotar Immortal.[65] Ele então rivalizou com Tommy Dreamer, que se juntou ao Immortal para salvar seu emprego;[66] Ray custou a Styles sua luta contra Dreamer no Sacrifice, acertando-o com uma corrente. No episódio de 26 de maio do Impact Wrestling, Styles e Daniels derrotaram Ray e Dreamer em uma luta de rua sem desqualificação, com Styles fazendo o pin em Dreamer para vingar sua derrota no Sacrifice.[67] A rivalidade terminou no Slammiversary IX, onde Ray derrotou Styles em uma luta Last Man Standing.[68] Styles então derrotou o colega da Fortune Christopher Daniels no evento principal do Destination X.[69] Depois de semanas pedindo uma revanche, Styles finalmente concedeu uma a Daniels no episódio de 1º de setembro do Impact Wrestling, onde Daniels venceu e se recusou a apertar a mão de Styles.[70] No Bound for Glory, Styles derrotou Daniels em uma luta "I Quit".[71] Depois de derrotar Daniels novamente no episódio de 10 de novembro do Impact Wrestling, Styles entrou em uma rivalidade com o Campeão Mundial dos Pesos Pesados da TNA Bobby Roode, não conseguindo conquistar o título no Turning Point,[72] empatando-o em uma Iron Man Match no Final Resolution,[73] mas perdendo o desempate por morte súbita no episódio seguinte do Impact Wrestling.[74] Durante os episódios seguintes do Impact Wrestling, Styles e Kazarian, os dois últimos membros da Fortune, chegaram às finais do Wild Card Tournament.[75][76] Durante a luta final contra Magnus e Samoa Joe no episódio de 5 de janeiro de 2012 do Impact Wrestling, Kazarian abandonou Styles e se alinhou com Christopher Daniels, encerrando a Fortune.[77]

Histórias finais (2012–2014) editar

No episódio de 9 de fevereiro do Impact Wrestling, Kazarian, agora aparentemente um associado de Daniels, o ajudou a derrotar Styles em uma luta individual.[78] Três dias depois no Against All Odds, Styles foi derrotado por Kazarian em uma luta individual.[79] No episódio de 3 de março do Impact Wrestling, Kazarian derrotou Styles em uma luta gauntlet; se Styles tivesse sucesso, Kazarian teria que explicar sua aliança com Daniels.[80] Mr. Anderson então retornou e se alinhou com Styles para derrotar Daniels e Kazarian em uma luta de duplas no Victory Road[81] e no Lockdown, onde as duas duplas estavam em equipes opostas na luta Lethal Lockdown.[82] No episódio de 10 de maio do Impact Wrestling, Kazarian revelou que originalmente se alinhou com Daniels para impedi-lo de revelar o segredo de Styles, mas mudou de ideia depois de saber qual era o segredo, no momento em que Daniels revelou uma série de fotografias insinuando um relacionamento. entre Styles e a presidente da TNA, Dixie Carter.[83]

No Sacrifice, Daniels e Kazarian custaram a Styles sua luta contra Kurt Angle, que mesmo assim salvou Styles de uma derrota depois do combate.[84] Em 31 de maio, Styles derrotou Daniels no evento principal do primeiro episódio ao vivo do Impact Wrestling, após o qual Daniels e Kazarian tocaram o áudio de uma conversa telefônica para provar um caso entre Styles e Carter.[85] No Slammiversary, Styles e Angle derrotaram Daniels e Kazarian para ganhar o Campeonato Mundial de Duplas da TNA.[86] No episódio seguinte do Impact Wrestling, Styles entrou no Bound for Glory Series de 2012, onde foi eliminado na luta de abertura por Daniels.[87] No episódio de 21 de junho do Impact Wrestling, Styles e Carter revelaram seu segredo - eles não estavam tendo um caso, mas estavam ajudando uma mulher grávida viciada chamada Claire Lynch a superar seus problemas.[88] Na semana seguinte no Impact Wrestling, Styles e Angle perderam o Campeonato Mundial de Duplas da TNA de volta para Daniels e Kazarian quando Kazarian atingiu Styles com uma cadeira de aço, após Daniels admitir que Styles e Carter haviam contado a verdade sobre Claire, mas alegou que eles havia deixado de fora a parte sobre Styles ser o pai de seu bebê ainda não nascido.[89] Styles derrotou Daniels em uma luta Last Man Standing no Destination X,[90] e novamente em uma luta Bound for Glory Series e, de acordo com as estipulações pré-jogo, ganhou o direito de fazer um teste de paternidade no bebê de Claire.[91] Na semana seguinte no Impact Wrestling foi revelado que Claire não estava grávida e seu advogado revelou o plano de Daniels e Kazarian para chantagear Styles. No episódio de 30 de agosto do Impact Wrestling, Styles foi eliminado no Bound for Glory Series de 2012 depois de perder para Samoa Joe.[92] No No Surrender e Bound for Glory, Styles e Angle desafiaram sem sucesso Daniels e Kazarian pelo Campeonato Mundial de Duplas da TNA.[93][94] Styles foi derrotado por James Storm em um combate triplo pelo Campeão Mundial dos Pesos Pesados da TNA no Turning Point, também envolvendo Bobby Roode, impedindo-o de receber outra oportunidade de título até Bound for Glory 2013, conforme estipulado antes da luta.[95] Em 9 de dezembro no Final Resolution, Styles foi derrotado por Christopher Daniels no que foi anunciado como sua "luta final".[96] No episódio seguinte do Impact Wrestling, Styles disse que estava cansado de fazer a coisa certa e que iria fazer suas próprias coisas a partir daí.[97]

A partir de fevereiro de 2013, a TNA começou a transmitir vídeos na casa de Styles entrevistando sua esposa, uma amiga, e até mesmo tentando entrevistar o próprio Styles antes que ele os forçasse a sair com raiva.[98][99] Styles, agora ostentando uma barba, cabelo despenteado e traje todo preto, retornou à TNA com a finalização Calf Killer como seu novo finalizador, que ele usou para derrotar James Storm em sua primeira luta de volta.[100][101][102] Styles, que permaneceu em silêncio nas semanas seguintes, começou a brigar com Kurt Angle depois de se recusar a dizer a Angle se ele estava ou não com os Aces & Eights.[103] Seu novo nickname foi apelidado de "O Lobo Solitário", já que ele rejeitou se juntar ao Aces & Eights.[104] No Slammiversary XI, Styles foi derrotado por Angle em uma luta individual,[105] mas ele o derrotou em uma revanche para ganhar a última vaga no Bound for Glory Series de 2013.[106] Ao longo das semanas seguintes, Styles participou do Bound For Glory Series, vencendo o torneio e se tornando o desafiante número um pelo Campeonato Mundial dos Pesos Pesados da TNA no Bound for Glory.[107] Na semana seguinte no Impact Wrestling, Styles afirmou que não estava mais sob contrato com a TNA e insultou Dixie Carter, que respondeu dizendo que Styles não era um grande lutador.[108] Nas semanas que antecederam o Bound for Glory, Styles continuou a aparecer no Impact Wrestling, apesar de não ter um contrato com a empresa, mas ele derrotaria Bully Ray no Bound for Glory, apesar da interferência de Aces & Eights e Carter, para ganhar seu segundo Campeonato Mundial dos Pesos Pesados da TNA e quinto título mundial na empresa em geral.[109] Styles fez sua primeira defesa de título televisionada no episódio seguinte do Impact Wrestling, derrotando Ray em uma revanche após interferência de Mr. Anderson, após o qual ele recusou a nova oferta de contrato de Carter e saiu da TNA com o título.[110] Em 29 de outubro, a TNA deixou vago o Campeonato Mundial dos Pesos Pesados.[111] Na gravação de 2 de dezembro do Impact Wrestling que foi ao ar em 2 de janeiro de 2014, Styles retornou à TNA com seu título para enfrentar Carter e Magnus (que havia vencido um torneio para coroar o novo Campeão Mundial dos Pesos Pesados), com Styles desafiando Magnus a um luta de unificação do título no episódio da próxima semana do Impact Wrestling, que Magnus aceitou. Na gravação de 5 de dezembro do Impact Wrestling, que foi ao ar em atraso de fita em 9 de janeiro, Magnus venceu para unificar os dois títulos após interferência de outros oito lutadores em nome de Magnus e Sting interferindo em nome de Styles no que seria a luta final de Styles com a TNA.[112][113] Em 8 de dezembro, foi relatado que as negociações contratuais entre Styles e TNA foram interrompidas e que Styles deixaria a promoção, tornando-se um agente livre a partir de 17 de dezembro e encerrando sua associação de quase doze anos com a empresa.[114] De acordo com Styles, ele deixou a promoção porque fizeram uma oferta que reduziu seu salário em cerca de 60%.[115]

Empresas mexicanas e japonesas (2006–2013) editar

Durante sua estadia na TNA, Styles trabalhou em várias promoções japonesas e mexicanas devido a uma parceria com a TNA.

Em 17 de setembro de 2006 no Verano de Escandalo, Styles fez sua estreia na promoção mexicana AAA, como parte de um acordo de promoção cruzada entre TNA e AAA. A equipe TNA (Styles, Homicide, Low Ki e Samoa Joe) derrotaram Vipers Revolution (Abismo Negro, Charly Manson, Electroshock e Histeria) em uma partida de torneio semifinal e depois derrotou The Mexican Powers (Crazy Boy, Joe Líder e Juventud Guerrera) nas finais.

Em 20 de dezembro de 2007, como parte da relação de trabalho da TNA com a Inoki Genome Federation (IGF), Styles competiu no terceiro evento da promoção, derrotando a estrela da TNA Senshi.

Durante uma parceria entre a TNA e a New Japan Pro Wrestling (NJPW), Styles fez quatro aparições pela NJPW em 2008, começando em 4 de janeiro no Wrestle Kingdom II, onde Styles se uniu a Christian Cage e Petey Williams para derrotar RISE (Milano Collection AT, Minoru e Prince Devitt) em uma luta de duplas de seis homens. Em 17 de fevereiro, Styles perdeu para Hiroshi Tanahashi no dia 8 da ISM Tour do New Japan.[116] Em 15 de agosto, Styles se uniu a Shinjiro Otani para enfrentar Kurt Angle e Masahiro Chono no dia 5 do evento G1 Climax – Heroes of Supremacy do New Japan, em um combate perdido. No dia seguinte, no dia 6 do show G1 Climax – Heroes of Supremacy do New Japan, Styles se uniu a Tanahashi para enfrentar a equipe de Kurt Angle e Shinsuke Nakamura, novamente perdendo.

Retorno ao circuito independente (2003–2005) editar

Em 14 de março, Styles retornou ao International Wrestling Cartel (IWC) e desafiou com sucesso o Campeão IWC Super Indy Super Hentai pelo título. Em 13 de abril, Styles defendeu o título em uma revanche contra Hentai, mas a luta terminou em no contest, significando que Styles manteve o título. Em 10 de maio, Styles deixou o título vago. Em 23 de agosto, Styles desafiou sem sucesso o novo Campeão da Super Indy Colt Cabana depois que a luta terminou em um empate no limite de tempo de vinte minutos, o que significa que Cabana manteve o título. Em 12 de dezembro no IWC: Call to Arms, Styles mais uma vez desafiaria Cabana pelo título, mas novamente não teve sucesso.Em 12 de abril, Styles estreou no Combat Zone Wrestling (CZW), competindo no evento 3° evento Best of the Best da promoção. Styles se uniu a Jason Cross para enfrentar Jay Briscoe e Jimmy Rave, em um esforço perdido. Em 20 de julho, no CZW: Deja Vu II, Styles defendeu com sucesso o Campeonato Mundial de Pesos Pesados da NWA contra Rave.

Em 12 de setembro, Styles estreou no Maximum Pro Wrestling (MXPW), desafiando com sucesso o Campeão de Televisão do MXPW Chris Sabin e Christopher Daniels em uma luta three-way pelo título. Em 4 de outubro, Styles estreou no Pro Wrestling Guerrilla (PWG), desafiando sem sucesso o Campeão do PWG Frankie Kazarian e Christopher Daniels pelo título. Em 7 de novembro, Styles retornou à IWA: Mid-South para participar da promoção anual Ted Petty Invitational, que viu Styles derrotar Todd Sexton em sua primeira luta. Na noite seguinte, ele derrotou Jerry Lynn nas quartas de final, mas mais tarde naquela noite seria eliminado por Danny Daniels nas semifinais. Em 20 de março de 2004, Styles retornou à IWC, entrando no torneio de promoções Super Indy Survivor Showdown. A primeira luta de Styles no torneio foi nas semifinais por razões desconhecidas, na qual ele derrotou CM Punk. Mais tarde naquela noite, Styles enfrentou oCcampeão da IWC Super Indy Colt Cabana na final onde saiu como vencedor, conquistando o título. Em 17 de abril, Styles defendeu com sucesso o título contra Homicide, e em 8 de maio ele o fez novamente contra Christopher Daniels.

Em 17 de setembro, Styles retornou à IWA: Mid-South, entrando nas promoções 2004 Ted Petty Invitational. Styles derrotou Jimmy Rave em sua luta no primeiro round. Na noite seguinte, Styles derrotou Matt Sydal nas quartas de final. Mais tarde naquela noite, Styles derrotou Arik Cannon nas semifinais, além de derrotar Bryan Danielson e Samoa Joe na final para vencer o Ted Petty Invitational de 2004. Em 21 de outubro, Styles ganhou o vago Campeonato dos Pesos Pesados da IWA: Mid-South, derrotando Chris Sabin, Christopher Daniels e Petey Williams em uma four-way dance match. Dois dias depois, em 23 de outubro, Styles perdeu o título para CM Punk.

Em 1 de abril de 2005, Styles retornou ao PWG, derrotando Samoa Joe em uma luta pelo Campeonato da PWG no All-Star Weekend - Dia 1. Na noite seguinte, no Dia 2 do All-Star Weekend, Styles desafiou com sucesso Super Dragon para o título. Styles defendeu o título até 6 de agosto no Zombies Shouldn't Run, onde perdeu para Kevin Steen. Em 3 de setembro, Styles entrou no torneio Battle of Los Angeles de 2005, mas foi derrotado na final por Chris Bosh.

Retorno para a ROH (2014–2016) editar

Styles derrotou Roderick Strong em sua luta de volta na gravação do Ring of Honor Wrestling em 4 de janeiro de 2014,[117] e conquistou vitórias sobre Jay Lethal no 12th Anniversary Show e Chris Hero no evento Flyin' High[118][119] No All Star Extravaganza VII, ele se tornou o desafiante número um pelo Campeonato Mundial da ROH ao vencer uma luta four-way envolvendo Adam Cole, Michael Elgin e Roderick Strong, mas ele desafiou sem sucesso o campeão Jay Lethal na Final Battle.

Styles fez sua última aparição independente antes de começar a trabalhar para a WWE nas gravações de TV da ROH em Duluth, Geórgia, em 23 de janeiro de 2016.[120] Nas gravações, Styles foi interrompido por Jay Lethal e The House of Truth, seguidos por Roderick Strong. Uma briga que se seguiu viu os ex-companheiros do Bullet Club de Styles, Doc Gallows, Karl Anderson e The Young Bucks (que haviam demitido Styles da stable pouco mais de duas semanas antes) ajudá-lo contra vários membros do plantel da ROH. No final do show, Styles começou a se juntar ao Bullet Club em um abraço em grupo, imitando o famoso "Curtain Call" do WWF Madison Square Garden de 1996.[121]

Segundo retorno ao circuito independente (2014–2016) editar

Após sua saída da TNA, Styles começaria a aceitar reservas independentes pela primeira vez em dois anos, aceitando o maior número possível de datas e com mais regularidade. Durante sua segunda passagem no circuito independente, ele competiu em vários países ao redor do mundo, principalmente na Inglaterra.

Em 1 de março de 2014, Styles fez uma aparição para a promoção inglesa Preston City Wrestling, perdendo para o lutador britânico Lionheart no evento principal. Após a luta, Styles deu a Lionheart o Styles Clash, durante o qual Lionheart dobrou indevidamente o queixo, resultando em ele cair em cima de sua cabeça e legitimamente quebrar o pescoço.[122]

Em 8 de fevereiro, Styles retornou à Combat Zone Wrestling (CZW) após onze anos, derrotando o Campeão Mundial dos Pesos-Pesados da CZW, Drew Gulak, por desqualificação, o que significou que Gulak manteve o título.[123] Em agosto, Styles também retornou à Pro Wrestling Guerrilla (PWG) após onze anos, participando do torneio anual 10th Battle of Los Angeles da promoção, onde em 29 de agosto ele derrotou Brian Myers para chegar às quartas de final antes de perder para Roderick Strong por desqualificação em 31 de agosto.[124]

Em 11 de março de 2015, Styles derrotou John Hennigan para ganhar o Campeonato dos Pesos Pesados da FWE em uma melhor de três quedas, duas quedas a um; Hennigan venceu a primeira queda depois de bater o Starship Pain, mas Styles fez Hennigan bater para o Calf Killer logo depois para marcar a segunda vitória e derrotou Hennigan após um Styles Clash para ganhar o título.[125]

Em 29 de maio de 2015, o Campeão Peso Pesado da IWGP Styles (representando Bullet Club com o empresário Jonny Ferrari) derrotou Justin Gabriel no House of Glory High Intensity 4 na Jamaica, Nova York.[126][127]

Em 14 de junho, Styles venceu o Revolution Pro Wrestling (RPW) Campeonato Britânico de Pesos Pesados da RPW, derrotando Marty Scurll no Summer Sizzler pelo título.

