Oppenheimer (filme)

filme de 2023 dirigido por Christopher Nolan

Oppenheimer (bra/prt: Oppenheimer)[4][5] é um longa-metragem biográfico estadunidense escrito e dirigido por Christopher Nolan. É baseado no livro American Prometheus, biografia de J. Robert Oppenheimer escrita por Kai Bird e Martin J. Sherwin. É uma coprodução entre Syncopy Inc. e Atlas Entertainment; Nolan produziu o filme ao lado de Emma Thomas e Charles Roven. Cillian Murphy estrela o filme como Oppenheimer, o físico teórico que está entre os creditados como o "pai da bomba atômica" por seu papel no Projeto Manhattan – o empreendimento da Segunda Guerra Mundial que desenvolveu as primeiras armas nucleares.

Oppenheimer
Oppenheimer (filme)
Estados Unidos
2023 •  cor •  180 min 
Gênero cinebiografia, ficção científica, drama
Direção Christopher Nolan
Produção Christopher Nolan
Emma Thomas
Charles Roven
Roteiro Christopher Nolan
Baseado em American Prometheus de Kai Bird e Martin J. Sherwin
Elenco Cillian Murphy
Emily Blunt
Matt Damon
Robert Downey Jr.
Florence Pugh
Josh Hartnett
Casey Affleck
Rami Malek
Kenneth Branagh
Benny Safdie
Jason Clarke
Dylan Arnold
Gustaf Skarsgård
David Krumholtz
Matthew Modine
Tom Conti
Música Ludwig Göransson
Cinematografia Hoyte van Hoytema
Edição Jennifer Lame
Companhia(s) produtora(s) Syncopy Inc.
Atlas Entertainment
Distribuição Universal Pictures
Lançamento
  • 20 de julho de 2023 (2023-07-20) (Brasil)
  • 20 de julho de 2023 (2023-07-20) (Portugal)
  • 21 de julho de 2023 (2023-07-21) (Estados Unidos)
Idioma inglês
Orçamento US$ 100 milhões[1]
Receita US$ 975,8 milhões[2][3]

O filme foi lançado nos Estados Unidos em 21 de julho de 2023 e em 20 de julho no Brasil e Portugal pela Universal Pictures.[4][5][6] É o primeiro filme de Nolan a não ser distribuído pela Warner Bros. Pictures desde Memento (2000),[7] devido a divergências decorrentes da estratégia simultânea de lançamento nos cinemas e HBO Max do estúdio para sua lista de 2021.[1]

Oppenheimer se tornou um dos filmes de maior sucesso de 2023, faturando mais de 960 milhões de dólares nas bilheterias globais,[2] e também foi aclamado pela crítica, especialmente por sua narrativa, atuação, direção e efeitos visuais.[8] Dentre seus muitos prêmios, Oppenheimer foi nomeado um dos dez melhores filmes de 2023 pela National Board of Review e pelo American Film Institute, além de conquistar cinco prêmios no 81º Globo de Ouro (incluindo "Melhor Filme - Drama"), sete prêmios no 77º BAFTA (incluindo "Melhor Filme"), três prêmios no SAG Awards (incluindo "Melhor Elenco"), bem como recebendo treze indicações principais no 96º Premiação do Óscar, ganhando sete de "Melhor Filme", "Melhor Diretor" para Nolan, "Melhor Ator" para Murphy, "Melhor Ator Coadjuvante" para Downey Jr, "Melhor Edição de Filme", "Melhor Cinematografia" e "Melhor Trilha Sonora Original".[9]

Sinopse editar

Em 1926, o estudante de doutorado J. Robert Oppenheimer, de 22 anos, estuda com o físico experimental Patrick Blackett no Laboratório Cavendish, em Cambridge. Após muito tempo longe de seu lar e sofrendo de ansiedade em decorrência do trabalho no laboratório, Oppenheimer deixa para o exigente Blackett uma maçã envenenada, porém, a recupera das mãos do cientista visitante Niels Bohr, que fica impressionado o suficiente com seu intelecto para recomendar que ele estude física teórica na Alemanha, onde Oppenheimer completa seus estudos do PhD. Mais tarde, conhece o físico teórico Werner Heisenberg em uma conferência na Suíça.

Oppenheimer retorna aos Estados Unidos, querendo expandir a pesquisa de física quântica em seu país. Começa a lecionar na Universidade da Califórnia em Berkeley e no Instituto de Tecnologia da Califórnia. Ele conhece a sua futura esposa, Katherine "Kitty" Puening, bióloga e ex-comunista — também tem um caso intermitente com Jean Tatlock, membra do Partido Comunista dos Estados Unidos. Em 1938, o progresso da Alemanha Nazista durante a primeira pesquisa de fissão nuclear estimula Oppenheimer e seus colegas a replicarem seus resultados. Em 1942, em meio à Segunda Guerra Mundial, o general do Exército americano, Leslie Groves, recruta Oppenheimer para liderar o Projeto Manhattan para desenvolver uma bomba nuclear depois que ele dá garantias de que não tem simpatias comunistas. Sendo judeu, Oppenheimer é particularmente motivado pelo potencial dos nazistas de completar seu programa de armas nucleares, liderado por Heisenberg. Uma equipe científica que foi formada, sendo composta por Edward Teller e Isidor Isaac Rabi em Los Alamos, Novo México, com colaboração também de Enrico Fermi e David L. Hill. À medida que o trabalho continua, Oppenheimer fica sabendo do suicídio de Tatlock.

