"Nagu merelaine" (tradução portuguesa: "Como uma onda de mar") foi a a canção que representou a Estónia/Estônia no Festival Eurovisão da Canção 1994 que se realizou em Dublin, na Irlanda. Foi a estreia daquele país no Festival Eurovisão da Canção, depois de Janika Sillamaa ter falhado a presença na final do Festival Eurovisão da Canção 1993.

A referida canção foi interpretada em estónio por Silvi Vrait. Foi a décima canção a ser interpreta na noite do festival, a seguir à canção helvética "Sto pregando, cantada por Duilio e antes da canção romena "Dincolo de nori" interpretada por Dan Bittman. A estreia da Estónia não foi auspiciosa, porque terminou num modesto 24.º e penúltimo lugar, recebendo apenas 2 pontos da Grécia (entre 25 participantes, apenas à frente da canção lituana). No ano seguinte, a fraca classificação impediu o país de participar, e só voltaria a participar em 1996 com o tema "Kaelakee hääl", interpretado por Maarja-Liis Ilus & Ivo Linna.

AutoresEditar

A canção tinha letra de Leelo Tungal, um bem conhecido poeta e escritor de livros infantis estoniano. Foi composta por Ivar Must, que curiosamente foi o mesmo que compôs a canção Everybody, vencedora do Festival Eurovisão da Canção 2001 e que foi interpretada por Tanel Padar e Dave Benton

LetraEditar

A canção é interpretada na perspetiva de uma mulher explicando-se a um seu amante. Ela compara-se a uma onda numa metáfora extensiva. explicando que ela amá-lo-á apenas à maneira dela..[1]

Outras versõesEditar

Referências

  1. «Letra de Nagu merelaine». Diggiloo Thrush 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

  "Nagu merelaine", canção da Estónia no Festival Eurovisão da Canção 1994