Em setembro, Styles fez sua estreia pela Chikara, quando se juntou aos outros membros do Bullet Club The Young Bucks (Matt e Nick Jackson) no King of Trios de 2015. Eles chegaram às semifinais do torneio de três dias, derrotando o Team Fight Club (Trent Seven, Tyler Bate e Dan Moloney), mas foram derrotados nas finais pelo Team AAA (Aero Star, Drago e Fénix).[128]

Em 14 de janeiro de 2016, Styles lutou uma luta pelo 5 Star Wrestling em Sheffield, Inglaterra, onde enfrentou Rey Mysterio pela primeira vez, onde Styles derrotou Mysterio.[129] Styles perdeu para John Morrison em uma luta individual que foi pelo inaugural Campeonato da 5 Star Wrestling.

Em 16 de janeiro, Styles retornou ao Revolution Pro Wrestling em Londres, Inglaterra, perdendo o Campeonato Britânico de Pesos Pesados da RPW para Zack Saber Jr. Após a luta, Styles fez uma promo abordando seu futuro e brincou de entrar na luta Royal Rumble.[130] Em 5 de fevereiro, Styles lutou sua última luta independente (que ele havia pré-agendado antes de assinar com a WWE), derrotando Corey Hollis no Georgia Premier Wrestling.

New Japan Pro Wrestling (2014–2016) editar

 Ver artigo principal: Bullet Club
 
Styles (no centro, sendo levantado) celebrando com o Bullet Club depois de vencer o Campeão Peso Pesado da IWGP em fevereiro de 2015.

Pela primeira vez desde a parceria TNA-NJPW em 2008, em 27 de março de 2014, foi relatado que Styles retornaria a New Japan Pro-Wrestling e assinou um contrato com a empresa. O retorno de Styles aconteceu em 6 de abril no Invasion Attack, onde ele atacou o Campeão Peso Pesado da IWGP Kazuchika Okada após sua luta e o derrubou com o Styles Clash e desafiou Okada para uma luta pelo título, antes de se revelar como o mais novo membro do Bullet Club, estabelecendo a si mesmo como um heel no processo.[131] Após o Invasion Attack, com Styles ainda trabalhando em uma agenda completa no circuito independente americano e apenas contratado para trabalhar nos eventos maiores da NJPW,[132] Karl Anderson foi posicionado como o novo líder do Bullet Club.[133] No entanto, Styles foi considerado o líder da versão Ring of Honor (ROH) do Bullet Club,[134] um papel que também foi dado a ele pela NJPW no final de 2015.[135] Styles lutou sua primeira luta sob um contrato com a New Japan em 3 de maio no Wrestling Dontaku, onde derrotou Okada com a ajuda de Yujiro Takahashi para se tornar o novo Campeão Peso Pesado da IWGP.[131] Com esta vitória, Styles se tornou o sexto campeão gaijin (não japonês) na história do título e o primeiro campeão americano desde Brock Lesnar em 2005.[136][137] A vitória também fez de Styles o campeão peso-pesado mais curto da história do IWGP.[138] Em 17 de maio, Styles fez sua primeira defesa de título bem sucedida em uma luta three-way com Okada e Michael Elgin no evento War of the Worlds co-produzido pela NJPW/ROH em Nova York.[139] Em 25 de maio no Back to the Yokohama Arena, Styles derrotou Okada em sua segunda defesa de título bem sucedida.[131][140] Styles sofreu sua primeira derrota na NJPW em 21 de julho, quando foi derrotado por Okada em sua primeira luta no torneio G1 Climax de 2014.[141] Das nove lutas restantes no torneio, Styles perdeu apenas uma, mas não conseguiu avançar para as finais devido à derrota contra Okada no confronto direto.[142][143] Em 13 de outubro no King of Pro-Wrestling, Styles perdeu o Campeonato dos Pesos Pesados da IWGP para Hiroshi Tanahashi em sua terceira defesa, após o retorno de Yoshitatsu impedir que o mais novo membro do Bullet Club, Jeff Jarrett, interferisse na luta.[144][145]

Em 8 de novembro no Power Struggle, Styles derrotou Yoshitatsu com a ajuda de Jarrett e depois da luta foi confrontado por Tetsuya Naito.[146] Durante a luta, Yoshitatsu quebrou o pescoço legitimamente em um Styles Clash malfeito no qual ele enfiou a cabeça, levando a NJPW empurrando Styles como um "assassino" e o Styles Clash como uma manobra controversa.[147] No final do mês, Styles entrou na World Tag League de 2014, ao lado de Yujiro Takahashi.[148] Apesar de uma vitória sobre os atuais Campeões de Duplas da IWGP, companheiros de equipe do Bullet Club Doc Gallows e Karl Anderson, Styles e Takahashi não conseguiram avançar de seu bloco com um recorde de quatro vitórias e três derrotas devido a derrotas para Kazuchika Okada e Yoshi-Hashi no último dia.[149] Styles e Naito se enfrentaram em uma luta em 4 de janeiro de 2015 no Wrestle Kingdom 9 no Tokyo Dome, onde Styles foi vitorioso.[150][151] Em 6 de janeiro de 2015, Styles se inseriu de volta na rota pelo Campeonato dos Pesos Pesados da IWGP, quando derrotou Tanahashi em uma luta de duplas de oito homens, estabelecendo uma luta pelo título entre os dois no The New Beginning em Osaka.[152] Em 11 de fevereiro, Styles derrotou Tanahashi para ganhar o Campeonato dos Pesos Pesados da IWGP pela segunda vez.[153][154] Styles fez sua primeira defesa de título em 5 de abril no Invasion Attack, onde derrotou Kota Ibushi, vencedor da Nova Copa do Japão de 2015.[155][156] Seu reinado de cinco meses terminou em sua segunda defesa em 5 de julho no Dominion 7.5 em Osaka-jo Hall, onde foi derrotado por Kazuchika Okada.[157][158] De 20 de julho a 14 de agosto, Styles participou do G1 Climax de 2015. Styles entrou no último dia com a chance de avançar de seu bloco, mas uma derrota contra Hiroshi Tanahashi lhe custou uma vaga nas finais, dando-lhe um recorde de seis vitórias e três derrotas.[131] Em 12 de outubro no King of Pro-Wrestling, Styles recebeu uma revanche pelo Campeonato dos Pesos Pesados da IWGP, mas foi novamente derrotado por Okada.

Em novembro, Styles entrou no Campeonato Intercontinental da IWGP ao desafiar Shinsuke Nakamura para uma luta pelo título.[159] Mais tarde naquele mês, Styles foi forçado a se retirar da World Tag League de 2015, onde se juntou a Yujiro Takahashi, depois de sofrer uma lesão nas costas.[160] Styles retornou ao ringue da NJPW em 4 de janeiro de 2016 no Wrestle Kingdom 10 em Tokyo Dome, onde desafiou sem sucesso Shinsuke Nakamura pelo Campeonato Intercontinental da IWGP.[161] Horas após a luta de Styles no Wrestle Kingdom 10, foi relatado que Styles havia notificado a NJPW na manhã de 4 de janeiro, anunciando que estava deixando a promoção e assinando com a WWE.[162][163] No dia seguinte, Styles fez sua última aparição na NJPW, onde os outros integrantes do Bullet Club se voltaram contra ele com Kenny Omega se tornando o novo líder do grupo.[164]

WWE editar

The Club e vitórias nos campeonatos (2016–2017) editar

 
Styles em um evento ao vivo em abril de 2016.

Após semanas de especulação e a própria WWE cobrindo os rumores de que Styles deixaria a NJPW para a WWE,[165][166] em 20 de janeiro de 2016 foi confirmado que ele havia assinado com a WWE.[162][163] Antes de assinar, Styles também teve extensas discussões com a TNA e, de acordo com eles, Styles concordou em retornar à promoção com os companheiros do Bullet Club Doc Gallows e Karl Anderson, antes de ser oferecido um "acordo de explosão" pela WWE.[167] Depois de não estar na televisão da WWE desde sua luta Metal em 2002, Styles fez sua re-estréia na WWE em 24 de janeiro no Royal Rumble pay-per-view durante a luta Royal Rumble pelo Campeonato Mundial dos Pesos Pesados da WWE, entrando como número três. Styles eliminou Curtis Axel e Tyler Breeze, antes de ser eliminado por Kevin Owens, durando pouco menos de 29 minutos na luta.[168] Styles então entrou em um enredo com Chris Jericho, com os dois trocando vitórias no Raw[169] e SmackDown,[169] o que levou a um encontro entre os dois em 21 de fevereiro no Fastlane,[170][171] onde Styles saiu vitorioso por submissão.[172] Depois de Fastlane, Jericho e Styles formaram uma dupla, apelidada de "Y2AJ",[173] e derrotaram The New Day (Big E e Kofi Kingston) em duas lutas sem título.[174][175] Isso levou a uma luta pelo Campeonato de Duplas da WWE no episódio de 7 de março do Raw, que Y2AJ não conseguiu vencer, após o qual Jericho se virou contra Styles e o atacou, terminando oficialmente sua equipe.[176] Os dois posteriormente interferiram nas lutas um do outro,[177][178] levando Styles a desafiar Jericho para uma luta na WrestleMania 32,[179] que Jericho finalmente aceitou no Raw de 28 de março.[180] Na WrestleMania 32 em 3 de abril, Styles perdeu para Jericho.[181]

No episódio seguinte do Raw, Styles venceu uma luta fatal four-way para se tornar o desafiante número um pelo Campeonato Mundial dos Pesos Pesados da WWE de Roman Reigns.[182] Nas semanas que se seguiram, Styles se reuniu com os ex-colegas do Bullet Club Luke Gallows e Karl Anderson (agora conhecido como The Club) e uma aliança, que Styles inicialmente negou, foi provocada.[183][184] No Payback em 1º de maio, Reigns acabou derrotando Styles por pinfall depois que a luta foi reiniciada duas vezes (com Styles vencendo primeiro por contagem e depois por desqualificação), apesar da interferência de Gallows e Anderson.[185] Styles recebeu uma revanche contra Reigns pelo título no Extreme Rules em uma luta Extreme Rules, mas não teve sucesso devido à interferência de Gallows e Anderson e The Usos (Jey e Jimmy Uso).[186] Na noite seguinte no Raw, Styles não se classificou para a luta Money in the Bank no Money in the Bank contra Kevin Owens. No Raw de 30 de maio, ele deu as boas-vindas ao retorno de John Cena, apenas para atacar Cena com a ajuda de Gallows e Anderson, tornando-se um heel no processo.[187] Isso configurou uma luta entre Styles e Cena no Money in the Bank em 19 de junho, que Styles venceu após interferência do The Club.[188] No Battleground em 24 de julho, The Club enfrentou Cena, Enzo Amore e Big Cass em uma luta six-man, onde eles perderam depois que Cena derrotou Styles.[189] Durante o Draft da WWE de 2016, Styles foi convocado para a marca SmackDown na primeira rodada, sendo a segunda escolha geral da marca, enquanto Gallows e Anderson foram convocados para a marca Raw, dividindo o The Club.[190] Styles enfrentou Cena mais uma vez no SummerSlam em 21 de agosto, que Styles venceu novamente.[191] Após sua vitória sobre Cena, Styles afirmou ser o "novo rosto da WWE" e "o rosto que comanda o lugar".[192]

 
Styles como campeão da WWE em dezembro de 2016.

Devido à sua vitória no SummerSlam, Styles entrou novamente na rota pelo Campeonato Mundial da WWE e recebeu outra oportunidade pelo título no Backlash contra Dean Ambrose.[193] No pay-per view em 11 de setembro, Styles derrotou Ambrose para se tornar o Campeão Mundial da WWE pela primeira vez após um golpe baixo, também seu primeiro campeonato na WWE e oitavo título mundial no geral.[194][195] Styles fez sua primeira defesa de título bem sucedida contra Ambrose em uma revanche no episódio de 27 de setembro do SmackDown após interferência de John Cena.[196][197] No No Mercy em 9 de outubro, Styles manteve o título contra Cena e Ambrose em uma luta triple threat após derrotar Cena.[198] No Survivor Series em 20 de novembro, Styles formou o Team SmackDown ao lado de Ambrose, Bray Wyatt, Randy Orton e Shane McMahon na luta 5-on-5 Survivor Series contra o Team Raw, que o primeiro venceu.[199] No TLC: Tables, Ladders & Chairs em 4 de dezembro, Styles manteve o campeonato sobre Ambrose em uma luta Tables, Ladders, and Chairs depois que James Ellsworth interferiu e empurrou Ambrose de uma escada e através de várias mesas.[200] Styles então retomou sua rivalidade com Cena levando ao Royal Rumble de 2017 em 29 de janeiro,[201] onde Styles foi derrotado pelo título, terminando seu reinado em 140 dias.[202]

Em 12 de fevereiro no Elimination Chamber, Styles competiu em uma luta Elimination Chamber contra Cena, Baron Corbin, Bray Wyatt, Dean Ambrose e The Miz pelo Campeonato da WWE, que Wyatt venceu.[203] No episódio seguinte do SmackDown, Styles não conseguiu recuperar o título de Wyatt em uma luta triple threat também envolvendo Cena.[204] No mês seguinte, Styles começou uma rivalidade com o comissário do SmackDown Shane McMahon, devido à frustração de Styles por não conseguir recuperar o Campeonato da WWE.[205][206][207] Isso levou a uma luta entre os dois na WrestleMania 33 em 2 de abril, que Styles venceu.[208][209] No episódio seguinte do SmackDown, Styles apertou a mão de McMahon, virando face no processo.[210]

No episódio de 11 de abril do SmackDown, Styles derrotou Baron Corbin e Sami Zayn para se tornar o desafiante número um pelo Campeonato dos Estados Unidos.[211] No Backlash em 21 de maio, Styles perdeu sua luta contra Kevin Owens pelo Campeonato dos Estados Unidos por contagem.[212] No Money in the Bank em 18 de junho, Styles competiu no Money in the Bank ladder match, mas não conseguiu vencer.[213] Depois que Styles se tornou novamente o desafiante ao título de Owens, uma luta pelo título foi marcada para Battleground.[214][215] No entanto, duas semanas antes do pay-per-view, Styles derrotou Owens durante um show da WWE no Madison Square Garden em 7 de julho para conquistar o Campeonato dos Estados Unidos pela primeira vez em sua carreira.[216] No entanto, no Battleground em 23 de julho, Styles perdeu o título de volta para Owens,[217] mas o recuperou dois dias depois no SmackDown em uma luta triple threat também envolvendo Chris Jericho, iniciando seu segundo reinado com o título.[218] No SummerSlam em 20 de agosto, Styles derrotou Owens para manter o título com Shane McMahon como árbitro convidado especial.[219][205] Depois de mais uma vez derrotar Owens dois dias depois no SmackDown para acabar com a rivalidade.[220] Em setembro, Styles começou uma rivalidade com Tye Dillinger e Baron Corbin,[221][222] levando a uma luta triple threat no Hell in a Cell em 8 de outubro,[223][224] onde Styles perdeu o título para Corbin que fez o pin em Dillinger, terminando assim seu reinado em 75 dias.[225][226] Dois dias depois no SmackDown, Styles não conseguiu recuperar o título de Corbin.[227]

Reinado de um ano como Campeão da WWE (2017–2018) editar

 
Styles como Campeão da WWE na WrestleMania 34.

