Abrir menu principal

Mário Celso de Abreu

futebolista brasileiro

Mário Celso de Abreu[4], mais conhecido como Marão e, às vezes, como Celso Marão[5] (Belo Horizonte, 8 de maio de 1923[nota 1] — Belo Horizonte, 28 de setembro de 2013), foi um ex-treinador e ex-futebolista brasileiro.

Marão
Informações pessoais
Nome completo Mário Celso de Abreu
Data de nasc. 8 de maio de 1923
Local de nasc. Belo Horizonte (MG),  Brasil
Falecido em 28 de setembro de 2013 (90 anos)
Local da morte Belo Horizonte (MG),  Brasil
Informações profissionais
Posição Treinador
(ex-Futebolista)
Times/Equipas que treinou
Década de 1960
1963
1963
1963–1964
1964
1965
1968
Década de 1970
1973
1977
1978
1981
1985
1987





Minas Gerais Seleção Mineira
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Renascença-MG
Brasil Cruzeiro
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Brasil Olímpico
Brasil Sport
Brasil Náutico
Brasil Paysandu
Brasil Ferroviária
Brasil Noroeste[1]
Brasil Marília[2]
Brasil Democrata-SL[3]
Brasil América Mineiro
Brasil Sete de Setembro-MG
Brasil Usipa-MG
Brasil Valeriodoce
Brasil Villa Nova
Brasil Portuguesa





43 (22V 13E 8D)













CarreiraEditar

Como jogadorEditar

Marão começou sua carreira como jogador, mas teve que interrompê-la ao receber um diagnóstico de problemas cardíacos. A partir daí, formou-se em Educação Física, e fez cursos para ser técnico e também árbitro[nota 2].

Como treinadorEditar

Futebol mineiro

Os clubes nos quais Marão mais se destacou em sua carreira como técnico foram o Atlético Mineiro e o Cruzeiro, sendo que, na Raposa, ficou famoso por lançar a campo o "Trio de Ouro" cruzeirense, formado por Wilson Piazza, Tostão e Dirceu Lopes[6].

Seleção brasileira olímpica

No fim da década de 1960, Marão teve a oportunidade de comandar a Seleção Brasileira Olímpica nos Jogos Olímpicos de Verão de 1968, realizados no México. Entretanto, o treinador não obteve sucesso no torneio mexicano: perdeu por 1 a 0 para a Espanha e apenas empatou por 1 a 1 e 3 a 3, com Japão e Nigéria, respectivamente, sendo eliminado ainda na fase de grupos da competição, após terminar em um modesto terceiro lugar no Grupo B. A base da seleção tinha nomes promissores como Miguel, Dutra, Fernando Ferretti e Cláudio Deodato[7].

Outros clubes

Marão ainda chegou a treinar outros clubes brasileiros, com certo destaque para América Mineiro e Sport.

TítulosEditar

MorteEditar

Marão, que residia no bairro Floresta, na Região Leste da capital mineira, morreu na tarde do dia 28 de setembro de 2013, num sábado, em decorrência de causas naturais[9][10].

Notas

  1. Algumas fontes da Internet afirmam que Marão teria nascido no ano de 1925, e não em 1923, como consta nesse artigo.
  2. Não foi encontrada nenhuma fonte relativa ao período ou ao(s) clube(es) em que Marão jogou.

Referências

  1. http://books.google.com.br/books?id=ELWo2iBKSAUC&pg=PA76&lpg=PA76&dq=mar%C3%A3o+am%C3%A9rica&source=bl&ots=90WaRFQzMQ&sig=5sJ10WtMh5OiTDLI4eOEo_L5Q8o&hl=pt-BR&sa=X&ei=gyNxVJueOIiYNt-9gcAG&ved=0CCsQ6AEwBg
  2. http://books.google.com.br/books?id=5bsekkBuF7IC&pg=PA80&lpg=PA80&dq=mar%C3%A3o+treinador+mar%C3%ADlia&source=bl&ots=D4Zrwfm_-Z&sig=Aya8OPAgeYgS42xeNd_XzI0ofb8&hl=pt-BR&sa=X&ei=7CtxVLjHBMWZNvOugIAF&ved=0CCUQ6AEwBA
  3. http://books.google.com.br/books?id=vD6kAb5WQNYC&pg=PA56&lpg=PA56&dq=mar%C3%A3o+am%C3%A9rica&source=bl&ots=MIsze1jGtL&sig=vOgD9ynGftaX0fte7-5lu1MwgxY&hl=pt-BR&sa=X&ei=gyNxVJueOIiYNt-9gcAG&ved=0CC8Q6AEwCA
  4. TUFANO SILVA, Thiago. «Que Fim Levou? Marão». TerceiroTempo.com. Consultado em 21 de dezembro de 2013 
  5. «Nos anos 70 e 80, o clássico da Amazônia foi disputado em Paramaribo, onde as duas equipes duelam hoje.». ORM.com. Consultado em 21 de dezembro de 2013 
  6. SILVEIRA, Stefanie (6 de outubro de 2013). «Mário Celso de Abreu (1923-2013) - Técnico, descobriu o 'trio de ouro' do Cruzeiro». Folha.UOL.com. Consultado em 21 de dezembro de 2013 
  7. «Olympic Football Tournament 1968 — National Squads» (em inglês). LinguaSport.com. Consultado em 21 de dezembro de 2013 
  8. «Ficha dos Jogos - Seleção de Minas Gerais 2 x 1 Seleção da Guanabara». Lance!Net.com. Consultado em 21 de dezembro de 2013 
  9. Redação SuperEsportes (28 de setembro de 2013). «Morre o ex-técnico Marão, personagem do futebol mineiro nas décadas de 50 e 60». SuperEsportes.com. Consultado em 21 de dezembro de 2013 
  10. Agência Futebol Interior (28 de setembro de 2013). «Luto! Morre lendário treinador mineiro que dirigiu Seleção Brasileira». FutebolInterior.com. Consultado em 21 de dezembro de 2013 

Ligações externasEditar

  • Mário Celso de Abreu "MARÃO" (em português). OCantoDoGalo.com. Página visitada em 21 de dezembro de 2013.
Precedido por
Martim Francisco
Técnico do Cruzeiro
1963–1964
Sucedido por
Ayrton Moreira
Precedido por
João Avelino
Técnico do Náutico
1973
Sucedido por
Schiller Diniz
Precedido por
Floreal Garro
Técnico da Ferroviária
1978
Sucedido por
Sérgio Clérice