Damian Lillard

basquetebolista estadunidense

Damian Lamonte Ollie Lillard Sr. (Oakland, 15 de Julho de 1990) é um jogador de basquete norte-americano e rapper que atua como armador pelo Portland Trail Blazers na National Basketball Association (NBA). Ele foi escolhido pela franquia na 6ª escolha do primeiro round no Draft de 2012 e, ao término de sua 1ª temporada como profissional, foi escolhido, por unanimidade, o Calouro do Ano.[1] Ele foi 6 vezes NBA All-Star e é um dos dois jogadores na história da franquia, juntamente com Clyde Drexler, a se tornar All-Star cinco vezes. Em 2021, ele foi homenageado como um dos 75 maiores jogadores da história da NBA.[2]

Damian Lillard
Damian Lillard (51658684394).jpg
Lillard em 2021
Informações pessoais
Nome completo Damian Lamonte Ollie Lillard Sr.
Data de nasc. 15 de julho de 1990 (32 anos)
Local de nasc. Oakland, Califórnia, Estados Unidos
Altura 1,88 m (6 ft 2 in)
Peso 88 kg (195 lb)
Apelido Dame
Big Game Dame
Dame Time
Logo Lillard
Dame D.O.L.L.A.
Informações no clube
Clube atual Portland Trail Blazers
Número 0
Posição Armador
Clubes de juventude
2003-2004
2004-2006
2006-2008
2008-2012
Arroyo High School
St. Joseph Notre Dame
Oakland High School
Weber State
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2012-Presente Portland Trail Blazers 676 (16.408)
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Tokyo 2020 Basquete Masculino

Carreira no colegialEditar

Sua carreira no ensino médio na Arroyo High School em San Lorenzo, Califórnia e ele se juntou à equipe inicial do time como um calouro de 1,65 m (5 ft 5 in). Ele tentou se transferir quando seu treinador não retornou ao time. Em seu segundo ano, Lillard se transferiu para St. Joseph Notre Dame em Alameda, Califórnia, a mesma escola particular que havia produzido o ex-armador da NBA Jason Kidd; mas no final do ano, a falta de tempo de jogo levou Lillard a trocar de escola mais uma vez. Ele passou a jogar pelo treinador Orlando Watkins na Oakland High School, onde foi First All-Team League 2 anos seguidos. Durante seu 3º ano obteve média de 19,4 pontos por noite. No último ano, ele obteve uma média de 22,4 pontos e 5,2 assistências por jogo, enquanto liderava o Oakland Oakers a um recorde de 23 a 9. Considerado apenas como um candidato de duas estrelas pelo Rivals.com, Lillard não foi muito recrutado para sair do ensino médio, mas aceitou uma oferta de bolsa para jogar pelo Weber State, um programa da Big Sky Conference em Ogden, Utah.

Informações sobre recrutamento de esportes universitários nos EUA para atletas do ensino médio
Nome Cidade Colegial Altura Peso Data de confirmação
Damian Lillard

Armador

Oakland, California Oakland High 1.83 m (6 ft 0 in) 75 kg (165 lb) 26 de Set de 2007
Ranking do nível por estrelas: Scout: 2  Rivals: 2  247Sports: 3   ESPN grade: 85
Ranking geral de recrutamento: Scout: 100 (PG)   ESPN: 48 (PG)
  • Nota: Em muitos casos, Scout, Rivals, 247Sports e ESPN podem entrar em conflito nas suas listagens de altura e peso.
  • Nesses casos, a média foi calculada. As notas da ESPN estão em uma escala de 100 pontos.

