Giorgio Chiellini

futebolista italiano

Giorgio Chiellini (Pisa, 14 de agosto de 1984) é um futebolista italiano que atua como zagueiro ou lateral-esquerdo. Atualmente, está sem clube pois ainda não renovou com a Juventus. Chiellini também é mestre em administração de empresas pela Universidade de Turim.[2]

Giorgio Chiellini
Giorgio Chiellini
Chiellini em 2021 com a seleção italiana.
Informações pessoais
Nome completo Giorgio Chiellini
Data de nasc. 14 de agosto de 1984 (36 anos)
Local de nasc. Pisa, Itália
Nacionalidade Italiano
Altura 1,87 m[1]
Canhoto
Informações profissionais
Posição Zagueiro ou lateral-esquerdo
Clubes de juventude
1990–2000 Livorno
Clubes profissionais
Anos Clubes
2000–2004
2004–2005
2005–2021
Livorno
Fiorentina
Juventus
Seleção nacional
1995
1999–2001
2001
2002
2001–2003
2004
2003–2007
2005–
Itália Sub-15
Itália Sub-16
Itália Sub-17
Itália Sub-18
Itália Sub-19
Itália Sub-21
Itália Olímpica
Itália
Medalhas
Jogos Olímpicos
Bronze Atenas 2004 Futebol

ClubesEditar

Fã de Kobe Bryant,[3] Chiellini preferia acompanhar basquete quando começou sua carreira no futebol aos treze anos, no Livorno. Como lateral-esquerdo, passou dois anos no time antes de assinar contrato com a Juventus em 2004, mas na mesma hora fez acordo com a Fiorentina, que comprou metade de seu passe, onde jogou a temporada 2004–05.

A Juventus o contratou em definitivo no início da temporada 2005–06. Passou a atuar como zagueiro pelo treinador Didier Deschamps.

Seleção nacionalEditar

Estreou pela Seleção Italiana principal em 8 de março de 2005 em partida amistosa contra a Sérvia e Montenegro. Durante a partida contra a Uruguai pelo Grupo D da Copa do Mundo de 2014 sofreu uma mordida de Luis Suárez. O árbitro da partida Marco Rodríguez não viu o lance e não relatou na súmula. No entanto, com base nas imagens da partida, a FIFA suspendeu Suárez por quatro meses.[4] Chiellini opinou que a punição foi excessiva e confessou que exagerou na reação a mordida.[5]Em 13 de novembro de 2017, após empate com a Suécia, deixando a Itália fora da Copa de 2018, anunciou sua aposentadoria da seleção.[6] Em agosto 2020 ele é convocado novamente para a seleção, depois de mais de um ano de ausência. Chiellini foi um dos 26 convocados pelo técnico Roberto Mancini para a disputa da Eurocopa 2020.

SeleçãoEditar

Data Local Adversário Placar Resultado Competição
Gols marcados pela seleção
1. 21 de novembro de 2007 Modena, Itália   Ilhas Faroé 3–0 3–1 Elim. Euro 2008
2. 18 de novembro de 2009 Cesena, Itália   Suécia 1–0 1–0 Amistoso
3. 22 de junho de 2013 Salvador, Brasil   Brasil 2–3 2–4 Copa das Confederações de 2013
4. 10 de setembro de 2013 Turim, Itália   Tchéquia 1–1 2–1 Elim. Copa do Mundo 2014
5. 10 de outubro de 2014 Palermo, Itália   Azerbaijão 1–0 2–1 Elim. Euro 2016
6. 2–0 2–1
7. 27 de junho de 2016 Paris, França   Espanha 1–0 2–0 Eurocopa de 2016
8. 6 de outubro de 2017 Turim, Itália   Macedônia do Norte 1–0 1–1 Elim. Copa do Mundo 2018

TítulosEditar

Juventus
Seleção Italiana

Prêmios individuaisEditar

Referências

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Giorgio Chiellini