William Bonner

jornalista e apresentador brasileiro

William Bonemer Junior, mais conhecido como William Bonner (São Paulo, 16 de novembro de 1963[1]), é um jornalista, publicitário e apresentador de telejornais brasileiro. É editor-chefe e apresentador do Jornal Nacional, da TV Globo.[2]

William Bonner
William Bonner em agosto de 2018
Nome completo William Bonemer Junior
Nascimento 16 de novembro de 1963 (57 anos)
São Paulo, SP
Residência Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileiro
Estatura 1,85 m
Parentesco Hugo Bonemer (primo)
Cônjuge Fátima Bernardes (c. 1990; div. 2016)
Natasha Dantas (c. 2018)
Filho(a)(s) 3
Alma mater Universidade de São Paulo
Ocupação publicitário
jornalista
apresentador de telejornais
Período de atividade 1983—presente
Prêmios Lista
Empregador(a) Rede Globo

BiografiaEditar

William Bonner nasceu em São Paulo no dia 16 de novembro de 1963.[a] Morou em Tatuapé até os 7 anos, quando se mudou para Higienópolis. Em 1989, mudou-se para o Rio de Janeiro.[3]

Em 1982 prestou vestibular para Comunicação na Fundação Armando Alvares Penteado[4] e Comunicação Social com ênfase em Publicidade e Propaganda para a Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).[5] Aprovado nos dois cursos, optou pelo curso da USP[6] e formou-se em em 1990.[7] Iniciou a carreira profissional em 1983, como redator publicitário. No ano seguinte, na Rádio USP FM, tornou-se locutor e apresentou o programa "Trilha Sonora" até 1986.[8][9] Em 1985 começou a trabalhar na TV Bandeirantes SP, como locutor e apresentador. Em junho de 1986, convidado pela TV Globo de São Paulo, transferiu-se para a emissora, onde passou a acumular a função de apresentador com a de editor de uma edição do telejornal local, SPTV.[10] Em 1988, tornou-se também apresentador do Fantástico.[11] No ano seguinte, transferiu-se para o Rio de Janeiro. Apresentou o Jornal da Globo entre 1989 e 1993, em São Paulo, ao lado de Fátima Bernardes,[12] o Jornal Hoje, do qual foi editor-chefe entre 1994 e 1996.[1] Desde abril de 1996, apresenta o Jornal Nacional. Em 1999, Bonner também virou editor-chefe do JN.[13]

Em setembro de 2009, William lançou o livro Jornal Nacional: Modo de Fazer, lançado em homenagem aos 40 anos do JN, em que ele mostra os bastidores da preparação das edições do telejornal. Apesar de assinado apenas por ele, o livro também traz Fátima Bernardes na capa, junto com Bonner. O apresentador doou todos os seus direitos de autor à Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP).[14][15][16] Pouco tempo depois do lançamento do livro, Bonner começou a participar da rede de microblogs Twitter, onde passou a ser acompanhado por milhões de pessoas.[17] Em 3 de março de 2010, o apresentador ganhou o Shorty Award na categoria jornalismo. Considerado o Oscar do Twitter, o prêmio é concedido aos melhores perfis de usuários, celebridades, atores, ativistas e organizações que habitam o universo do microblog.[18][19] Bonner anunciou, em 30 de abril de 2010, seu afastamento do Twitter, alegando precisar de mais tempo para cuidar da saúde e de obrigações profissionais, já que se tratava de um ano de Copa do Mundo e eleições.[20]

Foi premiado no programa Domingão do Faustão no Melhores do Ano 2009 e no Melhores do Ano 2013, com o prêmio de Melhor Jornalista.[21][22] Do mesmo programa, recebeu também o Troféu Mário Lago, em 2014, pelo conjunto da obra.[23][24]

Vida pessoalEditar

Seus pais eram o médico William Bonemer, falecido em 2016, e Maria Luisa, falecida em abril de 2019,[25][26][27][28] ambos filhos de imigrantes libaneses. Seu sobrenome translitera-se da língua árabe como Bou Nemr.[29]

