Tata SIA Airlines Limited, operando como Vistara, é uma companhia aérea indiana de serviço completo, com sede em Gurgaon, com seu hub no Aeroporto Internacional Indira Gandhi. A transportadora, uma joint venture entre a Tata Sons e a Singapore Airlines, iniciou suas operações em 9 de janeiro de 2015 com seu voo inaugural entre Deli e Mumbai. A companhia aérea transportou mais de dois milhões de passageiros em junho de 2016 e,[1] em maio de 2019, a Vistara possuiu uma participação de 4,7% no mercado de transportadoras domésticas, tornando-se a 6ª maior companhia aérea doméstica.[2][3] A companhia aérea opera em 43 destinos com uma frota de aeronaves da família Airbus A320, Airbus A320neo, Boeing 787-9 e Boeing 737-800NG.[4][5][6]

Vistara
IATA UK
ICAO VTI
Indicativo de chamada VISTARA
Fundada em 2013
Principais centros
de operações
Programa de milhagem Club Vistara
Frota 51
Destinos 43
Acionistas
  • Tata Sons (51%)
Lucro Baixa US$ 259.05 milhão (2020)
Slogan "Fly the new feeling."
Sede Gurgaon, Índia
Pessoas importantes
Sítio oficial airvistara.com/

HistóriaEditar

 
Um Airbus A320neo da Vistara com pintura especial Retro, em abril de 2021.

A companhia aérea foi fundada em 2013 como uma joint venture entre o conglomerado indiano Tata Sons e a Singapore Airlines.[7][8][9][10][11] As duas empresas fizeram uma oferta em meados da década de 1990 para lançar uma transportadora de serviço completo na Índia que não teve sucesso, sendo negada a aprovação regulatória pelo governo indiano.[12] Com a Índia abrindo seu setor aéreo para 49% de investimento estrangeiro direto (IED) em 2012, a Tata e a SIA decidiram mais uma vez abrir uma empresa aérea JV na Índia.[13] A JV, Tata SIA Airlines Limited (TSAL), foi concebida como uma transportadora premium de serviço completo para atender às demandas deviajantes de negócios no mercado de aviação civil da Índia dominado por transportadoras de baixo custo. O Conselho de Promoção de Investimentos Estrangeiros da Índia aprovou a joint venture em outubro de 2013, permitindo que a SIA assumisse uma participação de 49% na companhia aérea.[14] As duas empresas-mãe se comprometeram inicialmente a investir US$ 100 milhões combinados como capital inicial, com a Tata Sons possuindo 51% e a Singapore Airlines os 49% restantes.[15] Isso foi parte da segunda grande incursão da Tata no setor de aviação, juntamente com uma participação minoritária na AirAsia India.[16] O primeiro empreendimento da empresa, a Tata Airlines, foi fundada na década de 1930 e mais tarde tornou-se a transportadora de bandeira, Air India após a nacionalização.[17]

A empresa revelou sua identidade de marca "Vistara" em 11 de agosto de 2014.[8] O nome foi retirado da palavra sânscrita vistāra, que significa "expansão ilimitada".[18][19] A Vistara recebeu o seu certificado de operador aéreo da Direcção-Geral da Aviação Civil em 15 de dezembro de 2014 e iniciou as suas operações em 9 de janeiro de 2015.[16][20][21] A Vistara tornou-se a primeira transportadora a operar serviços domésticos fora do novo Terminal 2 do Aeroporto Internacional de Chhatrapati Shivaji de Mumbai.[22] Em 24 de agosto de 2015, a Vistara inaugurou o Aviation Security Training Institute, um instituto interno para treinar sua tripulação de cabine e cabine, pessoal de segurança e outros relacionados à indústria da aviação. O instituto obteve as aprovações necessárias do órgão nodal Bureau of Civil Aviation Security.[21] Desde o primeiro mês de operação, a Vistara alcançou consistentemente recordes de desempenho de pontualidade muito altos de mais de 90%, o mais alto entre as operadoras domésticas da Índia.[23][24] Em 20 de agosto de 2015, a Vistara declarou que transportou meio milhão de passageiros em pouco mais de sete meses de operações.[25] Em fevereiro de 2016, a Vistara tinha uma participação de 2% no mercado de operadoras domésticas.[26] A Vistara recebeu recentemente a adesão da Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA),[27] juntando-se à associação de mais de 280 companhias aéreas em todo o mundo que representa, lidera e atende o setor aéreo. Com isso, a Vistara se torna uma das poucas companhias aéreas selecionadas na Índia a ter a adesão à IATA.

