Guia Michelin

(Redirecionado de Estrelas Michelin)

Guia Michelin é um guia turístico publicado pela primeira vez em 1900[1] por André Michelin, um industrial francês fundador da Compagnie Générale des Établissements Michelin, fabricante de pneus mais conhecida como Michelin. O objetivo de André era o de promover o turismo para o crescente mercado automobilístico.

Está presente na maioria dos países europeus e em vários no mundo todo.[2] O Guia é publicado em duas cores sendo que cada uma delas tem uma aplicação diferenciada.

Guias gastronómicosEditar

Os Guias Gastronómicos incluem os Guias Vermelhos e os Guias Gourmants.[3]

Guias VermelhosEditar

HistóriaEditar

 
Capa da edição francesa de 1929.

É o guia de referência de hotéis e restaurantes. Impresso com o máximo sigilo e com tiragem desconhecida, este guia é o mais respeitado do mundo[4] e premia os melhores restaurantes, classificando-os com estrelas (de 1 a 3) e que representam o sonho ou o pesadelo de qualquer chef. Ganhar uma estrela do guia significa a ascensão do restaurante e dos seus chefs ao passo que perder uma delas pode levar até a uma tragédia como a do chef Bernard Loiseau que se suicidou[5] em Fevereiro de 2003, aos 52 anos, desesperado com o rumor de que o seu estabelecimento perderia a classificação de "três estrelas" no Guia Michelin.

Os Guias Michelin vermelhos são cada vez mais numerosos e diversos. Em 2006, 12 guias vermelhos citavam mais de 45.000 hotéis e restaurantes em toda a Europa e em Nova Iorque (desde 2006). O guia vermelho é publicado para a França, o Benelux, a Itália, a Alemanha, a Espanha e Portugal, a Suíça, o Reino Unido e a Irlanda e as principais cidades da Europa como Paris, Roma e Londres.

Um novo guia vermelho é dedicado à cidade de Tóquio em 2008 e já conta com 8 restaurantes "três estrelas" entre mais de 150 "estrelados".

DistinçõesEditar

Restaurantes
    Três Estrelas Michelin restaurante premiado pela excelência culinária
   Duas Estrelas Michelin
  Uma Estrela Michelin
  Bib Gourmand restaurante distinguido pela relação qualidade-preço
  Prato Michelin restaurante recomendado

Guias de PaísesEditar

Edição Países             
Alemanha   Alemanha 10 38 254 419 1116
Bélgica & Luxemburgo   Bélgica 1 24 104 157 541
  Luxemburgo 2 8 14 37
Espanha & Portugal[n 1]   Espanha 11 29 174 267 835
  Andorra 1 7
França   França 26 83 515 597 2417
  Mónaco 2 5 10 9 43
Grã-Bretanha & Irlanda   Reino Unido 5 20 144 111 1015
  Irlanda 3 15 20 126
Itália   Itália 11 35 326 266 1435
  San Marino 1
Holanda   Holanda 3 18 89 129 330
Países Nórdicos   Dinamarca 1 5 22 14 57
  Suécia 1 5 16 14 50
  Noruega 1 7 1 32
  Finlândia 6 4 21
  Islândia 1 8
Portugal   Portugal 7 20 35 101
Singapura   Singapura 2 5 37 58 140
Suíça   Suíça 3 20 101 156 487
  Liechtenstein 2
Taiwan   Taiwan 1 5 18 58 79

Guias de CidadesEditar

Edição Países           
Banguecoque   Tailândia 4 23 72
Chicago   Estados Unidos 1 3 18 58
Principais
Cidades da Europa
[n 2]
  Áustria 7 13 18
  Grécia 2 3 3
  Hungria 1 3 3
  República Checa 2 6
  Polónia 2 5
Guangzhou   China 8 20
Hong Kong & Macau   China 10 17 55 80
Londres   Reino Unido 3 10 58 43
Nova Iorque   Estados Unidos 5 14 56 129
Paris   França 10 15 88 71
Quioto & Osaka   Japão 11 40 158 216
Rio de Janeiro & São Paulo   Brasil 3 15 33
São Francisco   Estados Unidos 8 6 43 68
Seul   Coreia do Sul 2 5 19 61
Tóquio   Japão 13 52 165 254
Xangai   China 1 8 25 26
Washington DC   Estados Unidos 1 2 13 39

Guia Michelin PortugalEditar

HistóriaEditar

O primeiro Guia Michelin publicado em Portugal data de 1910.[6]

Desde 1929, data de introdução das estrelas no Guia Michelin, que Portugal tem restaurantes premiados com Estrelas Michelin.[7][8] O Guia deixou de ser publicado após 1939, ano do início da II Guerra Mundial. O Guia Michelin voltou a ser novamente publicado em Portugal em 1974.[9][10][11][12][13] A lista dos restaurantes premiados com estrelas no Guia Michelin 2021 inclui 28 restaurantes, 7 com duas estrelas e 21 com uma estrela (2 novos com 1 estrela).[14][15]

