Abrir menu principal
Brazilian ironclad tamandare.jpg


Encouraçado de Bateria Central Tamandaré
Estaleiro Arsenal de Marinha da Corte, no Rio de Janeiro
Batimento de Quilha 31 de janeiro de 1865
Lançamento 26 de junho de 1865
Baixa 1879
Incorporação a Armada 1865
Baixa
Situação
Deslocamento 775 ton (padrão)
Comprimento 51.36 m total
Calado 2.59 m de calado
Boca 9.14 m
Propulsão maquina de 80 hp
Combustível
Velocidade
Raio de ação
Armamento 1 peça de calibre 70 e 2 de calibre 68
Tripulação
Classe

O Tamandaré foi um encouraçado da Marinha do Brasil, sendo o primeiro a ostentar a homenagem ao Almirante Joaquim Marques Lisboa, o Marquês de Tamandaré.

Construído durante o ano de 1864/1865, foi lançado ao mar em 26 de junho de 1865. Na categoria encouraçado de bateria central, o Tamandaré participou da Guerra do Paraguai.[1]

Na Guerra do Paraguai, participou do cerco a Paissandu, combateu contra o Forte Itapiru, travou combate com a bateria de Timbó, entre outras atividades neste conflito.

Um dos seus comandantes foi o 1º Ten. Antônio Carlos de Mariz e Barros. Sua baixa ocorreu em 1879.

Referências

  1. Encouraçado de Bateria Central Tamandaré[ligação inativa] Site Navios Brasileiros - acessado em 25 de julho de 2011
 
A frota brasileira é atacada por uma chata paraguaia, matando 34 pessoas a bordo do Tamandaré (Le monde illustré: journal hebdomadaire, nº 477, 02/06/1866).
  Este artigo sobre a Marinha do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.