Abrir menu principal

William Bonner

Apresentador do Jornal Nacional
(Redirecionado de Willian Bonner)
William Bonner
Nome completo William Bonemer Junior
Nascimento 16 de novembro de 1963 (55 anos)
Ribeirão Preto, SP
Ocupação publicitário
jornalista
apresentador de televisão
Cônjuge(s) Fátima Bernardes (c. 1990; d 2016)
Nacionalidade brasileiro
Atividade 1985—presente
Trabalhos notáveis Jornal da Globo
Jornal Nacional
(Rede Globo)

William Bonner, nome artístico de William Bonemer Junior (Ribeirão Preto, 16 de novembro de 1963), é um jornalista, publicitário, apresentador de telejornais e escritor brasileiro. É editor-chefe e apresentador do Jornal Nacional, da Rede Globo.

Biografia

Nascido em Ribeirão Preto, interior do estado de São Paulo, formou-se em Comunicação Social com ênfase em Publicidade e Propaganda pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) em 1990, com o trabalho Agência da Casa - O Espelho de Vênus.[1] Iniciou a carreira profissional em 1983, como redator publicitário. No ano seguinte, na Rádio USP FM, tornou-se locutor. Em 1985 começou a trabalhar na TV Bandeirantes SP, como locutor e apresentador. Em junho de 1986, convidado pela TV Globo de São Paulo, transferiu-se para a emissora, onde passou a acumular a função de apresentador com a de editor de uma edição do telejornal local, SPTV. Em 1988, tornou-se também apresentador do Fantástico. No ano seguinte, transferiu-se para o Rio de Janeiro. Apresentou o Jornal da Globo entre 1989 e 1993, em SP, ao lado de Fátima Bernardes, o Jornal Hoje (de que foi editor-chefe entre 1994 e 1996) e, desde abril de 1996, o Jornal Nacional, jornal que apresenta até hoje, e onde, a partir de 1998 dividiria novamente bancada com sua então esposa Fátima Bernardes. Em 1999, Bonner também virou editor-chefe do JN.[2]

Em setembro de 2009, William lançou o livro Jornal Nacional: Modo de Fazer, lançado em homenagem aos 40 anos do JN, em que ele mostra os bastidores da preparação das edições do telejornal. Apesar de assinado apenas por ele, o livro também traz Fátima Bernardes na capa, junto com Bonner. O apresentador doou todos os seus direitos de autor à Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP).[3] Pouco tempo depois do lançamento do livro, Bonner começou a participar da rede de microblogs Twitter, onde passou a ser acompanhado por milhões de pessoas. Em 3 de março de 2010, o apresentador ganhou o Shorty Awards, na categoria jornalismo. Considerado o Oscar do Twitter, o prêmio é concedido aos melhores perfis de usuários, celebridades, atores, ativistas e organizações que habitam o universo do microblog.[4] Bonner anunciou em 30 de abril de 2010 seu afastamento do Twitter, alegando precisar de mais tempo para cuidar da saúde e de obrigações profissionais, já que se trata de um ano de Copa do Mundo e eleições.[5]

Foi premiado no programa Domingão do Faustão no Melhores do Ano 2009 e no Melhores do Ano 2013, com o prêmio de Melhor Jornalista. Do mesmo programa, recebeu também o Troféu Mario Lago de 2014 pelo conjunto da obra.

Vida pessoal

Bonner é filho de Maria Luiza Bonemer, morta em abril de 2019,[6] e do médico William Bonemer.[7][8]

Casou-se com a também jornalista Fátima Bernardes em 1990, com quem teve os trigêmeos Vinícius, Laura e Beatriz em 21 de outubro de 1997. O fim da relação com Fátima foi anunciado em 29 de agosto de 2016.[9][10][11] Desde setembro de 2018 é casado com a fisioterapeuta Natasha Dantas.[12][13][14]

Trabalhos

Telejornais
Ano Programa Funções Emissora
1986-1989 SPTV Âncora,
Editor-chefe,
Repórter
Rede Globo
1988-1990 Fantástico
1989-1993 Jornal da Globo
1993-1996 Jornal Hoje
1996-atual Jornal Nacional
Livro
Lançamento Título Nota
2009 Jornal Nacional - Modo de Fazer Jornalismo

Prêmios

 
Bonner entrevista a então presidente Dilma Rousseff, 2011 (foto: Roberto Stuckert Filho/Flickr

Prêmio Unesco 2003

  • Categoria: Jornalismo. [15]

Melhores do Ano 2009

Shorty Awards 2010

  • Categoria: Jornalismo. [16]

Jornal Nacional venceu o Emmy Internacional 2011

  • Categoria: Notícia. [17]

Melhores do Ano 2013

Troféu Mario Lago de 2014

  • Troféu Mario Lago por conjunto da obra

Troféu Imprensa 2015

  • Melhor Apresentador de Telejornal de 2014

Referências

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Citações no Wikiquote
  Categoria no Commons

Ligações externas

Precedido por
Sérgio Chapelin
Apresentação do Fantástico
1988 - 1990
Sucedido por
Dóris Giesse
Precedido por
Eliakim Araújo
Apresentação do Jornal da Globo
1989 - 1992
Sucedido por
Lilian Witte Fibe
Precedido por
Augusto Xavier
Apresentação do Jornal Hoje
1993 - 1996
Sucedido por
Cristina Ranzolin
Precedido por
Cid Moreira
Apresentação do Jornal Nacional
1996atualmente
Sucedido por