Desde 1997 foi introduzida a distinção de Bib Gourmand. Esta categoria, inferior às estrelas, inclui restaurantes com a melhor relação qualidade-preço. A lista dos restaurantes distinguidos como Bib Gourmand no Guia Michelin 2021 inclui 38 restaurantes em Portugal (5 novos).[16]

Em 2018 foi criada a categoria de Prato Michelin, atribuída aos restaurantes recomendados no Guia, mas que não satisfazem os critérios para as distinções de Estrelas Michelin ou Bib Gourmant. Na edição de 2021 Portugal tem 91 restaurantes incluídos nesta categoria.

Edição 2021Editar

Distinções         
Restaurantes 7 21 38 91

   Duas EstrelasEditar

Restaurantes com Duas Estrelas Michelin
Restaurante Cozinha Localidade Região      Chef Principal
Vila Joya criativa, de mercado Albufeira Algarve 1994 1999   Dieter Koshina
Ocean criativa Alporchinhos, Lagoa Algarve 2010 2012   Hans Neuner
Belcanto criativa Lisboa Estremadura 2013 2015   José Avillez
Il Gallo d'Oro moderna Funchal Madeira 2010 2017   Benoît Sinthon
The Yeatman criativa Vila Nova de Gaia Douro 2012 2017   Ricardo Costa
Alma criativa Lisboa Estremadura 2017 2019   Henrique Sá Pessoa
Casa de Chá da Boa Nova peixes e frutos do mar Leça da Palmeira, Matosinhos Douro 2017 2020   Rui Paula

  Uma EstrelaEditar

Restaurantes com Uma Estrela Michelin
Restaurante Cozinha Localidade Região   Chef Principal
Fortaleza do Guincho moderna, portuguesa Cascais Estremadura 2000   Gil Fernandes (2019)
Eleven criativa Lisboa Estremadura 20062010
2014
  Joachim Koerper
Largo do Paço moderna Amarante Douro 2010   Tiago Bonito (2018)
Feitoria moderna Lisboa Estremadura 2012   João Rodrigues
Pedro Lemos moderna Porto Douro 2015   Pedro Lemos
Bon Bon moderna Carvoeiro, Lagoa Algarve 2016   Louis Anjos (2019)
Antiqvvm criativa Porto Douro 2017   Vítor Matos
LAB by Sergi Arola criativa Penha Longa, Sintra Estremadura 2017   Sergi Arola
  Vlademir Veiga (executivo, 2019)
Loco moderna Lisboa Estremadura 2017   Alexandre Silva
William clássica Funchal Madeira 2017   Luís Pestana
  Joachim Koerper (consultor)
Gusto mediterrânica, italiana Quinta do Lago, Loulé Algarve 2018   Heinz Beck
  Liborio Buonocore (executivo, 2020)
Vista moderna Praia da Rocha, Portimão Algarve 2018   João Oliveira
G Pousada moderna, tradicional Bragança Trás-os-Montes 2019   Óscar Gonçalves
Midori japonesa Penha Longa, Sintra Estremadura 2019   Pedro Almeida
A Cozinha moderna Guimarães Minho 2019   António Loureiro
Epur criativa Lisboa Estremadura 2020   Vincent Farges
Fifty Seconds criativa, mediterrânica Lisboa Estremadura 2020   Martín Berasategui
  Filipe Carvalho (executivo)
Vistas moderna, criativa Vila Nova de Cacela Algarve 2020   Rui Silvestre
Mesa de Lemos criativa Silgueiros, Viseu Beira 2020   Diogo Rocha
Eneko Lisboa moderna, basca Lisboa Estremadura 2021   Eneko Atxa
  Lucas Bernardes (executivo)
100 Maneiras criativa Lisboa Estremadura 2021   Ljubomir Stanisic