A Vistara anunciou em 11 de julho de 2019 que seu primeiro destino internacional seria Singapura. A companhia aérea iniciou seu primeiro serviço internacional de Deli para Singapura e Mumbai para Cingapura em 6 e 7 de agosto, respectivamente, usando o Boeing 737-800, que foi usado anteriormente pela Jet Airways.[28][29][30]

Em 29 de fevereiro de 2020, a companhia aérea recebeu seu primeiro Boeing 787-9 de fuselagem larga, tornando-se a primeira companhia aérea indiana a operar essa aeronave e ainda a receber mais cinco aeronaves desse tipo.[31] Em 28 de maio de 2020, a companhia aérea operou seu primeiro voo comercial no Boeing 787-9 Dreamliner na rota Delhi-Kolkata.[32] Em 28 de agosto do mesmo ano, a companhia aérea iniciou seu primeiro voo intercontinental entre Deli e Londres-Heathrow.[33]

FrotaEditar

 
Um Boeing 787-9 da Vistara em 2020.
 
Um Airbus A320-200 da Vistara em 2016.
 
Um Airbus A320neo da Vistara em fabricação, 2017.

A frota da Vistara é composta pelas seguintes aeronaves (Janeiro de 2022):[34]

Frota da Vistara
Aeronaves Total Ordens Passageiros[35] Notas
J S Y Total
Airbus A320-200 6 8 24 126 158
Airbus A320neo 34 19 8 24 126 158
180 180
Airbus A321neo 4 2[36] 12 24 152 188
Boeing 737-800 5 12 156 168 Ex-Jet Airways.[37]
Boeing 787-9 2[38] 5[39] 30 21 248 299
Total 51 26

A Vistara recebeu sua primeira aeronave em Nova Deli em 25 de setembro de 2014.[40] A companhia aérea recebeu a última de suas treze aeronaves Airbus A320 originais em outubro de 2016 e planeja receber suas sete aeronaves Airbus A320neo em meados de 2018.[41] Em março de 2015, Phee Teik Yeoh anunciou que a companhia aérea planejava adquirir um número não especificado de aeronaves de fuselagem estreita e de fuselagem larga para melhorar a rede doméstica e lançar voos internacionais dentro de dois anos.[42][43] A Vistara introduziu nove Boeing 737-800 da antiga Jet Airways para sua frota após o aterramento.[5] A Vistara devolveu dois desses aviões em janeiro de 2020 e os sete restantes sairão da frota entre 2022-23, pois estão em arrendamentos de longo prazo.[44] A Vistara tem um pedido permanente de seis aeronaves 787-9 com a Boeing, para entrega entre 2020 e 2021. O primeiro desses Dreamliners foi entregue em fevereiro de 2020 e o segundo em agosto de 2020.[38][45] A companhia aérea, que atualmente conta com 50 aviões, pretende ter 70 aviões até o final de 2023 depois de levar em consideração algumas aeronaves que serão devolvidas aos arrendadores.[46]

AcordosEditar

InterlineEditar

A Vistara tem acordos interline com as seguintes companhias aéreas:[47]

CodeshareEditar

A Vistara tem acordos codeshare com as seguintes companhias aéreas:

Assuntos corporativosEditar

 
Sanjiv Kapoor, o ex-diretor de estratégia e comercial da Vistara, em outubro de 2017.

Em 15 de abril de 2014,[56] Vistara escolheu Phee Teik Yeoh como diretor executivo (CEO) e Giam Ming Toh como diretor comercial (CCO), ambos da Singapore Airlines.[57]

Em março de 2015, a Vistara mudou para seu novo escritório na torre One Horizon Center no Setor 43, Gurgaon, uma cidade-satélite de Deli.[58][59] Inicialmente começou com um conselho de três membros composto por Swee Wah Mak, Mukund Rajan e Prasad Menon, com este último como presidente.[60][61] Em agosto de 2015, a companhia aérea expandiu o conselho introduzindo dois novos membros, Som Mittal e Sangeeta Pendurkar, juntamente com uma injeção de capital de 2 bilhões (US$ 26 milhões), parte de ₹ 5 bilhões (US$ 66) milhões) inicialmente planejado pela Tata e SIA em conjunto.[62][63] Em janeiro de 2016, Bhaskar Bhat, atual diretor administrativo da Titan, ingressou como novo presidente após a aposentadoria de Prasad Menon.[64][65][66] Em março de 2016, a Vistara nomeou Sanjiv Kapoor como seu diretor de estratégia e comercial como sucessor de Giam Ming Toh, que estava programado para sair em meados de abril de 2016 após a conclusão de sua delegação na Vistara.[67]