No episódio de 17 de outubro do SmackDown, Styles começou uma rivalidade com o então Campeão da WWE, Jinder Mahal, confrontando-o e atacando-o.[228] Em 22 de outubro, Styles apareceu no evento exclusivo do Raw TLC: Tables, Ladders & Chairs,[229] competindo contra Finn Bálor devido ao oponente original de Bálor, Bray Wyatt, não ter sido liberado para competir, onde foi derrotado por Bálor.[230][231] No episódio de 7 de novembro do SmackDown em Manchester, Inglaterra, Styles derrotou Jinder Mahal para ganhar o Campeonato da WWE pela segunda vez no que marcou a primeira vez que o título mudou de mãos no SmackDown desde setembro de 2003,[232] tornando-se reconhecido pela WWE como o primeiro titular coroado fora da América do Norte[233] (Antonio Inoki ganhou o título no Japão em 1979,[234] mas este reinado não é reconhecido pela WWE).[235] Com a vitória, Styles substituiu Mahal na luta campeão contra campeão no Survivor Series contra o Campeão Universal Brock Lesnar,[236] que ele viria a perder.[237] No Clash of Champions em 17 de dezembro, Styles derrotou Mahal por finalização em sua primeira defesa de título.[238][239] A próxima rivalidade de Styles foi contra Kevin Owens e Sami Zayn, para quem ele perdeu partidas consecutivas devido a interferência,[240][241] o que levou a uma luta pelo campeonato de handicap no Royal Rumble em 28 de janeiro de 2018[242] que Styles ganhou.[243][244] Styles então defendeu com sucesso o título contra Kevin Owens, Sami Zayn, John Cena, Baron Corbin e Dolph Ziggler em um six-pack challenge no Fastlane em 11 de março.[245][246]

Pouco depois, Styles começou uma rivalidade com o vencedor do Royal Rumble Shinsuke Nakamura. Na WrestleMania 34 em 8 de abril, Styles derrotou Nakamura para manter o Campeonato da WWE,[247] e após a luta, Styles foi submetido a um ataque sem classe de Nakamura, esquentando sua rivalidade.[248] Styles continuaria mantendo seu título contra Nakamura em três eventos diferentes: Greatest Royal Rumble por contagem dupla,[249] Backlash em uma luta sem desqualificação, que terminou em no contest,[250] e Money in the Bank, onde Styles terminou a rivalidade depois de vencer uma luta Last Man Standing.[251] Depois de uma defesa bem sucedida contra Rusev no Extreme Rules em julho, Styles se tornou o campeão da WWE com mais tempo na história do SmackDown em 14 de agosto, superando o recorde de 280 dias estabelecido por John "Bradshaw" Layfield.[252]

No episódio de 24 de julho do SmackDown, Styles começou uma rivalidade com Samoa Joe, depois que ele foi atacado por Joe. Styles manteve o título no SummerSlam, apesar de perder por desqualificação.[253] A rivalidade de Styles e Joe continuou após o SummerSlam sobre a esposa de Styles, Wendy, onde Joe afirmou que derrotaria Styles e se tornaria o "novo papai", levando a uma revanche no Hell in a Cell, onde Styles derrotou Joe de forma controversa. mantendo o título; Styles foi submetido a Joe durante um roll-up, no entanto, o árbitro não viu a submissão e contou o pin permitindo que Styles retivesse o título.[254] Styles derrotou Joe mais duas vezes no Super Show-Down por submissão[255] e Crown Jewel.[256]

No Super Show-Down, Daniel Bryan se tornou o desafiante número um pelo título de Styles, eles deveriam se enfrentar pelo título no Crown Jewel.[255] No entanto, a luta aconteceu no episódio de 30 de outubro do SmackDown Live, onde Styles derrotou Bryan para manter o título.[257] Em 7 de novembro, Styles ultrapassou a marca de 365 dias de seu reinado de título, tornando-se o oitavo homem a ter conquistado o Campeonato da WWE por um reinado contínuo de um ano inteiro.[258] No episódio de 13 de novembro do SmackDown Live, Styles perdeu seu título para Daniel Bryan após um golpe baixo, terminando seu reinado em 371 dias.[259] Styles recebeu sua revanche contra Bryan no TLC: Tables, Ladders & Chairs, mas não conseguiu recuperar o título.[260]

Reunião com The Club (2019–2020) editar

No Royal Rumble em 27 de janeiro de 2019, Styles mais uma vez não conseguiu ganhar o título, depois que Rowan retornou e atacou Styles quando o árbitro estava incapacitado e permitindo que Bryan retivesse o título.[261] Após o Royal Rumble, Styles ganhou outra oportunidade de reconquistar o título após se qualificar para a Elimination Chamber match.[262] Na Elimination Chamber em 17 de fevereiro, Styles não teve sucesso depois que ele foi eliminado por Randy Orton.[263] Após Elimination Chamber, ambos Styles e Randy Orton começaram a fazer comentários depreciativos um sobre o outro, iniciando uma rivalidade entre os dois.[264][265] Em Fastlane, depois que Orton interrompeu Elias, Styles acertou Orton com um Phenomenal Forearm do nada.[266] Isso levou a um confronto entre os dois no episódio de 12 de março do SmackDown Live, no qual Styles desafiou Orton para uma luta na WrestleMania 35.[267] Na WrestleMania, Styles derrotou Orton.[268] No dia seguinte, foi relatado que Styles sofreu uma lesão durante sua luta com Orton e foi mandado para casa para se recuperar.[269] Styles não apareceu no SmackDown Live após a WrestleMania, e foi relatado que foi uma lesão no quadril.[270]

Em 15 de abril, Styles foi transferido para o Raw como parte do Superstar Shake-up.[271] Naquela noite no Raw, ele se juntou a Roman Reigns e Seth Rollins para derrotar Baron Corbin, Bobby Lashley e Drew McIntyre.[272] Na semana seguinte no Raw, o CEO Triple H agendou duas lutas triple threat, com os vencedores se enfrentando para determinar o próximo candidato contra Seth Rollins pelo Campeonato Universal,[273] onde Styles derrotou os recrutados Rey Mysterio e Samoa Joe em a luta triple threat[274] e depois derrotou Baron Corbin para ganhar uma luta pelo Campeonato Universal contra Seth Rollins no Money in the Bank.[275] Após uma assinatura de contrato para a luta na semana seguinte, Styles começaria uma lenta mudança de personagem, fazendo coisas como se tornar mais agressivo no ringue, abandonando Rollins em uma luta de duplas e criticando Luke Gallows e Karl Anderson (que também havia voltado ao Raw) quando eles perderiam uma partida por excesso de confiança.[276][277][278][279] No evento, Styles não conseguiu ganhar o título de Rollins.[280][281]

Styles retornou no Raw de 24 de junho, após um mês de inatividade devido a lesões sofridas no Money in the Bank, derrotando o Campeão dos Estados Unidos Ricochet em uma luta sem o título.[282] No episódio de 1º de julho do Raw, Styles não conseguiu ganhar o Campeonato dos Estados Unidos de Ricochet.[283] Após a luta, ele atacou Ricochet com a ajuda de Gallows e Anderson, virando heel pela primeira vez desde abril de 2017.[284] No Extreme Rules, Styles derrotou Ricochet para ganhar o Campeonato dos Estados Unidos pela terceira vez.[285][286] No episódio de 22 de julho do Raw, o The Club foi renomeado para "The O.C." ("Clube Original").[287] No SummerSlam, Styles manteve com sucesso o título contra Ricochet.[288] Styles então manteve seu título contra Cedric Alexander no Clash of Champions[289] e contra Humberto Carrillo no Crown Jewel.[290] No Survivor Series, Styles foi derrotado pelo Campeão Norte Americano do NXT Roderick Strong em uma luta interbrand triple-threat também envolvendo o Campeão Intercontinental Shinsuke Nakamura.[291] No Raw de 25 de novembro, Styles perdeu seu título para Rey Mysterio, terminando seu reinado em 134 dias.[292]

No Royal Rumble em 26 de janeiro de 2020, Styles entrou na luta Royal Rumble como número 18, mas foi eliminado por Edge.[293] No mês seguinte no Super ShowDown, Styles foi derrotado por último em uma luta pelo Tuwaiq Trophy após o retorno de The Undertaker.[294] Duas semanas depois no Elimination Chamber, Styles foi derrotado em uma luta sem desqualificação por Aleister Black após interferência de The Undertaker.[295] Na noite seguinte no Raw, Styles desafiou The Undertaker para uma luta na WrestleMania 36, que foi confirmada na semana seguinte.[296] Em 4 de abril, no pay-per-view "Parte 1" do evento de duas noites, Styles lutou no evento principal da WrestleMania pela primeira vez, perdendo para The Undertaker em uma luta Boneyard no evento principal.[297][298] Depois da WrestleMania, Styles tirou um ano sabático da televisão da WWE. Em 15 de abril, tanto Anderson quanto Gallows foram liberados de seus contratos com a WWE como parte de cortes orçamentários decorrentes da pandemia do COVID-19, efetivamente dissolvendo The O.C.[299][300]

Aliança com Omos (2020–2021) editar

Depois de uma breve ausência, Styles retornou no Raw de 4 de maio e venceu uma luta gauntlet para conseguir uma vaga na luta Money in the Bank no Money in the Bank.[301] No evento, Styles não conseguiu capturar a maleta.[302] No episódio de 22 de maio do SmackDown, Styles foi negociado com a marca quando foi anunciado como participante do torneio pelo Campeonato Intercontinental.[303] Ele derrotou Shinsuke Nakamura na primeira rodada,[304] e ganhou o direito de ir para as finais depois que seu oponente programado, Elias, não conseguiu competir.[305] No episódio de 12 de junho do SmackDown, Styles derrotou Daniel Bryan para ganhar o Campeonato Intercontinental pela primeira vez.[306] Durante as semanas seguintes, Styles defendeu com sucesso o título contra nomes como Drew Gulak, Matt Riddle e Gran Metalik. No episódio de 21 de agosto do SmackDown, Styles perdeu o título para Jeff Hardy, terminando seu reinado em 70 dias.[307] No Clash of Champions, Styles não conseguiu recuperar o título em uma luta de escadas triple threat que foi vencida por Sami Zayn.[308]

Como parte do Draft de 2020 em outubro, Styles foi convocado de volta para a marca Raw.[309][310] No Raw de 19 de outubro, Styles estreou um novo guarda-costas, Omos, antes de derrotar Riddle. No Survivor Series, Styles foi o capitão do Team Raw em uma vitória limpa contra o Team SmackDown. Logo após o evento, Styles começaria uma rivalidade com o Campeão daWWE Drew McIntyre. No TLC: Tables, Ladders & Chairs, Styles enfrentou McIntyre pelo título em uma luta TLC, mas não conseguiu vencer, pois The Miz descontou sem sucesso sua maleta do Money in the Bank durante a luta. No evento Royal Rumble em 31 de janeiro de 2021, Styles competiu na luta Royal Rumble, mas não conseguiu vencer após ser eliminado por Braun Strowman. No Elimination Chamber, Styles desafiou sem sucesso o Campeonato da WWE dentro da estrutura de aço depois de ser o último homem eliminado por Drew McIntyre.[311]

No Raw de 22 de março, Styles e Omos desafiaram The New Day para uma luta pelo título na WrestleMania 37, que The New Day aceitou. Na WrestleMania, Styles e Omos conquistaram o Campeonato de Duplas do Raw e no processo, Styles também se tornou o vigésimo segundo Campeão Grand Slam da WWE,[312] e o primeiro a conquistar o WWE e o TNA/Impact Grand Slam.[313] Nos meses seguintes, Styles e Omos defenderam com sucesso os títulos em revanches com The New Day e contra Elias e Jaxson Ryker antes de entrar em uma rivalidade com The Viking Raiders. A partida foi feita entre Styles e Omos e The Viking Raiders pelos títulos no Money in the Bank. No evento, Styles e Omos defenderam com sucesso os títulos contra os Viking Raiders.[314] Depois disso, Styles e Omos começaram a rivalizar com Riddle e Randy Orton, que formam o time de RK-Bro. Após semanas de confronto, foi feita uma luta entre Styles e Omos e RK-Bro no SummerSlam pelos títulos. No evento, Styles e Omos perderam os títulos para RK-Bro, encerrando seu reinado em 133 dias.[315]

No Extreme Rules, Styles e Omos se uniram a Bobby Lashley para enfrentar o The New Day em uma luta 6-man tag team, na qual Styles, Omos e Lashley perderam.[316] Depois disso, foi anunciado que Styles e Omos enfrentariam RK-Bro em uma revanche pelos títulos de duplas no Crown Jewel.[317] No evento, Styles e Omos mais uma vez perderam para RK-Bro. No Survivor Series em novembro, Styles e Omos participaram de uma batalha real entre marcas, que Omos venceu.[318]

Rivalidade com Edge (2021–presente) editar

Depois de não conseguir vencer várias partidas nas semanas seguintes, no episódio de 20 de dezembro do Raw, Omos se virou e atacou Styles, terminando sua parceria e, no processo, Styles virando face pela primeira vez desde 2019.[319][320] No Royal Rumble em 29 de janeiro de 2022, Styles entrou em primeiro lugar e eliminou seis lutadores antes de ser eliminado por Madcap Moss.[321] Styles foi desafiante pelo Campeonato da WWE no Elimination Chamber, dentro da estrutura homônima, onde ele não conseguiu ganhar o título depois de ser eliminado pelo eventual vencedor Brock Lesnar.[322] No Raw de 28 de fevereiro, Styles aceitou um desafio aberto de Edge para uma luta na WrestleMania 38, que resultou em ele ser atacado por Edge depois, que incluiu Edge batendo na cabeça dele com uma cadeira várias vezes.[323] Na segunda noite do evento, Styles perdeu para Edge.[324] No Raw de 18 de abril, Edge desafiou Styles para uma revanche no WrestleMania Backlash, que Styles aceitou.[325]

Recepção e legado editar

Em um artigo de 2016, o jornalista da Pro Wrestling Torch, Michael Moore, observou que Styles "há muito tempo é considerado um dos melhores lutadores do mundo".[326] Em novembro de 2012, o colunista da IGN UK Matt Fowler classificou Styles no número 38 em sua lista dos 50 melhores lutadores profissionais de todos os tempos.[327] Luke Winkie, da Sports Illustrated, o listou como o 46º maior lutador de todos os tempos em 2016, observando que: "Honestamente, em alguns anos, não me surpreenderia se A.J. pertencesse ao top 20."[328]

Ayub Nouinou, colunista do The Independent, descreveu-o como a "jóia da coroa" da TNA por mais de uma década, antes de "aplicar seu ofício" para NJPW e ROH, entre outros.[329] Nouinou continuou afirmando que Styles "se estabeleceu como um dos melhores talentos do planeta nos últimos dois anos (2014 e 2015)"[330] e observou que, em relação à assinatura de Styles na WWE em 2016, "a adição de Styles teria que ser considerada uma das maiores contratações desde a virada do milênio".[330] Finalmente, Nouinou fez a previsão de que "Styles pode ser o superstar que lidera a WWE em uma nova era".[330] Josh Barnett, colunista do USA Today, afirmou em março de 2017 que Styles "poderia ser considerado o MVP da WWE no ano passado". Barnett também acrescentou que em 2016 Styles teve "algumas das melhores lutas da WWE, incluindo várias lutas contra John Cena e Roman Reigns", enquanto também observou que ele "é considerado um dos raros artistas que podem ter uma grande luta com qualquer um".[331] No final de 2021, Philip Lindsey, do Bleacher Report, escreveu que Styles era considerado "um dos melhores competidores do mundo. Muitas estrelas de topo tiveram algumas lutas mais memoráveis contra este técnico de alto nível."[332]

Muitos dos colegas de Styles o elogiaram como sendo um dos maiores artistas do ringue. Kurt Angle o nomeou como o melhor lutador que ele já lutou.[333] Stone Cold Steve Austin apelidou Styles de "o melhor lutador em dois pés", enquanto The Undertaker, que Styles enfrentou em sua luta de aposentadoria, descreveu-o como "provavelmente o melhor do ramo... [o] mais próximo de Shawn Michaels que existe." A comparação com Shawn Michaels também foi feita por Paul Heyman, um promotor e empresário de luta livre profissional, que afirmou que: "Ele é tudo o que Shawn Michaels, Bret Hart e Ric Flair foram para sua geração e ele o atualizou. Ele evoluiu seus estilos para realmente ser o artista mais fenomenal no ringue que eu já tive a honra e o prazer de assistir de perto".[334]

Outras mídias editar

Em 2003, a ROH lançou Evolution of a Phenom: The Best of AJ Styles, um DVD que cobre Styles desde sua estreia até meados de 2003. Em 2004, a ROH lançou The Phenomenon Continues: The Best of AJ Styles Vol. 2, um DVD de acompanhamento do original lançado em 2003. Também em 2004, a TNA lançou Phenomenal: The Best of A.J. Styles, um DVD com as melhores lutas de Styles.

Em 2006, a ROH lançou uma entrevista de filmagem com Styles, ao lado de Christopher Daniels para as promoções da série "Straight Shootin'". Em 2007, a TNA lançou Phenomenal: The Best of A.J. Styles Volume 2, um DVD de acompanhamento do original lançado em 2004. Também em 2007, Styles foi mencionado na música "Scatterbrain" do Insane Clown Posse em seu EP Eye of the Storm.

Em 2008, Styles ajudou a desenvolver o primeiro videogame de luta livre da TNA conhecido como TNA Impact!, que foi lançado no mesmo ano em 9 de setembro.[335] Em 2009, Styles foi destaque no MTV's Made tentando ajudar um jovem colegial a se tornar um lutador profissional ao lado de Taylor Wilde e The Beautiful People (Angelina Love e Velvet Sky).

Em 2011, Styles foi destaque no videoclipe da música "Something to Do with Your Hands" da cantora country Sarah Darling.[336] Em 2012, Styles e Montell Jordan apresentaram o prêmio de Melhor Gravação de Rap/Hip Hop do Ano para Lecrae no 43º GMA Dove Awards.[337]

Em 2013, a ROH lançou AJ Styles - Styles Clash, um DVD de 2 discos com as melhores lutas de Styles na ROH de 2002 a 2005.

Em 2016, a TNA lançou The Essential AJ Styles Collection, um DVD de 4 discos apresentando as 30 melhores lutas de Styles na TNA .[338]

Em 2018, foi anunciado que Styles estaria na capa do WWE 2K19.[339] Ele selecionou a música "Survival" de Eminem para aparecer na trilha sonora.