Carreira na universidadeEditar

Como calouro no Weber State, Lillard obteve uma média de 11,5 pontos por jogo e foi nomeado o Calouro do Ano da Big Sky Conference e o All-Big Sky da primeira equipe. No segundo ano, ele aumentou sua média de pontos para 19,9 pontos por jogo e levou os Wildcats ao campeonato da conferência. No final da temporada, Lillard foi nomeado ao Big Sky Player of the Year e foi uma menção honrosa All-American pela Associated Press. Em 2010-11, Lillard liderou o Big Sky com 19,7 pontos por competição antes de sofrer uma lesão no pé em dez jogos na temporada que o forçaram a usar uma camisa médica e o afastaram pelo resto do ano. Como júnior do redshirt, Lillard obteve média de 24,5 pontos e liderou o país na pontuação durante a maior parte do ano, mas terminou em segundo com Reggie Hamilton, da Universidade de Oakland. Em 3 de dezembro de 2011, contra o San Jose State, Lillard marcou 41 pontos na carreira, incluindo um jogo de três pontos para dar ao Weber State uma vitória de 91 a 89 na prorrogação por duas horas extras. No final do ano, ele foi nomeado para sua terceira seleção de primeira equipe em todas as conferências e ganhou seu segundo prêmio Big Sky Player do Ano. Lillard também foi finalista do Prêmio Bob Cousy. Considerado amplamente como o principal armador no país, Lillard decidiu pular sua temporada sênior para entrar no draft da NBA de 2012. Ele terminou sua carreira na faculdade como o pontuador número 2 da história do Estado Weber (1.934 pontos) e o artilheiro número 5 da história da Big Sky.

Carreira na NBAEditar

Lillard foi escolhido pelo Portland Trail Blazers na 6ª escolha da primeira rodada do Draft de 2012 e foi imediatamente inserido no time titular pelo técnico Terry Stotts, causando impacto instantâneo: Foi titular em todas as 82 partidas da franquia na temporada, apresentando médias de 19.0 pontos e 6.5 assistências por jogo. Ele recebeu todos os prêmios de Calouro do Mês, de Novembro a Abril[3] e, ao término da temporada, foi eleito Revelação do Ano por unanimidade, tornando-se o 4º jogador da história da NBA a receber todos os votos para o prêmio e o 3º jogador na história dos Trail Blazers a recebê-lo.[1] Se tratando de calouros, ele juntou-se a Oscar Robertson e Allen Iverson como os únicos a anotarem ao menos 1.500 pontos e 500 assistências em suas temporadas inaugurais, além de estabelecer um novo recorde de bolas de três pontos convertidas, com 185.[4]

Em sua temporada de estreia como profissional, tornou-se fundamental para o Trail Blazers, liderando a liga em minutos de quadra (3.167); ele também foi o 3º em média de minutos por jogo (38.6) e o 9º jogador que mais anotou pontos (1.562).[5]. Com Lillard em quadra, o Trail Blazers apresentou uma eficiência ofensiva de 105.0 pontos por 100 posses de bola; com o armador no banco, essa estatística caiu para 93.5 pontos por 100 posses. Em quadra, ele anotou 23.9% dos pontos de seu time e assistiu 36.5% dos arremessos de quadra de seus companheiros.[6]

Sua primeira temporada teve momentos emblemáticos: Em sua primeira partida como profissional, em 31 de outubro de 2012, contra o Los Angeles Lakers, ele anotou 23 pontos e 11 rebotes,[7] juntando-se a Oscar Robertson e Isiah Thomas como os únicos jogadores a estrearem na liga com pelo menos 20—10;[8] em 16 de Dezembro, contra o New Orleans Hornets (Atual New Orleans Pelicans), Lillard anotou a sua primeira cesta de vitória, ao converter um arremesso de três pontos a 0.3 segundos do fim da partida;[9] em 11 de janeiro, ele retornou a Oakland, sua cidade natal, para uma partida contra o Golden State Warriors, sendo ovacionado pelos torcedores presentes na arena;[10] em 10 de abril de 2013, os Trail Blazers voltou a enfrentar o Lakers, em um confronto que foi definido pelo seu companheiro de equipe, LaMarcus Aldridge, como "Damian vs Kobe": Nessa partida, o armador estabeleceu o seu recorde pessoal de pontos, com 38, mas sua equipe foi derrotada por 113 a 106, muito em virtude dos 47 pontos marcados por Bryant,[8] que após o confronto definiu o jovem armador como "fantástico".[1][11] O seu desempenho em sua temporada de estreia também foi enaltecido por outro astro da NBA: Em Janeiro de 2013, meses antes do fim da temporada regular, LeBron James, do Miami Heat, afirmou que Lillard já era a Revelação do Ano, declarando, "Ele excedeu todas as expectativas. Ele será grande. [...] É como se ele já estivesse aqui antes".[12]