Em 16 de outubro de 2017, foi anunciado que Leslie Thng sucederia Yeoh Phee Teik como CEO da Vistara.[68] Yeoh retornou à Singapore Airlines para assumir um cargo de gerenciamento sênior como vice-presidente sênior interino de experiência do cliente.[69] Thng estava servindo como Diretor Comercial da Budget Aviation Holdings, uma subsidiária da Singapore Airlines, antes de sua nomeação em Vistara.[70] Antes disso, Thng foi o CEO da SilkAir, uma companhia aérea regional de serviço completo da Singapore Airlines.[71] Sanjiv Kapoor renunciou ao cargo de Diretor Comercial da Vistara, em 31 de dezembro de 2019, com Vinod Kannan, Diretor de Estratégia, assumindo as responsabilidades de Kapoor.[72]

Destaques Financeiros[73]
(1 Crore = 10 milhões) FY16 FY20
Total do Passivo Não Circulante ₹173.4 Crore INR ₹6809.02 Crore INR
Total do Passivo Circulante ₹206.99 Crore INR ₹2261.59 Crore INR
Resposabilidades totais ₹380.4 Crore INR ₹9070.62 Crore INR
Receita das operações ₹691.37 Crore INR ₹4738.45 Crore INR
Despesas totais ₹1115.46 Crore INR ₹6664.45Crore INR
Lucro total −₹400.9 Crore INR −₹1813.38 Crore INR

ServiçosEditar

CabineEditar

Classe executivaEditar

No Boeing 787-9 Dreamliner, a Vistara oferece 30 assentos Stelia em uma configuração 1-2-1.[74] Cada assento reclina em uma cama plana e é estofado em couro. Os assentos têm espaçamento de assento de 44 polegadas com comprimento de 76 polegadas quando em full flatbed. Os assentos também têm compartimentos de arrumação pessoais, saída AC e USB, monitor HD touchscreen de 18 polegadas, controle remoto para navegação no IFE e controle da iluminação ambiente.[75][76]

A Vistara tem 8 assentos na classe executiva, duas fileiras na configuração 2-2, em sua frota Airbus A320-200 de 158 lugares. Os assentos têm 20,12 polegadas (511 mm) de largura com 42 polegadas (1.100 mm) de distância entre os assentos.[77][78]

Economia PremiumEditar

A Vistara é a primeira companhia aérea da Índia a introduzir a classe Premium Economy no mercado doméstico.[79]

Atualmente, oferece 24 assentos econômicos premium, quatro fileiras na configuração 3-3, de um total de 158 assentos na aeronave Airbus A320-200 de corredor único em sua frota. Cada um com 18 polegadas (460 mm) de largura e um passo de 33–36 polegadas (840–910 mm).[77]

No Boeing 787-9 Dreamliner, tem 21 assentos Recaro em configuração 2-3-2. Os assentos são estofados em couro, com 38 polegadas de inclinação e 7 polegadas de reclinação. Esses assentos vêm com apoios de panturrilha ajustáveis ​​individualmente e apoios para os pés extensíveis, bem como apoios de cabeça ajustáveis ​​​​em seis direções. Os assentos também contam com tomada AC e USB, e um IFE com tela sensível ao toque HD de 13 polegadas.[75][74]

EconomiaEditar

No Boeing 787-9 Dreamliner, a Vistara tem 248 assentos, fabricados pela Recaro. Eles estão em uma configuração 3-3-3, com 31 polegadas de inclinação do assento, bem como 5 polegadas de reclinação. Esses assentos também têm uma tela de entretenimento pessoal HD de 12 polegadas, apoio de cabeça ajustável em seis direções e tomadas USB.[80][74]

Entretenimento em vooEditar

O Vistara World é o sistema de entretenimento de bordo Wi-Fi sem fio da companhia aérea que os viajantes podem acessar em seus dispositivos portáteis pessoais. A Vistara selecionou uma solução IFE sem fio da Bluebox Aviation Systems para habilitar este serviço.[81] O Vistara World oferece uma exibição de mapa em movimento ao vivo que permite rastrear sua aeronave enquanto ela voa.[82]

RefeiçõesEditar

 
Refeição em uma aeronave da Vistara, em 2016.