  Bib GourmandEditar

Restaurantes Bib Gourmand
Região Restaurante Cozinha Localidade
Minho Camelo regional Santa Marta de Portuzelo,
Viana do Castelo
Pedra Furada tradicional, regional Pedra Furada, Barcelos
Tasquinha da Linda peixes e frutos do mar Viana do Castelo
Le Babachris mediterrânica, tradicional Guimarães
Trás-os-Montes Carvalho tradicional Chaves
Brasa tradicional, francesa contemporânea Macedo de Cavaleiros
Tasca do Zé Tuga tradicional Bragança
O Javali (novo) regional, tradicional Bragança
Douro Mário Luso tradicional Carvalhos, Vila Nova de Gaia
Machado tradicional Nogueira, Maia
In Diferente internacional Foz do Douro
Semea by Euskalduna (novo) de mercado, actual Porto
Beira Litoral O Típico tradicional Águeda
Dóri peixes e frutos do mar Costa Nova do Prado, Ílhavo
Marquês de Marialva tradicional Cantanhede
Casa Matos regional Salreu, Estarreja
Solar do Bacalhau tradicional, portuguesa Coimbra
Beira Alta 3 Pipos regional Tonda, Tondela
Muralha da Sé tradicional Viseu
Beira Baixa Taberna A Laranjinha regional Covilhã
Ribatejo Ó Balcão moderna Santarém
Casa Chef Victor Felisberto regional, actual Alferrarede, Abrantes
Estremadura Dom José portuguesa Bombarral
Casinha Velha tradicional, portuguesa Leiria
Solar dos Nunes tradicional Lisboa
O Parreirinha tradicional, portuguesa Tercena, Barcarena, Oeiras
Saraiva´s internacional Lisboa
O Frade (novo) regional Lisboa
Alto Alentejo Dom Joaquim regional, tradicional Évora
Solar do Forcado tradicional Portalegre
A Bolota tradicional, alentejana Terrugem, Elvas
Baixo Alentejo Cais da Estação alentejana, peixes e frutos do mar Sines
Algarve O Marinheiro tradicional Sesmarias, Albufeira
Avenida moderna Lagos
Check-In Faro (novo) de temporada, criativa Faro
Madeira Casal da Penha portuguesa, clássica Funchal
Vila do Peixe peixes e frutos do mar Câmara de Lobos
Avista (novo) mediterrânica, asiática Funchal

Histórico das Estrelas MichelinEditar

Segue-se uma lista dos restaurantes que receberam uma ou duas estrelas Michelin ao longo dos anos.[17]

1929 – 2 restaurantes

  •   Santa Luzia (Viana do Castelo) - novo
  •   Hotel Mesquita (Vila Nova de Famalicão) - novo

1930 – 2 restaurantes (=)

  •   Santa Luzia (Viana do Castelo)
  •   Hotel Mesquita (Vila Nova de Famalicão)

1931 – 2 restaurantes (=)

  •   Santa Luzia (Viana do Castelo)
  •   Hotel Mesquita (Vila Nova de Famalicão)

1932 – 2 restaurantes (=)

  •   Santa Luzia (Viana do Castelo)
  •   Hotel Mesquita (Vila Nova de Famalicão)

1933 – 2 restaurantes (=)

  •   Santa Luzia (Viana do Castelo)
  •   Hotel Mesquita (Vila Nova de Famalicão)

1934 – 2 restaurantes (=)

  •   Santa Luzia (Viana do Castelo)
  •   Hotel Mesquita (Vila Nova de Famalicão)

1935 – 2 restaurantes (=)

  •   Santa Luzia (Viana do Castelo)
  •   Hotel Mesquita (Vila Nova de Famalicão)

1936 – 7 restaurantes (+5)

  •    Escondidinho (Porto) - novo
  •   Santa Luzia (Viana do Castelo)
  •   Hotel Mesquita (Vila Nova de Famalicão)
  •   Pettermann (Lisboa) - novo
  •   Chave d´Ouro (Lisboa) - novo
  •   Avenida (Lisboa) - novo
  •   Club Naval (Setúbal) - novo

1937 – 5 restaurantes (-2)

  •    Escondidinho (Porto)
  •   Pettermann (Lisboa)
  •   Chave d´Ouro (Lisboa)
  •   Avenida (Lisboa)
  •   Club Naval (Setúbal)

1938 – 5 restaurantes (=)

  •    Escondidinho (Porto)
  •   Pettermann (Lisboa)
  •   Chave d´Ouro (Lisboa)
  •   Avenida (Lisboa)
  •   Club Naval (Setúbal)

1939 – 5 restaurantes (=)

  •    Escondidinho (Porto)
  •   Pettermann (Lisboa)
  •   Chave d´Ouro (Lisboa)
  •   Avenida (Lisboa)
  •   Club Naval (Setúbal)

19401973 Sem publicação

1974 – 4 restaurantes

  •   Aviz (Lisboa) - novo
  •   Michel (Lisboa) - novo
  •   O Pipas (Cascais) - novo
  •   Portucale (Porto) - novo

1975 – 4 restaurantes (=)

  •   Aviz (Lisboa)
  •   Michel (Lisboa)
  •   O Pipas (Cascais)
  •   Portucale (Porto)

1976 – 4 restaurantes (=)

  •   Aviz (Lisboa)
  •   Michel (Lisboa)
  •   O Pipas (Cascais)
  •   Portucale (Porto)

1977 – 2 restaurantes (-2)