Casou-se com a também jornalista Fátima Bernardes em 1990, com quem teve os trigêmeos Vinícius, Laura e Beatriz em 21 de outubro de 1997. O fim da relação com Fátima foi anunciado em 29 de agosto de 2016.[30][31][32] Desde setembro de 2018 é casado com a fisioterapeuta Natasha Dantas.[33][34]

TrabalhosEditar

Telejornais
Ano Programa Funções Emissora
1986-1989 SPTV Âncora,
Editor-chefe,
Repórter
Rede Globo
1988-1990 Fantástico
1989-1993 Jornal da Globo
1993-1996 Jornal Hoje
1996-atual Jornal Nacional
Livro
Lançamento Título Nota
2009 Jornal Nacional - Modo de Fazer Jornalismo

PrêmiosEditar

 
Bonner e Renata Vasconcellos entrevistam a então candidata a presidência Marina Silva em agosto de 2018.

Prêmio Unesco 2003

  • Categoria: Jornalismo

Melhores do Ano 2009

Shorty Awards 2010

  • Categoria: Jornalismo[35]

Jornal Nacional venceu o Emmy Internacional 2011

  • Categoria: Notícia[36]

Melhores do Ano 2013

Troféu Mario Lago de 2014

  • Pelo conjunto da obra

Troféu Imprensa 2015

  • Melhor Apresentador de Telejornal de 2014

Troféu Internet - Melhor Apresentador de Telejornal

Notas

  1. O resumo do Google e o artigo na Wikipédia mostravam erroneamente que Bonner havia nascido em Ribeirão Preto. Em suas redes sociais, Bonner disse que essa informação era falsa, pedindo que o local de nascimento fosse alterado para São Paulo.[3] A informação foi corrigida na Wikipédia, enquanto o resumo do Google demorou um tempo adicional para fazer a mudança.

