Abrir menu principal

Ana Beatriz Correa

Ana Beatriz Correa
Informações pessoais
Nome completo Ana Beatriz Silva Correa
Apelido Bia
Modalidade Voleibol
Nascimento 7 de fevereiro de 1992 (27 anos)
Sorocaba, São Paulo
Nacionalidade brasileiro(a)
Compleição Peso: 78 kg Altura: 1,89 m
Clube Osasco
Medalhas
Competidora do Bandeira do Brasil Brasil
Grand Prix
Ouro Nanquim 2017 Equipe
Liga das Nações
Prata Nanquim 2019 Equipe
Campeonato Sul-Americano
Ouro Cáli 2017 Equipe
Ouro Cajamarca 2019 Equipe
Campeonato Mundial Juvenil
Prata Lima-Trujillo 2011 Equipe
Bronze Tijuana & Mexicali 2009 Equipe
Campeonato Sul-Americano Juvenil
Ouro Envigado 2010 Equipe
Ouro Lima 2008 Equipe
Campeonato Mundial Infanto-Juvenil
Ouro Nakhon Ratchasima 2009 Equipe
Campeonato Sul-Americano Juvenil
Ouro Lima 2008 Equipe
Competidora de Osasco
Campeonatos Mundiais
Bronze Doha 2011 Equipe
Campeonato Sul-Americano
Ouro Osasco 2011 Equipe
Competidora do Sesi-SP
Campeonatos Mundiais
Bronze Zurique 2014 Equipe
Campeonato Sul-Americano
Ouro Osasco 2014 Equipe
Torneio Top Volley
Prata Basileia 2012 Equipe

Ana Beatriz Silva Correa (Sorocaba, 7 de fevereiro de 1992) é uma voleibolista indoor brasileira que atua na posição de Central, com marca de alcance de 298cm no ataque e 292 no bloqueio, representa a equipe de voleibol do Osasco Voleibol Clube e também a seleção feminina de voleibol brasileira conquistando a medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano Infanto Juvenil de 2008 e na mesma categoria sagrou-se campeã no Mundial de 2009 na Tailândia, também oi ouro nos Campeonato Sul-Americano Juvenil nos anos de 2008 e 2010, respectivamente no Peru e Colômbia, foi medalhista de prata no Mundial Juvenil de 2011 no Peru e de bronze no México;pela seleção principal sagrou-se campeã o Grand Prix de 2017 na China e do Campeonato Sul-Americano no mesmo ano na Colômbia.Em clubes possui o vice-campeonato no Torneio Internacional Top Volley de 2012 na Suíça, também conquistou o bicampeonato no Campeonato Sul-Americano de Clubes nos anos de 2011 e 2014, ambos no Brasil, medalhista de bronze nos Mundiais de Clubes em 2011 e 2014, respectivamente, Qatar e Suíça.

CarreiraEditar

Em 2006 competia pela categoria mirim do Finasa Osasco.[1][2]No ano seguinte foi convocada para Seleção Brasileira pelo técnico Antônio Rizola Neto, categoria infantojuvenil, em preparação para o Campeonato Mundial da categoria, a ser cuja sede foi no México, nas cidades de Tijuana e Mexicali,[3] vestiu a camisa#9[4]ocasião que encerrou na quinta posição geral,[5] marcando 86 pontos[6] e foi a sétima colocada entre as melhores bloqueadoras.[7]

Recebeu convocação pelo técnico Almyr Ferreira para Seleção Paulista também em 2007 na edição do Campeonato Brasileiro de Seleções, primeira divisão, realizado em Brusque, Santa catarina[8][9]conquistando o título desta vez.[10][11]Conquistou nesta temporada o título do Campeonato Metropolitano Infantil, Divisão Ouro, com grande atuação dela na final[12] e campeã também na edição do Campeonato Paulista Infantil no mesmo ano.[13]

Pelo Finasa Osasco foi semifinalista na edição dos Jogos Abertos do Interior de 2008 na cidade de Santo André, São Paulo;[14] neste mesm ano foi convocada para categoria de base da Seleção Brasileira, representando-a em duas categorias, a primeira na conquista da medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano Infantojuvenil, sediado em Lima[15][16]e e e seguida disputou o Campeonato Sul-Americano Juvenil em Lima,Peru, e obteve a medalha de ouro.[17][18]