Após a rendição da Alemanha, alguns cientistas do projeto questionam a relevância da bomba, enquanto Oppenheimer acredita que a sua utilização acabará rapidamente com a guerra em curso no Pacífico, salvando vidas dos Aliados. No entanto, Oppenheimer e Albert Einstein debatem a pequena possibilidade de que uma detonação atômica pudesse desencadear uma reação em cadeia atmosférica e destruir o mundo. O Teste Trinity é bem-sucedido e o presidente Harry S. Truman ordena que Hiroshima e Nagasaki sejam bombardeadas, forçando a rendição do Japão. Oppenheimer é apresentado aos olhos do público como o "pai da bomba atômica", mas a imensa destruição e as mortes em massa o assombram. Oppenheimer tenta convencer Truman a restringir o desenvolvimento de armas nucleares, o que Truman rejeita. Como conselheiro da Comissão de Energia Atômica dos Estados Unidos (AEC), Oppenheimer é contra mais pesquisas nucleares, especialmente a bomba de hidrogênio proposta por Edward Teller. Sua postura se torna um ponto de discórdia em meio à tensa Guerra Fria com a União Soviética. O presidente da AEC, Lewis Strauss, se ressente de Oppenheimer depois que ele rejeitou suas preocupações sobre a exportação de radioisótopos, humilhando-o publicamente e por recomendar negociações de armas com a União Soviética.

Em uma audiência destinada a eliminar a influência política de Oppenheimer, Teller e outros associados o traem enquanto Strauss explora as associações anteriores de Oppenheimer com membros do Partido Comunista. Apesar de aliados testemunharem em sua defesa, a autorização de segurança de Oppenheimer foi revogada, prejudicando sua imagem pública e neutralizando sua influência política. Na audiência de confirmação posterior de Strauss no Senado para Secretário de Comércio, Hill testemunhou sobre os motivos pessoais de Strauss para planejar a queda de Oppenheimer. O Senado dos Estados Unidos vota contra sua nomeação. Um flashback mostra uma conversa entre Einstein e Oppenheimer na qual Strauss erroneamente acreditava que Oppenheimer o denegriu, revelando que ele realmente expressou sua crença sombria de que havia iniciado uma reação em cadeia que destruiria o mundo.

Elenco editar

Cillian Murphy (esquerda) intrepreta Robert Oppenheimer (direita)

Produção editar

Desenvolvimento editar

 
Christopher Nolan o diretor, roteirista e produtor de Oppenheimer

Em dezembro de 2020, a Warner Bros. Pictures anunciou planos de lançar seus filmes de 2021 simultaneamente nos cinemas e na HBO Max devido ao impacto da pandemia de COVID-19 na indústria cinematográfica. Christopher Nolan, que fez parceria com o estúdio em cada um de seus filmes começando com Insomnia (2002), expressou sua descrença com a decisão.[46] Em janeiro de 2021, relatos da mídia mencionaram a possibilidade de que o próximo filme de Nolan pudesse ser o primeiro a não ser financiado ou distribuído pela Warner Bros.[47] Nolan já havia apoiado a decisão do estúdio de dar a Mulher-Maravilha 1984 (2020) um lançamento simultâneo, afirmando que percebia que essa situação havia sido tratada adequadamente, mas disse que havia sido excluído de quaisquer discussões sobre o lançamento adiado de seu filme o recém Tenet (2020).[48][49]

Em setembro de 2021, foi relatado que Nolan escreveria e dirigiria um filme biográfico ambientado durante a Segunda Guerra Mundial sobre J. Robert Oppenheimer, criador da bomba atômica, com Cillian Murphy em negociações para estrelar.[50] Nolan se aproximou de vários estúdios para o filme, incluindo Sony Pictures, Universal Pictures, Paramount Pictures e Apple Studios devido ao seu relacionamento tenso com a Warner Bros., embora a opção de trabalhar com eles novamente ainda estivesse disponível.[51][52] De acordo com informações privilegiadas, a Paramount estava fora da seleção desde o início, após a substituição do CEO e presidente Jim Gianopulos por Brian Robbins, um defensor do aumento de lançamentos de serviços de streaming.[52] Em 14 de setembro, foi anunciado que a Universal distribuiria o filme, com a produção programada para começar no primeiro trimestre de 2022.[53] Algumas das demandas de Nolan incluíam um orçamento de produção de 100 milhões de dólares e um orçamento de marketing igual, uma janela teatral de pelo menos 100 dias, 20% do primeiro dólar bruto do filme e um período de três semanas antes e depois do lançamento do filme em que a Universal não poderia lançar outro novo filme.[52]

Escalação do elenco editar

Oppenheimer marca a sexta colaboração entre Nolan e Murphy; o primeiro estrelado por Murphy como o protagonista. Para se preparar para o papel, o ator fez o que resumiu como "muita leitura" sobre a vida de Oppenheimer.[54][10] De acordo com o The Hollywood Reporter, o processo de seleção de elenco foi tão secreto que alguns atores não sabiam qual personagem iriam interpretar até que concordaram em estrelar.[35]

Filmagens editar

 
As filmagens aconteceram na Universidade da Califórnia, Berkeley, em maio de 2022

