Pedro I da Sérvia

(Redirecionado de Pedro I da Iugoslávia)

Pedro I (em sérvio: Петар I Карађорђевић; romaniz.: Petar I Karađorđević; Belgrado, 29 de junho jul./ 11 de julho de 1844 greg. — Belgrado, 16 de agosto de 1921) foi Rei da Sérvia de 1903 a 1918, quando então passou a ser designado como o primeiro Rei do Sérvios, Croatas e Eslovenos.[1] Ele nunca chegou a ser chamado de "Rei da Iugoslávia" em vida, pois o nome só foi inventado e adotado em 1929.[1] No entanto, como o Estado sobre o qual reinou foi o mesmo da Iugoslávia, apenas rebatizado, os registros atuais se referem a ele como "Pedro I da Iugoslávia".

Pedro I
Rei dos Sérvios, Croatas e Eslovenos
Reinado 1 de dezembro de 1918
a 16 de agosto de 1921
Antecessor(a) Ele mesmo (Rei da Sérvia)
Sucessor(a) Alexandre I
Rei da Sérvia
Reinado 15 de junho de 1903
a 1 de dezembro de 1918
Coroação 21 de setembro de 1904
Predecessor Alexandre I
Sucessor Ele mesmo (Rei da Iugoslávia)
Pretendente ao Trono da Sérvia
Reinado 3 de maio de 1885
a 15 de junho de 1903
Predecessor Alexandre Karađorđević
Príncipe Hereditário da Sérvia
Reinado 17 de março de 1849
a 23 de dezembro de 1858
Predecessor Svetozar Karađorđević
Sucessor Miguel Obrenović
 
Nascimento 11 de julho de 1844
  Belgrado, Principado da Sérvia
Morte 16 de agosto de 1921 (77 anos)
  Belgrado, Reino da Iugoslávia
Sepultado em 30 de agosto de 1921, Igreja de São Jorge, Topola, Reino da Iugoslávia
Nome de nascimento Petar Aleksandrović Karađorđević
Esposa Zorka do Montenegro
Descendência Princesa Helena da Sérvia
Princesa Milena da Sérvia
Príncipe Jorge da Sérvia
Rei Alexandre I da Iugoslávia
Príncipe André da Sérvia
Casa Karađorđević
Pai Príncipe Alexandre da Sérvia
Mãe Persida Nenadović
Religião Ortodoxa Sérvia

Início de vidaEditar

Pedro nasceu em Belgrado, filho do príncipe Alexandre da Sérvia e sua consorte, princesa Persida Nenadović.[1] O príncipe Alexandre abdicou em 1858 e levou seu filho consigo ao exílio da atual Romênia.[1]

O jovem nobre passou muito de seu exílio na França, onde foi educado e engajado no exércio francês. Ele casou-se com a princesa Zorka do Montenegro, filha do rei Nicolau I, em 1883.[1] Tiveram três filhos: princesa Helena em 1884, príncipe Jorge em 1887 e príncipe Alexandre em 1888. Uma outra, a princesa Milena, morreu com um ano de idade em 1887. O quinto filho, o príncipe André, morreu ao nascer juntamente com sua mãe em 1890.

Pedro retorno à Sérvia em 1903, quando um golpe militar removeu Alexandre I da Sérvia de seu trono. Pedro foi coroado Rei da Sérvia em 11 de junho.

ReinadoEditar

O rei, educado no Ocidente, tentou instituir uma política liberal na Sérvia criando uma monarquia constitucional, chegando mesmo a traduzir Liberdade, de John Stuart Mill, para o servo-croata.[1]

Pedro optou por "se aposentar" devido às más condições de saúde acometidas após as Guerras dos Balcãs, que foram, sob a perspectiva sérvia, um grande sucesso. Passou o poder executivo ao seu filho Alexandre.

O rei foi relativamente inativo durante a Grande Guerra, apesar dele ter ocasionalmente visitado trincheiras para fiscalizar suas tropas. Uma visita memorável em 1915 envolveu Pedro, então com 71 anos, pegando um rifle e atirando em soldados inimigos.[1]

Sua última aparição pública foi em 1 de dezembro de 1918, quando foi proclamado Rei dos Sérvios, Croatas e Eslovenos. Pedro I morreu em Belgrado em 1921, aos 77 anos de idade.[1]

SucessãoEditar

Como seu filho mais velho, o príncipe Jorge, era o herdeiro presuntivo de Pedro I. Isso mudou em 1909, quando ele espancou um serviçal até a morte num acesso de fúria, sendo então obrigado a renunciar seus direitos dinásticos em favor de seu irmão Alexandre.[1]

LegadoEditar

Pedro I é lembrado por sua modéstia, atribuída à sua formação militar. Ele foi muito popular durante seu reinado e permanece com um dos líderes sérvios mais populares.

Seus filhos foram influentes na Europa. Alexandre I aproximou a Iugoslávia do Ocidente e ajudou a consolidar a identidade nacional iugoslava. Sua filha, a princesa Helena, casou-se com o príncipe João Constantinovich da Rússia.

Referências


Pedro I da Sérvia
Casa de Karađorđević
11 de julho de 1844 – 16 de agosto de 1921
Precedido por
Alexandre I
 
Rei da Sérvia
15 de junho de 1903 – 1 de dezembro de 1918
Título abolido
Criação do Reino dos
Sérvios, Croatas e Eslovenos
Título criado  
Rei dos Sérvios, Croatas e Eslovenos
1 de dezembro de 1918 – 16 de agosto de 1921
Sucedido por
Alexandre I
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Pedro I da Sérvia
  Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.