Abrir menu principal
Amanda Gurgel
Vereadora de  Natal
Período 1 de janeiro de 2013
até 1 de janeiro de 2017
Dados pessoais
Nome completo Amanda Gurgel de Freitas
Nascimento 1 de agosto de 1981 (38 anos)
Natal (RN), Brasil
Nacionalidade brasileira
Alma mater Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Partido PSOL
Profissão professora

Amanda Gurgel de Freitas (Natal, 1 de agosto de 1981)[1] é uma professora, militante trotskista e política brasileira.[2]

BiografiaEditar

Professora do ensino médio de Natal, é graduada em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Ainda na Universidade, em 2001, ingressou no Movimento estudantil, se tornando diretora de seu DCE.[3]

Durante seu ativismo universitário, Amanda era próxima politicamente do PT. Ao passar a militar como sindicalista, entretanto, se afastou desse partido ao criticar sua atuação no Sindicato de Professores de Natal, e se aproximou do PSTU, da qual se tornou militante em 2010.[4]

Em 2011, por conta de uma atividade de sua militância, participou de um audiência pública na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Seu depoimento sobre a precariedade do ensino público no Estado e sua experiência difícil como professora de língua portuguesa causou grande repercussão nas mídias sociais,[5] o que fez, por exemplo, com que ela fosse convidada a participar do programa Domingão do Faustão, da Rede Globo, em maio de 2011.[6]

Após romper com o PSTU, em julho de 2016, junto com outros militantes se organizaram no Movimento por uma Alternativa Independente e Socialista (MAIS). No final de julho de 2017, o MAIS aprovou seu ingresso no Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), como corrente interna do partido. Assim, Amanda se filia a legenda como pré-candidata a deputada nas eleições de 2018. [7]

Carreira políticaEditar

Concorreu ao cargo de vereadora de Natal na eleição municipal de 2012 por seu Partido. Elegeu-se como a vereadora mais votada na história da cidade, com 32.819 votos.[5] Atuou em defesa do processo de impeachment da então governadora Rosalba Ciarlini (DEM)[8], assinando o pedido junto a outros representantes dos movimentos sociais e trabalhadores, e como uma das principais opositoras do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) devido às suas políticas de educação, saúde pública, mobilidade urbana e assistência social.[9] É autora de projetos de lei como o "Cuscuz Alegado", que regulariza o acesso à merenda escolar pelos professores e técnicos de escolas municipais, o Passe Livre Estudantil em Natal e o PL 13/2015 que estabelece a remuneração do prefeito, do vice-prefeito e do vereador equivalente ao dobro do piso salarial nacional para professores da rede de ensino básico.[10]

Tentou a reeleição no pleito de 2016, porém não conseguiu repetir o fenômeno eleitoral. Apesar de ter obtido 8.002 votos (aproximadamente 25% de sua primeira votação) e ter sido a segunda colocada, não conseguiu ser eleita em razão de seu partido não ter realizado nenhuma coligação e não ter alcançado o quociente eleitoral necessário.[11] Sendo assim, Amanda retornou à sala de aula, reassumindo a função de professora, da qual havia se licenciado durante o mandato.

Referências

  1. UOL. «Dados eleitorais: Professora Amanda Gurgel - 16123». Uol.com.br. Consultado em 26 de dezembro de 2012 
  2. Sempre Tops (25 de outubro de 2012). «Amanda Gurgel é Eleita». Sempretops.com. Consultado em 26 de dezembro de 2012 
  3. PSTU (20 de novembro de 2011). «Entrevista/Amanda Gurgel». Pstu.org.br. Consultado em 26 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 13 de abril de 2013 
  4. PSTU (24 de maio de 2011). «Amanda Gurgel: 'A gente tem de transformar toda essa angústia em ação'». Pstu.org.br. Consultado em 26 de dezembro de 2012 [ligação inativa]
  5. a b G1 RN (7 de outubro de 2012). «'Professora do YouTube' é eleita a vereadora mais votada de Natal». G1.globo.com. Consultado em 26 de dezembro de 2012 
  6. TVG (22 de maio de 2011). «Domingão abre espaço para Amanda Gurgel e sua luta pela educação». Tvg.globo.com. Consultado em 20 de outubro de 2012 
  7. [hhttp://www.cartapotiguar.com.br/2017/08/04/amanda-gurgel-do-mais-ingressa-no-psol/ «Amanda Gurgel, do MAIS, ingressa no PSOL»]. Carta Potiguar. 4 de agosto de 2017 
  8. «Vereadora do PSTU assina pedido de impeachment da governadora Rosalba - Amanda Gurgel». Amanda Gurgel 
  9. «"O essencial para o povo é invisível aos olhos de Carlos Eduardo", diz Amanda Gurgel sobre mensagem do prefeito - Amanda Gurgel». Amanda Gurgel 
  10. «Projetos - Amanda Gurgel». Amanda Gurgel 
  11. «Segunda mais votada em Natal, vereadora não consegue reeleição». G1. 3 de outubro de 2016 
  Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.