Deutschland (cruzador)

Deutschland
German cruiser Deutschland in 1935.jpg
Carreira República de Weimar  Alemanha
Operador Reichsmarine (1933–35)
Kriegsmarine (1935–45)
Fabricante Deutsche Werke, Kiel
Homônimo Alemanha
Ludwig Adolf Wilhelm von Lützow
Batimento de quilha 5 de fevereiro de 1929
Lançamento 19 de maio de 1931
Comissionamento 1º de abril de 1933
Estado Naufragado
Fatalidade Afundado como navio alvo
em 22 de julho de 1947
Outro(s) nome(s) Lützow (1940–47)
Características gerais
Tipo de navio Cruzador pesado
Classe Deutschland
Deslocamento 14 290 t
Maquinário 8 motores a diesel
Comprimento 186 m
Boca 21,34 m
Calado 7,25 m
Propulsão 2 hélices
- 52 050 hp (38 800 kW)
Velocidade 28,3 nós (52,4 km/h)
Autonomia 10 000 milhas náuticas a 20 nós
(19 000 km a 37 km/h)
Armamento 6 canhões de 280 mm
8 canhões de 150 mm
8 tubos de torpedo de 533 mm
Blindagem Cinturão: 80 mm
Torres de artilharia: 140 mm
Convés: 45 mm
Aeronaves 2 hidroaviões Arado Ar 196
Tripulação 1070

O Deutschland foi um navio cruzador pesado operado pela Kriegsmarine durante a Segunda Guerra Mundial. Foi a primeira embarcação da Classe Deutschland, seguido pelo Admiral Scheer e Admiral Graf Spee. Sua construção começou na Deutsche Werke em Kiel em fevereiro de 1929 e foi lançado ao mar em maio de 1931, sendo comissionado na frota alemã em abril de 1933. O Deutschland e seus irmãos foram projetados para serem mais poderosos do que qualquer outro cruzador capaz de ser rápido o bastante para alcançá-los. O navio era armado com seis canhões de 280 milímetros montados em duas torres de artilharia triplas e tinha um deslocamento de mais de catorze mil toneladas.

O navio teve uma carreira bem ativa, participando de patrulhas não-intervencionistas na Guerra Civil Espanhola, durante o qual foi atacado por bombardeiros republicados. O Deutschland foi colocado para atacar embarcações mercantes no Oceano Atlântico, porém o clima ruim atrapalhou seus esforços e ele afundou ou capturou apenas alguns navios antes de retornar para a Alemanha. Foi renomeado para Lützow em janeiro de 1940 e participou em abril da Operação Weserübung, a invasão da Noruega. O cruzador foi muito danificado na Batalha do Estreito de Drøbak e precisou volta para casa a fim de passar por reparos. No caminho foi torpedeado por um submarino britânico e seriamente avariado.

Os reparos terminaram em março de 1941 e o Lützow voltou para a Noruega a fim de juntar-se a forças contra comboios mercantes para a União Soviética. Ele encalhou em 1942 e precisou novamente retornar para a Alemanha para passar por concertos. Sua missão seguinte foi na Batalha do Mar de Barents, que terminou em fracasso. Problemas de motor culminaram em uma reforma completa no final de 1943, depois do qual o navio permaneceu no Mar Báltico. Foi afundado pela Força Aérea Real em abril de 1945 na Polônia. O Lützow foi capturado pelas forças soviéticas, levantado da água em 1947 e depois afundado no Báltico perto de Świnoujście como navio alvo em testes de armamentos.

Referências

Ligações externasEditar

  Media relacionados com Deutschland no Wikimedia Commons

  Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.