Salário anualEditar

Temporada Idade Equipe Salário
2012-13 22 Portland Trail Blazers $3,065,040
2013-14 23 Portland Trail Blazers $3,202,920
2014-15 24 Portland Trail Blazers $3,340,920
2015-16 25 Portland Trail Blazers $4,236,287
2016-17 26 Portland Trail Blazers $24,328,425
2017-18 27 Portland Trail Blazers $26,153,057
2018-19 28 Portland Trail Blazers $27,977,689
2019-20 29 Portland Trail Blazers $29,802,321
2020-21 30 Portland Trail Blazers $31,626,953
2021-22 31 Portland Trail Blazers $43,750,000
2022-23 32 Portland Trail Blazers $47,250,000
2023-24 33 Portland Trail Blazers $50,750,000
2024-25 34 Portland Trail Blazers $54,250,000
  • Assinou o seu 1º contrato na Quarta, 11 de Julho de 2012
  • A Team Option para 2014-15 foi aceita na Segunda, 30 de Setembro de 2013
  • Assinou uma extensão de contrato de 5 anos na Quinta, 9 de Julho de 2015
  • Assinou uma extensão de contrato de 4 anos no Sábado, 6 de Julho de 2019

Estatísticas da carreiraEditar

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PT  Partidas como titular  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

UniversidadeEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2008-9 Weber State 31 26 29.4 .434 .374 .841 3.9 2.9 1.1 0.2 11.5
2009-10 Weber State 31 31 34.3 .431 .393 .853 4.0 3.6 1.1 0.1 19.9
2010-11 Weber State 10 9 28.5 .438 .345 .857 3.8 3.3 1.4 0.2 17.7
2011-12 Weber State 32 32 34.5 .467 .409 .887 5.0 4.0 1.5 0.2 24.5
Carreira 104 98 32.3 .390 .390 .867 4.3 3.5 1.2 0.2 18.6

NBAEditar

Temporada RegularEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2012-13 Portland 82 82 38.6 .429 .368 .844 3.1 6.5 0.9 0.2 19.0
2013-14 Portland 82 82 35.8 .424 .394 .871 3.5 5.6 0.8 0.3 20.7
2014-15 Portland 82 82 35.7 .434 .343 .864 4.6 6.2 1.2 0.3 21.0
2015-16 Portland 75 75 35.7 .419 .375 .892 4.0 6.8 0.9 0.4 25.1
2016-17 Portland 75 75 35.9 .444 .370 .895 4.9 5.9 0.9 0.3 27.0
2017-18 Portland 73 73 36.6 .439 .361 .916 4.5 6.6 1.1 0.4 26.9
2018-19 Portland 80 80 35.5 .444 .369 .912 4.6 6.9 1.1 0.4 25.8
2019-20 Portland 58 58 36.9 .457 .394 .888 4.3 7.8 1.1 0.3 28.9
2020-21 Portland 67 67 35.8 .451 .391 .928 4.2 7.5 0.9 0.3 28.8
Carreira 682 682 36.3 .439 .375 .893 4.2 6.6 1.0 0.3 24.7
All-Star 5 0 18.4 .465 .411 1.000 2.8 2.0 0.6 0.0 18.2

PlayoffsEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2014 Portland 11 11 42.4 .439 .386 .894 5.1 6.5 1.0 0.1 22.9
2015 Portland 5 5 40.2 .406 .161 .781 4.0 4.6 0.4 0.6 21.9
2016 Portland 11 11 39.7 .368 .393 .910 4.3 6.3 1.3 0.3 26.5
2017 Portland 4 4 37.8 .433 .281 .960 4.5 3.3 1.3 0.5 27.8
2018 Portland 4 4 40.5 .352 .300 .882 4.5 4.8 1.3 0.0 18.5
2019 Portland 16 16 40.6 .418 .373 .833 4.8 6.6 1.7 0.3 26.9
2020 Portland 4 4 35.8 .406 .394 .970 3.5 4.3 0.5 0.3 24.3
2021 Portland 6 6 41.3 .463 .449 .940 4.3 10.2 1.0 0.7 34.3
Carreira 61 61 40.3 .412 .369 .887 4.5 6.2 1.2 0.3 25.7

Prêmios e homenagensEditar

NBAEditar

Seleção dos Estados UnidosEditar

UniversidadeEditar

  • Big Sky Conference Player of the Year (2x): 2010, 2012;
  • NCAA All-American Team:
    • Terceiro time: 2012;
  • Camisa aposentada (Nº 1) na Weber State Wildcats