A pré-produção estava em andamento em janeiro de 2022 no Novo México, onde uma chamada de elenco de dois dias ocorreu em Santa Fé e Los Alamos para as pessoas fazerem uma audição para interpretar residentes locais, militares e cientistas.[55][56] Outra chamada de elenco foi realizada em fevereiro.[55] As filmagens começaram no final de fevereiro de 2022,[21] com Hoyte van Hoytema atuando como diretor de fotografia. Na segunda semana de abril, as filmagens ocorreram no Instituto de Estudos Avançados em Princeton, Nova Jérsia.[57] O filme usa uma combinação de filme de grande formato IMAX de 70 mm, no qual possui cerca de 18 km e peso de 272 kg.[58][59] É também o primeiro filme a filmar seções em fotografia analógica em preto e branco IMAX.[60] Gary Oldman disse que estaria no set por um dia em maio para "uma cena, uma página e meia".[43] As filmagens também ocorreram na Califórnia,[27] principalmente em torno da Universidade da Califórnia em Berkeley.[61]

Durante a pós-produção, a edição foi completada por Jennifer Lame e a trilha sonora composta por Ludwig Göransson, que anteriormente editou e compôs Tenet (2020), respectivamente.[10]

Lançamento editar

Oppenheimer foi lançado no dia 21 de julho de 2023, pela Universal Studios em IMAX, 70mm e 35mm, nos Estados Unidos.[10][62] Foi precedido por três estreias, no Le Grand Rex em Paris em 11 de julho,[63] no Odeon Leicester Square em Londres em 13 de julho,[64] e no AMC de Lincoln Square em Nova York em 17 de julho. As duas últimas foram após o começo da greve dos atores de 2023, levando o elenco a deixar mais cedo a estreia londrina e não ter tapete vermelho em Nova York.[65] Considerando o orçamento do filme e os custos de marketing, a Variety afirmou que o filme precisaria arrecadar pelo menos US$ 400 milhões em todo o mundo para ter lucro.[66] Foi notado o fato de Oppenheimer ser lançado no mesmo dia de Barbie, o que foi apelidado "Barbenheimer", pelo grande contraste das produções,[67] e também por Barbie ser distribuído pela Warner Bros. com o qual Nolan costumava trabalhar, com especulações de que o estúdio escolheu o dia justamente para minar a estreia de Oppenheimer.[68]

Recepção editar

Bilheteria editar

Nos Estados Unidos e no Canadá, Oppenheimer foi lançado ao lado de Barbie, estreando em cerca de 3 610 salas no seu primeiro fim de semana.[69] Depois de arrecadar 33 milhões de dólares no primeiro dia (incluindo 10,5 milhões nas prévias de quinta à noite), as estimativas para o seu primeiro fim de semana foram aumentadas para 77 milhões de dólares.[70]

Oppenheimer acabou faturando 80,5 milhões de dólares no primeiro final de semana nos Estados Unidos e no Canadá (melhor que o antecipado), além de 93,7 milhões no resto do mundo, para uma bilheteria global inicial de 174,2 milhões de dólares.[3] O fim de semana de estreia do filme foi o melhor de Nolan para um filme original, sendo o mais alto de sua filmografia fora dos dois últimos filmes da trilogia The Dark Knight.[71] Oppenheimer acabou arrecadando 46,2 milhões de dólares no seu segundo final de semana (uma queda de 44% se comparado ao fim de semana anterior), tendo a segunda melhor bilheteria nos Estados Unidos atrás de Barbie.[72][73]

Em setembro, Oppenheimer havia passado a marca de 850 milhões de dólares na bilheteria global, sendo o terceiro filme de maior faturamento de 2023, atrás de Barbie e The Super Mario Bros. Movie, e o segundo mais bem-sucedido filme classificado para maiores de idade da história atrás de Joker.[74] Quando alcançou US$ 920 milhões, Oppenheimer ultrapassou Bohemian Rhapsody como o filme biográfico mais lucrativo da história.[75]

Crítica editar

No site agregador de críticas Rotten Tomatoes, Oppenheimer tem um índice de aprovação de 93% baseado em 503 resenhas, com uma nota média de 8,6 (de 10). O consenso do site afirmou: "Oppenheimer marca outra conquista cativante de Christopher Nolan que se beneficia do desempenho de força de Murphy e [efeitos] visuais impressionantes".[8] Já no Metacritic, que dá uma média ponderada, o filme tem uma nota de 90 (de 100), baseado em 69 críticas, indicando "aclamação universal".[76] A recepção da audiência, segundo o CinemaScore foi muito positiva, dando uma nota "A" (numa escala de A+ a F), enquanto o PostTrak deu um índice de aprovação pelo público de 93%, com cerca de 74% das pessoas dizendo que definitivamente recomendariam o filme.[70]

No geral, Oppenheimer foi aclamado pela crítica como sendo "um dos melhores filmes de 2023".[77] Os críticos elogiaram muito o filme por sua direção, roteiro, visuais e performance do elenco (especialmente de Murphy e Downey Jr.), mas algumas resenhas criticaram a escrita das personagens femininas.[78] Richard Roeper, do Chicago Sun-Times, afirmou que Oppenheimer era "magnífico" e "um dos melhores filmes da década".[79] Matthew Jackson, do The A.V. Club, disse que o longa era "[uma] obra de arte", acrescentando que "é o melhor filme de Christopher Nolan até agora, um passo para um novo nível para um de nossos melhores cineastas e um filme que queima em seu cérebro".[80] Peter Travers, da ABC News, descreveu Oppenheimer como uma "conquista monumental" e "um dos melhores filmes que você verá em qualquer lugar".[81] Por outro lado, apesar de elogiar o tema e as atuações do filme, Brian Lowry da CNN afirmou: "Nolan faz muito malabarismo, de uma forma que funciona em detrimento do filme".[82]