Filmografia editar

Televisão editar

Ano Series Função Notas
2009 Made Ele mesmo Técnico

Episódio: "Pro Wrestler: Rebecca"

Vídeo Games editar

Ano Título Função Notas
2008 TNA Impact! Ele mesmo Personagem jogável[340]
2008 Pro Wrestling X Consultor técnico Não aparece no jogo
2009 TNA Wrestling Ele mesmo Personagem jogável
2010 TNA Impact!: Cross The Line Ele mesmo Personagem jogável[341]
2011 TNA Wrestling Impact! Ele mesmo Personagem jogável
2016 WWE 2K17 Ele mesmo Personagem jogável[342]
2017 WWE 2K18 Ele mesmo Personagem jogável[342]
2018 WWE 2K19 Ele mesmo Personagem jogável, Capa do jogo[343]
2019 WWE 2K20 Ele mesmo Personagem jogável
2020 WWE 2K Battlegrounds Ele mesmo Personagem jogável
2022 WWE 2K22 Ele mesmo Personagem jogável

Web editar

Ano Título Função Notas
2010 Marvel Super Heroes: What The--?! Bala de canhão Episódio: "Winter Games: Day 9"
2016 Superstar Ink Ele mesmo
2016–presente UpUpDownDown Ele mesmo/Príncipe Fenomenal Aparições regulares
2017–presente Southpaw Regional Wrestling Malibu Al Aparições regulares

WWE Network editar

Ano Título Função Notas
2016 Ride Along Ele mesmo Episódio: "Rockford"
2016 Stone Cold Podcast Ele mesmo Episódio 11
2016 The Edge and Christian Show That Totally Reeks of Awesomeness Ele mesmo Episódio: "Spring Break!"
2016–presente WWE 24 Ele mesmo 4 episódio
2017 Table for 3 Ele mesmo Episódio: "Common Bonds"

Vida pessoal editar

Jones é casado com Wendy Jones.[344] Ele e Wendy tem quatro filhos, Ajay Covell Jones (nascido em 3 de maio de 2005), Avery Jones (nascido em 14 de fevereiro de 2007),[4][345] Albey Jones (nascido em 15 de setembro de 2009) e Anney Jones (nascida em 8 de outubro de 2014).[346] O primeiro nome do meio da criança foi retirado do verdadeiro nome do melhor amigo de Jones e companheiro de TNA, Daniel Covell, mais conhecido como Christopher Daniels. A família vive em Gainesville, Geórgia.[347] Wendy é empregada como uma professora escolar.[344]

Jones é também um devoto cristão.[348][349] Ele afirma que em sua vida: "É Deus em primeiro lugar e em segundo a família".[344]

Ele é um ávido jogador de jogos eletrônicos, e ele mencionou em uma entrevista com a PowerSlam Mag que ele não gosta da série WWE SmackDown vs. Raw e os únicos jogos que ele gosta são os jogos de wrestling do velho Nintendo 64 AKI. Ele também afirmou que o seu jogo de luta favorito é o japonês Virtual Pro Wrestling 2 para o Nintendo 64. Jones também revelou no site oficial da TNA, no lançamento do vídeo para o Phenomenal: The Best of A.J. Styles Volume 2, e em uma entrevista com jornalistas da New Zealand Pro Wrestling que ele cresceu em uma família pobre e que eles não podiam pagar TV a cabo enquanto ele estava crescendo, o que resultou em ele ser incapaz de assistir wrestling profissional.[349]

Em 2010, Jones adquiriu uma grande tatuagem no lado direito de seu torso que lê "AJ 05-03-05 02-14-07 09-15-09", que representa as iniciais e as datas de nascimento de seus três filhos.[350] Em 2016, Jones tatuou a data de nascimento da filha (10-08-14), com um laço de fita ao lado.

Campeonatos e conquistas editar

 
Styles has won numerous titles wrestling in international promotions, such as Revolution Pro Wrestling's RPW British Heavyweight Championship (right hand) and being a two-time IWGP Heavyweight Champion while with New Japan Pro-Wrestling (left hand)
 
In TNA, he won the TNA World Heavyweight Championship twice and the NWA World Heavyweight Championship three times.
 
Winning the TNA Legends/Television Championship (of which he is a two-time title holder) made him the first TNA Grand Slam Champion
 
Styles is a two-time WWE Champion
  • AAA
  • All Access Wrestling
    • Campeonato dos Pesos Pesados (1 vez)[351]
  • Ballpark Brawl
    • Campeonato Natural dos Pesos-Pesados (1 vez)[352]
  • The Baltimore Sun
  • Christian Wrestling Federation/Entertainment
    • Campeonato dos Pesos Pesados (1 vez)[354]
  • Family Wrestling Entertainment
  • Independent Professional Wrestling (Florida)
    • Campeonato dos Pesos Pesados (4 vezes)[356]
  • Independent Wrestling Association Mid-South
  • International Wrestling Cartel
    • Campeonato Super Indies (4 vezes)[357][358][359]
    • Torneio Super Indy Survivor Showdown (2004)
  • Independent Wrestling Revolution
    • Campeonato Rei das Índias (1 vez)[360]
  • Maximum Pro Wrestling
    • Max-Pro Television Championship (1 time)
  • Midwest Pro Wrestling
    • MPW Universal Heavyweight Championship (1 time)
  • New Japan Pro-Wrestling
    • IWGP Heavyweight Championship (2 times)
  • New Korea Pro Wrestling Association
    • NKPWA Junior Heavyweight Championship (1 time)
  • NWA Wildside
    • NWA Wildside Heavyweight Championship (1 time)
    • NWA Wildside Television Championship (3 times)
  • NWA: Total Nonstop Action/Total Nonstop Action Wrestling
    • NWA World Heavyweight Championship (3 times)
    • NWA World Tag Team Championship (4 times) – with Jerry Lynn (1), Abyss (1) and Christopher Daniels (2)
    • TNA Legends/Global/Television Championship (2 times)
    • TNA World Heavyweight Championship (2 times)
    • TNA World Tag Team Championship (2 times) – with Tomko (1) and Kurt Angle (1)
    • TNA X Division Championship (6 times)
    • First TNA Triple Crown Champion (5 times)
    • First TNA Grand Slam Champion (2 times)
    • Bound For Glory Series (2013)
    • TNA World Heavyweight Championship #1 Contenders Tournament (Second Bracket, 2009)
    • Gauntlet for the Gold (2007 – TNA World Tag Team Championship) – with Tomko
    • NWA World Tag Team Championship Tournament (2002) – with Jerry Lynn
    • TNA Year End Awards (10 times)
      • Feud of the Year (2005) vs. Christopher Daniels
      • Finisher of the Year (2003) Styles Clash
      • Match of the Year (2006) with Christopher Daniels vs. Homicide and Hernandez at No Surrender on September 24, 2006
      • Match of the Year (2009) vs. Sting at Bound for Glory on October 18, 2009
      • Mr. TNA (2003–2005)
      • Tag Team of the Year (2006) with Christopher Daniels
      • X Division Star of the Year (2004, 2005)
  • Pennsylvania Premiere Wrestling
    • PPW Tag Team Championship (1 time) – with Tommy Suede
  • Pro Wrestling Guerrilla
    • PWG World Championship (1 time)
  • Pro Wrestling Illustrated
    • Match of the Year (2016) vs. John Cena at SummerSlam
    • Tag Team of the Year (2006) with Christopher Daniels
    • Most Popular Wrestler (2017, 2018)
    • Wrestler of the Year (2016–2018)
    • Wrestler of the Decade (2010s)
    • Ranked No. 1 of the 500 best singles wrestlers of the year in the PWI 500 in 2010
  • Revolution Pro Wrestling
    • RPW British Heavyweight Championship (1 time)
  • Ring of Honor
    • ROH Pure Championship (1 time)
    • ROH World Tag Team Championship (1 time) – with Amazing Red
    • ROH Pure Wrestling Championship Tournament (2004)
  • Rolling Stone
    • WWE Wrestler of the Year (2016)
  • World Wrestling All-Stars
    • WWA International Cruiserweight Championship (1 time)
    • WWA International Cruiserweight Championship Tournament (2002)
  • Wrestling Observer Newsletter
    • Melhor Lutador "Flying" (2005)
    • Melhor manobra de luta (2003, 2015) Styles Clash
    • O lutador mais notável (2014–2016)
    • Luta profissional do ano (2014) vs. Minoru Suzuki em 1º de agosto
    • Lutador do Ano (2015, 2016)[361][362]
    • Estados Unidos/Canadá MVP (2018)[363]
    • Hall da Fama do Wrestling Observer Newsletter (Classe de 2017)[364]
  • WWE

No wrestling editar

Campeonatos e conquistas editar

 
Styles como campeão dos pesos-pesados da IWGP em fevereiro de 2015.
 
Styles como campeão mundial dos pesos-pesados da TNA.
 
Styles como campeão televisivo da TNA.

A Ring of Honor já não reconhece esse reinado seguindo a separação feita pela Total Nonstop Action Wrestling devido a controvérsia de Rob Feinstein.

A TNA só reconhece o segundo reinado como campeão mundial dos pesos-pesados de Styles até o dia 29 de outubro de 2013, embora ele continuou a defender o título em outras promoções.