Vida pessoalEditar

Lillard usa a camisa número 0, porque representa a letra 'O' e sua jornada na vida; de Oakland, para Ogden e agora Oregon. Ele é cristão e tem uma escritura no braço esquerdo dos Salmos 37: 1-3. Sua irmã, LaNae, frequentou a Lakeridge High School. Seu irmão Houston, que ganhou uma bolsa de futebol americano para o sudeste do estado de Missouri depois de jogar na Laney College até o seu 3º ano, era um quarterback da Indoor Football League. Em 2012, Lillard assinou um contrato de patrocínio de vários anos com a Adidas e em 2014 negociou um novo contrato com a Adidas que potencialmente vale US $ 100 milhões em 10 anos. Ele tem uma linha de sapatos de assinatura com a Adidas, a "Adidas Dame". Se formou em vendas profissionais pela Weber State University em Maio de 2015. Em 2017, Lillard assinou um contrato de patrocínio com a Powerade, uma subsidiária da Coca Cola Company. Lillard também tem acordos com Spalding, Panini, Foot Locker, JBL, Biofreeze e Moda Health. Lillard teve seu 1º filho, chamado Damian Jr em 29 de março de 2018 e quase 3 anos depois (Janeiro de 2021) ele teve um casal de gêmeos Kali e Kalii, totalizando 3 filhos. Eles vivem no afluente bairro de Portland, em West Linn, onde Lillard estabeleceu um programa de RESPEITO para ajudar as crianças do ensino médio na área metropolitana a se formarem. Em 2019, ele se tornou um dos vários jogadores da NBA a assinar um contrato com o Hulu para promover a nova campanha do serviço de streaming de adicionar esportes ao vivo ao seu repertório. Lillard reviveu o Never Worry Picnic em Brookfield Park após sua temporada de estréia em 2013, onde o evento que ocorre em East Oakland foi interrompido quando Lillard tinha apenas 12 anos de idade. Em 2020 ele jogou junto com o seu primo no time do Portland, Keljin Blevins, e também tornou-se co-proprietário de uma concessionária da Toyota junto com o seu amigo de longa data e parceiro de negócios Brian Sanders, agora conhecida como Damian Lillard Toyota, em McMinnville, Oregon. Em Setembro de 2021 casou-se com sua noiva Kay'La Hanson.

Carreira na músicaEditar

Lillard é uma artista de hip-hop e rapper com o nome de Dame D.O.L.L.A., que significa Different On Levels the Lord Allows. Ele começou a cantar principalmente para tocar no carro de seu primo Eugene "Baby" Vasquez, que se mudou para Oakland de Nova York no início dos anos 90. Outra grande influência no rapfoi seu primo Brookfield Duece, que teve algum sucesso na cena do rap de Oakland. Ele iniciou uma tendência de mídia social chamada "Four Bar Friday", na qual ele, e qualquer um que optar por participar, envia um vídeo deles fazendo um pequeno verso no Instagram toda sexta-feira com a hashtag #4BarFriday. Lillard foi convidado para ir em um programa de radio sobre Rap em 2015, mostrando seu talento, e em Julho de 2015, ele lançou seu primeiro single, "Soldier in the Game", através do SoundCloud. Em 21 de Outubro de 2016, Lillard lançou seu 1º álbum, The Letter O. Em 6 de Outubro de 2017, lançou seu 2º álbum, CONFIRMED. Lillard lançou seu 3º álbum, Big D.O.L.L.A. em 9 de agosto de 2019, com Lil Wayne, Mozzy e Jeremih de convidados. Dia 20 de Agosto de 2021, seu 4º albúm Different On Levels The Lord Allowed foi lançado. Ele agora tem sua própria gravadora, a Front Page Music, que inclui Brookfield Duece em seu elenco. Seu single "Kobe" que foi lançado em Setembro de 2020 está no jogo NBA 2K21. No Spotify, Lillard contém mais de 400 mil ouvintes mensais e sua música mais famosa é a "Money Ball" com quase de 12 milhões de vezes tocadas.