Precisão histórica editar

O filme foi notado por sua precisão, com algumas cenas sendo retiradas palavra por palavra do livro ou de eventos da vida real.[83] Muitas das mudanças são pequenos enfeites ou alterações da vida real. Por exemplo, Oppenheimer não estava tão empolgado com sua descoberta dos buracos negros como mostrado no filme, já que ele não sabia o quão significativo isso se tornaria. O estudo de fato foi divulgado no mesmo dia em que a Alemanha invadiu a Polônia, como mostrado no filme. Durante o teste Trinity, Donald Hornig tinha sua mão no botão de desligamento para uma reação mais rápida, não perto dele como mostrado no filme. Truman de fato chamou Oppenheimer de "chorão", mas em uma carta para Dean Acheson um ano depois, não imediatamente após encontrar Oppenheimer.[83][84]

A cena em que Oppenheimer envenena a maçã de seu professor é baseada em relatos que Oppenheimer deu do incidente, mas não está claro se isso realmente ocorreu.[85] Oppenheimer é retratado colocando cianeto de potássio na maçã antes de mudar de ideia no dia seguinte e evitar por pouco que fosse comida. Não há evidências de que Niels Bohr quase comeu a maçã ou teve qualquer envolvimento no incidente.[13] Oppenheimer e Einstein eram de fato amigos,[86] mas as conversas específicas em torno das quais o filme gira nunca aconteceram. Oppenheimer levou suas preocupações sobre uma reação em cadeia imparável a Arthur Compton, não a Einstein.[13]

Além de seus conflitos interpessoais, Strauss tinha outra razão para minar a credibilidade de Oppenheimer ao revogar sua autorização de segurança: Oppenheimer era contra o desenvolvimento adicional da bomba de hidrogênio pelos Estados Unidos. Scott Sagan descreve a perda da influência de Oppenheimer como uma possível restrição à corrida armamentista nuclear entre os Estados Unidos e a União Soviética como uma "tragédia mais ampla" menos claramente retratada no filme do que a tragédia pessoal do cientista, mas ele chamou a produção de "altamente precisa" de outra forma para um filme de Hollywood.[87]

Muitos esforços empreendidos em outros locais do Projeto Manhattan, como Hanford, Washington, e Oak Ridge, Tennessee, não foram mostrados.[84] A maioria deles, supervisionados pelo General Leslie Groves, concentrava-se na produção do material radioativo que alimentava as explosões nucleares.[88] Além da equipe em Los Alamos, aqueles que trabalhavam em outros locais do Projeto, especialmente no Laboratório Metalúrgico da Universidade de Chicago, também expressaram preocupações sobre o uso da bomba atômica contra o Japão.[89] De acordo com Kate Gardner:

A omissão mais flagrante do filme é na verdade de 19 000 omissões - o número de pessoas, em sua maioria indígenas, que viviam perto do local do teste Trinity, no Novo México. Oppenheimer sugere que a área estava vazia, evitando a verdade espinhosa de que os moradores locais não foram avisados sobre o teste - nem mesmo receberam uma história falsa para impedi-los de beber a água da chuva tóxica que caiu nos próximos dias.[90]

Influência editar

A atenção renovada ao local e aos testes nucleares associados encorajou o Congresso dos Estados Unidos a revisar a Lei de Compensação por Exposição à Radiação (1990), que previa programas de compensação para pessoas afetadas pela radiação e pelos testes nucleares durante a Guerra Fria, conhecidos como "Downwinders" e constituídos principalmente pela Nação Navajo. O Senado dos Estados Unidos aprovou emendas para fornecer serviços adicionais às pessoas no Novo México, mas não passou pelo Congresso, já que a Câmara dos Representantes ainda não havia debatido sua inclusão como parte do projeto de lei de defesa nacional para o ano fiscal de 2024.[91]

Premiações editar

Oppenheimer ganhou seis prêmios Globo de Ouro, recebendo Melhor Filme – Drama, Melhor Diretor para Nolan, Melhor Ator – Filme de Drama para Murphy, Melhor Ator Coadjuvante – Filme para Downey e Melhor Trilha Sonora Original para Göransson na 81ª cerimônia.[92][93][94] A National Board of Review e o American Film Institute nomearam Oppenheimer um dos dez melhores filmes de 2023.[95][96]

O filme recebeu indicações para treze Prêmios Critics' Choice Movie (vencendo oito), treze Prêmios da Academia Britânica de Cinema (vencendo sete) e quatro Prêmios Screen Actors Guild (vencendo três),[97][98] enquanto sua trilha sonora recebeu três indicações no 66º Grammy Awards (vencendo uma).[99][100][101] Oppenheimer recebeu treze indicações (vencendo sete) no 96º Academy Awards, tornando-se o filme mais indicado ao Oscar da carreira de Nolan.[102][103][104] Entre suas indicações, o filme se destacou em quatro categorias dos "Cinco Grandes": Melhor Filme, Direção, Ator Principal e Roteiro Adaptado. Eventualmente, ganhou sete prêmios: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator, Ator Coadjuvante, Melhor Fotografia, Melhor Trilha Sonora Original e Melhor Edição.[105]