A comida a bordo é fornecida pela TajSATS Air Catering, outra joint venture entre a Tata e uma empresa de Singapura, liderada pelo Chef Arun Batra, ex-chefe executivo do grupo Taj Hotels.[83] Também oferece refeições especiais mediante solicitação 24 horas antes da partida.[84][85]

LoungeEditar

Em 29 de março de 2016, a Vistara inaugurou o serviço de lounge premium para seus passageiros da classe executiva e membros do Club Vistara Platinum & Gold no nível de embarque do Terminal 3 do Aeroporto Internacional Indira Gandhi em Deli. A sala está espalhada por 250 metros quadrados no lado aéreo e pode acomodar 75 pessoas por vez.[86]

A partir de 1 de abril de 2020, a Vistara descontinuou seu Flagship Lounge no Terminal 3 do Aeroporto Internacional Indira Gandhi em Deli. Vistara agora oferece acesso ao lounge para seus hóspedes elegíveis no Plaza Premium Lounge no Mezanino do Terminal 3 do Aeroporto de Deli.[87]

Programa de fidelidadeEditar

A Vistara usa o Club Vistara como seu programa de passageiro frequente;[88] funciona como um programa baseado em valor e atribui pontos com base no dinheiro gasto em passagens, em vez de milhas percorridas pelos passageiros.[89] Em 29 de janeiro de 2015, a Vistara anunciou um acordo de parceria com a Singapore Airlines que permitiria aos membros do Club Vistara ganhar e resgatar milhas com o programa KrisFlyer em voos da Singapore Airlines e SilkAir.[90]

AcidentesEditar

Desde abril de 2022, a Vistara nunca sofreu um acidente com fatalidade.

