Abrir menu principal

Esporte Interativo (programa de televisão)

Esporte Interativo
Informação geral
Gênero Bloco de programas e transmissões esportivas
Duração Variável
País de origem  Brasil
Idioma original (português brasileiro)
Apresentador(es) ver mais
Localização Rio de Janeiro, RJ
Empresa de
produção original
TopSport (2004-2007)
Turner Broadcasting System Latin America (desde 2018)
Exibição
Programas exibidos ver mais
Emissora de
televisão original
RedeTV! (2004)
Rede Bandeirantes (2004-2007)
TV Cultura (2006-2007)
TNT/Space (desde 2018)
Formato de exibição 1080i (HDTV)
480i (SDTV)
Transmissão 1ª fase: janeiro de 200419 de janeiro de 2007
2.ª fase: 3 de setembro de 2018 – presente
Programas relacionados Esporte Interativo BR
Esporte Interativo

Esporte Interativo é um bloco de programação brasileiro produzido pela Turner Broadcasting System Latin America, destinado a exibição de programas e transmissões esportivas. Era inicialmente produzido pela TopSport Ventures Ltda., sendo inicialmente exibido como parte da programação da RedeTV! (2004), Rede Bandeirantes (2004-2007) e TV Cultura (2006-2007), quando foi convertido em um canal de televisão lançado em 2007. Uma vez extinto o canal homônimo, o Esporte Interativo voltou a ser exibido pela TNT e pelo Space em 2018.

Índice

HistóriaEditar

RedeTV! (2004)Editar

O Esporte Interativo estreou em janeiro de 2004 na RedeTV!, com a intenção de exibir uma faixa de 320 horas anuais de transmissões esportivas[1]. Os eventos na RedeTV! eram o Campeonato Inglês de Futebol, Liga dos Campeões da UEFA, NBA, NBA All-Star Game, Liga Futsal, Liga Nacional de Basquete, Amistosos da Seleção Brasileira de Handebol e Basquete, Futevôlei, Brasil de Ouro (esportes olímpicos) e Radical.BR (esportes radicais). Todas as transmissões eram produzidas pela própria RedeTV!, que contava com a apresentadora Cristina Lyra, os narradores Eder Luiz, Marco Túlio Reis e Fernando Vannucci, os comentaristas Neto (futebol e futsal), Marcel (basquete). Em setembro de 2004, a TopSport rompeu a parceria com a RedeTV! e acertou com a Rede Bandeirantes, que passaria a exibir o Esporte Interativo. Continuou na RedeTV! apenas a apresentadora Cristina Lyra e a Liga dos Campeões da UEFA.

Band (2004-2007) e TV Cultura (2006-2007)Editar

Para a Band inicialmente foram apenas o Campeonato Inglês, o narrador Eder Luiz e o comentarista Neto. Mas a parceria trouxe mais novidades. No segundo semestre de 2004 a Band confirma a aquisição do Campeonato Espanhol[2] e transmite com exclusividade na TV aberta o Campeonato Mundial de Futsal de 2004. No ano seguinte, a Band troca o Campeonato Inglês pelo Campeonato Italiano. No dia 13 de agosto de 2005 a Band transmite a Supercopa da Espanha. Contrata o jornalista Roberto Avallone, que passa a comandar a atração e apresentá-la. Ainda em outubro de 2005, a TopSport readquire os direitos da Liga dos Campeões da UEFA. A Band utilizava em suas transmissões os narradores Nivaldo Prieto, Téo José (recém contratados), Carlos Fernando, Silvio Luiz e os comentaristas Leivinha, Müller, Mário Sérgio, Sergio Xavier Filho e Mauro Beting. Com a aquisição do Campeonato Espanhol 2006/07 pela Sky, a parceria volta a transmitir pela Band o Campeonato Inglês. No mesmo período, fechou parceria com a TV Cultura para a exibição do Campeonato Português. A parceria manteve o Esporte Interativo na Band até 2007, quando a TopSport criou seu próprio canal, transmitido via satélite em Banda C.