Ver também editar

Referências

  1. a b Kim, Matt (15 de setembro de 2021). «Here's Everything Christopher Nolan Demanded from Universal For His Oppenheimer Movie». IGN (em inglês). Consultado em 21 de dezembro de 2022 
  2. a b «Oppenheimer». Box Office Mojo (em inglês). IMDb. Consultado em 13 de maio de 2024 
  3. a b «Oppenheimer». The Numbers (em inglês). Nash Information Services, LLC. Consultado em 13 de maio de 2024 
  4. a b «Oppenheimer». AdoroCinema. Brasil: Webedia. 20 de julho de 2023. Consultado em 16 de setembro de 2023 
  5. a b «Oppenheimer». Cinecartaz. Portugal: Público. 20 de julho de 2023. Consultado em 16 de setembro de 2023 
  6. «'Oppenheimer': saiba tudo sobre pré-venda de ingressos!». POPline. 6 de julho de 2023. Consultado em 8 de julho de 2023 
  7. Almeida, Marcello (19 de dezembro de 2022). «Oppenheimer de Christopher Nolan ganha trailer oficial intenso; confira». Teoria Cultural. Consultado em 21 de dezembro de 2022 
  8. a b «Oppenheimer». Rotten Tomatoes (em inglês). Fandango Media. Consultado em 3 de abril de 2024 
  9. «"Oppenheimer" é o grande vencedor do Oscar 2024». CNN Brasil. Consultado em 11 de março de 2024 
  10. a b c d Kroll, Justin; Kroll, Justin (8 de outubro de 2021). «Cillian Murphy Confirmed to Star As J. Robert Oppenheimer In Christopher Nolan's Next Film At Universal, Film Will Bow in July 2023». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  11. Kroll, Justin; Kroll, Justin (20 de outubro de 2021). «Emily Blunt In Talks To Join Christopher Nolan's Next Film 'Oppenheimer' At Universal». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  12. a b Kroll, Justin; Kroll, Justin (2 de novembro de 2021). «Robert Downey Jr. And Matt Damon Latest Stars To Join Christopher Nolan's 'Oppenheimer'». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  13. a b c d e Kit, Borys; Kit, Borys (9 de dezembro de 2021). «Florence Pugh, Rami Malek, Benny Safdie Join Christopher Nolan's 'Oppenheimer' (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  14. a b Lang, Brent; Lang, Brent (22 de fevereiro de 2022). «Christopher Nolan's 'Oppenheimer' Releases Moody First Look, Kenneth Branagh Joins Cast». Variety (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  15. Kroll, Justin; Kroll, Justin (4 de janeiro de 2022). «Josh Hartnett Joins Christopher Nolan's Next Film 'Oppenheimer'». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  16. «Oppenheimer Set Photos Reveal Casey Affleck Is Cast In New Nolan Movie». ScreenRant (em inglês). 23 de abril de 2022. Consultado em 31 de maio de 2022 
  17. Grobar, Matt; Grobar, Matt (22 de fevereiro de 2022). «Christopher Nolan's 'Oppenheimer' Gets First-Look Photo As Kenneth Branagh Joins Cast». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  18. Kroll, Justin; Kroll, Justin (1 de março de 2022). «'Oppenheimer': Jason Clarke Joins Christopher Nolan's Next Tentpole At Universal». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  19. a b Kit, Borys; Kit, Borys (16 de fevereiro de 2022). «Christopher Nolan's 'Oppenheimer' Adds 'Halloween Kills,' 'Manifest' Actors (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  20. Couch, Aaron; Couch, Aaron (15 de março de 2022). «'Oppenheimer' Enlists 'Vikings' Actor Gustaf Skarsgard (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  21. a b c Kit, Borys; Kit, Borys (22 de fevereiro de 2022). «'Oppenheimer': Alden Ehrenreich, David Krumholtz Join Christopher Nolan Drama (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  22. Grobar, Matt; Grobar, Matt (16 de fevereiro de 2022). «'Oppenheimer': Matthew Modine Joins Christopher Nolan's Film For Universal». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  23. Walker, David (15 de julho de 2023). «Albert Einstein in Oppenheimer brought to life by veteran Scots actor with surprising daughter». Scottish Daily Express. Consultado em 23 de julho de 2023  (em inglês)
  24. Couch, Aaron; Couch, Aaron (25 de fevereiro de 2022). «David Dastmalchian Reuniting With Christopher Nolan for 'Oppenheimer' (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  25. Kroll, Justin; Kroll, Justin (15 de fevereiro de 2022). «'The Boys' Star Jack Quaid Joins Christopher Nolan's 'Oppenheimer'». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  26. Rubin, Rebecca; Rubin, Rebecca (9 de março de 2022). «'Drake and Josh' Star Josh Peck Joins Christopher Nolan's 'Oppenheimer' (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  27. a b D'Alessandro, Anthony; D'Alessandro, Anthony (15 de abril de 2022). «Christopher Nolan's 'Oppenheimer' Adds Olivia Thirlby». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  28. Kit, Borys; Kit, Borys (7 de fevereiro de 2022). «Dane DeHaan Joins Christopher Nolan's 'Oppenheimer' (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  29. a b Grobar, Matt; Grobar, Matt (7 de março de 2022). «Christopher Nolan's 'Oppenheimer' Adds Guy Burnet & Danny Deferrari». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  30. «Oppenheimer Production Information Approved» (Nota de imprensa). Universal Pictures Publicity. 21 de junho de 2023. Consultado em 10 de junho de 2023. Cópia arquivada em 10 de julho de 2023 
