Partido Democrático do Povo (Nigéria)

Partido político da Nigéria

O Partido Democrático do Povo (em inglês: People's Democratic Party), também conhecido pelo acrônimo PDP, é um dos dois partidos políticos majoritários da Nigéria ao lado do Congresso de Todos os Progressistas (APC), embora tenha sido o partido hegemônico da Quarta República desde sua fundação em 1998 até a derrota para o APC nas eleições gerais de 2015. Atualmente, consiste na segunda força política do país, sendo o principal partido oposicionista ao atual governo de Muhammad Buhari.[1]

Partido Democrático do Povo
People's Democratic Party
Líder Mohammed Suleiman
Presidente Iyorchia Ayu
Secretário Samuel Anyanwu
Fundação 1998 (24 anos)
Sede Abuja
Ideologia Conservadorismo social
Liberalismo económico
Espectro político Centro-direita a direita
País Nigéria
Senado da Nigéria
38 / 109
Câmara dos Representantes
121 / 360
Governadores
13 / 36
Assembleias estaduais
329 / 991
Cores      Verde
     Branco
     Vermelho
Página oficial
https://peoplesdemocraticparty.com.ng/

Ideologia políticaEditar

Questões econômicasEditar

O PDP é adepto do liberalismo econômico e defende políticas de livre mercado e Estado mínimo, alinhando-se mais à direita neste aspecto. Em 2003, o presidente Olusegun Obasanjo e o ministro das Finanças Ngozi Okonjo-Iweala lançaram uma série de reformas econômicas liberalizantes que focaram na redução dos gastos estatais por meio de políticas fiscais contracionistas, na desregulamentação de setores econômicos estratégicos e na massiva privatização de empresas estatais.[2]

Por outro lado, o PDP adota uma postura mais à esquerda no que se refere à políticas de combate à pobreza e promoção do bem-estar social. Em 2005, ainda no mandato de Olusegun Obasanjo, foi lançado o Esquema Nacional de Seguro de Saúde da Nigéria (NHIS), uma espécie de plano de saúde público capaz de garantir o acesso de toda a população nigeriana à rede de serviços básicos de saúde por todo o país.[2]

Além disso, o PDP defende a manutenção do status quo na distribuição das receitas do petróleo. Embora em mandatos presidenciais do partido, tenha ocorrido a fundação da Comissão de Desenvolvimento do Delta do Níger (NDDC) para atender às necessidades dos estados produtores de petróleo do Delta do Níger, o partido resistiu às pressões para reverter o acordo firmado ainda na Primeira República, em 1966, sobre a distribuição dos royalties entre os estados e o governo central, hoje divididas igualmente em 50%.[2]

Questões sociaisEditar

No que tange à pauta de costumes, o PDP defende pautas mais conservadoras, opondo-se fortemente ao casamento entre pessoas do mesmo sexo por questões de ordem religiosa e moral. Em 2007, inclusive, a Câmara dos Representantes aprovou uma lei que criminaliza relações homossexuais e prevê a condenação de seus infratores à 14 anos de detenção.[3]

O partido é um defensor moderado do federalismo e da liberdade religiosa para os estados nigerianos. Em 2000, a introdução da Sharia em alguns estados do norte do país desencadeou violência sectária nos estados de Kaduna e Abia. O governo federal, liderado pelo PDP à época, recusou-se a ceder à pressão dos estados do sul, majoritariamente cristãos, para revogar as leis estaduais, defendendo apenas a limitação da abrangência das leis islâmicas somente aos estados majoritariamente muçulmanos.[4]

Resultados eleitoraisEditar

Eleições presidenciaisEditar

Eleição Candidato Votos válidos % Situação
1999
Olusegun Obasanjo
18 738 154
62,78%   Eleito
2003
24 456 140
61,94%
2007
Umaru Yar'Adua
24 638 063
69,82%
2011
Goodluck Jonathan
22 495 187
58,89%
2015
12 853 162
44,96%   Não eleito
2019
Atiku Abubakar
11 262 978
41,22%

Eleições legislativasEditar

Eleição Senado da Nigéria Câmara dos Representantes
Votos válidos % Assentos +/- Votos válidos % Assentos +/-
1999
13 753 843
56,40%
59 / 109
Novo
13 460 415
57,10%
206 / 360
Novo
2003
15 585 538
53,69%
76 / 109
  17
15 927 807
54,49%
223 / 360
  17
2007
Dados não encontrados
85 / 109
  9 Dados não encontrados
262 / 360
  39
2011
13 312 817
46,63%
71 / 109
  16
13 351 647
46,69%
203 / 360
  59
2015
13 229 721
44,95%
48 / 109
  23
11 446 137
43,65%
140 / 360
  63
2019
11 608 069
41,87%
45 / 109
  3
11 283 714
41,34%
128 / 360
  12

Referências

  1. Campbell, John (2010). Nigeria: Dancing on the Brink. [S.l.]: Rowman & Littlefield Publishers. p. 9. ISBN 1442206918. Consultado em 12 de novembro de 2014 
  2. a b c «People's Democratic Party | History, Objectives, & Facts | Britannica». www.britannica.com (em inglês). Consultado em 13 de junho de 2022 
  3. «Nigeria moves to tighten gay laws» (em inglês). 14 de fevereiro de 2007. Consultado em 13 de junho de 2022 
  4. «Sharia compromise for Nigerian state» (em inglês). 2 de novembro de 2001. Consultado em 13 de junho de 2022