TNT e Space (desde 2018)Editar

 Ver artigos principais: Esporte Interativo BR e Esporte Interativo

Na década de 2010, o Esporte Interativo passou para o controle da Turner Broadcasting System Latin America, que inicialmente adquiriu 20% das ações do canal em junho de 2013, e em 29 de janeiro de 2015 passou a controlar 100% das ações.[3] A compra pela Turner possibilitou a expansão para a TV por assinatura, onde foram criados canais com vistas a acomodar as transmissões da Liga dos Campeões a partir de 2015, outrora pertencentes à ESPN Brasil, e os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de Futebol entre 2019 e 2024, negociados individualmente entre os clubes.

Porém, em 9 de agosto de 2018, surpreendendo o mercado televisivo, a Turner descontinuou os canais Esporte Interativo, colocando as três programações (EI, EI 2 e EI BR) em reprises simultâneas até 25 de setembro, além de demitir cerca de 280 profissionais. Os profissionais restantes e seus respectivos programas foram reaproveitados nos canais TNT e Space, que anteriormente chegaram a exibir alguns jogos da Liga dos Campeões como forma de promover o Esporte Interativo aos assinantes que ainda não possuíam o canal nos line-ups de suas operadoras, e agora, passariam a exibir os programas remanescentes sob a marca Esporte Interativo, da mesma forma que eram feitas as transmissões antes de 2007.[4][5]

Com isso, em 3 de setembro, o bloco foi relançado, com os programas +90, A Hora do Jogo, De Placa, EI Games e No Ar com André Henning sendo exibidos no Space, e os programas Liga Espetacular e De Olho na Liga indo ao ar na TNT. A Turner se desfez de todos os direitos de transmissão dos antigos canais, exceto os da Liga dos Campeões — que haviam sido renovados até 2020[6] – e os acordos individuais com os clubes para o Campeonato Brasileiro de Futebol a partir de 2019.[7]

ProgramasEditar

Direitos de transmissãoEditar

Programação adicionalEditar

  • +90 (desde 2018; Space)
  • A Hora do Jogo (desde 2018; Space)
  • De Olho na Liga (desde 2018; TNT)
  • De Placa (desde 2018; Space)
  • EI Games (desde 2018; Space)
  • Liga Espetacular (desde 2018; TNT)
  • No Ar com André Henning (desde 2018; Space)
  • O Último Lance (desde 2019; TNT)

Antigos programasEditar

Direitos de transmissão
Programação adicional
  • Brasil de Ouro (2004)
  • Radical.BR (2004)

EquipeEditar

Membros atuaisEditar

Apresentadores
Narradores
Comentaristas
Repórteres
  • Aline Nastari
  • Artur Quezada (Portugal)
  • Clara Albuquerque (Itália)
  • Fred Caldeira (Inglaterra)
  • Isabela Pagliari (França)
  • Marcelo Bechler (Barcelona)
  • Monique Danello
  • Rodrigo Fragoso
  • Tatiana Mantovani (Madrid)

Ex-membrosEditar

ApresentadoresEditar

NarradoresEditar

Referências

  1. Top Sports apresenta grade do Esporte Interativo 2004/2005 Meio & Mensagem Online. (Agosto, 2004).
  2. Band transmite Campeonato Espanhol Site eBand. (Outubro, 2004)
  3. «Após acerto inicial, Turner compra 100% do Esporte Interativo». Máquina do Esporte. 29 de janeiro de 2015. Consultado em 19 de fevereiro de 2019 
  4. CARNEIRO, Leandro; CASTRO, Vinicius; VAQUER, Gabriel; MATTOS, Rodrigo (9 de agosto de 2018). «EI encerra canais na TV e programação migra para TNT e Space». UOL. Consultado em 19 de fevereiro de 2019 
  5. Possebon, Samuel (9 de agosto de 2018). «Turner desativa canais Esporte Interativo; marca será apenas digital». Tela Viva. Consultado em 19 de fevereiro de 2019 
  6. Mattos, Rodrigo (27 de junho de 2018). «Facebook e Esporte Interativo ganham direitos da Champions no Brasil». UOL. Consultado em 19 de fevereiro de 2019 
  7. «Esporte Interativo deixa TV e terá Brasileiro e Champions em canais da Turner». Folha de S.Paulo. 9 de agosto de 2018. Consultado em 19 de fevereiro de 2019 

Ligações externasEditar