  31. Vivarelli, Nick (20 de junho de 2023). «House of the Dragon Star Jefferson Hall Set for Emirati Director Nayla Al Khaja's Debut Three – Global Bulletin». Variety. Consultado em 10 de julho de 2023. Cópia arquivada em 29 de junho de 2023 
  32. Grobar, Matt; Grobar, Matt (2 de março de 2022). «Christopher Nolan's 'Oppenheimer' Adds James D'Arcy & Michael Angarano». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  33. Couch, Aaron; Couch, Aaron (23 de março de 2022). «'Oppenheimer' Enlists Tony Goldwyn (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  34. Grobar, Matt; Grobar, Matt (16 de março de 2022). «Devon Bostick Joins Universal's 'Oppenheimer'; Sony's George Foreman Biopic Adds Deion Smith». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  35. a b Kit, Borys; Kit, Borys (22 de março de 2022). «'Oppenheimer': Alex Wolff Joins All-Star Cast of Christopher Nolan Drama (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  36. a b «Oppenheimer Adds Jason Clarke And Louise Lombard». Empire. Consultado em 31 de maio de 2022 
  37. Grobar, Matt; Grobar, Matt (4 de abril de 2022). «Christopher Denham & Josh Zuckerman Join 'Oppenheimer'; Shane Dax Taylor's Indie 'Best Man' Adds Andrey Ivchenko». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  38. Kroll, Justin; Kroll, Justin (11 de março de 2022). «'Army Of The Dead' Breakout Matthias Schweighöfer Joins Christopher Nolan's 'Oppenheimer'». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  39. Couch, Aaron; Couch, Aaron (4 de março de 2022). «'Oppenheimer' Casts 'No Exit' Star David Rysdahl (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  40. Grobar, Matt; Grobar, Matt (1 de março de 2022). «Louise Lombard Joins 'Oppenheimer'; 'Harold And The Purple Crayon' Adds Camille Guaty». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  41. a b Grobar, Matt; Grobar, Matt (10 de março de 2022). «'Oppenheimer': Harrison Gilbertson & Emma Dumont Board Christopher Nolan's Thriller For Universal». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  42. Grobar, Matt; Grobar, Matt (29 de março de 2022). «Billy Slaughter Joins Amazon's 'The Burial'; 'Oppenheimer' Adds Trond Fausa». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  43. a b Grater, Tom; Grater, Tom (1 de abril de 2022). «Gary Oldman Says He Is Appearing In One Scene In Christopher Nolan's 'Oppenheimer'». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  44. Jones, Nate (12 de julho de 2023). «Which Supporting Characters in Oppenheimer Will Die of Radiation Poisoning?». Vulture. Consultado em 17 de julho de 2023. Cópia arquivada em 20 de julho de 2023 
  45. «Egy magyar szerepre magyar színész is jutott az Oppenheimerben – Haumann Máté alakítja Szilárd Leót». 14 de julho de 2023. Consultado em 30 de julho de 2023. Cópia arquivada em 14 de julho de 2023 
  46. «Christopher Nolan Reflects on 'Tenet' Release, Reacts to Warner Bros./HBO Max Deal (Exclusive) | Entertainment Tonight». www.etonline.com (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  47. Watson, R. T. (21 de janeiro de 2021). «Want to Be a Hollywood Player? Covid and Streaming Have Changed All the Rules». Wall Street Journal (em inglês). ISSN 0099-9660. Consultado em 31 de maio de 2022 
  48. Rubin, Rebecca; Rubin, Rebecca (10 de dezembro de 2020). «After Christopher Nolan's Explosive Remarks, Could Warner Bros. Lose Its Superstar Director?». Variety (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  49. «Where Will Christopher Nolan Go After His War With Warner?». Observer (em inglês). 3 de fevereiro de 2021. Consultado em 31 de maio de 2022 
  50. Jr, Mike Fleming; Jr, Mike Fleming (9 de setembro de 2021). «Christopher Nolan Bombshell: Director Talking To Multiple Studios On Film He'll Direct About J. Robert Oppenheimer & Development Of The A-Bomb In WWII». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  51. Kit, Borys; Kit, Borys (10 de setembro de 2021). «Sony, Universal Among Studios Vying for New Christopher Nolan Movie». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  52. a b c Kit, Borys; Kit, Borys (15 de setembro de 2021). «Inside the Studios' (And Apple's) Frenzy to Get Christopher Nolan's Next Film». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  53. Jr, Mike Fleming; Jr, Mike Fleming (14 de setembro de 2021). «Christopher Nolan Chooses Universal Pictures For His Film About J. Robert Oppenheimer & The A-Bomb». Deadline (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  54. «'It's the end of a big adventure': Cillian Murphy bids farewell to Peaky Blinders». the Guardian (em inglês). 20 de fevereiro de 2022. Consultado em 31 de maio de 2022 
  55. a b tvitu@sfnewmexican.com, Teya Vitu. «Two more movie shoots come to N.M.; 'Oppenheimer' calls for more extras». Santa Fe New Mexican (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  56. mtashji@sfnewmexican.com, Michael Tashji. «Hundreds turn out for 'Oppenheimer' casting call». Santa Fe New Mexican (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  57. «Christopher Nolan, Cillian Murphy Film In Princeton For 'Oppenheimer'?». Princeton, NJ Patch (em inglês). 12 de abril de 2022. Consultado em 31 de maio de 2022 