Foi convocada pelo técnico Luizomar de Moura para disputar o Campeonato Mundial Infantojuvenil de 2009 em Nakhon Ratchasima-Tailândia, quando vestiu a camisa#9[19] e conquistou a medalha de ouro e foi premiada como a Melhor Bloqueadora da edição,[20] mal festejou o êxito nesta categoria de base, na sequencia integrou o elenco juvenil da Seleção Brasileira para disputar o Campeonato Mundial Juvenil de 2009 nas cidades mexicanas de Tijuana e Mexicali, ocasião que vestia a camisa#9[21]e sagrou-se medalhista de bronze.[22]

Em 2010 foi convocada pelo técnico Luizomar de Moura para Seleção Brasileira para disputar a edição do Campeonato Sul-Americano Juvenil na cidade colombiana de Envigado, e conquistou a medalha de ouro[23] e no ano seguinte recebeu convocação para Seleção Brasileira para disputar a edição do Campeonato Mundial Juvenil de 2011, sediado nas cidades peruanas de Lima e Trujillo, vestindo a camisa#9[24]ocasião que conquistou a medalha de prata,[25] finalizando na quarta colocação entre as melhores bloqueadoras.[26]

Reforçou a equipe do Sollys/Osasco na conquista da medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2011 sediado em Osasco, Brasil,[27][28] vestindo a camisa#11 disputou e conquistou a medalha de bronze no Campeonato Mundial de Clubes de 2011, este sediado em Doha-Qatar.[29][30]Ainda em 2011 foi vice-campeã paulista de 2011[31] e conquistou o título da Superliga Brasileira A 2011-12.[32]

Contratada pelo Sesi-SP para temporada 2012-13[33] conquistou sob o comando do técnico Talmo Oliveira o título da Copa São Paulo em 2012[34] e no mesmo ano o bronze no Campeonato Paulista;[35] e nesta jornada competiu no primeiro torneio internacional do clube, ou seja, a edição do Top Volley de 2012 na Suíça, ocasião que terminou com a medalha de prata.[36]encerrou nessa temporada na quarta posição na correspondente Superliga Brasileira A.[37]

Em 2013 o técnico José Roberto Guimarães a convocou para a Seleção Brasileira visando os treinamentos para disputar o Montreux Volley Masters na Suíça[38]e o Torneio de Alassio na Itália[39] e foi inscrita na edição do Grand Prix de 2013.[40]

Na jornada esportiva 2013-14 atuando pelo Sesi-SP obtendo o título da Copa São Paulo de 2013[41] e o vice-campeonato paulista de 2013,[42] mesma colocação obtida na Copa Brasil de 2014 em Maringá-Paraná[43]qualificando a equipe para o Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2014 e disputou tal competição sediada em Osasco conquistando mais um título e na sequencia disputou o Campeonato Mundial de Clubes de 2014 sediado na Zurique, Suíça[44][45]e foi semifinalista nesta edição, conquistando a medalha de bronze[46] e foi a segunda colocada entre as melhores bloqueadoras da edição[47] e avançou as finais da Superliga Brasileira A 2013-14 obtendo vice-campeonato.[48]

Em sua terceira temporada consecutiva no Sesi-SP[49] sagrou-se vice-campeã da Copa São Paulo em 2014[50] e disputou a Superliga Brasileira 2014-15[51] encerrando com o bronze.[52]Em 2015 disputou Copa Banco do Brasil cuja finais ocorreu Cuiabá, conquistou o vice-campeonato nesta edição.[53]

Encaminhou-se para quarta jornada consecutiva atuando pelo Sesi-SP, sagrando-se vice-campeã do Campeonato Paulista de 2015[54] e disputou a Superliga Brasileira A 2015-16[55]finalizando na sétima colocação,[56] edição na qual registrou 170 pontos, destes 115 foram de ataques, 9 de saques e 46 de bloqueios;[57] nesta temporada ainda disputou a Copa Brasil de 2016 em Campinas, não avançando as semifinais.[58]