Referências

  1. Amato, Laura (28 de janeiro de 2016). «AJ Styles: 5 Fast Facts You Need to Know». Heavy.com. Consultado em 28 de fevereiro de 2016 
  2. a b «AJ Styles Profile». WWE. Consultado em 4 de dezembro de 2016 
  3. a b «A.J Styles bio». TNA Wrestling. Consultado em 18 de agosto de 2008. Arquivado do original em 19 de maio de 2011 
  4. a b c d e f g h i j k l m n Milner, John. «A.J. Styles' bio». Slam Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 15 de julho de 2008 
  5. «AJ Styles». web.archive.org. 19 de maio de 2011. Consultado em 30 de janeiro de 2022 
  6. «AJ STYLES-RING OF HONOR UPDATE AND MORE ROH NEWS | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 30 de janeiro de 2022 
  7. «The Official Home of AJ Styles». www.ajstyles.org. Consultado em 30 de janeiro de 2022 
  8. «Collectibles Column - Where to Find Top Cards of 2016's Veteran Breakout Stars». Pro Wrestling Torch (em inglês). 1 de setembro de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  9. «Canoe.Com». canoe (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  10. «AJStyles.Org – Your #1 AJ Styles Source For Over A Year». web.archive.org. 3 de setembro de 2011. Consultado em 22 de março de 2022 
  11. «AJ Styles Interview - NZPWI». web.archive.org. 16 de outubro de 2008. Consultado em 22 de março de 2022 
  12. Dunning, Kyle (7 de setembro de 2021). «When They Were Young: "Phenomenal" AJ Styles». eWrestlingNews.com (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  13. «Hall's star wrestler helps others get 'Made'». archive.ph. 29 de novembro de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  14. Mooneyham, Mike. «Did you know AJ Styles was a state wrestling champ in high school?». Post and Courier (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  15. «Wrestler's Colleges». www.pwwew.net. Consultado em 22 de março de 2022 
  16. a b «Spencer Daily Reporter: Local News: Styles enjoys the circus inside a six-sided ring (03/21/09)». web.archive.org. 1 de fevereiro de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  17. a b c d e f «Canoe.Com». canoe (em inglês). Consultado em 30 de janeiro de 2022 
  18. a b c d e f g «ROH Wrestling | www.rohwrestling.com». web.archive.org. 28 de maio de 2010. Consultado em 30 de janeiro de 2022 
  19. «ROH Wrestling | www.rohwrestling.com». web.archive.org. 28 de maio de 2010. Consultado em 30 de janeiro de 2022 
  20. «ROH Wrestling | www.rohwrestling.com». web.archive.org. 12 de abril de 2010. Consultado em 30 de janeiro de 2022 
  21. «Canoe.Com». canoe (em inglês). Consultado em 30 de janeiro de 2022 
  22. «ROH - ROH Time to Man Up DVD Review» 
  23. a b «Canoe.Com». canoe (em inglês). Consultado em 30 de janeiro de 2022 
  24. a b c d «AJ Styles – Online World of Wrestling». web.archive.org. 7 de dezembro de 2016. Consultado em 30 de janeiro de 2022 
  25. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y «A.J. Styles profile». Online World of Wrestling. Consultado em 18 de agosto de 2008. Arquivado do original em 14 de maio de 2007 
  26. «AJ Styles – Online World of Wrestling». web.archive.org. 7 de dezembro de 2016. Consultado em 30 de janeiro de 2022 
  27. Clevett, Jason (4 de junho de 2004). «TNA: Second anniversary nothing special». Slam Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 21 de novembro de 2008 
  28. a b «Canoe.Com». canoe (em inglês). Consultado em 30 de janeiro de 2022 
  29. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z «Canoe.Com». canoe (em inglês). Consultado em 31 de janeiro de 2022 
  30. «Daniels feels Detroit's economy won't hurt this Sunday's PPV». Slam Wrestling (em inglês). Consultado em 31 de janeiro de 2022 
  31. a b c d e f g h «WWE News, RAW Results, Smackdown Results». Wrestling News and Results, WWE News, TNA News, ROH News (em inglês). Consultado em 31 de janeiro de 2022 
  32. a b «WWE News, RAW Results, Smackdown Results». Wrestling News and Results, WWE News, TNA News, ROH News (em inglês). Consultado em 31 de janeiro de 2022 
  33. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA NO SURRENDER PPV REPORT 9/20: Complete coverage of last month's TNA PPV - Kurt Angle vs. Sting vs. Matt Morgan vs. A.J. Styles». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  34. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA TURNING POINT PPV REPORT 11/15: Ongoing "virtual time" coverage of A.J. Styles vs. Samoa Joe vs. Daniels». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  35. «PWTorch.com - WILKENFELD'S TNA IMPACT REPORT 12/10: Ongoing "virtual time" coverage of Spike TV broadcast». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  36. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA FINAL RESOLUTION PPV REPORT 12/20: Complete coverage of A.J. Styles vs. Daniels, Angle vs. Wolfe». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  37. «PWTorch.com - KELLER'S TNA IMPACT LIVE REPORT 1/4: Jeff Hardy, NWO reunion, Hulk Hogan, TNA Knockout Title match, more surprises - ongoing coverage». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  38. «PWTorch.com - WILKENFELD'S TNA IMPACT REPORT 1/14: Ongoing "virtual time" coverage of Spike TV broadcast». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  39. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA GENESIS PPV REPORT 1/17: Ongoing "virtual time" coverage of A.J. Styles vs. Kurt Angle, Hulk Hogan's TNA PPV debut». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  40. «PWTorch.com - WILKENFELD'S TNA IMPACT REPORT 1/21: Ongoing "virtual time" coverage of Spike TV broadcast». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  41. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA AGAINST ALL ODDS PPV REPORT 2/14: Ongoing "virtual time" coverage of A.J. Styles vs. Samoa Joe, Nastys vs. 3D». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  42. «PWTorch.com - TNA IMPACT RESULTS 3/8: Keller's live ongoing report covering the historic beginning of Monday Night War II». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  43. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA DESTINATION X PPV REPORT 3/21: Ongoing "virtual time" coverage of A.J. Styles vs. Abyss, Ultimate X, Anderson vs. Angle». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  44. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA LOCKDOWN RESULTS 4/18: Ongoing "virtual time" coverage of PPV - Styles vs. The Pope, Team Hogan vs. Team Flair, Angle vs. Anderson». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  45. «PWTorch.com - WILKENFELD'S TNA IMPACT REPORT 4/19: Ongoing "virtual time" coverage of Spike TV broadcast--Whole F'n New Champion». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  46. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA SACRIFICE RESULTS 5/16: Ongoing "virtual time" coverage of PPV - RVD vs. Styles, Jeff Hardy vs. Mr. Anderson». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  47. «PWTorch.com - WILKENFELD'S TNA IMPACT REPORT 5/27: Ongoing "virtual time" coverage of Spike TV broadcast [updated]». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  48. «PWTorch.com - WILKENFELD'S TNA IMPACT REPORT 6/3: Ongoing "virtual time" coverage of Spike TV broadcast [updated]». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  49. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA SLAMMIVERSARY RESULTS 6/13: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV - RVD vs. Sting, Hardy & Anderson, "nice surprise"». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  50. «Wrestleview.com». WWE News, WWE Results, AEW News, AEW Results (em inglês). Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  51. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 6/17: Ongoing "virtual time" coverage of Impact on Spike TV». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  52. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA VICTORY ROAD PPV RESULTS 7/11: Ongoing "virtual time" coverage live on-site from Orlando - four-way TNA Title match, Flair vs. Lethal». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  53. «PWTorch.com - WILKENFELD'S TNA IMPACT REPORT 7/22: Ongoing "virtual time" coverage of Spike TV broadcast [updated]». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  54. «PWTorch.com - KELLER'S TNA IMPACT REPORT 7/29: Tommy Dreamer announces new name for ECW faction, Hulk Hogan addresses situation». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  55. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA NO SURRENDER PPV RESULTS 9/5: Complete "virtual time" coverage of live PPV - Angle vs. Hardy, Pope vs. Anderson». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  56. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA BOUND FOR GLORY PPV RESULTS 10-10-10: Complete "virtual time" coverage of live PPV - Angle vs. Anderson vs. Hardy, "they" reveal». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  57. «PWTorch.com - WILKENFELD'S TNA IMPACT REPORT 10/14: Complete "virtual time" coverage of Spike TV's live broadcast». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  58. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA TURNING POINT PPV RESULTS 11/7: Complete "virtual time" coverage of live PPV - Hardy vs. Morgan, EV2 vs. Fortune, Team 3D "retirement" match». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  59. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA FINAL RESOLUTION PPV RESULTS 12/5: Complete "virtual time" coverage of live PPV - Hardy vs. Morgan II, several title and stipulation matches». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  60. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT REPORT 2/3: Complete "virtual-time" coverage of Impact on Spike TV - "they" reveal, TNA World Title match». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  61. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT REPORT 2/17: Complete "virtual-time" coverage of Impact on Spike TV - Against All Odds fall-out, Flair's TV return, TNA World Title match». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  62. «Canoe.Com». canoe (em inglês). Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  63. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA VICTORY ROAD PPV RESULTS 3/13: Complete "virtual time" coverage of live PPV - Sting vs. Hardy 90-second TNA Title match». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  64. «Wrestleview.com - Impact Results - 3/17/11». web.archive.org. 29 de setembro de 2012. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  65. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA LOCKDOWN PPV RESULTS 4/17: Complete "virtual time" coverage of live all-cage match PPV - Sting vs. Anderson vs. RVD, big Lethal Lockdown SPOILER». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  66. «PWTorch.com - BAX'S TNA IMPACT REPORT 5/5: Main-Eventers Take The Week Off, Hype For Next Week's Show». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  67. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT REPORT 5/26: Complete "virtual-time" coverage of "Impact Wrestling" - Angle vs. RVD, Street Fight, '90s Night». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  68. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA SLAMMIVERSARY PPV RESULTS 6/12: Complete "virtual time" coverage of live PPV - Sting vs. Anderson, Angle vs. Jarrett blow-off». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  69. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA DESTINATION X PPV RESULTS 7/10: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV - Styles vs. Daniels, Ultimate X, RVD vs. Lynn». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  70. «PWTorch.com - TNA News: Impact Wrestling SPOILERS 9/1 - BAX's in-person results for next Thursday's episode». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  71. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA BOUND FOR GLORY PPV RESULTS 10/16: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV - Angle-Roode, Hogan-Sting». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  72. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA TURNING POINT PPV RESULTS 11/13: Complete "virtual time" coverage of live PPV - Roode-Styles, five title matches». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  73. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA FINAL RESOLUTION PPV RESULTS 12/11: Complete "virtual time" coverage of live PPV - Roode-Styles, five title matches». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  74. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT WRESTLING REPORT 12/15: PPV fall-out, Jarrett firing, Hardy-Ray». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  75. «PWTorch.com - KELLER'S TNA IMPACT WRESTLING REPORT 12/22: Hardy & Sting team against Roode & Ray, plus Angle visits Storm's favorite bar». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  76. «PWTorch.com - MCQUADE'S TNA IMPACT WRESTLING REPORT 12/29: Knockouts Title match in main event, Angle vs. RVD, Genesis PPV hype». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  77. «PWTorch.com - MCQUADE'S TNA IMPACT WRESTLING REPORT 1/5: Review of final Genesis PPV hype, six-man tag main event, tournament finals». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  78. «PWTorch.com - KELLER'S TNA IMPACT WRESTLING BLOG 2/9: Evaluating the final Against All Odds PPV hype, Garett the future of the business?». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  79. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA AGAINST ALL ODDS PPV RESULTS 2/12: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV - Roode-Hardy-Storm-Ray TNA Title main event». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  80. «PWTorch.com - TURNER'S TNA IMPACT WRESTLING REPORT 3/1: Team Roode vs. Team Storm six-man tag match, Angle explains Hardy feud, M.I.A. Abyss». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  81. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA VICTORY ROAD PPV RESULTS 3/18: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV - Sting-Roode main event, Angle-Hardy, Storm-Ray». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  82. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA LOCKDOWN PPV RESULTS 4/15: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV - Roode-Storm main event, Angle-Hardy, Lethal Lockdown opener». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  83. «PWTorch.com - TURNER'S TNA IMPACT WRESTLING RESULTS 5/10: Sacrifice lead-in, Morgan and Crimson final confrontation, James Storm update, King Mo calls out TNA Champ». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  84. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA SACRIFICE PPV RESULTS 5/13: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV - Roode-RVD main event, Aries-Ray, Angle-Styles». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  85. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT WRESTLING RESULTS 5/31: Ongoing "virtual-time" coverage of live Impact in new timeslot - Roode vs. Sting». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  86. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA SLAMMIVERSARY PPV RESULTS 6/10: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV - Roode vs. Sting headlines 10th Anniv. PPV». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  87. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 6/14: Ongoing "virtual-time" coverage of live Impact - TNA World Title match, Ultimate X starts the show». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  88. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 6/21: Ongoing "virtual-time" coverage of live Impact - Aries Decision 2012, BFG Series, Open Fight Night, Gut Check». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  89. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 6/28: Ongoing "virtual-time" coverage of live Impact - BFG Series, Tag Title main event». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  90. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA DESTINATION X PPV RESULTS 7/8: Complete "virtual time" coverage of live PPV - Roode vs. Aries, new X Division champion, Joe vs. Angle». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  91. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 8/16: Complete "virtual-time" coverage of live Impact - Hardcore Justice fall-out, three BFG Series matches». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  92. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 8/30: Complete "virtual-time" coverage of live Impact - three BFG Series matches including Angle-Hardy». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  93. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA NO SURRENDER PPV RESULTS 9/9: Complete "virtual time" coverage of live PPV - BFG Series finals». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  94. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA BOUND FOR GLORY PPV RESULTS 10/14: Complete "virtual time" coverage of live PPV - Aries vs. Hardy, Storm vs. Roode». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  95. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA TURNING POINT PPV RESULTS 11/11: Complete "virtual-time" coverage of Hardy-Aries, top titles at-stake». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  96. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA FINAL RESOLUTION PPV RESULTS 12/9: Complete "virtual-time" coverage of Hardy vs. Roode in the main event, Aries vs. Bully». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  97. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 12/13: Complete "virtual-time" coverage of PPV fall-out episode». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  98. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 2/28: Complete "virtual-time" coverage of live Impact - TNA & Jeff Hardy return to Orlando; Angle unmasks A&E member, but cameraman misses the shot». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  99. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 3/7: Complete "virtual-time" coverage of live Impact - final Lockdown PPV hype». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  100. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 4/18: Complete "virtual-time" coverage of Styles's in-ring return, live Impact fall-out». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  101. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 3/14: Complete "virtual-time" coverage of live Impact - Lockdown PPV fall-out from Chicago». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  102. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 3/21: Complete "virtual-time" coverage of Impact from Chicago - new #1 contender to TNA Title, two title matches, Lockdown fall-out». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  103. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 5/9 (Hour 1): Ongoing "virtual-time" coverage of live Impact - Angle & Styles brawl, D-Lo Brown pouts, Knockouts tag match, more». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  104. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 5/23: Complete "virtual-time" coverage of live Impact - Hogan returns home, A.J. in Aces & Eights?, final show in current timeslot». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  105. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA SLAMMIVERSARY PPV RESULTS (Hour 3): Bully vs. Sting for the TNA World Title, plus Styles vs. Angle». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  106. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 6/13: Complete "virtual-time" coverage of BFG Series qualifiers, Sting bringing back Mafia, Rampage Jackson Week 2, more». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  107. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 9/12: Complete "virtual-time" coverage of "No Surrender" Impact - Bully defends TNA Title, BFG Series Finals, more». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  108. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 9/19: Complete "virtual-time" coverage of St. Louis Impact - Dixie Carter turns heel, Mafia vs. E.G.O. main event, new KO champ, more». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  109. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA BFG PPV RESULTS 10/20 (Hour 3): Styles vs. Bully for the TNA Title, Sting vs. Magnus». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  110. «PWTorch.com - CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 10/24: Complete "virtual-time" coverage of Styles vs. Bully TNA Title re-match». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  111. «PWTorch.com - TNA NEWS: Halloween Impact tonight - TNA Title announcement, PPV re-matches, Abyss, SPOILER link». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  112. «PWTorch.com - TNA NEWS: Impact SPOILERS - futures of two top stars up in the air for 2014, plus news from Thurs. TV taping». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  113. «PWTorch.com - IMPACT NEWS: Official TNA World champ determined, four matches for "Genesis" Impact next week». www.pwtorch.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  114. «AJ STYLES LEAVING TNA | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  115. «411MANIA». AJ Styles On Why He Left Impact Wrestling (em inglês). Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  116. «NJPW Circuit '08 New Japan ISM - Day 8 at New Sumo Hall - Ryogoku Kokugikan wrestling results - Internet Wrestling Database». www.profightdb.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  117. «PWTorch.com - SPOILER RESULTS - 1/4 ROH TV taping in Nashville, Tenn.: Styles & Hero return to an ROH ring, plus Final Battle fall-out». www.pwtorch.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  118. «COMPLETE RING OF HONOR 12th ANNIVERSARY COVERAGE | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  119. «ROH 03/22/14 Flyin High Results». web.archive.org. 24 de abril de 2014. Consultado em 22 de março de 2022 