IncidentesEditar

  • 5 de maio de 2016: um Airbus A320-200 prefixo VT-TTI, operando o Voo Vistara 709, enquanto estava descendo em direção a Bubanesvar cerca de 40nm fora do aeródromo quando um pássaro colidiu com o nariz da aeronave.[91] Todos os 57 ocupantes a bordo, entre passageiros e tripulantes, sobreviveram.
  • 7 de fevereiro de 2018: um Airbus A320-200N prefixo VT-SCV, operando o Voo Vistara 997, quase colidiu com o Voo Air India 631, enquanto estava a apenas 100 pés de distância da outra aeronave. Todos os 261 ocupantes a bordo em ambas aeronaves, entre passageiros e tripulantes, sobreviveram.[92]
  • 30 de março de 2018: um Airbus A320-200N prefixo VT-TNH, operando o Voo Vistara 996, estava na subida inicial para fora da pista 23 de Ahmedabad quando a tripulação parou a subida a 3.000 pés para desligar o motor direito. A aeronave retornou a Ahmedabad para um pouso seguro na pista 23 cerca de 20 minutos após a partida. Todos os 115 ocupantes a bordo, entre passageiros e tripulantes, sobreviveram.[93]
  • 25 de fevereiro de 2019: um Airbus A320-200 prefixo VT-TTF, operando o Voo Vistara 733, sofreu um defeito técnico no motor direito durante a descida. Os pilotos realizaram os procedimentos de segurança e procederam a pousar no aeroporto internacional de Kolkata.[94] Todos os 121 ocupantes a bordo, entre passageiros e tripulantes, sobreviveram.[95]
  • 25 de fevereiro de 2019: um Airbus A320-200N prefixo VT-TNB, operando o Voo Vistara 870, decolou às 21h12. Poucos minutos depois, a aeronave desenvolveu um problema e retornou a Haiderabade para pousar com segurança às 21h51min.[96] Todos os 130 ocupantes a bordo, entre passageiros e tripulantes, sobreviveram.[97]
  • 15 de julho de 2019: um Airbus A320-200N prefixo VT-TNH, operando o Voo Vistara 944, estava se aproximando da pista 29 do aeroporto de Deli, a uma altura de 250 pés, o piloto em comando decidiu desviar para Lucnau devido ao "aumento percebido nos ventos de cauda além das limitações da aeronave", quando a aeronave chegou a Lucnau, a visibilidade havia diminuído devido à presença de uma tempestade sobre o campo. A primeira tentativa de pouso na pista 27 resultou em uma arremetida às 12h46min. O voo seguiu para Prayagraje, cerca de 170 km a sudeste. A caminho de Prayagraje, o ATC de Lucnau informou à tripulação que o tempo em Lucnau havia melhorado significativamente, após o que a tripulação decidiu retornar a Lucnau. A aeronave deu meia-volta às 13h05min e seguiu para um pouso seguro às 13h17min.[98] Quando a aeronave pousou em Lucnau, a aeronave tinha apenas 260 quilogramas de combustível.[99]
  • 23 de janeiro de 2021: um Airbus A320-200N prefixo VT-TNW, operando o Voo Vistara 717, foi atingida por um pássaro ao pousar no aeroporto de Patná. A aeronave, que apresentou uma falha técnica, atrasou mais de seis horas no retorno. Todos os passageiros de partida para Bangalore ficaram retidos no aeroporto por causa do atraso. Todos os 151 ocupantes a bordo, entre passageiros e tripulantes, sobreviveram.[100]
  • 7 de junho de 2021: um Boeing 737-800 prefixo VT-TGE, operando o Voo Vistara 775, partiu de Bombaim às 13h48min e enfrentou uma forte turbulência 15 minutos antes do pouso e chegou a Calcutá às 16h28min. Dos 123 ocupantes a bordo, entre passageiros e tripulantes, oito ficaram feridos.[101]
  • 14 de dezembro de 2021: um Airbus A320-200 prefixo VT-TTK, operando o Voo Vistara 641, colidiu com um pássaro enquanto estava na rota Deli-Lucnau. Todos os 148 ocupantes a bordo, entre passageiros e tripulantes, sobreviveram.[102]
  • 17 de fevereiro de 2022: um Airbus A320-200N prefixo VT-TNI, operando o Voo Vistara 697, fez um pouso de emergência no Aeroporto Internacional Indira Gandhi logo após a decolagem devido a um problema técnicos por volta de 9h45min.[103] Todos os ocupantes a bordo, entre passageiros e tripulantes, sobreviveram.[104]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Krishnamachari, S. V. (17 de junho de 2016). «Vistara looking at strategic partnerships to expand business». www.ibtimes.co.in (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  2. Kundu, Rhik (18 de junho de 2019). «India's domestic air traffic grows 3% in May after registering a fall in April». mint (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  3. «Wayback Machine» (PDF). web.archive.org. Consultado em 12 de abril de 2022 
  4. «Destinations». www.airvistara.com. Consultado em 12 de abril de 2022 
  5. a b «We are delighted to announce that our first commercial Boeing 737-800NG flight will fly this evening, Delhi-Amritsar-Delhi, UK695/694. Here's to loads more in the coming days and weeks!». Twitter. Consultado em 12 de abril de 2022 
  6. «Bookings Open for Vistara's Boeing 787-9 Dreamliner on Delhi-Mumbai Route». News18 (em inglês). 18 de março de 2020. Consultado em 12 de abril de 2022 
  7. «Vistara - ch-aviation.com». web.archive.org. 23 de setembro de 2015. Consultado em 12 de abril de 2022 