  •   O Pipas (Cascais)
  •   Portucale (Porto)

1978 – 4 restaurantes (+2)

  •   O Pipas (Cascais)
  •   Portucale (Porto)
  •   Michel (Lisboa) - reentrada
  •   Garrafão (Leça da Palmeira) - novo

1979 – 3 restaurantes (-1)

  •   Portucale (Porto)
  •   Michel (Lisboa)
  •   Garrafão (Leça da Palmeira)

1980 – 3 restaurantes (=)

  •   Portucale (Porto)
  •   Michel (Lisboa)
  •   Garrafão (Leça da Palmeira)

1981 – 2 restaurantes (-1)

  •   Michel (Lisboa)
  •   Tágide (Lisboa) - novo

1982 – 2 restaurantes (=)

  •   Michel (Lisboa)
  •   Tágide (Lisboa)

1983 – 3 restaurantes (+1)

  •   Michel (Lisboa)
  •   Tágide (Lisboa)
  •   Casa da Comida (Lisboa) - novo

1984 – 4 restaurantes (+1)

  •   Michel (Lisboa)
  •   Tágide (Lisboa)
  •   Casa da Comida (Lisboa)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais) - novo

1985 – 3 restaurantes (-1)

  •   Tágide (Lisboa)
  •   Casa da Comida (Lisboa)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)

1986 – 3 restaurantes (=)

  •   Tágide (Lisboa)
  •   Casa da Comida (Lisboa)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)

1987 – 4 restaurantes (+1)

  •   Tágide (Lisboa)
  •   Casa da Comida (Lisboa)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   Conventual (Lisboa) - novo

1988 – 4 restaurantes (=)

  •   Tágide (Lisboa)
  •   Casa da Comida (Lisboa)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   Conventual (Lisboa)

1989 – 4 restaurantes (=)

  •   Tágide (Lisboa)
  •   Casa da Comida (Lisboa)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   Conventual (Lisboa)

1990 – 5 restaurantes (+1)

  •   Tágide (Lisboa)
  •   Casa da Comida (Lisboa)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   Conventual (Lisboa)
  •   La Réserve (Santa Bárbara de Nexe, Faro) - novo

1991 – 6 restaurantes (+1)

  •   Tágide (Lisboa)
  •   Casa da Comida (Lisboa)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   Conventual (Lisboa)
  •   La Réserve (Santa Bárbara de Nexe, Faro)
  •   Ramalhão (Montemor-o-Velho) - novo

1992 – 7 restaurantes (+1)

  •   Tágide (Lisboa)
  •   Casa da Comida (Lisboa)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   Conventual (Lisboa)
  •   La Réserve (Santa Bárbara de Nexe, Faro)
  •   Ramalhão (Montemor-o-Velho)
  •   A Bolota (Terrugem, Elvas) - novo

1993 – 7 restaurantes (=)

  •   Casa da Comida (Lisboa)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   Conventual (Lisboa)
  •   La Réserve (Santa Bárbara de Nexe, Faro)
  •   Ramalhão (Montemor-o-Velho)
  •   A Bolota (Terrugem, Elvas)
  •   Tia Alice (Fátima) - novo

1994 – 7 restaurantes (=)

  •   Casa da Comida (Lisboa)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   Conventual (Lisboa)
  •   La Réserve (Santa Bárbara de Nexe, Faro)
  •   Ramalhão (Montemor-o-Velho)
  •   Tia Alice (Fátima)
  •   Vila Joya (Albufeira) - novo

1995 – 8 restaurantes (+1)

  •   Casa da Comida (Lisboa)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   Conventual (Lisboa)
  •   La Réserve (Santa Bárbara de Nexe, Faro)
  •   Ramalhão (Montemor-o-Velho)
  •   Tia Alice (Fátima)
  •   Vila Joya (Albufeira)
  •   São Gabriel (Almancil) - novo

1996 – 7 restaurantes (-1)

  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   Conventual (Lisboa)
  •   Ramalhão (Montemor-o-Velho)
  •   Tia Alice (Fátima)
  •   Vila Joya (Albufeira)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Ermitage (Almancil) - novo

1997 – 6 restaurantes (-1)

  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   Conventual (Lisboa)
  •   Ramalhão (Montemor-o-Velho)
  •   Vila Joya (Albufeira)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Ermitage (Almancil)

1998 – 6 restaurantes (=)

  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   Conventual (Lisboa)
  •   Ramalhão (Montemor-o-Velho)
  •   Vila Joya (Albufeira)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Ermitage (Almancil)

1999 – 5 restaurantes (-1)

  •    Vila Joya (Albufeira) - 2ª estrela
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   Ramalhão (Montemor-o-Velho)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Ermitage (Almancil)