  120. «AJ STYLES, BULLET CLUB & NAKAMURA-NEW JAPAN UPDATES | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  121. Staff, F4W. «ROH Duluth, GA, results: AJ Styles & Bullet Club curtain call». WON/F4W - WWE news, Pro Wrestling News, WWE Results, AEW News, AEW results (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  122. «BRITISH WRESTLER LIONHEART SUFFERS BROKEN NECK | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  123. «2/8 CZW iPPV Results: Voorhees, New Jersey (Styles/Gulak)». WWE News, WWE Results, AEW News, AEW Results (em inglês). 10 de fevereiro de 2014. Consultado em 22 de março de 2022 
  124. «PWTorch.com - SHOW RESULTS - 8/31 PWG Battle of Los Angeles Night 3: The Finals of huge tournament with Styles, former WWE stars, PWG champ, ROH champ, mega-tag match, Willie Mack says good-bye». www.pwtorch.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  125. «PWTorch.com - SHOW RESULTS - 3/11 FWE in Brooklyn, N.Y.: A.J. Styles vs. John Hennigan (Morrison), Young Bucks, Hero, TNA star, more». www.pwtorch.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  126. High Intensity 4 | House of Glory | Watch Online for Just $3.99 | House of Glory Wrestling On Demand (em inglês), consultado em 22 de março de 2022 
  127. [FREE DREAM MATCH] AJ Styles vs. PJ Black (Justin Gabriel) - House of Glory Wrestling, consultado em 22 de março de 2022 
  128. «PWTorch.com - SHOW RESULTS - 9/4-9/6 Chikara King of Trios tournament in Easton, Pa.: Bullet Club's A.J. Styles & Young Bucks, Team AAA, the BWO, int'l teams, more trios». www.pwtorch.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  129. Staff, F4W. «AJ Styles battles Rey Mysterio for the first time; John Morrison vs. Carlito». WON/F4W - WWE news, Pro Wrestling News, WWE Results, AEW News, AEW results (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  130. «1/16 Rev Pro in London - Styles teases Rumble, Lethal defends ROH Title». Pro Wrestling Torch (em inglês). 17 de janeiro de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  131. a b c d «試合結果». www.njpw.co.jp (em japonês). Consultado em 22 de março de 2022 
  132. «PWTorch.com - STYLES NEWS: A.J. Styles announced for New Japan's G1 Climax». www.pwtorch.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  133. «新日本プロレスリング:5月度のスマホサイトは、いま一番悪いヤツら"BULLET CLUB"が完全ジャック!! アンダーソンの心中は?». web.archive.org. 2 de maio de 2014. Consultado em 22 de março de 2022 
  134. «News | ROH Wrestling». www.rohwrestling.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  135. «11/07(土) 17:00 大阪・大阪府立体育会館|POWER STRUGGLE|大会結果一覧|Match Information|新日本プロレスリング». web.archive.org. 9 de novembro de 2015. Consultado em 22 de março de 2022 
  136. «AJ Styles crowned the new IWGP Heavyweight Champion». WWE News, WWE Results, AEW News, AEW Results (em inglês). 3 de maio de 2014. Consultado em 22 de março de 2022 
  137. «新日本プロレスリング:"新IWGP王者"AJスタイルズに直撃! 「もう誰にもIWGPを渡す気はない!俺が"カネの雨"を降らせるから心配するな!」». web.archive.org. 12 de maio de 2014. Consultado em 22 de março de 2022 
  138. «5・3内藤に挑戦の170センチ石井が"史上最小IWGP王者"にこだわり – 東京スポーツ新聞社». 東スポWeb (em japonês). Consultado em 22 de março de 2022 
  139. «PWTorch.com - CALDWELL'S ROH IPPV RESULTS 5/17: Complete "virtual-time" coverage of War of the Worlds - ROH Title & IWGP Title main events, new ROH tag champs, Steen vs. Nakamura, more». www.pwtorch.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  140. «PWTorch.com - CALDWELL'S NJPW IPPV RESULTS 5/25: Complete "virtual-time" coverage of live show featuring Styles vs. Okada for IWGP World Title, MOTY Contender, NWA Tag Titles, more». www.pwtorch.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  141. «PWTorch.com - CALDWELL'S NJPW G1 CLIMAX RESULTS 7/21 (Night 1): Complete coverage of A.J. Styles vs. Okada main event, Tanahashi, Nakamura, Shelton Benjamin, Bullet Club, more». www.pwtorch.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  142. «08/08(金) 18:30 神奈川・横浜文化体育館|バディファイトPresents G1 CLIMAX 24|大会結果一覧|Match Information|新日本プロレスリング». web.archive.org. 8 de agosto de 2014. Consultado em 22 de março de 2022 
  143. «8/8 NJPW G-1 Climax Day 11 recap (Okada/Suzuki)». WWE News, WWE Results, AEW News, AEW Results (em inglês). 8 de agosto de 2014. Consultado em 22 de março de 2022 
  144. «10/13(月) 16:00 東京・両国国技館|KING OF PRO-WRESTLING|大会結果一覧|Match Information|新日本プロレスリング». web.archive.org. 17 de outubro de 2014. Consultado em 22 de março de 2022 
  145. «PWTorch.com - PPV RESULTS - 10/13 New Japan in Tokyo, Japan: Styles drops IWGP World Hvt. Title to Tanahashi, more title changes, former WWE star returns to New Japan, more». www.pwtorch.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  146. «11/08(土) 17:00 大阪・大阪府立体育会館~BODY MAKER コロシアム~|POWER STRUGGLE|大会結果一覧|Match Information|新日本プロレスリング». web.archive.org. 11 de novembro de 2014. Consultado em 22 de março de 2022 
  147. «PWTorch.com - NJPW NEWS: Yoshitatsu injury update - could be out one year». www.pwtorch.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  148. «新日本プロレスリング:『WORLD TAG LEAGUE 2014』出場チーム&公式戦が決定! 棚橋はヨシタツとタッグ結成! 桜庭、AJ、柴田、ROH、NWAも参戦!». web.archive.org. 12 de novembro de 2014. Consultado em 22 de março de 2022 
  149. «12/05(金) 18:30 大阪・大阪市中央体育館・サブアリーナ|WORLD TAG LEAGUE 2014|大会結果一覧|Match Information|新日本プロレスリング». web.archive.org. 10 de dezembro de 2014. Consultado em 22 de março de 2022 
  150. «01/04(日) 16:00 東京・東京ドーム|WRESTLE KINGDOM 9 in 東京ドーム|大会結果一覧|Match Information|新日本プロレスリング». web.archive.org. 4 de janeiro de 2015. Consultado em 22 de março de 2022 
  151. «PWTorch.com - CALDWELL'S NJPW TOKYO DOME SHOW RESULTS 1/4: Complete "virtual-time" coverage of live Wrestle Kingdom PPV - Tanahashi vs. Okada, Bullet Club, Nakamura, Jim Ross, more». www.pwtorch.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  152. «ニュース». www.njpw.co.jp (em japonês). Consultado em 22 de março de 2022 
  153. «02/11(水) 17:00 大阪・大阪府立体育会館~BODY MAKER コロシアム~|THE NEW BEGINNING in OSAKA|大会結果一覧|Match Information|新日本プロレスリング». web.archive.org. 13 de fevereiro de 2015. Consultado em 22 de março de 2022 
  154. «PWTorch.com - NJPW NEWS: Bullet Club takes top titles at "New Beginning" - Styles new IWGP World Champ, other title changes». www.pwtorch.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  155. «04/05(日) 16:00 東京・両国国技館|INVASION ATTACK 2015|大会結果一覧|Match Information|新日本プロレスリング». web.archive.org. 9 de abril de 2015. Consultado em 22 de março de 2022 
  156. «PWTorch.com - SHOW RESULTS - 4/5 NJPW "Invasion Attack" in Tokyo, Japan: A.J. Styles defends IWGP World Title in main event, ROH tag teams win both Tag Titles, Bullet Club in action, more». www.pwtorch.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  157. «07/05(日) 16:00 大阪・大阪城ホール|DOMINION 7.5 in OSAKA-JO HALL|大会結果一覧|Match Information|新日本プロレスリング». web.archive.org. 6 de julho de 2015. Consultado em 22 de março de 2022 
  158. «PWTorch.com - NJPW PPV NEWS: Three title changes at Dominion PPV, big-time main event, ROH, headline matches for G1 Climax, more». www.pwtorch.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  159. Meltzer, Dave. «NJPW Power Struggle live results 2015: Shinsuke Nakamura vs. Karl Anderson for IC title». WON/F4W - WWE news, Pro Wrestling News, WWE Results, AEW News, AEW results (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  160. Meltzer, Dave. «AJ Styles officially removed from NJPW Tour». WON/F4W - WWE news, Pro Wrestling News, WWE Results, AEW News, AEW results (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  161. Meltzer, Dave. «Wrestle Kingdom 10 live results: Kazuchika Okada vs Hiroshi Tanahashi». WON/F4W - WWE news, Pro Wrestling News, WWE Results, AEW News, AEW results (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  162. a b Rose, Bryan. «NJPW stars Nakamura, AJ Styles, Luke Gallows and Karl Anderson headed to WWE». WON/F4W - WWE news, Pro Wrestling News, WWE Results, AEW News, AEW results (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  163. a b «PWTorch Report – Four big names leaving New Japan, heading to WWE – PWTorch». web.archive.org. 5 de janeiro de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  164. «AJ STYLES & NAKAMURA-NEW JAPAN UPDATES | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  165. «Are AJ Styles, Shinsuke Nakamura, Karl Anderson and Doc Gallows coming to WWE?». WWE (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  166. «Former New Japan star Matt Bloom addresses Bullet Club rumors». WWE (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  167. «TNA releases details on A.J. Styles talks - insight on how this played out -». web.archive.org. 28 de janeiro de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  168. lesnabis (25 de janeiro de 2016). «1/24 Rumble News - two title changes, A.J. Styles, new Divas feud, Rumble, more». Pro Wrestling Torch (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  169. a b «WWE RAW REPORT: WHO IMPRESSED THE AUTHORITY ENOUGH TO MAIN EVENT FASTLANE?, FINALLY . . . THE NEW DAY KNOW SOMETHING ROCK DOES NOT, AJ STYLES MAKES HIS RAW DEBUT, IF YOU MISSED SOMETHING RESEMBLING THE ATTITUDE ERA . . . THIS RAW IS FOR YOU | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  170. «WWE RAW REPORT: STIRRING THE POTS, IC TITLE MATCH, NEW MATCHES FOR FASTLANE, AND MATCHES FOR SMACKDOWN | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  171. «WWE SMACKDOWN REPORT: DID JERICHO ACCEPT THE CHALLENGE?, WHAT DID BROCK DO ON HIS RETURN TO SMACKDOWN?, AND MORE | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  172. «COMPLETE WWE FAST LANE PPV COVERAGE | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  173. «WWE RAW REPORT: A NAME YOU PROBABLY DIDN'T EXPECT, MATCHES ANNOUNCED FOR WRESTLEMANIA, DETROIT MEDICAL FACILITIES ARE GOING TO BE BUSY , AND MORE | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  174. «WWE RAW REPORT: TAG TITLE MATCH NEXT WEEK, WHO IS THE NUMBER ONE CONTENDER FOR THE DIVAS TITLE?, WHO GETS A TITLE MATCH?, WHAT ABOUT THE SHANE/TAKER MATCH?, AND MORE | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  175. «WWE SMACKDOWN REPORT: WHO GETS TO WRESTLE CHARLOTTE AT WRESTLEMANIA?, MIZ AND ZIGGLER GETTING READY FOR A MINUTEMAN MATCH?, KOFI VS. STYLES, AND MORE | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  176. «WWE RAW REPORT: ANY ROADBLOCKS ON THE PATH TO ROADBLOCK?, HOW ABOUT THOSE Y2AJ SHIRT SALES?, WHO WILL BE THE X FACTOR IN THE LANA/BRIE SITUATION?, AND MORE | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  177. «WWE SMACKDOWN REPORT: DEAN AMBROSE TOURS CINCINNATI, OWENS VS STYLES, ROMAN SPEAKS, THE DIVAS TALK ABOUT THEIR HISTORIES TOGETHER, AND MORE | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  178. «3/21 WWE Raw Results - CALDWELL'S Complete Live Report». Pro Wrestling Torch (em inglês). 22 de março de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  179. «WWE RAW REPORT: VINCE MAKES AN ANNOUNCEMENT, KEVIN OWENS TRIES TO OUTSMART THE WRESTLERS BUT DID IT WORK?, WHAT'S GOOD FOR THE JERICHO IS GOOD FOR THE AJ, AND MORE | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 22 de março de 2022 
  180. «3/28 WWE Raw Results - CALDWELL'S Complete Live Report on final WM32 hype». Pro Wrestling Torch (em inglês). 29 de março de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  181. «Did Jericho spoil Styles' WrestleMania debut?». WWE (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  182. «4/4 WWE Raw Results - CALDWELL'S Complete Report on post-WM32». Pro Wrestling Torch (em inglês). 5 de abril de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  183. Ford (10 de maio de 2016). «5/9 WWE Raw Results - CALDWELL'S Complete Live TV Report». Pro Wrestling Torch (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  184. «4/18 WWE Raw Results - CALDWELL'S Complete London TV Report». Pro Wrestling Torch (em inglês). 19 de abril de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  185. «5/1 WWE Payback Results - CALDWELL'S Complete Live Report». Pro Wrestling Torch (em inglês). 2 de maio de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  186. «5/22 WWE Extreme Rules PPV Results - CALDWELL'S Complete Live Report». Pro Wrestling Torch (em inglês). 23 de maio de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  187. «5/30 WWE Raw Results - CALDWELL'S Complete Live TV Report». Pro Wrestling Torch (em inglês). 31 de maio de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  188. «6/19 WWE MITB PPV Results - CALDWELL'S Complete Live Report». Pro Wrestling Torch (em inglês). 20 de junho de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  189. «Cena & The Realest Guys in the Room shut down The Club». WWE (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  190. «2016 WWE Draft results: Are your favorite Superstars on Raw or SmackDown Live?». WWE (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  191. «8/21 WWE Summerslam Results - CALDWELL'S Complete Live Report». Pro Wrestling Torch (em inglês). 22 de agosto de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  192. «8/23 Barnett's WWE Smackdown Live TV Review: AJ Styles appears after defeating John Cena at SummerSlam, Nikki Bella returns». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 23 de agosto de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  193. «Next up for Ambrose: A 'Phenomenal' challenger». WWE (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  194. «A questionable new low for Styles leads to a controversial championship conclusion». WWE (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  195. eremy (12 de setembro de 2016). «9/11 WWE Backlash Results - CALDWELL'S Complete PPV Report». Pro Wrestling Torch (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  196. «WWE announces WWE World Championship rematch set for next week's 9/27 Smackdown Live». WWE News, WWE Results, AEW News, AEW Results (em inglês). 21 de setembro de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  197. «9/27 WWE Smackdown LIVE – Parks's Complete, Real-Time Report». Pro Wrestling Torch (em inglês). 28 de setembro de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  198. «Styles uses controversy to his advantage in WWE World Title Match». WWE (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  199. «KELLER'S WWE SURVIVOR SERIES PPV REPORT 11/20: Goldberg vs. Lesnar, Raw vs. Smackdown, The Miz vs. Sami Zayn, more». Pro Wrestling Torch (em inglês). 21 de novembro de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  200. «Did Ambrose emerge from TLC wreckage with WWE World Title?». WWE (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  201. «12/27 WWE Smackdown LIVE – Parks's Complete, Real-Time Report, including three title matches, John Cena's return». Pro Wrestling Torch (em inglês). 28 de dezembro de 2016. Consultado em 22 de março de 2022 
  202. «Did John Cena tie Ric Flair's record 16 world championship wins?». WWE (em inglês). Consultado em 22 de março de 2022 
  203. «2/12 Powell's WWE Elimination Chamber 2017 live review: John Cena vs. AJ Styles vs. Dean Ambrose vs. The Miz vs. Baron Corbin vs. Bray Wyatt in an Elimination Chamber match for the WWE Championship». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 13 de fevereiro de 2017. Consultado em 23 de março de 2022 
  204. T-Bone22 (15 de fevereiro de 2017). «KELLER'S WWE SMACKDOWN REPORT 2/14: Ongoing coverage of Bray defending WWE Title against Cena, Elimination Chamber follow-up». Pro Wrestling Torch (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  205. a b «AJ Styles ambushed Shane McMahon in the parking lot». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  206. «Shane McMahon seemingly called AJ Styles out for WrestleMania». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  207. «Shane McMahon demands AJ Styles at WrestleMania». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  208. «AJ Styles attempts to overcome Shane McMahon's daredevil offense». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  209. «Powell's WrestleMania 33 live review: Undertaker vs. Roman Reigns, Goldberg vs. Brock Lesnar for the WWE Universal Championship, AJ Styles vs. Shane McMahon, Seth Rollins vs. Triple H in an unsanctioned match». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 2 de abril de 2017. Consultado em 23 de março de 2022 
  210. «KELLER'S WWE SMACKDOWN REPORT 4/4: WrestleMania 33 fallout including celebration interview with Orton, rematches, Miz & Maryse, and some NXT call-ups!». Pro Wrestling Torch (em inglês). 5 de abril de 2017. Consultado em 23 de março de 2022 
  211. SaturdayAt605 (12 de abril de 2017). «KELLER'S WWE SMACKDOWN REPORT 4/11: Superstar Shake-up Night 2 details, Shinsuke's second week, JBL heckled». Pro Wrestling Torch (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  212. May 22, Phillip Bowman (21 de maio de 2017). «5/21 Powell's WWE Backlash Live Review: Randy Orton vs. Jinder Mahal for the WWE Championship, Kevin Owens vs. AJ Styles for the U.S. Championship, Shinsuke Nakamura vs. Dolph Ziggler». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  213. «Who rose to claim the Money in the Bank contract?». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  214. «McNEILL'S WWE SMACKDOWN REPORT 7/4: John Cena Returns, Rap Battle, Naomi-Lana III & Battle Royal». Pro Wrestling Torch (em inglês). 5 de julho de 2017. Consultado em 23 de março de 2022 
  215. «Styles and Owens to clash in United States Title Rematch at WWE Battleground». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  216. «AJ Styles captures United States Title from Owens at Madison Square Garden». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  217. «7/23 Powell's WWE Battleground Live Review: Jinder Mahal vs. Randy Orton in a Punjabi Prison match for the WWE Championship, AJ Styles vs. Kevin Owens for the U.S. Championship, John Cena vs. Rusev in a flag match». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 23 de julho de 2017. Consultado em 23 de março de 2022 
