Isabel da Dinamarca

aristocrata dinamarquesa

Isabel Henriqueta Ingrid Margarida (Copenhague, 21 de abril de 2007) é a segunda criança, a primeira menina, de Frederico, Príncipe Herdeiro da Dinamarca, e sua esposa, a princesa Maria. Ela é a quarta neta da rainha Margarida II e de seu marido, o príncipe Henrique da Dinamarca, sendo a primeira mulher a nascer na família real dinamarquesa desde sua tia-avó Ana Maria em 1946. Isabel é a terceira na linha de sucessão depois de seu pai e seu irmão mais velho o príncipe Cristiano. Ela tem também dois irmãos menores, os gêmeos Vicente e Josefina.

Isabel
Princesa da Dinamarca e Condessa de Monpezat
Casa Eslésvico-Holsácia-
Sonderburgo-Glucksburgo
Nome completo Isabel Henriqueta Ingrid Margarida
Nascimento 21 de abril de 2007 (13 anos)
  Rigshospitalet, Copenhague, Dinamarca
Pai Frederico, Príncipe Herdeiro
Mãe Maria Donaldson
Religião Igreja Nacional da Dinamarca

Nascimento e batismoEditar

A princesa Isabel nasceu às 16h02 do dia 21 de abril de 2007, em Rigshospitalet, no Hospital Universitário de Copenhaga, sendo a primeira mulher a nascer na família real dinamarquesa desde sua tia-avó, Ana Maria, em 1946. Seu nascimento coincidiu com o aniversário de 60 anos de ascensão ao trono de seu bisavô, Frederico IX e com o 81º aniversário da rainha Isabel II do Reino Unido. Na ocasião, pesava 3.350kg e media 50cm.[1] Ao meio-dia de 22 de abril, foram disparados 21 tiros da fortaleza de Holmen, em Copenhaga, e do Castelo de Kronborg, em Helsingor, cerca de 60 quilômetros ao norte da capital da Dinamarca, para marcar o nascimento da nova princesa.

Isabel foi batizada no dia 1º de julho de 2007, na capela do Palácio de Fredensborg. Ela usou a mesma roupa que seu irmão mais velho, Cristiano, usou em seu batismo, um ano antes. Esse vestido, os príncipes e princesas tem usado desde o batismo de Cristiano X da Dinamarca, em 1870. Foram seus padrinhos: a rainha Matilde da Bélgica, a princesa Alexia da Grécia e Dinamarca, Nadine Johnston, Christian Buchwald e Marie Louise Skeel. Seu nome completo só foi anunciado neste dia, sendo eles: Isabel, nome italiano de que há muitas variantes em diversas línguas; Henriqueta em homenagem à sua avó materna, Ingrid em homenagem à Ingrid da Suécia e Margarida: em homenagem sua avó paterna a rainha Margarida II.

EducaçãoEditar

Em 2013, aos 6 anos de idade, a princesa Isabel começou a frequentar a escola pública de Tranegard, em Gentofte, a norte de Copenhaga. Esta é a mesma escola onde estudam seus irmãos. [2] [3]

Em 06 de janeiro de 2020, ela e seus irmão começaram a estudar num colégio interno na Suíça, a Escola Internacional Lemania-Verbier. O anúncio de que as crianças estudariam por alguns meses neste colégio havia sido feito em outubro de 2019. Segundo a revista Caras de Portugal, "a escola oferece educação bilíngue, em inglês e francês, para crianças entre os 3 e os 14 anos e visa 'permitir que cada criança atinja seu potencial intelectual, incentivando-a a desfrutar de muitas atividades artísticas, desportivas e culturais." sendo que o "objetivo é que todos os alunos sejam pensadores críticos, criativos e autoconfiantes'."  [4] [5] [3] [6]

Títulos e estilosEditar

  • 21 de abril de 2007 - 29 de abril de 2008: Sua Alteza Real, princesa Isabel da Dinamarca
  • 29 de abril de 2008 - presente: Sua Alteza Real, princesa Isabel da Dinamarca, Condessa de Monpezat

Seu título oficial em dinamarquês é: Hendes Kongelige Højhed Prinsesse Isabella til Danmark, Komtesse af Monpezat.

AscendênciaEditar

Referências

  1. «H.K.H. Prinsesse Isabella». Kongehuset. 19 de outubro de 2011. Consultado em 19 de junho de 2016 
  2. «Princesa Isabella Da Dinamarca - Feliz no primeiro dia de aulas». Revista Nova Gente. Consultado em 19 de junho de 2016 
  3. a b «Príncipes da Dinamarca acompanham os filhos no seu primeiro dia de aulas na Suíça». Caras. Consultado em 9 de janeiro de 2020 
  4. «D.K.H. Prins Christian, Prinsesse Isabella, Prins Vincent og Prinsesse Josephines første skoledag i Schweiz». Kongehuset (em dinamarquês). 6 de janeiro de 2020. Consultado em 9 de janeiro de 2020 
  5. «Pressemeddelelse: Kronprinsparrets fire børn tager på skoleophold i Schweiz». Kongehuset (em dinamarquês). 10 de outubro de 2019. Consultado em 9 de janeiro de 2020 
  6. «Frederico e Mary da Dinamarca reúnem-se com os filhos no início da sua estada na Suíça». Lux. Consultado em 9 de janeiro de 2020 

Ligações externasEditar

Precedido por
Cristiano da Dinamarca
Linha de sucessão ao trono dinamarquês
Sucedido por
Vicente da Dinamarca