2000 – 7 restaurantes (+2)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   Ramalhão (Montemor-o-Velho)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Ermitage (Almancil)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais) - novo
  •   Henrique Leis (Almancil) - novo

2001 – 6 restaurantes (-1)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)

2002 – 5 restaurantes (-1)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)

2003 – 6 restaurantes (+1)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)
  •   Ermitage (Almancil) - reentrada

2004 – 5 restaurantes (-1)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)

2005 – 5 restaurantes (=)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)

2006 – 7 restaurantes (+2)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)
  •   Willie's (Vilamoura) - novo
  •   Eleven (Lisboa) - novo

2007 – 8 restaurantes (+1)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)
  •   Willie's (Vilamoura)
  •   Eleven (Lisboa)
  •   Amadeus (Almancil) - novo

2008 – 8 restaurantes (=)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •   Porto de Santa Maria (Guincho, Cascais)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)
  •   Willie's (Vilamoura)
  •   Eleven (Lisboa)
  •   Amadeus (Almancil)

2009 – 7 restaurantes (-1)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)
  •   Willie's (Vilamoura)
  •   Eleven (Lisboa)
  •   Amadeus (Almancil)

2010 – 12 restaurantes (+5)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)
  •   Willie's (Vilamoura)
  •   Eleven (Lisboa)
  •   Amadeus (Almancil)
  •   Ocean (Alporchinhos, Lagoa) - novo
  •   Il Gallo d'Oro (Funchal) - novo
  •   Largo do Paço (Amarante) - novo
  •   Tavares (Lisboa) - novo
  •   Arcadas da Capela (Coimbra) - novo

2011 – 11 restaurantes (-1)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)
  •   Willie's (Vilamoura)
  •   Amadeus (Almancil)
  •   Ocean (Alporchinhos, Lagoa)
  •   Il Gallo d'Oro (Funchal)
  •   Largo do Paço (Amarante)
  •   Tavares (Lisboa)
  •   Arcadas da Capela (Coimbra)

2012 – 12 restaurantes (+1)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •    Ocean (Alporchinhos, Lagoa) - 2ª estrela
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)
  •   Willie's (Vilamoura)
  •   Il Gallo d'Oro (Funchal)
  •   Largo do Paço (Amarante)
  •   Tavares (Lisboa)
  •   Arcadas da Capela (Coimbra)
  •   The Yeatman (Vila Nova de Gaia) - novo
  •   Feitoria (Lisboa) - novo

2013 – 11 restaurantes (-1)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •    Ocean (Alporchinhos, Lagoa)
  •   São Gabriel (Almancil)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)
  •   Willie's (Vilamoura)
  •   Il Gallo d'Oro (Funchal)
  •   Largo do Paço (Amarante)
  •   The Yeatman (Vila Nova de Gaia)
  •   Feitoria (Lisboa)
  •   Belcanto (Lisboa) - novo

2014 – 12 restaurantes (+1)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •    Ocean (Alporchinhos, Lagoa)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)
  •   Willie's (Vilamoura)
  •   Il Gallo d'Oro (Funchal)
  •   Largo do Paço (Amarante)
  •   The Yeatman (Vila Nova de Gaia)
  •   Feitoria (Lisboa)
  •   Belcanto (Lisboa)
  •   Eleven (Lisboa) - reentrada
  •   L'and Vineyards (Montemor-o-Novo) - novo

2015 – 14 restaurantes (+2)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •    Ocean (Lagoa)
  •    Belcanto (Lisboa) - 2ª estrela
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)
  •   Willie's (Quarteira)
  •   Eleven (Lisboa)
  •   Il Gallo d'Oro (Funchal)
  •   Largo do Paço (Amarante)
  •   The Yeatman (Vila Nova de Gaia)
  •   Feitoria (Lisboa)
  •   L'and Vineyards (Montemor-o-Novo)
  •   São Gabriel (Almancil) - reentrada
  •   Pedro Lemos (Porto) - novo

2016 – 14 restaurantes (=)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •    Ocean (Lagoa)
  •    Belcanto (Lisboa)
  •   Fortaleza do Guincho (Cascais)
  •   Henrique Leis (Almancil)
  •   Willie's (Quarteira)
  •   Eleven (Lisboa)
  •   Il Gallo d'Oro (Funchal)
  •   Largo do Paço (Amarante)
  •   The Yeatman (Vila Nova de Gaia)
  •   Feitoria (Lisboa)
  •   Pedro Lemos (Porto)
  •   São Gabriel (Almancil) - reentrada
  •   Bon Bon (Carvoeiro, Lagoa) - novo