  58. «"Versão ideal" de Oppenheimer será exibida em apenas 30 salas de cinema em todo mundo; entenda». IGN. 7 de junho de 2023. Consultado em 8 de junho de 2023 
  59. «Christopher Nolan mostra o rolo IMAX de 'Oppenheimer' com 18 km de comprimento e quase 300 kg». Cine Pop. 4 de junho de 2023. Consultado em 8 de junho de 2023 
  60. Bergeson, Samantha; Bergeson, Samantha (22 de fevereiro de 2022). «'Oppenheimer' First Look: Cillian Murphy Smolders in Christopher Nolan's Atomic Bomb Drama». IndieWire (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  61. «Florence Pugh Walks With Cillian Murphy In Oppenheimer Set Photo». ScreenRant (em inglês). 2 de maio de 2022. Consultado em 31 de maio de 2022 
  62. Lawrence, Gregory (8 de outubro de 2021). «Christopher Nolan's New Movie 'Oppenheimer' Sets 2023 Release Date». Collider (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  63. Lang, Robert (11 de julho de 2023). «'Oppenheimer' Red Carpet Photos: Cillian Murphy, Emily Blunt, Robert Downey Jr & Christopher Nolan At Paris Premiere». Deadline (em inglês). Consultado em 11 de julho de 2023. Cópia arquivada em 20 de julho de 2023 
  64. «Oppenheimer: Cillian Murphy, Matt Damon and Emily Blunt at London movie premiere». BBC News (em inglês). British Broadcasting Corporation. 13 de julho de 2023. Consultado em 15 de julho de 2023. Cópia arquivada em 20 de julho de 2023 
  65. Sharf, Zack (14 de julho de 2023). «'Oppenheimer' U.S. Premiere Cancels Red Carpet Amid SAG-AFTRA Strike, but the Film Will Still Screen». Variety. Consultado em 15 de julho de 2023. Cópia arquivada em 18 de julho de 2023 
  66. Rubin, Rebecca; Rubin, Rebecca (18 de novembro de 2021). «Why Christopher Nolan's $100 Million WWII Drama 'Oppenheimer' Could Be the Last of Its Kind». Variety (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2022 
  67. Alessandra Monterastelli, Guilherme Luis (19 de julho de 2023). «Como meme 'barbenheimer' alavancou nos cinemas 'Barbie' e 'Oppenheimer'». Folha de S. Paulo. Consultado em 5 de setembro de 2023 
  68. «This is the ideal viewing order for the 'Barbenheimer' double feature : NPR». NPR. Consultado em 31 de julho de 2023. Cópia arquivada em 22 de julho de 2023 
  69. D'Alessandro, Anthony (18 de julho de 2023). «'Barbie' & 'Oppenheimer' To Rattle The Globe With Combined $260M+ Opening – Box Office Preview». Deadline Hollywood. Consultado em 20 de julho de 2023. Cópia arquivada em 18 de julho de 2023 
  70. a b D'Alessandro, Anthony (22 de julho de 2023). «'Barbie' & 'Oppenheimer' Fueling Mindblowing $300M+ Box Office Weekend – Saturday AM Update». Deadline Hollywood. Consultado em 23 de julho de 2023 
  71. «Oppenheimer Box Office Opening Is Bigger Than Inception, Interstellar, & All But 3 Nolan Movies». ScreenRant (em inglês). 23 de julho de 2023. Consultado em 30 de julho de 2023. Cópia arquivada em 23 de julho de 2023 
  72. D'Alessandro, Anthony (30 de julho de 2023). «'Barbie', 'Oppenheimer' & 'Haunted Mansion' Fuel Record Final Weekend In July With $217M+: How Long Does This Box Office Boom Last As Strikes Continue? – Update». Deadline Hollywood. Consultado em 31 de julho de 2023. Cópia arquivada em 29 de julho de 2023 
  73. Rubin, Rebecca (30 de julho de 2023). «Box Office: 'Barbie' Scores Massive $93 Million, 'Oppenheimer' Adds Huge $46 Million in Second Weekends». Variety (em inglês). Consultado em 30 de julho de 2023. Cópia arquivada em 30 de julho de 2023 
  74. Malhotra, Rahul (2 de setembro de 2023). «'Oppenheimer' Passes 'Deadpool 2' to Become Second-Biggest R-Rated Movie in Global Box Office History». Collider 
  75. McPherson, Chris (16 de setembro de 2023). «'Oppenheimer' Will Surpass 'Bohemian Rhapsody' to Become Highest-Grossing Biopic Ever». Collider. Consultado em 17 de setembro de 2023. Cópia arquivada em 17 de setembro de 2023 
  76. «Oppenheimer». Metacritic (em inglês). Fandom, Inc. Consultado em 30 de julho de 2023 
  77. «'Oppenheimer' Is the 'Best' and 'Most Important Film of This Century,' Raves Paul Schrader: 'This One Blows the Door Off the Hinges'». Variety. Consultado em 23 de julho de 2023 
  78. «Oppenheimer First Reviews: Breathtaking, Ballsy, and One of the Best Biopics Ever Made». Rotten Tomatoes (em inglês). Consultado em 20 de julho de 2023 
  79. Roeper, Richard (19 de julho de 2023). «'Oppenheimer' a momentous achievement, at times pensive, at times explosive». Chicago Sun-Times (em inglês). Consultado em 20 de julho de 2023. Cópia arquivada em 20 de julho de 2023 
  80. Jackson, Matthew (19 de julho de 2023). «Oppenheimer review: Christopher Nolan delivers his masterpiece». The A.V. Club. Consultado em 23 de julho de 2023. Cópia arquivada em 20 de julho de 2023 
  81. Travers, Peter. «Review: 'Oppenheimer' emerges as a monumental achievement on the march into screen history». ABC News (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2023. Cópia arquivada em 21 de julho de 2023 
  82. Lowry, Brian (20 de julho de 2023). «'Oppenheimer' unleashes Christopher Nolan on the 'father' of the atomic bomb». CNN. Consultado em 21 de julho de 2023. Cópia arquivada em 23 de julho de 2023 