  218. DBob (26 de julho de 2017). «KELLER'S WWE SMACKDOWN REPORT 7/25: Surprise return, Owens gloats and Styles wants rematch, Nakamura vs. Corbin». Pro Wrestling Torch (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  219. «With Shane McMahon at guest referee, who walked out of SummerSlam the United States Champion». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  220. T-Bone22 (23 de agosto de 2017). «KELLER'S WWE SMACKDOWN REPORT 8/22: Summerslam fallout including Owens-Styles-Shane controversy and a new roster member». Pro Wrestling Torch (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  221. «KELLER'S WWE SMACKDOWN REPORT 8/29: Jinder & Rusev vs. Orton & Nakamura headlines, plus A.J. Styles U.S. Title Open Challenge, Shelton & Gable». Pro Wrestling Torch (em inglês). 30 de agosto de 2017. Consultado em 23 de março de 2022 
  222. «KELLER'S WWE SMACKDOWN REPORT 9/12: Vince McMahon appears to address Shane being suspended and Owens threatening to sue». Pro Wrestling Torch (em inglês). 13 de setembro de 2017. Consultado em 23 de março de 2022 
  223. «Styles to battle Corbin and Dillinger in a Triple Threat Match». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  224. «10/08 Powell's WWE Hell in a Cell Kickoff Show coverage: Shelton Benjamin and Chad Gable vs. Zack Ryder and Mojo Rawley». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 8 de outubro de 2017. Consultado em 23 de março de 2022 
  225. «The Lone Wolf captures the United States Title in Triple Threat Match». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  226. «Powell's WWE Hell in a Cell 2017 live review: Kevin Owens vs. Shane McMahon in a Falls Count Anywhere HIAC match, New Day vs. The Usos in an HIAC match for the Smackdown Tag Titles, Jinder Mahal vs. Shinsuke Nakamura for the WWE Championship». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 8 de outubro de 2017. Consultado em 23 de março de 2022 
  227. «KELLER'S WWE SMACKDOWN REPORT 10/10: Sami Zayn has some explaining to do, Owens-Shane fallout, Styles challenges Corbin». Pro Wrestling Torch (em inglês). 11 de outubro de 2017. Consultado em 23 de março de 2022 
  228. «10/17 Barnett's WWE Smackdown Live TV Review: Jinder Mahal's Survivor Series announcement, Bobby Roode vs. Dolph Ziggler, Sami Zayn opens the show». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 17 de outubro de 2017. Consultado em 23 de março de 2022 
  229. «The Demon faces Phenomenal foe at WWE TLC». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  230. «WWE SCRAMBLING AS TLC CARD IS REVAMPED DUE TO MEDICAL ISSUES, KURT ANGLE TO RETURN TO THE RING THIS SUNDAY, STYLES VS. BALOR | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 23 de março de 2022 
  231. «Demonic meets Phenomenal at WWE TLC». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  232. «11/7 Barnett's WWE Smackdown Live TV Review: Jinder Mahal vs. AJ Styles for the WWE Championship, The Usos vs. Shelton Benjamin and Chad Gable for the Smackdown Tag Titles, Becky Lynch vs. James Ellsworth». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 8 de novembro de 2017. Consultado em 23 de março de 2022 
  233. «AJ Styles def. Jinder Mahal to win the WWE Championship». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  234. www.thehistoryofwwe.com http://www.thehistoryofwwe.com/world_title.htm. Consultado em 23 de março de 2022  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  235. «WWE Championship». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  236. «Styles to battle The Beast in a Champion vs. Champion Survivor Series collision». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  237. «The Beast looks to kick down the door in the house that AJ Styles built». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  238. «Styles denies Mahal in Phenomenal WWE Title Match». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  239. December 17, Barton Hollow (18 de dezembro de 2017). «Powell's WWE Clash of Champions 2017 live review: AJ Styles vs. Jinder Mahal for the WWE Championship, Kevin Owens and Sami Zayn put their WWE careers on the line vs. Randy Orton and Shinsuke Nakamura with Shane McMahon and Daniel Bryan as referees». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  240. «12/26 Barnett's WWE Smackdown Live TV Review: WWE Champion AJ Styles vs. Kevin Owens, the final edition of 2017». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 27 de dezembro de 2017. Consultado em 23 de março de 2022 
  241. January 2, Arky (3 de janeiro de 2018). «01/02 Barnett's WWE Smackdown Live TV Review: WWE Champion AJ Styles vs. Sami Zayn in a non-title match, The Usos vs. Shelton Benjamin and Chad Gable for the Smackdown Tag Titles, U.S. Title tournament continues on the first Smackdown of 2018». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  242. «Can Styles overcome The "Yep!" Movement in a Handicap Match to maintain the WWE Title?». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  243. «AJ Styles vs. Kevin Owens & Sami Zayn - 1-on-2 Handicap Match results». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  244. «WWE Royal Rumble 2018 live review: Men's and Women's Royal Rumble matches, Brock Lesnar vs. Braun Strowman vs. Kane for the WWE Universal Championship, AJ Styles vs. Kevin Owens and Sami Zayn in a handicap match for the WWE Championship». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 28 de janeiro de 2018. Consultado em 23 de março de 2022 
  245. «Who will step onto The Grandest Stage of Them All as WWE Champion?». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  246. «WWE Fastlane 2018 live review: AJ Styles vs. Kevin Owens vs. Sami Zayn vs. Baron Corbin vs. Dolph Ziggler vs. John Cena in a six-way for the WWE Championship, The Usos vs. New Day for the Smackdown Tag Titles, Charlotte Flair vs. Ruby Riott for the Smackdown Women's Championship». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 11 de março de 2018. Consultado em 23 de março de 2022 
  247. «Styles vs. Nakamura ends in post-match shocker». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  248. «Powell's WrestleMania 34 live review: AJ Styles vs. Shinsuke Nakamura for the WWE Championship, Brock Lesnar vs. Roman Reigns for the WWE Universal Championship, Charlotte Flair vs. Asuka for the Smackdown Women's Championship, Ronda Rousey and Kurt Angle vs. Triple H and Stephanie McMahon». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 8 de abril de 2018. Consultado em 23 de março de 2022 
  249. «Powell's WWE Greatest Royal Rumble live review: 50-man Royal Rumble match, Brock Lesnar vs. Roman Reigns in a cage match for the WWE Universal Championship, AJ Styles vs. Shinsuke Nakamura for the WWE Championship, John Cena vs. Triple H, Undertaker vs. Rusev in a casket match». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 27 de abril de 2018. Consultado em 23 de março de 2022 
  250. Messano, Tommy (1 de maio de 2018). «WWE makes AJ Styles vs. Shinsuke Nakamura a No DQ match at Backlash». Cageside Seats (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  251. «Powell's WWE Money in the Bank live review: Two MITB ladder matches, AJ Styles vs. Shinsuke Nakamura in a Last Man Standing match for the WWE Championship, Nia Jax vs. Ronda Rousey for the Raw Women's Championship». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 17 de junho de 2018. Consultado em 23 de março de 2022 
  252. «411MANIA». WWE News: JBL Congratulates AJ Styles On Breaking WWE Championship Record, Cody Rhodes Shares Starrcade Discovery (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  253. «Powell's WWE SummerSlam 2018 live review: Brock Lesnar vs. Roman Reigns for the WWE Universal Championship, AJ Styles vs. Samoa Joe for the WWE Championship, Alexa Bliss vs. Ronda Rousey for the Raw Women's Championship, Daniel Bryan vs. The Miz». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 19 de agosto de 2018. Consultado em 23 de março de 2022 
  254. «Powell's WWE Hell in a Cell 2018 live review: Roman Reigns vs. Braun Strowman in an HIAC for the WWE Universal Championship with Mick Foley as referee, AJ Styles vs. Samoa Joe for the WWE Title, Jeff Hardy vs. Randy Orton in an HIAC match». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 16 de setembro de 2018. Consultado em 23 de março de 2022 
  255. a b «Powell's WWE Super Show-Down live review: Undertaker vs. Triple H for the final time, AJ Styles vs. Samoa Joe in a no DQ, no count-out match for the WWE Title, The Shield vs. Braun Strowman, Drew McIntyre, and Dolph Ziggler, Becky Lynch vs. Charlotte for the Smackdown Women's Title». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 6 de outubro de 2018. Consultado em 23 de março de 2022 
  256. «Powell's WWE Crown Jewel live review: Brock Lesnar vs. Braun Strowman for the vacant WWE Universal Championship, AJ Styles vs. Samoa Joe for the WWE Championship, Undertaker and Kane vs. DX, World Cup tournament». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 2 de novembro de 2018. Consultado em 23 de março de 2022 
  257. «10/30 Powell's WWE Smackdown Live TV Review: AJ Styles vs. Daniel Bryan for the WWE Championship, Rey Mysterio and Jeff Hardy vs. Randy Orton and The Miz, Trick or Street Fight, final hype for WWE Crown Jewel». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 30 de outubro de 2018. Consultado em 23 de março de 2022 
  258. «AJ Styles WWE Champion Reign Reaches One Year Mark - Is It A Success?». Wrestlezone. 6 de novembro de 2018. Consultado em 23 de março de 2022 
  259. Talk, Wrestle (14 de novembro de 2018). «Daniel Bryan Wins WWE Title Then Turns Heel». WrestleTalk (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  260. Konuwa, Alfred. «WWE TLC 2018 Results: Daniel Bryan Defeats AJ Styles, Continues Surge As Unlikely Heel». Forbes (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  261. «Rowan returns to help Bryan retain WWE Title in controversial fashion». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  262. «1/29 Barnett's WWE Smackdown Live TV Review: Shinsuke Nakamura vs. R-Truth for the U.S. Championship, Shane McMahon and The Miz celebrate their Smackdown Tag Title win, the build to WWE Elimination Chamber». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 30 de janeiro de 2019. Consultado em 23 de março de 2022 
  263. «Powell's WWE Elimination Chamber 2019 live review: Daniel Bryan vs. AJ Styles vs. Jeff Hardy vs. Kofi Kingston vs. Randy Orton vs. Samoa Joe in an Elimination Chamber match for the WWE Championship, new WWE Women's Tag Champions, Ronda Rousey vs. Ruby Riott for the Raw Women's Championship». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 17 de fevereiro de 2019. Consultado em 23 de março de 2022 
  264. «2/26 Barnett's WWE Smackdown Live TV Review: Daniel Bryan and Kofi Kingston contract signing for WWE Fastlane, The Hardy Boyz vs. The Bar, Aleister Black and Ricochet vs. Shinsuke Nakamura and Rusev». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 27 de fevereiro de 2019. Consultado em 23 de março de 2022 
  265. «3/5 Powell's WWE Smackdown Live TV Review: The final push for WWE Fastlane including follow-up on Kevin Owens replacing Kofi Kingston in the WWE Championship match, R-Truth defends the U.S. Championship in an open challenge, Aleister Black and Ricochet vs. Sheamus and Cesaro». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 6 de março de 2019. Consultado em 23 de março de 2022 
  266. «Powell's WWE Fastlane 2019 live review: Becky Lynch vs. Charlotte Flair, Daniel Bryan vs. Kevin Owens for the WWE Championship, The Shield vs. Drew McIntyre, Bobby Lashley, and Baron Corbin, The Usos vs. Shane McMahon and The Miz for the Smackdown Tag Titles». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 10 de março de 2019. Consultado em 23 de março de 2022 
  267. «3/12 Barnett's WWE Smackdown Live TV Review: Vince McMahon addresses Kofi Kingston, Shane McMahon explains his attack on Miz, Samoa Joe vs. R-Truth for the U.S. Title, The Hardys, Ricochet, and Aleister Black vs. The Bar, Rusev, and Shinsuke Nakamura». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 12 de março de 2019. Consultado em 23 de março de 2022 
  268. «Does Styles or Orton have the right to call SmackDown LIVE their house?». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  269. «AJ STYLES INJURED | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 23 de março de 2022 
  270. «Report: AJ Styles Not Scheduled To Appear On SmackDown Tomorrow Night | Fightful News». www.fightful.com (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  271. «WWE Superstar Shake-up 2019 results: Full list of Superstars who moved to Raw and SmackDown LIVE». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  272. «AJ Styles arrives on Raw as Rollins & Reigns' mystery partner». WWE (em inglês). Consultado em 23 de março de 2022 
  273. «4/22 WWE Raw Results: Powell's review of the first episode following the WWE Superstar Shakeup». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 22 de abril de 2019. Consultado em 23 de março de 2022 
  274. «Styles advances one step closer to the Universal Championship». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  275. «AJ Styles secures a Universal Title opportunity against Seth Rollins at WWE Money in the Bank». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  276. «4/29 WWE Raw Results: Powell's review of Alexa Bliss revealing Raw's participants in the Money in the Bank ladder matches, the build to MITB continues». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 29 de abril de 2019. Consultado em 25 de março de 2022 
  277. «5/6 WWE Raw Results: Powell's review of Roman Reigns returning to Raw, the build to Money in the Bank continues». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 6 de maio de 2019. Consultado em 25 de março de 2022 
  278. «6/17 WWE Raw Results: Powell's review of Seth Rollins vs. Daniel Bryan, Baron Corbin reveals the special referee for the WWE Championship match at Stomping Grounds, Braun Strowman vs. The Miz vs. Ricochet vs. Cesaro vs. Bobby Lashley in a five-way for a shot at the U.S. Championship». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 17 de junho de 2019. Consultado em 25 de março de 2022 
  279. AJ Styles has harsh words for Luke Gallows & Karl Anderson: Raw Exclusive, June 17, 2019, consultado em 25 de março de 2022 
  280. «WWE Money in the Bank 2019 results». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  281. «4/22 WWE Raw Results: Powell's review of the first episode following the WWE Superstar Shakeup». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 22 de abril de 2019. Consultado em 25 de março de 2022 
  282. «Ricochet and Styles tear it up in main-event thriller». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  283. «Did AJ Styles side with Ricochet against Gallows & Anderson?». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  284. «WWE RAW HITS & MISSES 7/1: Strowman and Lashley big stunt, Street Profits showing up on Raw, Maria & Mike, Styles heel turn, Ricochet on the mic, Miz vs. Elias». Pro Wrestling Torch (em inglês). 3 de julho de 2019. Consultado em 25 de março de 2022 
  285. AJ Styles plants Ricochet with a vicious brainbuster (em inglês), consultado em 25 de março de 2022 
  286. «Exclusives: AJ Styles revels in his United States Championship victory». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  287. «O.C. meets O.G.'s when DX and The Kliq come calling». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  288. «WWE SummerSlam results: Powell's live review of Brock Lesnar vs. Seth Rollins for the WWE Universal Championship, Kofi Kingston vs. Randy Orton for the WWE Championship, Kevin Owens vs. Shane McMahon, Trish Stratus vs. Charlotte Flair, "The Fiend" Bray Wyatt vs. Finn Balor». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 11 de agosto de 2019. Consultado em 25 de março de 2022 
  289. «WWE Clash of Champions Kickoff Show results: Powell's live notes on AJ Styles vs. Cedric Alexander for the U.S. Title, Drew Gulak vs. Humberto Carrillo vs. Lince Dorado for the WWE Cruiserweight Championship». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 15 de setembro de 2019. Consultado em 25 de março de 2022 
  290. «WWE Crown Jewel results: Powell's live review of Brock Lesnar vs. Cain Velasquez for the WWE Championship, Seth Rollins vs. Bray Wyatt in a Falls Count Anywhere match for the WWE Universal Championship, Braun Strowman vs. Tyson Fury, Lacey Evans vs. Natalya». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 31 de outubro de 2019. Consultado em 25 de março de 2022 
  291. «Roderick Strong steals the spotlight at Survivor Series». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  292. «11/25 WWE Raw Results: Powell's review of the night after Survivor Series edition with AJ Styles vs. a four-way winner for the U.S. Championship, Charlotte Flair vs. Asuka, Seth Rollins' town hall meeting». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 26 de novembro de 2019. Consultado em 25 de março de 2022 
  293. «McIntyre once again becomes The Chosen One with Rumble victory». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  294. «Undertaker upends the Tuwaiq Mountain Trophy Gauntlet Match». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  295. «Black defeats Styles in bitter No Disqualification Match». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  296. Currier, Joseph. «The Undertaker vs. AJ Styles official for WWE WrestleMania 36». WON/F4W - WWE news, Pro Wrestling News, WWE Results, AEW News, AEW results (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  297. «AEW PICKING UP WWE TALENT, VINCE BEING VINCE, AJ THE HEADLINER AND MORE | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 25 de março de 2022 
  298. «WrestleMania 36 results: Powell's live review of night one featuring Goldberg vs. Braun Strowman for the WWE Universal Championship, Undertaker vs. AJ Styles in a Boneyard match, Becky Lynch vs. Shayna Baszler for the Raw Women's Championship, Seth Rollins vs. Kevin Owens». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 4 de abril de 2020. Consultado em 25 de março de 2022 
  299. «Rusev, Kurt Angle and other Superstars released». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  300. «WWE talent cuts: Kurt Angle, Rusev among those released in response to coronavirus impact». CBSSports.com (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  301. «5/4 WWE Raw Results: Powell's live review of the Last Chance gauntlet match for the final spot in the MITB ladder match, WWE Champion Drew McIntyre vs. Murphy in a non-title match, Raw Tag Champs The Street Profits vs. The Viking Raiders in a non-title match». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 4 de maio de 2020. Consultado em 25 de março de 2022 
  302. «WWE Money in the Bank results: Powell's review of the Climb The Corporate Ladder MITB matches, Drew McIntyre vs. Seth Rollins for the WWE Championship, Braun Strowman vs. Bray Wyatt for the WWE Universal Championship, Bayley vs. Tamina for the Smackdown Women's Championship». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 10 de maio de 2020. Consultado em 25 de março de 2022 
  303. «Intercontinental Title Tournament Brackets Unveiled». TheSportster (em inglês). 15 de maio de 2020. Consultado em 25 de março de 2022 
  304. «5/22 WWE Friday Night Smackdown results: Powell's review of AJ Styles vs. Shinsuke Nakamura and Jeff Hardy vs. Sheamus in Intercontinental Title tournament matches, Otis and Mandy Rose vs. Dolph Ziggler and Sonya Deville, Charlotte Flair vs. Bayley in a non-title match». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 22 de maio de 2020. Consultado em 25 de março de 2022 
  305. «Friday Night SmackDown results, May 29, 2020: Daniel Bryan and AJ Styles advance to tournament finals after unexpected semifinal circumstances». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  306. «6/12 WWE Friday Night Smackdown results: Powell's review of AJ Styles vs. Daniel Bryan in the tournament final to become new Intercontinental Champion, Braun Strowman and Heavy Machinery vs. The Miz, John Morrison, and Dolph Ziggler, final hype for WWE Backlash». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 12 de junho de 2020. Consultado em 25 de março de 2022 
