Grande Prêmio da Itália de 2009

13ª etapa do Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2009

Resultados do Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1 realizado em Monza em 13 de setembro de 2009.[2] Décima terceira etapa do campeonato, foi vencido pelo brasileiro Rubens Barrichello, que subiu ao pódio junto a Jenson Button numa dobradinha da Brawn-Mercedes, com Kimi Räikkönen em terceiro pela Ferrari.[3][nota 2]

Grande Prêmio da Itália
de Fórmula 1 de 2009
Monza track map.svg
74º GP da Itália realizado em Monza
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 13 de setembro de 2009
Nome oficial LXXX Gran Premio Santander d'Italia[1][nota 1]
Local Autódromo Nacional de Monza, Monza, Monza e Brianza, Lombardia, Itália
Percurso 5.793 km
Total 53 voltas / 307.029 km
Condições do tempo Ensolarado
Pole
Piloto
Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes
Tempo 1:24.066
Volta mais rápida
Piloto
Alemanha Adrian Sutil Force India-Mercedes
Tempo 1:24.739 (na volta 36)
Pódio
Primeiro
Brasil Rubens Barrichello Brawn-Mercedes
Segundo
Reino Unido Jenson Button Brawn-Mercedes
Terceiro
Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari

ResumoEditar

Classificação da provaEditar

Carros com KERS estão marcados com "‡"

Treinos classificatóriosEditar

Pos. Piloto Equipe Q1 Q2 Q3 Grid Notas
1 1‡   Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1:23.375 1:22.973 1:24.066 1
2 20   Adrian Sutil Force India-Mercedes 1:23.576 1:23.070 1:24.261 2
3 4‡   Kimi Räikkönen Ferrari 1:23.349 1:23.426 1:24.523 3
4 2‡   Heikki Kovalainen McLaren-Mercedes 1:23.515 1:23.528 1:24.845 4
5 23   Rubens Barrichello Brawn-Mercedes 1:23.483 1:22.976 1:25.015 5
6 22   Jenson Button Brawn-Mercedes 1:23.403 1:22.955 1:25.030 6
7 21   Vitantonio Liuzzi Force India-Mercedes 1:23.578 1:23.207 1:25.043 7
8 7‡   Fernando Alonso Renault 1:23.708 1:23.497 1:25.072 8
9 15   Sebastian Vettel Red Bull-Renault 1:23.558 1:23.545 1:25.180 9
10 14   Mark Webber Red Bull-Renault 1:23.755 1:23.273 1:25.314 10
11 9   Jarno Trulli Toyota 1:24.014 1:23.611 11
12 8‡   Romain Grosjean Renault 1:23.975 1:23.728 12
13 5   Robert Kubica BMW Sauber 1:24.001 1:23.866 13
14 3‡   Giancarlo Fisichella Ferrari 1:23.828 1:23.901 14
15 6   Nick Heidfeld BMW Sauber 1:23.584 1:24.275 15
16 10   Timo Glock Toyota 1:24.036 16
17 17   Kazuki Nakajima Williams-Toyota 1:24.074 17
18 16   Nico Rosberg Williams-Toyota 1:24.121 18
19 12   Sébastien Buemi Toro Rosso-Ferrari 1:24.220 19
20 11   Jaime Alguersuari Toro Rosso-Ferrari 1:24.951 20 [nota 3]
Fonte:[4]

CorridaEditar

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 23   Rubens Barrichello Brawn-Mercedes 53 1:16:21.706 5 10
2 22   Jenson Button Brawn-Mercedes 53 + 2.866 6 8
3 4‡   Kimi Räikkönen Ferrari 53 + 30.664 3 6
4 20   Adrian Sutil Force India-Mercedes 53 + 31.131 2 5
5 7‡   Fernando Alonso Renault 53 + 59.182 8 4
6 2‡   Heikki Kovalainen McLaren-Mercedes 53 + 1:00.693 4 3
7 6   Nick Heidfeld BMW Sauber 53 + 1:22.412 15 2
8 15   Sebastian Vettel Red Bull-Renault 53 + 1:25.407 9 1
9 3‡   Giancarlo Fisichella Ferrari 53 + 1:26.856 14
10 17   Kazuki Nakajima Williams-Toyota 53 + 2:42.163 17
11 10   Timo Glock Toyota 53 + 2:43.925 16
12 1‡   Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 52 Acidente 1 [nota 4]
13 12   Sébastien Buemi Toro Rosso-Ferrari 52 Seguiu o safety car 19 [nota 5]
14 9   Jarno Trulli Toyota 52 + 1 volta 11
15 8‡   Romain Grosjean Renault 52 + 1 volta 12
16 16   Nico Rosberg Williams-Toyota 51 + 2 voltas 18
Ret 21   Vitantonio Liuzzi Force India-Mercedes 22 Transmissão 7
Ret 11   Jaime Alguersuari Toro Rosso-Ferrari 19 Câmbio 20 [nota 3]
Ret 5   Robert Kubica BMW Sauber 15 Vazamento de óleo 13
Ret 14   Mark Webber Red Bull-Renault 0 Colisão 10
Fonte:[2]

Tabela do campeonato após a corridaEditar

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas.

Notas

  1. Em 1950 seria realizado o vigésimo "Grande Prêmio da Itália", mas o mesmo foi erroneamente creditado como o vigésimo primeiro e por esta razão a numeração oficial do evento contém uma prova a mais que as efetivamente realizadas.
  2. Voltas na liderança: Lewis Hamilton 20 voltas (1-15; 30-34), Kimi Räikkönen 7 voltas (16-19; 35-37), Rubens Barrichello 26 voltas (20-29; 38-53).
  3. a b Jaime Alguersuari foi punido em cinco posições no grid por trocar a caixa de câmbio antes da qualificação, mas no fim das contas isso não afetou sua posição, já que ele se classificou em 20º lugar, a última posição disponível. Além disso, o espanhol trocou outras peças de seu carro após a qualificação, motivo pelo qual largou do pit lane.
  4. Embora Lewis Hamilton tenha abandonado a corrida na volta final, ele figura entre os classificados por ter percorrido 90% da distância cumprida pelo vencedor.
  5. Sébastien Buemi seguiu o safety car até o pit lane na última volta e por isso não terminou oficialmente a corrida, mas percorreu 90% da distância relativa ao vencedor, por isso situa-se entre os classificados.

Referências

  1. a b c «2009 Italian GP – championships (em inglês) no Chicane F1». Consultado em 12 de setembro de 2021 
  2. a b «Formula 1™ Gran Premio Santander d'Italia 2009 - race result» (em inglês). Consultado em 29 de fevereiro de 2020 
  3. Fred Sabino (13 de setembro de 2019). «Há dez anos, Rubens Barrichello conquistou a 101ª e última vitória do Brasil na Fórmula 1». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 12 de setembro de 2021 
  4. «Formula 1™ Gran Premio Santander d'Italia 2009 - qualifying» (em inglês). Consultado em 29 de fevereiro de 2020 

Precedido por
Grande Prêmio da Bélgica de 2009
Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 2009
Sucedido por
Grande Prêmio de Singapura de 2009
Precedido por
Grande Prêmio da Itália de 2008
Grande Prêmio da Itália
79ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio da Itália de 2010