Abrir menu principal

Uno é um conceito filosófico neoplatônico atribuído a Plotino. Plotino define o "Uno" como uma entidade suprema, totalmente transcendente, além de todas as categorias do Ser e Não-ser. O Uno não é qualquer coisa existente, nem simplesmente a soma de todas as coisas, mas "é antes de tudo existente". Este conceito de representa uma verdadeira ruptura com o modo tradicional grego de pensar, que até então identificava a unidade com o Intelecto e o Ser. [1]

Plotino identificou o Uno com o conceito de Bem e o princípio da Beleza'.[2]

Referências

  1. Carlos Raposo (2009). «O Conceito Plotiniano de Uno». Medievalismo. Consultado em 8 de junho de 2019 
  2. Plotino, Enéadas, I.6.9