  8. a b «Tata Sons-Singapore Airlines 'Vistara' set for October launch - Times of India». The Times of India (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  9. Mishra, Mihir; Chowdhury, Anirban. «Vistara takes to the skies, operates first flight from Delhi to Mumbai». The Economic Times. Consultado em 12 de abril de 2022 
  10. sundarajan, Priya. «Vistara carries one million passengers». www.thehindubusinessline.com (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  11. «Singapore Airlines - News Releases». web.archive.org. 14 de julho de 2014. Consultado em 12 de abril de 2022 
  12. Gupta, Surajeet Das (9 de janeiro de 2015). «Two decades in the departure lounge». Business Standard India. Consultado em 12 de abril de 2022 
  13. «Singapore Airlines-Tata joint venture proposal would be a big boost for SIA - and AirAsia?». CAPA - Centre for Aviation (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  14. Migration (24 de outubro de 2013). «SIA, Tata proposal gets green light from India's foreign investment board | The Straits Times». www.straitstimes.com (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  15. Migration (19 de setembro de 2013). «SIA partners Tata group to set up new airline in India | The Straits Times». www.straitstimes.com (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  16. a b Phadnis, Aneesh (9 de janeiro de 2015). «With Vistara, a Tata airline is reborn». Business Standard India. Consultado em 12 de abril de 2022 
  17. Pioneer, The. «Tata forays into sky with Vistara». The Pioneer (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  18. «Tata SIA christens its airline, Vistara - Tata Sons - Tata group». web.archive.org. 13 de janeiro de 2015. Consultado em 13 de abril de 2022 
  19. «Sanskrit - Asien.net» (em alemão). Consultado em 13 de abril de 2022 
  20. reporter, B. S. (16 de dezembro de 2014). «Vistara gets air operator permit, to take off in Jan». Business Standard India. Consultado em 13 de abril de 2022 
  21. a b «Business News Today: Read Latest Business news, India Business News Live, Share Market & Economy News». The Economic Times (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  22. «Vistara to operate out of Mumbai International Airport's new T2 terminal - The Economic Times». web.archive.org. 27 de agosto de 2016. Consultado em 13 de abril de 2022 
  23. «We are still a crawling infant, wait for us to get up and run, says Vistara | Latest News & Updates at Daily News & Analysis». web.archive.org. 20 de agosto de 2015. Consultado em 13 de abril de 2022 
  24. PTI. «Vistara's OTP stands at 89 per cent in 1st month of operation». New Delhi. The Hindu (em inglês). 25 de fevereiro de 2015. ISSN 0971-751X. Consultado em 13 de abril de 2022 
  25. «Vistara reaches 500,000 pax milestone | CAPA». centreforaviation.com. Consultado em 13 de abril de 2022 
  26. IANS (7 de abril de 2016). «India's domestic passenger demand up 25 percent: IATA». Business Standard India. Consultado em 13 de abril de 2022 
  27. PTI (28 de abril de 2018). «Vistara joins global airlines' body IATA ahead of international operations». www.thehindubusinessline.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  28. «India's Vistara to launch international flights, starting with Singapore in August». CNA (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  29. Chowdhury, Anirban. «Vistara to launch international operations to Singapore from August». The Economic Times. Consultado em 13 de abril de 2022 
  30. «Vistara makes international debut, on an aircraft used by Jet Airways». Moneycontrol (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  31. «Vistara takes delivery of India's first Dreamliner plane with lie-flat business class seats». India Today (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  32. Agencies, BS Web Team & (28 de maio de 2020). «Vistara runs its first Dreamliner commercial flight from Delhi to Kolkata». Business Standard India. Consultado em 13 de abril de 2022 
  33. «Vistara Airlines: A Tata Group airline, Vistara, lands in London after almost 7 decades | India Business News - Times of India». The Times of India (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  34. «Airline In Focus: Vistara». Routes (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  35. «Vistara Seat Map Details and Aircraft Information | Seating Plan». www.airvistara.com. Consultado em 12 de abril de 2022 
  36. «India's Vistara to add maiden A321neo in 2020». ch-aviation (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  37. Kundu, Rhik (16 de dezembro de 2021). «Vistara hopes to add 4 Dreamliners next year». mint (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  38. a b «Vistara Takes Delivery Of Its Second Boeing 787 Dreamliner». Simple Flying (em inglês). 15 de agosto de 2020. Consultado em 12 de abril de 2022 
  39. «Vistara orders Boeing, Airbus jets worth $3.1 billion in growth plan». Reuters (em inglês). 11 de julho de 2018. Consultado em 12 de abril de 2022 
