Abrir menu principal

Governo de Lisboa

É em Lisboa que se localizam os principais órgãos políticos do país (ministérios, tribunais, etc).[1][2] O município de Lisboa é administrado por uma Câmara Municipal composta por 17 vereadores. Existe uma Assembleia Municipal que é o órgão legislativo do município, constituída por 75 deputados municipais, 51 dos quais eleitos directamente mais os presidentes das 24 juntas de freguesia do município.

O cargo de Presidente da Câmara Municipal ficou vago desde 15 de Maio de 2007, após a demissão de António Carmona Rodrigues que tinha sido eleito pelo PSD. Nas eleições de 15 de Julho de 2007 foi eleito António Costa, pelo PS. Após a renúncia deste ao mandato, em 2015, o vice-presidente Fernando Medina assumiu o cargo, tendo sido posteriormente eleito presidente como resultado das eleições autárquicas de 2017, apesar de o PS ter perdido a maioria absoluta, recebendo 42% dos votos. [3]

Índice

EleiçõesEditar

Eleições autárquicasEditar

Data % V % V % V % V % V % V % V % V % V % V Participação
PS APU/CDU CDS-PP PPD/PSD PPM AD PS-CDU PSD-CDS B.E. IND
1976 35,51 7 20,72 4 18,96 3 15,23 3 0,43 -
66,50 / 100,00
1979 23,35 4 25,10 4 AD AD AD 46,67 9
75,55 / 100,00
1982 27,00 5 26,56 5 AD AD AD 41,34 7
72,17 / 100,00
1985 17,98 3 27,50 5 PPD/PSD 44,77 8 5,07 1
58,71 / 100,00
1989 CDU PS PPD/PSD CDS-PP PSD-CDS 49,07 9 42,07 8
54,76 / 100,00
1993 CDU PS 7,75 1 26,34 5 56,66 11
53,47 / 100,00
1997 CDU PS PPD/PSD CDS-PP 51,88 10 39,26 7
48,29 / 100,00
2001 CDU PS 7,55 1 41,98 8 PPD/PSD 41,70 8 3,80 -
55,01 / 100,00
2005 26,56 5 11,42 2 5,92 1 42,43 8 7,91 1
52,65 / 100,00
2007 29,54 6 9,53 2 3,70 - 15,74 3 0,38 - 6,81 1 16,70 3
37,39 / 100,00
10,21 2
2009 44,01 9 8,07 1 PPD/PSD CDS-PP PSD-CDS 38,69 7 4,56 -
53,43 / 100,00
2013 50,91 11 9,85 2 PPD/PSD CDS-PP 1,23 - 22,37 4 4,61 -
45,06 / 100,00
2017 42,00 8 9,55 2 20,59 4 11,22 2 CDS-PP 7,14 1
51,16 / 100,00

Eleições legislativasEditar

Data %
PS PCP PSD CDS UDP AD APU/CDU FRS PRD PSN B.E. PAN PàF
1976 36,92 19,19 17,19 16,56 2,81
1979 24,48 APU AD AD 2,70 44,14 23,53
1980 FRS 1,66 45,83 20,64 26,95
1983 33,86 22,67 14,27 1,35 22,67
1985 18,96 28,32 9,59 1,68 18,24 19,77
1987 20,33 CDU 47,76 4,52 1,52 14,92 6,53
1991 28,87 46,25 4,97 10,76 0,52 2,99
1995 42,44 30,68 10,59 0,64 10,56 0,16
1999 39,82 29,15 10,17 10,48 0,15 6,00
2002 37,62 38,03 8,75 7,11 5,11
2005 42,48 24,84 10,54 8,23 8,71
2009 34,79 28,90 11,48 8,55 9,81
2011 26,55 36,16 14,79 8,27 5,58 1,53
2015 34,76 PàF PàF 7,87 9,35 1,91 37,47

Subdivisões administrativasEditar

 
Desde a reorganização administrativa de 2012, Lisboa conta 24 freguesias agrupadas em cinco Zonas (ou Unidades de Intervenção Territorial - UIT).[4] Em tons de verde está a zona Norte, de amarelo a zona Ocidental, de laranja a zona Centro, de violeta a zona do Centro Histórico e de azul a zona Oriental.
 Ver também: Bairros de Lisboa

Relações internacionaisEditar

A cidade de Lisboa é uma das 7 CIdades Fundadoras da UCCLA, União das Cidades Capitais Luso-Afro-Américo-Asiáticas. A cidade de Lisboa faz parte da União de Cidades Capitais Ibero-americanas.[5][6] Abaixo está uma lista das cidades-irmãs de Lisboa e aquelas com as quais o governo da cidade estabeleceu um acordo de cooperação e amizade:

Cidades-irmãs

[9][10]

Acordo de cooperação e amizade

Referências

  1. «Política de Lisboa». Consultado em 2 de janeiro de 2009. 
  2. «Política de Lisboa - parte 2». Consultado em 2 de janeiro de 2009. 
  3. «Fernando Medina toma posse no dia 26 de Outubro». 16 de outubro de 2017. Consultado em 3 de dezembro de 2017. 
  4. Câmara Municipal de Lisboa. «Zonas de gestão (Unidades de Intervenção Territorial)». Consultado em 30 de dezembro de 2014. 
  5. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac «Geminações de Cidades e Vilas». www.anmp.pt. Associação Nacional de Municipios Portugueses. Consultado em 1 de junho de 2013. 
  6. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag «Acordos de geminação, de cooperação e de amizade». cm-lisboa.pt. Câmara Municipal de Lisboa. Consultado em 1 de junho de 2013. 
  7. «Fortaleza se torna cidade irmã de Lisboa» 
  8. «Mirante da Gente é transformado em grande espaço cultural». Prefeitura de Natal, Brasil. 21 de agosto de 2009. Consultado em 10 de setembro de 2014.. Cópia arquivada em 10 de setembro de 2014 
  9. «Lei nº 14.471, de 10 de julho de 2007». prefeitura.sp.gov.br. Prefeitura de São Paulo. 10 de julho de 2007. Consultado em 1 de junho de 2013. 
  10. «Lista de hermanamientos y convenios» (PDF). www.buenosaires.gov.ar (em espanhol). Gobierno de la Ciudad Autónoma de Buenos Aires. Consultado em 2 de janeiro de 2009.