No período das competições 2016-17 foi anunciada como contratação do Vôlei Nestlé Osasco obtendo o vice-campeonato da Copa São Paulo de 2016[59] e conquistou o título do Campeonato Paulista de 2016[60] e sagrou-se vice-campeã da correspondente Superliga Brasileira A[61] e foi semifinalista da edição da Copa Brasil de 2017, em Campinas.[62]

Ainda em 2017 disputou a edição do Campeonato Mundial de Clubes em Kobi, Japão, e vestindo a camisa#20[63]finalizou na sexta colocação.[64]E neste mesmo ano foi convocada para Seleção Brasileira e disputou edição do Grand Prix de 2017,[65] cuja fase final ocorreu em Nanquim,China[66] conquistando o título da última edição com esta nomenclatura[67] e integrou a seleção do campeonato como a Primeira Melhor Central;[68][69] na sequência disputou o Campeonato Sul-Americano de 2017 em Cáli, Colômbia, conquistando mais um título pelo Brasil.[70][71][72]

Títulos e resultadosEditar

Premiações individuaisEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. FPV. «Infanto de vôlei do Finasa derrota 1º de Maio no Estadual». 15 de setembro de 2006. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  2. FPV. «Finasa derrota Instrumentec/Rio Branco». 29 de setembro de 2006. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  3. FPV. «Cinco paulistas na seleção infanto-juvenil feminina». 9 de abril de 2007. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  4. FIVB. «2007 Girls' Youth World Championship-BRA/Brazil-Team Composition» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  5. FIVB. «2007 FIVB Girls' Youth World Championship/Mexico–Standings-Final Standing» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  6. FIVB. «2007 FIVB Girls' Youth World Championship/Mexico–Best Scorers» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  7. FIVB. «2007 FIVB Girls' Youth World Championship/Mexico–Best Blockers» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  8. FPV. «Finasa vence e está na fase final do Estadual». 10 de outubro de 2007. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  9. FPV. «São Paulo está invicto». 15 de outubro de 2007. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  10. CBV. «CAMPEONATOS BRASILEIROS DE SELEÇÕES-CLASSIFICAÇÃO FINAL DE 1 995 A 2013-CBS JUVENIL-DIVISÃO ESPECIAL-Pág.25» (PDF). Consultado em 20 de agosto de 2017. Arquivado do original (PDF) em 14 de julho de 2014 
  11. a b FPV. «São Paulo é ouro». 15 de outubro de 2007. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  12. a b FPV. «Infantil do Finasa é campeão do Campeonato Metropolitano». 23 de outubro de 2007. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  13. a b FPV. «Infantil de vôlei do Finasa é campeão estadual». 10 de dezembro de 2007. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  14. FPV. «São Caetano / Blausiegel vence Finasa e garante vaga na fina». 13 de novembro de 2008. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  15. CSV. «XVI Campeonato Sudamericano Femenino de Menores: Brasil Campeón por sexta vez consecutiva» (em espanhol). 6 de setembro de 2008. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  16. ZDL Sports. «Finasa estréia no segundo turno do Campeonato Paulista». 9 de setembro de 2008. Consultado em 20 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2017 
  17. Gazeta do Povo. «VÔLEI-Campeã sul-americana, Roberta Ratzke sonha com Londres-2012». 15 de outubro de 2008. Consultado em 20 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2017 }
  18. CSV. «XIX Campeonato Sudamericano Femenino Juvenil: Brasil conquista su XV título Sudamericano juvenil» (em espanhol). 6 de outubro de 2008. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  19. FIVB. «2009 Girls' Youth World Championship-Nakhonratchasima,Thailand-BRA/Brazil-Team Composition» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  20. a b IG Esporte. «Campeãs do vôlei são recebidas com festa em São Paulo». 15 de julho de 2009. Consultado em 20 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2017 