  40. India, Press Trust of (25 de setembro de 2014). «Vistara takes delivery of first Airbus A-320 aircraft in Delhi». Business Standard India. Consultado em 12 de abril de 2022 
  41. «Vistara airlines completes induction of Airbus A320 planes». The Indian Express (em inglês). 10 de outubro de 2016. Consultado em 12 de abril de 2022 
  42. «Vistara plans to add international routes, expand fleet - The Economic Times». web.archive.org. 3 de abril de 2015. Consultado em 12 de abril de 2022 
  43. «20-aircraft target by 2018 is just the tip of the iceberg: Phee Teik Yeoh, Vistara CEO | The Financial Express». web.archive.org. 24 de setembro de 2015. Consultado em 12 de abril de 2022 
  44. «Vistara starts phasing out 9 Boeing 737 planes». Business Today (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  45. «Covid-19 crisis: Vistara in talks with Boeing to defer deliveries of 787-900 Dreamliner planes». Financialexpress (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  46. «Vistara plans to increase staff strength to 5,000 employees this year». Business Traveller (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  47. «Interline Patners». web.archive.org. 3 de novembro de 2016. Consultado em 12 de abril de 2022 
  48. «American Airlines | Interline Partners | Vistara». www.airvistara.com. Consultado em 12 de abril de 2022 
  49. «British Airways may expand its interline agreement with Vistara». The Economic Times. Consultado em 12 de abril de 2022 
  50. «QATAR AIRWAYS' NEW INTERLINE PARTNERSHIP TAKES OFF WITH VISTARA». web.archive.org. 25 de agosto de 2017. Consultado em 12 de abril de 2022 
  51. Sanjai, P. R. (22 de dezembro de 2014). «Vistara signs inter-line agreement with Singapore Airlines, SilkAir». mint (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  52. «British Airways to codeshare with Indian domestic carrier Vistara | Airlines content from ATWOnline». web.archive.org. 14 de setembro de 2018. Consultado em 12 de abril de 2022 
  53. «Vistara signs codeshare agreement with Lufthansa - Times of India». The Times of India (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2022 
  54. «Singapore Airlines And SilkAir To Codeshare On Vistara Flights». web.archive.org. 16 de março de 2017. Consultado em 12 de abril de 2022 
  55. «United Airlines and Vistara Establish Codeshare Agreement - United Hub». web.archive.org. 22 de junho de 2019. Consultado em 12 de abril de 2022 
  56. «Phee Teik Yeoh - Associated Companies Information». web.archive.org. 1 de outubro de 2016. Consultado em 13 de abril de 2022 
  57. «Vistara poaches key men from IndiGo, JetLite - Hindustan Times». web.archive.org. 4 de janeiro de 2015. Consultado em 13 de abril de 2022 
  58. «Few takers for office space in metro cities | The Financial Express». web.archive.org. 15 de abril de 2015. Consultado em 13 de abril de 2022 
  59. «How Vistara is chasing a small market with big ambitions - Business Today». web.archive.org. 3 de abril de 2015. Consultado em 13 de abril de 2022 
  60. Special Correspondent. «Vistara spreads wings; to add Goa, Hyderabad flights by March». New Delhi. The Hindu (em inglês). 23 de janeiro de 2015. ISSN 0971-751X. Consultado em 13 de abril de 2022 
  61. Khosla, Varuni. «'People first' :Vistara's top executives spending time with employees on the ground & tackling issues». The Economic Times. Consultado em 13 de abril de 2022 
  62. Phadnis, Aneesh (7 de setembro de 2015). «Tata Sons, SIA infuse Rs 500 cr in Vistara». Business Standard India. Consultado em 13 de abril de 2022 
  63. «Tata Group, Singapore Airlines boost Vistara's coffers». ch-aviation (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  64. «https://web.archive.org/web/20161117110607/http://www.titan.co.in/control/viewContentHot?contentId=boardodirector&nodeTrailCsv=boardodirector». web.archive.org. Consultado em 13 de abril de 2022  Ligação externa em |titulo= (ajuda)
  65. «Bhaskar Bhat named Vistara chairman - Livemint». web.archive.org. 17 de janeiro de 2016. Consultado em 13 de abril de 2022 
  66. «Bhaskar Bhat joins Vistara as chairman | Business Standard News». web.archive.org. 2 de março de 2016. Consultado em 13 de abril de 2022 
  67. Chowdhury, Anirban. «Former SpiceJet COO Sanjiv Kapoor joins Vistara as commercial and strategy chief». The Economic Times. Consultado em 13 de abril de 2022 
  68. «Leslie Thng joins Vistara as chief executive officer - Tata SIA Airlines - Tata group». web.archive.org. 1 de fevereiro de 2018. Consultado em 13 de abril de 2022 
  69. Mishra, Mihir. «Vistara CEO Phee Teik Yeoh likely to join SIA as product & customer service head». The Economic Times. Consultado em 13 de abril de 2022 
  70. «Top level shuffle in the SIA group | Marketing Interactive». web.archive.org. 1 de fevereiro de 2018. Consultado em 13 de abril de 2022 
  71. «SilkAir names new CEO | CAPA». centreforaviation.com. Consultado em 13 de abril de 2022 
  72. Mishra, Mihir. «Sanjiv Kapoor resigns as Vistara Chief Commercial Officer». The Economic Times. Consultado em 13 de abril de 2022 