DiscografiaEditar

ÁlbunsEditar

Lista de álbuns, com posições selecionadas no gráfico
Nome Detalhes Posições do gráfico de pico
US US

Indie

US

R&B/HH

The Letter O
  • Lançado: 21 de Outubro de 2016
  • Rótulo: Front Page Music
  • Formato: Download digital
119 13 7
CONFIRMED
  • Lançado: 6 de Outubro de 2017
  • Rótulo: Front Page Music
  • Formato: Download digital
18
Big D.O.L.L.A.
  • Lançado: 9 de Agosto de 2019
  • Rótulo: Front Page Music
  • Formato: Download digital
12

SinglesEditar

Como artista principalEditar

Lista de singles como artista principal, mostrando o ano de lançamento e nome do álbum
Nome Ano Álbum
"Bigger Than Us"

(feat Paul Rey)

2015 Sem álbum
"Run It Up"

(feat Lil Wayne)

2017 CONFIRMED
"Shot Clock"

(feat Dupre)

Sem álbum
"Bossed Up"
"Reign Reign Go Away" 2019
"Blacklist" 2020
"Goat Spirit"

(feat Raphael Saadiq)

"Home Team"

(feat. Dreebo)

"Kobe"

(feat. Snoop Dogg and Derrick Milano)

Como artista em destaqueEditar

Lista de singles como artista em destaque, mostrando o ano de lançamento e nome do álbum
Nome Ano Álbum
"I Wish I Could Tell You"

(Brookfield Duece feat. Dame D.O.L.L.A.)

2015 Sem álbum
"The Thesis"

(Wynne feat. Vursatyl, Illmac, KayelaJ & Dame D.O.L.L.A.)

2019 If I May...
"Tappin Out"

(Cool Nutz feat. Dame D.O.L.L.A. & Drae Steves)

2020 Father of Max
"We The Future"

(Miles Brown feat. Dame D.O.L.L.A.)

Sem álbum

NotasEditar

A - CONFIRMED não entrou na Billboard 200 dos EUA, mas alcançou o número 72 na parada de vendas de álbuns principais.

B - Big D.O.L.L.A. não entrou na Billboard 200 dos EUA, mas alcançou o número 68 na tabela de vendas de álbuns mais populares.

Referências

  1. a b c «Damian Lillard named top rookie» (em inglês). ESPN.com. 2 de maio de 2013. Consultado em 15 de julho de 2013 
  2. «NBA's 75 Anniversary Team Players | NBA.com». www.nba.com. Consultado em 17 de maio de 2022 
  3. «NBA Rookies of the Month» (em inglês). Basketball-Reference.com. Consultado em 15 de julho de 2013 
  4. Royce Young (1º de maio de 2013). «Damian Lillard unanimously wins Rookie of the Year» (em inglês). CBSSports.com. Consultado em 15 de julho de 2013 
  5. «2012-13 NBA Leaders» (em inglês). Basketball-Reference.com. Consultado em 15 de julho de 2013 
  6. «Portland's Damian Lillard named NBA Rookie of the Year» (em inglês). USA Today. 1º de maio de 2013. Consultado em 15 de julho de 2013 
  7. «Lakers fall to Trail Blazers as Steve Nash exits with injury» (em inglês). ESPN.com. 31 de outubro de 2012. Consultado em 15 de julho de 2013 
  8. a b «Damian Lillard's road to Rookie of the Year: 5 games to remember» (em inglês). OregonLive.com. 1º de maio de 2013. Consultado em 15 de julho de 2013 
  9. «Damian Lillard's last-second 3 lifts Blazers past Hornets» (em inglês). ESPN.com. 16 de dezembro de 2012. Consultado em 15 de julho de 2013 
  10. «Stephen Curry comes up clutch, Warriors hold off Trail Blazers» (em inglês). ESPN.com. 11 de janeiro de 2013. Consultado em 15 de julho de 2013 
  11. «Kobe Bryant scores 47 points as Lakers stay in playoff position» (em inglês). ESPN.com. 10 de abril de 2013. Consultado em 15 de julho de 2013 
  12. Josh Benjamin (10 de janeiro de 2013). «LeBron James Endorses Damian Lillard as NBA Rookie of the Year». Bleacher Report. Consultado em 15 de julho de 2013  Texto "inglês" ignorado (ajuda)

Ligações externasEditar

  Media relacionados com Damian Lillard no Wikimedia Commons