  83. a b Jones, Nate (25 de julho de 2023). «What's Fact and What's Fiction in Oppenheimer?». Vulture. Consultado em 17 de agosto de 2023. Cópia arquivada em 7 de agosto de 2023 
  84. a b Diaz-Maurin, François (28 de julho de 2023). «A Manhattan Project historian comments on 'Oppenheimer'». Bulletin of the Atomic Scientists. Consultado em 19 de agosto de 2023. Cópia arquivada em 6 de agosto de 2023 
  85. Chilton, Louis (28 de julho de 2023). «'A serious accusation': Did Oppenheimer's apple-poisoning incident really happen? It's complicated». The Independent. Consultado em 26 de agosto de 2023. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2023 
  86. Schweber, Silvan S. (2008). Einstein and Oppenheimer: The Meaning of Genius. Cambridge, Massachusetts: Harvard University Press. pp. 265–274. ISBN 978-0-674-04335-0. Consultado em 7 de setembro de 2023. Cópia arquivada em 10 de setembro de 2023 
  87. De Witte, Melissa (26 de julho de 2023). «Oppenheimer and the pursuit of nuclear disarmament». Stanford News. Consultado em 16 de setembro de 2023. Cópia arquivada em 13 de setembro de 2023 
  88. Gilinsky, Victor (28 de julho de 2023). «Thought-provoked by 'Oppenheimer'». Bulletin of the Atomic Scientists. Consultado em 23 de setembro de 2023. Cópia arquivada em 6 de agosto de 2023 
  89. Goldston, Robert J. (17 de agosto de 2023). «Widening the field of view on 'Oppenheimer'». Bulletin of the Atomic Scientists. Consultado em 27 de setembro de 2023. Cópia arquivada em 27 de setembro de 2023 
  90. Gardner, Kate (3 de agosto de 2023). «Oppenheimer the movie: Physics World writers give their verdict». physicsworld.com. Consultado em 20 de fevereiro de 2024. Cópia arquivada em 11 de março de 2024 
  91. Rushton, Griffin. «Senate approves New Mexico Downwinders' inclusion in RECA amendment». KOB. Consultado em 30 de julho de 2023. Cópia arquivada em 31 de julho de 2023 
  92. Warner, Kara (8 de janeiro de 2023). «Where to Watch Every Golden Globes 2024 Winner». Vanity Fair (em inglês). Consultado em 9 de janeiro de 2023. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2024 
  93. Shoard, Catherine (11 de dezembro de 2023). «Golden Globes nominations 2024: Barbie leads the pack with Oppenheimer hot on heels». The Guardian. ISSN 0261-3077. Consultado em 12 de dezembro de 2023. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2023 
  94. Pedersen, Erik (7 de janeiro de 2024). «'Oppenheimer' & 'Poor Things' Win Top Movie Prizes At Golden Globes – Complete Winners List». Deadline. Consultado em 7 de janeiro de 2024. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2024 
  95. Lewis, Hilary (6 de dezembro de 2023). «National Board of Review Names 'Killers of the Flower Moon' Best Film of 2023». The Hollywood Reporter. Consultado em 6 de dezembro de 2023. Cópia arquivada em 7 de dezembro de 2023 
  96. Bergeson, Samantha (7 de dezembro de 2023). «AFI Names 10 Best Films and TV Series of 2023: 'Barbie,' 'Past Lives,' 'Oppenheimer,' 'Succession,' 'Beef,' and More». IndieWire. Consultado em 9 de dezembro de 2023. Cópia arquivada em 8 de dezembro de 2023 
  97. Shanfeld, Ethan (15 de janeiro de 2024). «'Oppenheimer' Leads Critics Choice Awards With 8 Wins, 'Barbie' Scores 6 — Full Winners List». Variety (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2024. Cópia arquivada em 15 de janeiro de 2024 
  98. Lawless, Jill (18 de janeiro de 2024). «Oppenheimer and Poor Things lead otherwise surprising set of Bafta nominations». The Independent (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2024. Cópia arquivada em 18 de janeiro de 2024 
  99. del Barco, Mandalit (10 de novembro de 2023). «2024 Grammy nominations led by SZA, Billie Eilish and Phoebe Bridgers». NPR Music. Consultado em 7 de dezembro de 2023. Cópia arquivada em 28 de novembro de 2023 
  100. Vanhoose, Benjamin (5 de fevereiro de 2024). «Barbenheimer at the Grammys! Barbie and Oppenheimer Both Win at 2024 Grammy Awards Ahead of Oscars». People. Consultado em 6 de março de 2024. Cópia arquivada em 19 de fevereiro de 2024 
  101. Haage, Anthony (5 de março de 2024). «Oppenheimer's Best Picture Odds Say It's a 2024 Oscars Winner – Here's Why It's Not». Gambling Sites. Consultado em 6 de março de 2024 
  102. «2024 | Oscars.org | Academy of Motion Picture Arts and Sciences». www.oscars.org (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2024. Cópia arquivada em 23 de janeiro de 2024 
  103. «Archived copy». Consultado em 1 de março de 2024. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2024 
  104. Couch, Aaron (23 de janeiro de 2024). «'Oppenheimer': Big Oscar Noms Mark a First for Christopher Nolan». The Hollywood Reporter. Consultado em 5 de março de 2024. Cópia arquivada em 1 de março de 2024 
  105. Lang, Brent; Moreau, Jordan (10 de março de 2024). «'Oppenheimer' Reigns at Oscars With Seven Wins, Including Best Picture and Director: Full Winners List». Variety. Consultado em 11 de março de 2024 

Ligações externas editar

 
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Oppenheimer (filme)