2017 – 21 restaurantes (+7)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •    Ocean (Alporchinhos, Lagoa)
  •    Belcanto (Lisboa)
  •    Il Gallo d'Oro (Funchal) - 2ª estrela
  •    The Yeatman (Vila Nova de Gaia) - 2ª estrela
  •   Fortaleza do Guincho (Guincho, Cascais)
  •   Henrique Leis (Vale Formoso, Loulé)
  •   São Gabriel (Quinta do Lago, Loulé)
  •   Willie´s (Vilamoura, Loulé)
  •   Eleven (Lisboa)
  •   Largo do Paço (Amarante)
  •   Feitoria (Lisboa)
  •   Pedro Lemos (Porto)
  •   Bon Bon (Carvoeiro, Lagoa)
  •   L’And Vineyards (Montemor-o-Novo) - reentrada
  •   Alma (Lisboa) - novo
  •   Antiqvvm (Porto) - novo
  •   Casa de Chá da Boa Nova (Leça da Palmeira) - novo
  •   LAB by Sergi Arola (Penha Longa, Sintra) - novo
  •   Loco (Lisboa) - novo
  •   William (Funchal) - novo

2018 – 23 restaurantes (+2)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •    Ocean (Alporchinhos, Lagoa)
  •    Belcanto (Lisboa)
  •    Il Gallo d'Oro (Funchal)
  •    The Yeatman (Vila Nova de Gaia)
  •   Fortaleza do Guincho (Guincho, Cascais)
  •   Henrique Leis (Vale Formoso, Loulé)
  •   São Gabriel (Quinta do Lago, Loulé)
  •   Willie´s (Vilamoura, Loulé)
  •   Eleven (Lisboa)
  •   Largo do Paço (Amarante)
  •   Feitoria (Lisboa)
  •   L’And Vineyards (Montemor-o-Novo)
  •   Pedro Lemos (Porto)
  •   Bon Bon (Carvoeiro, Lagoa)
  •   Alma (Lisboa)
  •   Antiqvvm (Porto)
  •   Casa de Chá da Boa Nova (Leça da Palmeira)
  •   LAB by Sergi Arola (Penha Longa, Sintra)
  •   Loco (Lisboa)
  •   William (Funchal)
  •   Gusto (Quinta do Lago, Loulé) - novo
  •   Vista (Praia da Rocha, Portimão) - novo

2019 – 26 restaurantes (+3)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •    Ocean (Alporchinhos, Lagoa)
  •    Belcanto (Lisboa)
  •    Il Gallo d'Oro (Funchal)
  •    The Yeatman (Vila Nova de Gaia)
  •    Alma (Lisboa) - 2ª estrela
  •   Fortaleza do Guincho (Guincho, Cascais)
  •   Henrique Leis (Vale Formoso, Loulé)
  •   São Gabriel (Quinta do Lago, Loulé)
  •   Willie´s (Vilamoura, Loulé)
  •   Eleven (Lisboa)
  •   Largo do Paço (Amarante)
  •   Feitoria (Lisboa)
  •   L’And Vineyards (Montemor-o-Novo)
  •   Pedro Lemos (Porto)
  •   Bon Bon (Carvoeiro, Lagoa)
  •   Antiqvvm (Porto)
  •   Casa de Chá da Boa Nova (Leça da Palmeira)
  •   LAB by Sergi Arola (Penha Longa, Sintra)
  •   Loco (Lisboa)
  •   William (Funchal)
  •   Gusto (Quinta do Lago, Loulé)
  •   Vista (Praia da Rocha, Portimão)
  •   G Pousada (Bragança) - novo
  •   Midori (Penha Longa, Sintra) - novo
  •   A Cozinha (Guimarães) - novo

2020 – 27 restaurantes (+1)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •    Ocean (Alporchinhos, Lagoa)
  •    Belcanto (Lisboa)
  •    Il Gallo d'Oro (Funchal)
  •    The Yeatman (Vila Nova de Gaia)
  •    Alma (Lisboa)
  •    Casa de Chá da Boa Nova (Leça da Palmeira) - 2ª estrela
  •   Fortaleza do Guincho (Guincho, Cascais)
  •   São Gabriel (Quinta do Lago, Loulé)
  •   Eleven (Lisboa)
  •   Largo do Paço (Amarante)
  •   Feitoria (Lisboa)
  •   Pedro Lemos (Porto)
  •   Bon Bon (Carvoeiro, Lagoa)
  •   Antiqvvm (Porto)
  •   LAB by Sergi Arola (Penha Longa, Sintra)
  •   Loco (Lisboa)
  •   William (Funchal)
  •   Gusto (Quinta do Lago, Loulé)
  •   Vista (Praia da Rocha, Portimão)
  •   G Pousada (Bragança)
  •   Midori (Penha Longa, Sintra)
  •   A Cozinha (Guimarães)
  •   Epur (Lisboa) - novo
  •   Fifty Seconds (Lisboa) - novo
  •   Vistas (Vila Nova de Cacela) - novo
  •   Mesa de Lemos (Silgueiros, Viseu) - novo