  21. FIVB. «2009 FIVB Women's Junior World Championship-Tijuana & Mexicali, Mexico-16 - 25 July 2009-BRA/Brazil-Team Composition» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  22. FIVB. «Brazil fights for five sets to win Bulgaria for the bronze» (em ingles). 25 de julho de 2009. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  23. CSV. «Campeonato Sudamericano Femenino Juvenil de Volei: Brasil es el campeón de la competencia» (em espanhol). 16 de outubro de 2010. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  24. FIVB. «FIVB Women Junior World Championship 2011- Team Composition» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  25. FIVB. «FIVB Women Junior World Championship 2011- FINAL STANDING» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  26. FIVB. «FIVB Women Junior World Championship 2011- Statistics-Best Blockers» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  27. CSV. «Campeonato Sudamericano Femenino de Clubes:Equipo brasileño Sollys/Nestlé derrota al chileno Universidad Católica y conquista tricampeonato» (em espanhol). 8 de agosto de 2011. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  28. FPV. «Sul-Americano Feminino: Sollys/Nestlé é o campeão e está no Mundial». 8 de agosto de 2011. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  29. FIVB. «FIVB Women's Club Volleyball Championship-Doha 2011-TEAM COMPOSITION-SOO/Osasco Voleibol Clube-Team Composition» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  30. FIVB. «FIVB Women's Club Volleyball Championship-Doha 2011-FINAL ROUND-Final standing» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  31. a b FPV. «Vôlei Futuro conquista o Paulista feminino 2011». 8 de dezembro de 2011. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  32. a b FPV. «Sollys/Nestlé atropela Unilever e conquista o bicampeonato da Superliga». 14 de abril de 2012. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  33. GloboEsporte.com. «Das quadras para a sala de aula: meninas do Sesi voltam a estudar». 2 de outubro de 2012. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  34. a b FPV. «Sesi/SP conquista a Copa São Paulo Feminino 2012». 12 de agosto de 2012. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  35. a b FPV. «Campeonato Paulista 2012-DIVISÃO ESPECIAL FEMININO-CLASSIFICAÇÃO». Consultado em 20 de agosto de 2017 
  36. Clic RBS. «Sesi-SP perde para o Racing de Cannes na decisão do Torneio Top Vôlei». 29 de dezembro de 2012. Consultado em 20 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2017 
  37. a b CBV. «SUPERLIGA 2012/2013- SUPERLIGA-FEMININA CLASSIFICAÇÃO». Consultado em 20 de agosto de 2017. Arquivado do original em 27 de fevereiro de 2018 
  38. ESPN. «Em primeira convocação do ano, Zé Roberto poupa estrelas de Sollys e Unilever e faz lista 'alternativa'». 11 de abril de 2013. Consultado em 20 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2017 
  39. O Estadão. «Zé Roberto exalta renovação na seleção de vôlei». 9 de maio de 2013. Consultado em 20 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2017 
  40. O Estadão. «Brasil inscreve Gabi, Suelen e Ivna no Grand Prix». 25 de junho de 2013. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  41. a b FPV. «Sesi-SP é bicampeão da Copa São Paulo Feminina». 21 de setembro de 2013. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  42. a b FPV. «Campeonato Paulista 2013 - DIVISÃO ESPECIAL FEMININO-CLASSIFICAÇÃO-Classificação Geral». Consultado em 20 de agosto de 2017 
  43. a b CBV. «COPA DO BRASIL DE VOLEIBOL-RESULTADOS/CLASSIFICAÇÃO 2014» (PDF). Consultado em 20 de agosto de 2017. Arquivado do original (PDF) em 17 de janeiro de 2014 
  44. FPV. «SESI-SP vence o MOLICO/Osasco e conquista o Sul-Americano de Clubes». 10 de fevereiro de 2014. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  45. FIVB. «FIVB-Women's Club World Championship-Zurich 2014-SES/SESI-SP- Team Composition» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  46. FIVB. «Press release-"We had to do some changes in our game plan," says Sesi-SP captain Fabiana Claudino» (em ingles). 11 de maio de 2014. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  47. FIVB. «FIVB-Women's Club World Championship-Zurich 2014- Statistics-Blockers» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  48. a b CBV. «Superliga 2013/2014-Classificação». Consultado em 20 de agosto de 2017. Arquivado do original em 10 de agosto de 2014 