Referências

  1. a b «Wililam Bonner». Memória Globo. 1996. Consultado em 22 de maio de 2021 
  2. «Ficha técnica – Jornal Nacional – Memória». Consultado em 28 de maio de 2021 
  3. a b «William Bonner pede pela correção de seu local de nascimento na Wikipédia». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 24 de maio de 2021 
  4. FOVEST 82- Folha do Vestibular (15 de janeiro de 1982). «A Lista da área de humanas da FAAP- Comunicação-Noturno». Folha de S.Paulo, ano 61, edição 19280, Seção Educação, página 23. Consultado em 23 de maio de 2021 
  5. Objetivo-Fuvest (27 de janeiro de 1982). «Saiu a Lista». O Estado de S. Paulo, página 36. Consultado em 23 de maio de 2021 
  6. «Personalidades que estudaram na USP:Meios de comunicação». Universidade de São Paulo. 15 de outubro de 2011. Consultado em 23 de maio de 2021 
  7. «Wlliam Bonner». Globo Livros. 2009. Consultado em 22 de maio de 2021 
  8. «Cultura indígena e a vanguarda musical, atrações da Rádio USP». Folha de S.Paulo, ano 65, edição 20541, Seção Ilustrada, página 49. 29 de junho de 1985 
  9. «William Bonner». Portal dos Jornalistas. 30 de maio de 2017. Consultado em 23 de maio de 2021 
  10. «Nove fatos sobre a trajetória de William Bonner». Brasil Online. 16 de novembro de 2018. Consultado em 22 de maio de 2021 
  11. de Castro, Thell (5 de abril de 2015). «Em 1988, reforma deixou Fantástico com cara de Jornal Nacional». UOL. Consultado em 22 de maio de 2021 
  12. «A história do casal William Bonner e Fátima Bernardes». Veja. 29 de agosto de 2016. Consultado em 22 de maio de 2021 
  13. «William Bonner é apresentador e editor-chefe do 'Jornal Nacional'». Purepepole. 2020. Consultado em 22 de maio de 2021 
  14. «Confira o lançamento do livro 'Jornal Nacional - Modo de Fazer'». Globoplay. 3 de setembro de 2009. Consultado em 25 de maio de 2021 
  15. «William Bonner e Fátima Bernardes vão a lançamento de livro sobre o Jornal Nacional». UOL. 3 de setembro de 2009. Consultado em 22 de maio de 2021 
  16. «William Bonner na ECA». Agência USP de Notícias. 3 de novembro de 2009. Consultado em 23 de maio de 2021 
  17. Calazans, Rodrigo (30 de abril de 2010). «William Bonner deixa o Twitter para cuidar da saúde e do trabalho». O Globo. Consultado em 22 de maio de 2021 
  18. «Em 2010, o apresentador ganhou o Shorty Awards, na categoria jornalismo. Considerado o Oscar do Twitter, o prêmio é concedido aos melhores perfis de usuário». Purepeople. 2010. Consultado em 22 de maio de 2021 
  19. «William Bonner e Ivete Sangalo faturam 'Oscar' do Twitter». G1. 4 de março de 2010. Consultado em 25 de maio de 2021 
  20. «William Bonner se despede do Twitter». Caras. 30 de abril de 2010. Consultado em 22 de maio de 2021 
  21. «Faustão anuncia: William Bonner é o vencedor na categoria Jornalismo». Gshow. 16 de março de 2014. Consultado em 22 de maio de 2021 
  22. «Melhor jornalista – William Bonner». Gshow. 28 de março de 2010. Consultado em 22 de maio de 2021 
  23. «William Bonner recebe troféu Mário Lago, do Domingão do Faustão». Jovem Pan. 22 de dezembro de 2014. Consultado em 22 de maio de 2021 
  24. «Filha de Mário Lago se diz "enojada" com premiação de Bonner no Faustão». UOL. 23 de dezembro de 2014. Consultado em 22 de maio de 2021 
  25. Guilherme Machado (30 de abril de 2019). «Morre Maria Luiza Bonemer, mãe de William Bonner». UOL. Consultado em 25 de maio de 2021 
  26. «Mãe de William Bonner recebe alta e ele agradece pelas preces». Caras. 5 de abril de 2012. Consultado em 23 de setembro de 2016 
  27. Naiara Sobral (12 de outubro de 2015). «William Bonner festeja primeiro vestibular dos filhos e fãs brincam: 'Pai babão'». Pure People. Consultado em 23 de setembro de 2016 
  28. Aguiar, Aurora (29 de novembro de 2016). «Morre o pai do jornalista William Bonner». Entretenimento - R7. Consultado em 19 de março de 2020 
  29. L'Orient-Le Jour. «William Bonner, vedette du journal télévisé au Brésil et fier de sa libanité». 2014-01-04. Consultado em 12 de maio de 2020 
  30. «Bonner e Fátima Bernardes anunciam fim do casamento de 26 anos». Ego. 29 de agosto de 2016. Consultado em 29 de agosto de 2016 
  31. «Do início ao fim: casamento de William Bonner e Fátima Bernardes contado em fotos». Extra Online. 29 de agosto de 2016. Consultado em 24 de maio de 2021 
  32. «Saiba tudo o que há por trás da separação de William Bonner e Fátima Bernardes». R7.com. 4 de setembro de 2016. Consultado em 24 de maio de 2021 
  33. «William Bonner troca carinhos com a namorada em passeio no Rio». QUEM. 13 de novembro de 2017. Consultado em 25 de maio de 2021 
  34. «William Bonner aparece com namorada e internautas não perdoam». Folha UOL. 13 de novembro de 2017. Consultado em 25 de maio de 2021 
  35. Guiame (5 de março de 2010). «William Bonner e Ivete Sangalo recebem "prêmio" no twitter». Guiame. Consultado em 24 de maio de 2021 
  36. «F5 - Televisão - "Jornal Nacional" é premiado no Emmy Internacional - 27/09/2011». F5. 27 de setembro de 2011. Consultado em 24 de maio de 2021 


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Citações no Wikiquote
  Categoria no Commons

Ligações externasEditar

Precedido por
Sérgio Chapelin
Apresentação do Fantástico
1988 - 1990
Sucedido por
Dóris Giesse
Precedido por
Eliakim Araújo
Apresentação do Jornal da Globo
1989 - 1992
Sucedido por
Lilian Witte Fibe
Precedido por
Augusto Xavier
Apresentação do Jornal Hoje
1993 - 1996
Sucedido por
Cristina Ranzolin
Precedido por
Cid Moreira
Apresentação do Jornal Nacional
1996atualmente
Sucedido por