Abrir menu principal

Penacova

município e vila de Portugal
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Penacova (desambiguação).

Penacova é uma vila portuguesa do distrito de Coimbra, situada na província da Beira Litoral, região do Centro (Região das Beiras) e sub-região Região de Coimbra, com cerca de 3 200 habitantes. Teve Foral concedido por D. Sancho I, aos 30 de Agosto de 1192[1].

Penacova
Brasão de Penacova Bandeira de Penacova

Penacova 4.jpg
Largo Dr. Alberto Leitão com destaque para a Igreja de Nª Srª da Assunção (ao fundo)
Localização de Penacova
Gentílico penacovense
Área 216,73 km²
População 15 251 hab. (2011)
Densidade populacional 70,4  hab./km²
N.º de freguesias 8
Presidente da
câmara municipal
Humberto Oliveira (PS)
Fundação do município
(ou foral)
1192
Região (NUTS II) Centro (Região das Beiras)
Sub-região (NUTS III) Região de Coimbra
Distrito Coimbra
Província Beira Litoral
Orago Nossa Senhora da Assunção
Feriado municipal 17 de Julho (Nascimento de António José de Almeida)
Código postal 3360 Penacova
Sítio oficial www.cm-penacova.pt
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

É sede de um município com 216,73 km² de área[2] e 15 251 habitantes (2011),[3][4] subdividido em 8 freguesias.[5] O município é limitado a norte pelos municípios de Mortágua e Santa Comba Dão (Viseu), a leste por Tábua, a sueste por Arganil, a sul por Vila Nova de Poiares, a oeste por Coimbra e a noroeste pela Mealhada (Aveiro). O concelho conta com três localidades com estatuto de vila: Penacova, Lorvão e São Pedro de Alva.

Penacova pertence ao bispado e distrito administrativo de Coimbra. Penacovense é o nome atribuído aos habitantes de Penacova e tem como feriado municipal o 17 de Julho, dia do nascimento do Presidente da República, António José de Almeida. A sua padroeira é Nossa Senhora da Assunção. Penacova também é conhecida como a Capital da Lampreia.

PopulaçãoEditar

Número de habitantes [6]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
14 966 16 755 17 825 18 253 18 094 17 645 16 964 19 340 19 926 18 704 17 172 17 351 16 748 16 725 15 251

(Obs.: Número de habitantes "residentes", ou seja, que tinham a residência oficial neste concelho à data em que os censos se realizaram.)

Número de habitantes por Grupo Etário [7]
1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
0-14 Anos 5 426 5 632 5 490 5 694 6 128 5 839 5 459 4 510 4 371 3 177 2 304 1 874
15-24 Anos 2 938 2 969 2 798 3 101 3 090 3 292 2 989 2 625 2 782 2 560 2 363 1 443
25-64 Anos 7 045 7 541 7 577 7 737 8 127 8 255 8 265 7 330 7 782 8 077 8 668 8 197
= ou > 65 Anos 1 275 1 552 1 473 1 511 1 649 1 898 1 991 2 080 2 416 2 934 3 390 3 737
> Id. desconh 0 7 10 24 32

(Obs: De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no concelho à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente)

FreguesiasEditar

PolíticaEditar

Eleições autárquicasEditar

Data % V % V % V % V
PS PPD/PSD CDS-PP PSD-CDS
1976 32,95 3 32,12 3 20,61 1
1979 32,15 2 45,28 4 10,81 1
1982 37,46 3 32,49 3 19,13 1
1985 34,87 3 38,76 3 15,46 1
1989 40,93 3 45,74 4 3,65 -
1993 38,13 3 42,90 3 10,81 1
1997 39,01 3 50,17 4 3,21 -
2001 33,63 3 53,69 4 2,26 -
2005 28,02 2 56,17 5 1,92 -
2009 50,97 4 39,45 3 1,83 -
2013 51,56 4 CDS-PP PPD/PSD 37,32 3
2017 54,75 4 35,74 3 1,44 -

Eleições legislativasEditar

Data %
PSD PS CDS PCP UDP AD APU/CDU FRS PRD PSN B.E. PAN PàF
1976 38,02 32,53 11,66 4,58 0,69
1979 AD 29,74 AD APU 0,71 53,97 7,54
1980 FRS 0,41 56,58 6,95 29,22
1983 39,44 39,46 10,03 0,40 6,27
1985 43,51 27,00 7,88 0,57 6,60 8,44
1987 58,66 25,15 4,61 CDU 0,20 4,03 1,33
1991 61,15 28,42 3,15 2,43 0,40 0,79
1995 44,81 42,93 5,70 0,42 2,46 0,18
1999 43,42 43,69 5,26 3,97 0,78
2002 48,21 38,20 5,56 4,15 1,12
2005 38,25 44,44 5,23 4,38 3,01
2009 35,06 42,69 6,88 4,71 5,07
2011 45,79 31,60 6,88 4,96 2,78 0,67
2015 PàF 34,61 PàF 5,59 5,49 0,46 45,86

ParóquiasEditar

EconomiaEditar

O principal recurso do sector primário é a floresta, pela sua amplitude, dimensão e pelas áreas que ocupa, uma vez que 70% do concelho de Penacova é floresta. Na agricultura existe a produção no concelho de frutos vermelhos, kiwis, cogumelos, entre outros. A empresa Água das Caldas de Penacova é hoje uma das principais empresas de Penacova e que valoriza um recurso endógeno local.[8]

Locais a visitarEditar

EquipamentosEditar

  • Antiga Escola Primária, no Largo D. Amélia, junto ao Tribunal
  • Tribunal

GastronomiaEditar

A lampreia é o produto chave da gastronomia de Penacova, atraindo muitas pessoas ao concelho. Outros pratos famosos são o arroz de míscaros e o serrabulho. Além dos doces, salientam-se as Nevadas de Penacova e os Pastéis de Lorvão, à base de ovos e miolo de amêndoa. No Alto Concelho são tradicionais a chanfana e o arroz de fressura, ambos de ovelha. [9]

Personalidades célebresEditar

EscolasEditar

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PENACOVA

  • Escola Básica 2,3 e Secundária de Penacova
  • Escola Básica 1, 2, 3 de S. Pedro de Alva
  • Escola Básica de Penacova
  • Escola Básica de Aveleira
  • Escola Básica de S. Mamede
  • Escola Básica de Figueira de Lorvão
  • Escola Básica de Lorvão
  • Escola Básica de Roxo
  • Escola Básica de Seixo

GeminaçõesEditar

Referências

  1. Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Corpo Cronológico, Parte II, mç. 1, n.º 6 - Ref: PT/TT/CC/2/1/6
  2. Instituto Geográfico Português (2013). «Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2013». Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013. Direção-Geral do Território. Consultado em 28 de novembro de 2013. Arquivado do original (XLS-ZIP) em 9 de dezembro de 2013 
  3. INE (2012). Censos 2011 Resultados Definitivos – Região Centro. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística. p. 99. ISBN 978-989-25-0184-0. ISSN 0872-6493. Consultado em 27 de julho de 2013 
  4. INE (2012). «Quadros de apuramento por freguesia» (XLSX-ZIP). Censos 2011 (resultados definitivos). Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_CENTRO". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 27 de julho de 2013 
  5. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  6. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  7. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros
  8. Gazeta Rural n.º 260 (1 de Dezembro de 2015), pág. 20.
  9. Gazeta Rural n.º 260 (1 de Dezembro de 2015), pág. 20.
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Penacova

Ligações externasEditar