  49. Ariett Gouveia. «Vôlei feminino do Sesi-SP aposta na força do grupo para buscar os títulos». Sesi. 23 de julho de 2014. Consultado em 20 de agosto de 2017. Arquivado do original em 5 de abril de 2018 
  50. a b FPV. «Sesi-SP perde para Pinheiros e fica com o vice da Copa São Paulo 2014». 27 de agosto de 2014. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  51. CBV. «Superliga 2014/2015- Equipes-Sesi-SP-#20–Ana Beatriz Silva Correa (Bia)». Consultado em 20 de agosto de 2017. Arquivado do original em 5 de abril de 2018 
  52. a b «Superliga 2014/2015-CLASSIFICAÇÃO GERAL - FASE CLASSIFICATÓRIA (P4)». CBV. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  53. a b FPV. «Copa Banco do Brasil Feminina: em final paulista, Pinheiros bate Sesi-SP e fica com o título». 18 de janeiro de 2015. Consultado em 19 de abril de 2017 
  54. a b FPV. «CAMPEONATO PAULISTA DIVISÃO ESPECIAL-2015-Equipe de Osasco venceu o Sesi/SP por 3 a 0 neste domingo, em casa, e fechou a série final em 2 a 0». 27 de agosto de 2014. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  55. CBV. «Superliga 2015/2016-ATLETAS-Bia». Consultado em 20 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2017 
  56. GloboEsporte.com. «Sesi-SP vence Bauru e garante duelo mais "light" nos playoffs da Superliga» (em portgues). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  57. «Superliga 2015/2016- Estatisticas do jogador-ANA BEATRIZ (BIA) CORRÊA». CBV. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  58. Éder Soares. «De virada, Praia vence o Sesi e vai às semifinais da Copa Brasil». Correio de Uberlândia. 22 de janeiro de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  59. a b GloboEsporte.com. «Renovado, Vôlei Bauru vence Osasco e é campeão da Copa São Paulo». 3 de agosto de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  60. a b Terra Esportes. «Osasco bate Pinheiros e é pentacampeão paulista no Golden Set». 23 de outubro de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  61. a b UOL Esporte. «Rexona vence Vôlei Nestlé e conquista quinta Superliga consecutiva». 23 de abril de 2017. 1 páginas. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  62. GloboEsporte.com. «Minas vence Osasco e faz sua primeira final da Copa Brasil contra o Rio». 28 de janeiro de 2017. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  63. FIVB. «FIVB Women's Club Volleyball Championship-Kobi 2017-TEAM COMPOSITION-Osasco Voleibol Clube-Team Composition» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  64. FIVB. «FIVB Women's Club Volleyball Championship-Kobi 2017-TEAM COMPOSITION-Final Standing» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  65. «Atletas da Seleção Brasileira». CBV. Consultado em 20 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2017 
  66. FIVB. «FIVB World Grand Priz 2017-TEAM COMPOSITION-BRA-BRAZIL-Team Composition» (em ingles). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  67. FIVB. «TANDARA AND NATALIA LEAD AS BRAZIL CLAIM 12TH TITLE IN WORLD GRAND PRIX» (em ingles). 6 de agosto de 2017. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  68. a b FIVB. «BRAZIL SET ALL-TIME RECORD IN WORLD GRAND PRIX WINS» (em ingles). 6 de agosto de 2017. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  69. Felipe Carvajal. «Sorocabana é eleita a melhor Central do Grand Prix de vôlei». Agenda Sorocaba. 16 de agosto de 2017. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  70. GloboEsporte.com. «Seleção estreia contra Argentina no Sul-Americano em busca de vaga no Mundial». 15 de agostode 2017. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  71. CSV. «POR CUARTA VEZ COLOMBIA RECIBE EL SUDAMERICANO FEMENINO» (em espanhol). 14 de agosto de 2017. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  72. CSV. «BRASIL SUMA SU 20º TÍTULO Y CLASIFICA AL MUNDIAL DE JAPÓN EN EL SUDAMERICANO DE CALI» (em espanhol). 19 de agosto de 2017. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  73. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome opatudobom