  307. «8/21 WWE Friday Night Smackdown results: Powell's review of ThunderDome, AJ Styles vs. Jeff Hardy for the Intercontinental Title, Shinsuke Nakamura and Cesaro vs. Gran Metalik and Lince Dorado for the Smackdown Tag Titles, Big E vs. Sheamus, final hype for SummerSlam». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 21 de agosto de 2020. Consultado em 25 de março de 2022 
  308. September 27, Tom (27 de setembro de 2020). «WWE Clash of Champions results: Powell's review of Drew McIntyre vs. Randy Orton in an Ambulance Match for the WWE Championship, Roman Reigns vs. Jey Uso for the WWE Universal Championship, Jeff Hardy vs. AJ Styles vs. Sami Zayn in a Triple Threat ladder match for the Intercontinental Title». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  309. «See all the results from the 2020 WWE Draft». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  310. «10/9 WWE Friday Night Smackdown results: Powell's review of the 2020 WWE Draft night one, Bayley vs. Sasha Banks for the Smackdown Women's Championship, The Fiend vs. Kevin Owens, Big E vs. Sheamus in a Falls Count Anywhere match». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 9 de outubro de 2020. Consultado em 25 de março de 2022 
  311. «McIntyre survives Elimination Chamber with gutsy victory». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  312. «WrestleMania 37 results: Powell's live review of night one featuring Sasha Banks vs. Bianca Belair for the Smackdown Women's Championship, Bobby Lashley vs. Drew McIntyre for the WWE Championship, Kofi Kingston and Xavier Woods vs. AJ Styles and Omos for the Raw Tag Titles, Bad Bunny and Damian Priest vs The Miz and John Morrison». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 10 de abril de 2021. Consultado em 25 de março de 2022 
  313. «AJ Styles Becomes The Only Grand Slam Champion In Both WWE And TNA/IMPACT Wrestling | Fightful News». www.fightful.com (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  314. «Styles & Omos power past The Viking Raiders». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  315. «RK-Bro prevail to win the Raw Tag Title». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  316. «The New Day rise above Lashley, Styles, & Omos at WWE Extreme Rules». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  317. «RK-Bro to battle AJ Styles & Omos in a WWE Raw Tag Team Title rematch». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  318. «Omos is the last man standing in the 25-man Dual-Brand Battle Royal». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  319. «Omos Splits From AJ Styles, Demolishes the Former WWE Champion on WWE Raw». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  320. «STYLES-OMOS WWE UPDATE | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 25 de março de 2022 
  321. «Brock Lesnar wins the 30-Man Royal Rumble Match». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  322. «Brock Lesnar triumphed inside the Elimination Chamber Match to capture the WWE Championship.». WWE (em inglês). Consultado em 25 de março de 2022 
  323. «Two of WWE's most influential and successful Superstars are set to collide at WrestleMania». WWE (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2022 
  324. «WrestleMania 38 results: Powell's live review of night two with Roman Reigns vs. Brock Lesnar for the Unified WWE Championship, RK-Bro vs. The Street Profits vs. Alpha Academy for the Raw Tag Titles, Edge vs. AJ Styles, Johnny Knoxville vs. Sami Zayn in an Anything Goes match, Pat McAfee vs. Austin Theory, Bobby Lashley vs. Omos». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 3 de abril de 2022. Consultado em 21 de abril de 2022 
  325. «AJ Styles vs. Edge». WWE (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2022 
  326. «Collectibles Column - Where to Find Top Cards of 2016's Veteran Breakout Stars». Pro Wrestling Torch (em inglês). 1 de setembro de 2016. Consultado em 28 de março de 2022 
  327. Fowler, Matt (2 de novembro de 2012). «Top 50 Wrestlers of All Time». IGN (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  328. Winkie, Luke. «A definitive ranking of the 101 greatest wrestlers». Sports Illustrated (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  329. «AJ Styles can be the superstar that spearheads WWE into a new era». The Independent (em inglês). 25 de janeiro de 2016. Consultado em 28 de março de 2022 
  330. a b c «AJ Styles can be the superstar that spearheads WWE into a new era». The Independent (em inglês). 25 de janeiro de 2016. Consultado em 28 de março de 2022 
  331. «Why A.J. Styles vs. Shane McMahon at WrestleMania might be better than you think». For The Win (em inglês). 15 de março de 2017. Consultado em 28 de março de 2022 
  332. Lindsey, Philip. «Ranking the Top 15 WWE and AEW Stars Aged 40 and Above». Bleacher Report (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  333. «Kurt Angle: Family more important than wrestling». ESPN.com (em inglês). 26 de fevereiro de 2016. Consultado em 28 de março de 2022 
  334. «AJ Styles is 'on a par with Ric Flair, Bret Hart and Shawn Michaels', says Paul Heyman». Sky Sports (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  335. «TNA iMPACT! Official Movie 2». GameSpot (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  336. «Wrestleview.com - Sarah Darling Tag Teams with AJ Styles in Video». web.archive.org. 20 de fevereiro de 2011. Consultado em 28 de março de 2022 
  337. «PWTorch.com - Recap of Styles on Dove Awards show». www.pwtorch.com. Consultado em 28 de março de 2022 
  338. «The Essential AJ Styles Collection | ShopTNA». web.archive.org. 5 de março de 2016. Consultado em 28 de março de 2022 
  339. WWE 2K19 Press Conference @ 8:00 am PT, consultado em 28 de março de 2022 
  340. «TNA Impact! full wrestler roster confirmed». VideoGamer.com (em inglês). 8 de setembro de 2008. Consultado em 28 de março de 2022 
  341. TNA Impact: Cross the line for PSP -Gameplay - Aj Styles vs Sting, consultado em 28 de março de 2022 
  342. a b 2K. «WWE 2K22 | The Official Home of WWE 2K22». WWE 2K22 (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  343. «2K introduces AJ Styles as WWE 2K19 cover Superstar». WWE (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  344. a b c Baines, Tim (13 de fevereiro de 2005). «Styles still showing he's X-cellent champ». Ottawa Sun. Consultado em 19 de agosto de 2008 
  345. Nation, Ryan. «Styles admits to Elevation X worries». Slam Wrestling Sports!. Canadian Online Explorer. Consultado em 18 de agosto de 2008 
  346. Borash, Jeremy (17 de setembro de 2009). «Jeremy Borash (JeremyBorash) on Twitter». Twitter. Consultado em 18 de setembro de 2009 
  347. Clevett, Jason (20 de abril de 2005). «AJ Styles ready for new challenges». Slam Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 19 de agosto de 2008 
  348. Clevett, Jason (30 de maio de 2003). «AJ Styles: Southern Gentleman and a star». Slam Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 19 de agosto de 2008 
  349. a b c d Cardno, James. «AJ Styles Interview». New Zealand Pro Wrestling Journalists. Consultado em 18 de agosto de 2008. Arquivado do original em 16 de outubro de 2008 
  350. Borash, Jeremy (1 de agosto de 2010). «First pic! AJ Styles got ink! Initials of his 3 sons and their birthdays». Twitter. Consultado em 2 de agosto de 2010 
  351. «AJ Styles – Online World of Wrestling». web.archive.org. 7 de dezembro de 2016. Consultado em 28 de março de 2022 
  352. a b «Canoe.Com». canoe (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  353. a b «WWE 2016 end-of-year awards». Baltimore Sun (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  354. «oklafan.com | The Oklahoma Wrestling Fan's Resource Center». web.archive.org. 15 de julho de 2009. Consultado em 28 de março de 2022 
  355. «FWE XIX: John Morrison vs. AJ Styles iPPV Results - Brooklyn, NY 3/11/2015 | Daily Wrestling NewsDaily Wrestling News». web.archive.org. 20 de março de 2015. Consultado em 28 de março de 2022 
  356. «Solie's Title Histories: IPW - INDEPENDENT PROFESSIONAL WRESTLING». www.solie.org. Consultado em 28 de março de 2022 
  357. «Solie's Title Histories: IWC - INTERNATIONAL WRESTLING CARTEL». www.solie.org. Consultado em 28 de março de 2022 
  358. «Online World of Wrestling». www.onlineworldofwrestling.com. Consultado em 28 de março de 2022 
  359. «Online World of Wrestling». www.onlineworldofwrestling.com. Consultado em 28 de março de 2022 
  360. «Online World of Wrestling». www.onlineworldofwrestling.com. Consultado em 28 de março de 2022 
  361. «Wrestling Observer Newsletter». Wikipedia (em inglês). 19 de fevereiro de 2022. Consultado em 28 de março de 2022 
  362. «Dave Meltzer». Wikipedia (em inglês). 21 de março de 2022. Consultado em 28 de março de 2022 
  363. Staff, POST Wrestling (18 de março de 2019). «BONUS SHOW: Wrestling Observer Newsletter Awards». POST Wrestling | WWE NXT AEW NJPW UFC Podcasts, News, Reviews (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  364. Meltzer, Dave. «December 4, 2017 Wrestling Observer Newsletter: AJ Styles, Minoru Suzuki and more enter the Hall of Fame». WON/F4W - WWE news, Pro Wrestling News, WWE Results, AEW News, AEW results (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  365. «WWE Championship». WWE (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  366. «Intercontinental Championship». WWE (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  367. «United States Championship». WWE (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  368. «Raw Tag Team Championship». WWE (em inglês). Consultado em 28 de março de 2022 
  369. Shore, Chris (25 de abril de 2013). «4/25 Shore's TNA Impact Wrestling live coverage: Mickie James vs. Velvet Shy for the Knockouts Championship, AJ Styles still needs to pick a side, and Bully Ray is face-to-face with Hulk Hogan». ProWrestling.Net. Consultado em 26 de abril de 2013 
  370. Boutwell, Josh (25 de abril de 2013). «TNA Impact Wrestling Results - 4/25/13 (Bully Ray, Hogan)». Wrestleview. Consultado em 4 de maio de 2013 
  371. «411's TNA IMPACT Wrestling Report 6.13.13 posted by Larry Csonka on 06.13.2013» 
  372. Wilkenfeld, Daniel (18 de fevereiro de 2010). «Wilkenfeld's TNA Impact report 2/18: Ongoing "virtual time" coverage of Spike TV broadcast». PWTorch. Consultado em 24 de fevereiro de 2010 
  373. «WILKENFELD'S TNA IMPACT REPORT 3/4: Ongoing "virtual time" coverage of Spike TV broadcast» 
  374. «KELLER'S TNA NO SURRENDER PPV REPORT 9/14: Ongoing "virtual time" coverage of live event from Canada» 
  375. Boutwell, Josh (12 de junho de 2009). «Impact Results – 6/11/09». WrestleView. Consultado em 19 de dezembro de 2009 
  376. «A.J. Styles Says Vince Russo Got a Bad Rap posted by Jeremy Thomas on 03.22.2012». Ever so slightly there are some guys throwing in some submissions. I threw in a flying armbar ever once in a blue moon. I wish I could do that more but it doesn't seem to be the case in some of my matches. 
  377. Droste, Ryan (23 de junho de 2006). «iMPACT! Results – 6/22/06 (Tag Team Titles and X Title all on the line..)». WrestleView. Consultado em 19 de dezembro de 2009 
  378. «1PW– A Cruel Twist of Fate DVD Review». Wrestling Observer Newsletter. 5 de outubro de 2008. Consultado em 18 de agosto de 2008 
  379. a b c d e f «Tape Review: ROH, "Dissension," Jan. 28, 2006, with Styles vs. Danielson, Sydal vs. Daniels» 
  380. a b «Thunder report on March 21, 2001» 
  381. «CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 9/12: Complete "virtual-time" coverage of "No Surrender" Impact - Bully defends TNA Title, BFG Series Finals, more» 
  382. a b c d e f g h i j k l m «100 Percent Fordified: Ring of Honor AJ Styles - Styles Clash» 
  383. «Ataques de luta profissional». Wikipédia, a enciclopédia livre. 11 de junho de 2016 
  384. Ziegler, Jacob; Garoon, Brad (27 de abril de 2006). «ROH – Hell Freezes Over DVD Review». 411Mania. Consultado em 22 de março de 2010. Arquivado do original em 2 de maio de 2010 
  385. a b c «6/9 TNA PPV review: Keller's ongoing "virtual time" coverage of live event» 
  386. a b c d e f g h i j «DVD Review: IWC, "Best of AJ Styles, 2003-04," with Sabin, Daniels, Homicide, Punk» 
  387. a b Boutwell, Josh (1 de janeiro de 2010). «Impact Results – 12/31/09». WrestleView. Consultado em 1 de janeiro de 2010 
  388. Madavi, Paul (14 de dezembro de 2005). «12/11 TNA PPV Turning Point: Madavi Breaks Down Turning Point». Pro Wrestling Torch. Consultado em 13 de julho de 2012 
  389. Hubbard, Aaron (16 de maio de 2009). «The Wrestling Bard 05.16.09: Superstar Highlight: AJ Styles». 411Mania. Consultado em 11 de outubro de 2009 
  390. a b c «Thunder report on February 21, 2001» 
  391. Martin, Adam (28 de junho de 2009). «"TNA Epics" recap for June 27, 2009». WrestleView. Consultado em 19 de dezembro de 2009 
  392. «WorldWide report on October 21, 2000» 
  393. «8/4 TNA PPV review: Raven vs. Sabu, Styles vs. Kid Kash, Russo-Dusty feud» 
  394. Ziegler, Jacob (25 de abril de 2007). «TNA – Best of the Tag Teams Volume 1 DVD Review». 411Mania.com. Consultado em 3 de maio de 2009 
  395. «Thunder report on February 14, 2001» 
  396. Martin, Adam (20 de setembro de 2009). «TNA No Surrender Results – 9/20/09». WrestleView. Consultado em 19 de dezembro de 2009 
  397. «CALDWELL'S TNA IMPACT RESULTS 8/29: Complete "virtual-time" coverage of Impact - Hogan returns, Styles tries to explain himself, BFG Series continues, more» 
  398. Csonka, Larry. «TNA Impact TV report». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 18 de agosto de 2008 
  399. «NWA 53rd Anniversary Show "Battle Of The Belts 2001"». Cagematch. Consultado em 24 de fevereiro de 2010 
  400. Keller, Wade (14 de dezembro de 2006). «TNA PPV FLASHBACK (4 Years Ago): Dec. 11, 2002 – Hennig vs. Jarrett, B.G. James, Ron Killings, Styles». PWTorch. Consultado em 24 de fevereiro de 2010 
  401. Dunn, J.D. (10 de junho de 2006). «Dark Pegasus Video Review: Ring of Honor – The Epic Encounter». 411Mania. Consultado em 24 de fevereiro de 2010 
  402. Martin, Adam (28 de agosto de 2003). «Full NWA TNA PPV Results – 8/27/03 (Styles retains NWA World Title, more)». WrestleView. Consultado em 24 de fevereiro de 2010 
  403. Keller, Wade (25 de julho de 2008). «KELLER'S TNA REPORT 5 YRS. AGO (7–23–03): Styles, D-Lo, Harley Race, Erik Watts, Ricky Morton, Zbyszko, Raven, Sting». PWTorch. Consultado em 24 de fevereiro de 2010 
  404. Caldwell, James (14 de fevereiro de 2010). «CALDWELL'S TNA AGAINST ALL ODDS PPV REPORT 2/14: Ongoing "virtual time" coverage of A.J. Styles vs. Samoa Joe, Nastys vs. 3D». PWTorch. Consultado em 14 de fevereiro de 2010 
  405. Shannon, Jay (25 de janeiro de 2010). «The Impact Insight». Online World of Wrestling. Consultado em 24 de fevereiro de 2010. Arquivado do original em 23 de outubro de 2012 
  406. Lealos, Shawn S. (12 de fevereiro de 2010). «411 PPV Preview: The Road to TNA Against All Odds 2010». 411Mania. Consultado em 24 de fevereiro de 2010 
  407. a b c d «Wrestler Entrance Music». Online World of Wrestling. Consultado em 28 de dezembro de 2009 
  408. Boutwell, Josh (29 de maio de 2009). «Impact Results – 5/28/09». WrestleView. Consultado em 24 de fevereiro de 2010 
  409. «Fortune Theme». Total Nonstop Action Wrestling. Consultado em 12 de maio de 2011. Arquivado do original em 7 de junho de 2011 
  410. «I Am I Am (AJ Styles '11 remix)». Total Nonstop Action Wrestling. Consultado em 26 de fevereiro de 2012. Arquivado do original em 29 de fevereiro de 2012 
  411. «[AUDIO] Take a Listen to AJ Styles' New Theme Song 'Evil Ways' posted by Larry Csonka on 06.03.2013» 
  412. [Q]Brick (22 de maio de 2014). «"Shot'Em" Bullet Club 2nd Theme». SoundCloud. Consultado em 10 de novembro de 2014 
  413. «待望の第3弾! 12月10日(水)発売「NJPWグレイテストミュージックIII」の収録内容が遂に決定!!». New Japan Pro Wrestling (em japonês). 11 de novembro de 2014. Consultado em 11 de novembro de 2014 
  414. Kitamura, Yonosuke. «Prowrestle theme music list». RMLabel (em japonês). Consultado em 7 de julho de 2015 
  415. «WWE: Phenomenal (AJ Styles) - Single». iTunes. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  416. Sokol, Christ. «A beauty of a Ballpark Brawl». Slam Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 21 de junho de 2008 
  417. «Título ainda não informado (favor adicionar)». Consultado em 31 de agosto de 2013. Arquivado do original em 15 de julho de 2009 
  418. Knights, Kriss. «IPW – Independent Professional Wrestling (Florida) Heavyweight Title History». Solie. Consultado em 21 de junho de 2008 
  419. Westcott, Brian. «IWC – International Wrestling Cartel Super Indies Title History». Solie. Consultado em 21 de junho de 2008 
  420. «Independent Wrestling Results – March 2004». Online World of Wrestling. Consultado em 4 de julho de 2008 
  421. «Independent Wrestling Results – March 2003». Online World of Wrestling. Consultado em 5 de julho de 2008 
  422. «Independent Wrestling Results – January 2003». Online World of Wrestling. Consultado em 5 de julho de 2008 
  423. レスリングどんたく 2014. New Japan Pro Wrestling (em japonês). Consultado em 3 de maio de 2014 
  424. «The New Beginning in Osaka». New Japan Pro Wrestling (em japonês). Consultado em 11 de fevereiro de 2015. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2015 
  425. «NWA Georgia Heavyweight Title history»  At wrestling-titles.com
  426. «NWA Wildside Television Title history»  At wrestling-titles.com
  427. Westcott, Brian. «PWG – Pro Wrestling Guerrilla PWG Heayweight Title History». Solie. Consultado em 21 de junho de 2008 
  428. «Pro Wrestling Illustrated Award Winners Tag Team of the Year». Wrestling Information Archive. Consultado em 15 de julho de 2008. Arquivado do original em 16 de maio de 2008 
  429. a b c «"PWI 500": 1–100». Pro Wrestling Illustrated. 30 de julho de 2010. Consultado em 9 de setembro de 2010 
  430. «ROH Pure Title history»  At wrestling-titles.com
  431. «Ring Of Honor Tag Team Championship». Ring of Honor. Consultado em 5 de abril de 2010. Arquivado do original em 12 de abril de 2010 
  432. «NWA World Heavyweight Title history»  At wrestling-titles.com
  433. «NWA World Tag Team Title history»  At wrestling-titles.com
  434. «TNA World Heavyweight Title history»  At wrestling-titles.com
  435. «TNA World Tag Team Title history»  At wrestling-titles.com
  436. «TNA X Division Title history»  At wrestling-titles.com
  437. Droste, Ryan (15 de janeiro de 2006). «Impact! Results - 1/14/06 (Christian & Rhino vs. AMW, Sting is heard)». WrestleView. Consultado em 20 de junho de 2012 
  438. a b Martin, Adam (28 de novembro de 2005). «TNA announces plans for 2005 Year-End Awards after Turning Point PPV». WrestleView. Consultado em 15 de julho de 2011 
  439. a b Sokol, Chris (29 de dezembro de 2006). «Impact: Angle gets his rematch against Mr. TNA». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 29 de setembro de 2009 
  440. Palma, Richard. «WWAS – World Wrestling All-Stars International Cruiserweight Title History». Solie. Consultado em 21 de junho de 2008 
  441. a b c Meltzer, Dave (25 de janeiro de 2016). «January 25, 2016 Wrestling Observer Newsletter: 2015 Observer Awards Issue». Campbell, California. Wrestling Observer Newsletter: 1, 6, 38. ISSN 1083-9593 
  442. Meltzer, Dave (22 de janeiro de 2007), «2006 Wrestling Observer Newsletter Awards», Campbell, CA, Wrestling Observer Newsletter, ISSN 1083-9593, pp. 1–12 
  443. Schramm, Chris (18 de junho de 2009). «Daniels feels Detroit's economy won't hurt this Sunday's PPV». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 10 de março de 2012 
  444. a b Meltzer, Dave (26 de janeiro de 2015). «Jan. 26, 2015 Wrestling Observer Newsletter: 2014 awards issue w/ results & Dave's commentary, Conor McGregor, and much more». Campbell, California. Wrestling Observer Newsletter: 3–19. ISSN 1083-9593 
  445. Caldwell, James (11 de setembro de 2016). «9/11 WWE Backlash Results – CALDWELL'S Ongoing PPV Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 11 de setembro de 2016 

Ligações externas editar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre A.J. Styles