2021 – 28 restaurantes (+1)

  •    Vila Joya (Albufeira)
  •    Ocean (Alporchinhos, Lagoa)
  •    Belcanto (Lisboa)
  •    Il Gallo d'Oro (Funchal)
  •    The Yeatman (Vila Nova de Gaia)
  •    Alma (Lisboa)
  •    Casa de Chá da Boa Nova (Leça da Palmeira)
  •   Fortaleza do Guincho (Guincho, Cascais)
  •   São Gabriel (Quinta do Lago, Loulé)
  •   Eleven (Lisboa)
  •   Largo do Paço (Amarante)
  •   Feitoria (Lisboa)
  •   Pedro Lemos (Porto)
  •   Bon Bon (Carvoeiro, Lagoa)
  •   Antiqvvm (Porto)
  •   LAB by Sergi Arola (Penha Longa, Sintra)
  •   Loco (Lisboa)
  •   William (Funchal)
  •   Gusto (Quinta do Lago, Loulé)
  •   Vista (Praia da Rocha, Portimão)
  •   G Pousada (Bragança)
  •   Midori (Penha Longa, Sintra)
  •   A Cozinha (Guimarães)
  •   Epur (Lisboa)
  •   Fifty Seconds (Lisboa)
  •   Vistas (Vila Nova de Cacela)
  •   Mesa de Lemos (Silgueiros, Viseu)
  •   Eneko Lisboa (Lisboa) - novo
  •   100 Maneiras (Lisboa) - novo

HotéisEditar

O Guia Michelin classifica os hotéis recomendados em 5 categorias de conforto, de um a cinco pavilhões, além de uma categoria especial para turismo rural ou de habitação, atribuindo a cor vermelha aos estabelecimentos que considera especialmente agradáveis. No Guia Michelin 2019 são distinguidos com pavilhões vermelhos 32 estabelecimentos em Portugal.

5 Pavilhões VermelhosEditar

Hotel Localidade Região Cadeia
Penha Longa Hotel Penha Longa, Sintra Estremadura Ritz Carlton
Vidago Palace Vidago, Chaves Trás-os-Montes Independente

4 Pavilhões VermelhosEditar

Hotel Localidade Região Cadeia
Vila Vita Park Alporchinhos, Lagoa Algarve Independente
Convento do Espinheiro Évora Alto Alentejo Starwood, Marriott (Luxury Collection)
The Yeatman - Relais & Chateaux Vila Nova de Gaia Douro Independente (Relais & Châteaux)
Palácio do Estoril Estoril, Cascais Estremadura Independente
Lapa Palace Lisboa Estremadura Olissipo Hotels
Pestana Palace Lisboa Estremadura Pestana Hotels & Resorts
Palácio de Seteais Sintra Estremadura Tivoli Hotels
Casa Velha do Palheiro Funchal Madeira Independente (Relais & Châteaux)

3 Pavilhões VermelhosEditar

Hotel Localidade Região Cadeia
Bela Vista Praia da Rocha, Portimão Algarve Phoenix Hotels (Relais & Châteaux)
Torre de Palma Monforte Alto Alentejo Independente (Design Hotels)
Pousada Convento de Vila Viçosa Vila Viçosa Alto Alentejo Pousadas de Portugal, Grupo Pestana
Pousada Serra da Estrela Covilhã Beira Baixa Pousadas de Portugal, Grupo Pestana
Casa da Calçada Amarante Douro Independente (Relais & Châteaux)
Fortaleza do Guincho Praia do Guincho, Cascais Estremadura Independente (Relais & Châteaux)
Carmo's Boutique Hotel Ponte de Lima Minho Independente (Small Luxury Hotels of the World)
Pousada Viana do Castelo Santa Luzia, Viana do Castelo Minho Pousadas de Portugal, Grupo Pestana

2 Pavilhões VermelhosEditar

Hotel Localidade Região Cadeia
As Janelas Verdes Lisboa Estremadura Heritage
Solar do Castelo Lisboa Estremadura Heritage

Pavilhão Especial VermelhoEditar

Hotel Localidade Região Cadeia
Quinta Bonita Lagos Algarve Independente
Casa do Terreiro do Poço Borba Alto Alentejo Independente
Herdade dos Grous Albernoa, Beja Baixo Alentejo Independente
Malhadinha Nova Albernoa, Beja Baixo Alentejo Independente
Casa das Obras Manteigas Beira Alta Independente
Casa da Sé Viseu Beira Alta Independente
Casa Vela Cascais Estremadura Independente
Pérgula House Cascais Estremadura Independente
Solar de Serrade Mazedo, Monção Minho Independente
Casa da Alcáçova Santarém Ribatejo Independente
Casa do Visconde de Chanceleiros Pinhão, Alijó Trás-os-Montes Independente

Guia Michelin Rio de Janeiro e São PauloEditar

O primeiro Guia Michelin começou a ser publicado no Brasil em 2015.[18] Ele foi dividido entre restaurantes de São Paulo e Rio de Janeiro.

