Portal:Mitologia

Portal da Mitologia

Angelo Bronzino 002.jpg

O termo mitologia pode referir-se tanto ao estudo de mitos ou a um conjunto de mitos. Por exemplo, mitologia comparada é o estudo das conexões entre os mitos de diferentes culturas, ao passo que mitologia grega é o conjunto de mitos originários da Grécia Antiga. O termo "mito" é frequentemente utilizado coloquialmente para se referir a uma história falsa, mas o uso acadêmico do termo não denota geralmente um julgamento quanto à verdade ou falsidade. No estudo de folclore, um mito é uma narrativa sagrada que explica como o mundo e a humanidade vieram a ser da forma que é atualmente. Muitos estudiosos em outros campos usam o termo "mito" de forma um pouco diferente. Em um sentido muito amplo, a palavra pode se referir a qualquer história tradicional.

Os mitos são, geralmente, histórias baseadas em tradições e lendas feitas para explicar o universo, a criação do mundo, fenômenos naturais e qualquer outra coisa a que explicações simples não são atribuíveis. Mas nem todos os mitos têm esse propósito explicativo. Em comum, a maioria dos mitos envolvem uma força sobrenatural ou uma divindade, mas alguns são apenas lendas passadas oralmente de geração em geração.

Figuras mitológicas são proeminentes na maioria das religiões e a maior parte das mitologias estão atadas a pelo menos uma religião. Alguns usam a palavra mito e mitologia para desacreditar as histórias de uma ou mais religiões.


 ver · editar Artigos selecionados
Hades e Cérbero, numa antiga escultura.

Hades (em grego clássico: Άδης, transl. Hádēs), na mitologia grega, é o deus do Mundo Inferior e dos mortos. Equivalente ao deus romano Plutão, que significa o rico e que era também um dos seus epítetos gregos, seu nome era usado frequentemente para designar tanto o deus quanto o reino que governa, nos subterrâneos da Terra. Consta também ser chamado Serápis (deus de obscura origem egípcia).

É considerado um deus da "segunda geração" pelos estudiosos, oriundo que fora de Cronos (Saturno, na teogonia romana) e de Reia, formando com seus cinco irmãos os Crônidas: as mulheres Héstia, Deméter e Hera, e os homens Posidão e Zeus. Ele é também conhecido por ter raptado a deusa Perséfone (Koré ou Core), filha de Deméter, a quem teria sido fiel e com quem nunca teve filhos. A simbologia desta união põe em comunicação duas das principais forças e recursos naturais: a riqueza do subsolo que fornece os minerais, e faz brotar de seu âmago as sementes - vida e morte.

Hades costuma apresentar um papel secundário na mitologia, pois o fato de ser o governante do Mundo dos Mortos faz com que seu trabalho seja "dividido" entre outras divindades, tais como Tanatos, deus da morte, ou as Queres (Ker) - estas últimas retratadas na Ilíada recolhendo avidamente as almas dos guerreiros, enquanto Tanatos surge nos mitos da bondosa Alceste ou do astuto Sísifo. Como o senhor implacável e invencível da morte, é Hades o deus mais odiado pelos mortais, como registou Homero (Ilíada 9.158.159). (leia mais...)


 ver · editar Imagem selecionada
Bronze siva.png
O deus Shiva e a deusa Parvati, bronze da era Chola de 1100 d.C.


 ver · editar Categorias
 ver · editar Predefinições
 ver · editar Colabore!
Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com Mitologia na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.

Galeria de imagens


 ver · editar Portais relacionados
 ver · editar Wikimedia