  73. Gandhi, Forum. «Vistara's losses have zoomed over the last 5 years». www.thehindubusinessline.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  74. a b c «A Look Inside Vistara's Stunning New Boeing 787 Dreamliner». Simple Flying (em inglês). 2 de março de 2020. Consultado em 13 de abril de 2022 
  75. a b «Vistara Dreamliner Launch». www.airvistara.com. Consultado em 13 de abril de 2022 
  76. «Boeing 787-9 Dreamliner Seating Details | Vistara». www.airvistara.com. Consultado em 13 de abril de 2022 
  77. a b Mishra, Mihir. «Vistara reduces seats in premium class cabins». The Economic Times. Consultado em 13 de abril de 2022 
  78. «Inflight review: Vistara Business Class: Airbus A320: Hyderabad – New Delhi». Bangalore Aviation (em inglês). 25 de março de 2015. Consultado em 13 de abril de 2022 
  79. Gupta, Surajeet Das (23 de dezembro de 2014). «Vistara takes the premium economy way». Business Standard India. Consultado em 13 de abril de 2022 
  80. Schlappig, Ben; Published: March 2, 2020; Updated: October 27, 2021; 22 (2 de março de 2020). «Revealed: Details Of Vistara's New 787-9». One Mile at a Time (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  81. «Bluebox Wow to Fly Indian Skies with Vistara | Bluebox» (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  82. «Business News Today: Read Latest Business News, Live India Share Market News, Finance & Economy News». mint (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  83. «Economy, Inflation, Micro Economy, Macro Economy, Government, Policy». www.thehindubusinessline.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  84. «Vistara Experience - On-Board & On-Ground - Personalised Seamless Service». www.airvistara.com. Consultado em 13 de abril de 2022 
  85. Gupta, Madhur (22 de agosto de 2015). «Flying and feasting». The Hindu (em inglês). ISSN 0971-751X. Consultado em 13 de abril de 2022 
  86. IANS (29 de março de 2016). «Vistara unveils signature lounge at IGI airport». Business Standard India. Consultado em 13 de abril de 2022 
  87. «Vistara closes down Lounge at Delhi Airport Terminal 3». Live from a Lounge (em inglês). 8 de abril de 2020. Consultado em 13 de abril de 2022 
  88. «Discover Club Vistara». www.airvistara.com. Consultado em 13 de abril de 2022 
  89. «Full-service airlines Vistara, Jet Airways, Air India go full tilt at loyalty programmes | The Financial Express». web.archive.org. 9 de março de 2015. Consultado em 13 de abril de 2022 
  90. «Vistara launches loyalty scheme with Singapore Airline's KrisFlyer programme». DNA India (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  91. Desk, India com News (5 de maio de 2016). «Vistara flight UK 709 from Delhi to Bhubaneswar suffers bird hit, all passengers safe». India.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  92. Joshi, Mitali. «Air India, Vistara aircraft were seconds from collision over Mumbai». Condé Nast Traveller India (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  93. «Vistara A20N at Ahmedabad on Mar 30th 2018, engine shut down in flight». www.aeroinside.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  94. «Vistara Aircraft Grounded In Kolkata After Mid-Air Engine Issue». NDTV.com. Consultado em 13 de abril de 2022 
  95. «Vistara A320 at Kolkata on Feb 25th 2019, engine shut down in flight». www.aeroinside.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  96. «Two Vistara flights faced snags on Monday, both landed safely - Times of India». The Times of India (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  97. «Vistara A20N at Hyderabad on Feb 25th 2019, engine shut down in flight». www.aeroinside.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  98. Ranter, Harro. «Incident Airbus A320-251N VT-TNH, 15 Jul 2019». aviation-safety.net. Consultado em 13 de abril de 2022 
  99. «'Mayday' call incident: DGCA allows both Vistara pilots to resume duties». The Economic Times. Consultado em 13 de abril de 2022 
  100. «Vistara flight bird hit before landing in Patna, all passengers safe». Hindustan Times (em inglês). 23 de janeiro de 2021. Consultado em 13 de abril de 2022 
  101. «Severe turbulence hits Mumbai-Kolkata Vistara flight, 8 injured». The Indian Express (em inglês). 8 de junho de 2021. Consultado em 13 de abril de 2022 
  102. «A bird collided with a plane coming from Delhi to Lucknow, damage to the cockpit, pilot's understanding saved the lives of 148 passengers » Jsnewstimes». Jsnewstimes (em inglês). 15 de dezembro de 2021. Consultado em 13 de abril de 2022 
  103. Service, Tribune News. «Amritsar-bound Vistara plane makes emergency landing at Delhi airport; DGCA probing incident». Tribuneindia News Service (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2022 
  104. Ranter, Harro. «Incident Airbus A320-251N VT-TNI, 17 Feb 2022». aviation-safety.net. Consultado em 13 de abril de 2022 

Ligações externasEditar

  Media relacionados com Vistara no Wikimedia Commons