   Duas EstrelasEditar

Restaurantes com Duas Estrelas Michelin
Restaurante Localidade    Chef Principal
D.O.M. São Paulo 2015 a 2017   Alex Atala

HotéisEditar

Em 2015 e 2016 não foi atribuido o galardão máximo de cinco pavilhões vermelhos a hotéis em São Paulo ou Rio de Janeiro.

 Cinco Pavilhões Vermelhos 2016Editar

Hotel Localidade Cadeia
Fasano São Paulo Fasano
Tivoli São Paulo Mofarrej São Paulo Tivoli Hotels
Unique São Paulo Independente

Guias GourmandsEditar

É uma seleção dos restaurantes típicos de cada região da França[19] ou do mundo.

Os Guias TurísticosEditar

Guias VerdesEditar

O guia verde[20] é um guia turístico que se concentra no património natural e cultural por região. É publicado para todas as regiões da França e para a maior parte das regiões da Europa.

Guias PráticosEditar

São os guias[21] para os viajantes individuais com informações mais objetivas incluindo as edições de bolso.

Ver tambémEditar

Notas

  1. A edição Guia Michelin Espanha & Portugal cobre Portugal, Espanha e Andorra. Como é publicada igualmente a edição Guia Michelin Portugal os dados referentes a Portugal encontram-se incluídos nesta tabela somente na secção dessa edição.
  2. Esta edição inclui 36 cidades de 20 países europeus. Integram esta secção da tabela somente os países não incluídos noutras edições do Guia Michelin.

Referências

  1. Revista A Adega. «O mundo estrelado». Ed.51 (01/2010). Consultado em 16 de julho de 2016 
  2. Gazeta do Povo. «Guia Michelin terá versão brasileira». 28/05/2014. Consultado em 16 de julho de 2016 
  3. Jornal O Povo online. «Rio e Sampa no inigualável Guia Michelin». 08/06/2014. Consultado em 24 de julho de 2016 
  4. «Editora Abril - Revista Voce S/A». Consultado em 17 de março de 2008. Arquivado do original em 2 de março de 2008 
  5. Le Figaro. «Bernard Loiseau ou la tyrannie de la notoriété» (em francês). 22/01/2013. Consultado em 15 de julho de 2016 
  6. Público (1 de Maio de 2017). «Irmãos galegos querem expor a colecção completa do Guia Michelin em Portugal» 
  7. Público (18 de Novembro de 2017). «Estrelas Michelin já chegaram a 45 restaurantes em Portugal» 
  8. Fernando Melo (20 de Setembro de 2013). «Lista de Estrelas Michelin em Portugal» 
  9. Observador (22 de Novembro de 2017). «Guia Michelin Portugal 2018» 
  10. Público.pt. «Rui Silvestre é o novo chef português com estrela Michelin». 25-11-2015. Consultado em 26 de novembro de 2015 
  11. Público. «Portugal tem mais nove estrelas Michelin». 23 de Novembro de 2016 
  12. Eco (21 de Novembro de 2018). «Portugal tem quatro novas estrelas no Guia Michelin: Guimarães, Bragança e Sintra brilham e Alma conquista a segunda» 
  13. Sábado (22 de Novembro de 2018). «Estrelas Michelin: a noite em que o Guia que "não é generoso" veio festejar a Portugal» 
  14. Expresso (20 de Novembro de 2019). «Já se sabe tudo o que mudou em Portugal no Guia Michelin: veja quem ganhou, mantém e perde estrelas» 
  15. Observador (20 de Novembro de 2019). «Gala Michelin 2020» 
  16. The Gourmet Journal. «Restaurantes Bib Gourmand de Portugal e Espanha 2019» 
  17. Público (18 de Novembro de 2017). «Estrelas Michelin já chegaram a 45 restaurantes em Portugal» 
  18. Infood. «Quanto vale uma estrela do Guia Michelin». 25/04/2016. Consultado em 16 de julho de 2016 
  19. Jornal O Povo online. «Rio e Sampa no inigualável Guia Michelin». 08/06/2014. Consultado em 16 de julho de 2016 
  20. Diário del Viajero. «Guía Michelin: la verde» (em espanhol). 16/05/2008. Consultado em 16 de julho de 2016 
  21. Peregrino Viajor. «Guia do Caminho de Santiago - Sugestões». 03/03/2013. Consultado em 16 de julho de 2016. Arquivado do original em 2 de julho de 2016 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Guia Michelin