Abrir menu principal

Quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Verão de 2008

O quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Verão de 2008 é uma lista que classifica os Comitês Olímpicos Nacionais de acordo com o número de medalhas conquistadas nos Jogos realizados em Pequim, na China. 302 finais foram disputadas em 28 esportes.

Jogos Olímpicos
de Verão de 2008
COI • COC • BOCOG

Alguns países conquistaram sua primeira medalha olímpica nesses Jogos: o Afeganistão foi bronze no taekwondo, na categoria até 58 quilos masculino com Rohullah Nikpai (que venceu na repescagem o espanhol Juan Antonio Ramos, campeão mundial),[1] as Ilhas Maurício, bronze no peso galo do boxe com Bruno Julie,[2] o Sudão, prata no atletismo na prova 800 m masculino com Ismail Ahmed Ismail,[3] o Tajiquistão, prata na luta livre categoria até 84 kg masculino com Yusup Abdusalomov e bronze no judô categoria até 73 kg masculino com Rasul Boqiev,[4] o Togo, bronze na prova K-1 da canoagem slalom com Benjamin Boukpeti[5] e Samoa, prata no levantamento de peso categoria acima de 75kg feminino com Ele Opeloge.[6] Mongólia, com Naidangiin Tüvshinbayar no judô[7] e Enkhbatyn Badar-Uugan no boxe[8] e Panamá, com Irving Saladino na prova salto em distância masculino,[9] conquistaram sua primeira medalha de ouro.[10] Rashid Ramzi, do Bahrein, que havia sido o campeão dos 1500 metros do atletismo, conquistando assim a primeira medalha do seu país nos Jogos,[11] teve seu resultado anulado em 17 de novembro de 2009 após a confirmação do uso de doping.[12][13]

Índice

O quadroEditar

 
Michael Phelps (ao centro) conquistou oito medalhas de ouro nos Jogos.
 
A britânica Christine Ohuruogu, campeã olímpica dos 400 m feminino.
 
Equipe alemã, campeã do adestramento por equipes do hipismo.
 
Maarten van der Weijden se recuperou de uma leucemia e venceu os 10 km masculino da natação.[14]
 
Usain Bolt conquistou três medalhas de ouro com três quebras de recordes mundiais no atletismo.[15]
 
Ketleyn Quadros se tornou a primeira mulher brasileira a conquistar uma medalha olímpica em esporte individual ao ficar com o bronze na categoria até 57 kg do judô.[16]
 
A seleção argentina foi campeã do futebol masculino.
 
Benjamin Boukpeti conquistou a primeira medalha do Togo em Jogos Olímpicos.

O quadro de medalhas está classificado de acordo com o número de medalhas de ouro, estando as medalhas de prata e bronze como critérios de desempate em caso de países com o mesmo número de ouros. O Comitê Olímpico Internacional não reconhece a existência de um quadro de medalhas, alegando que isso cria uma competição entre os países, o que não é o objetivo dos Jogos.[17]

No boxe, no judô, no taekwondo e nas lutas são concedidas duas medalhas de bronze. Além disso, três eventos terminaram com empate: nos 100 m feminino do atletismo, duas atletas ficaram com a prata e nenhuma com o bronze. Nos 100 m costas masculino e nos 100 m livre masculino da natação o empate ocorreu no terceiro lugar, e duas medalhas de bronze foram concedidas.

87 países conquistaram medalhas.

     País sede destacado.
 Ordem  País        
1  CHN China 48 22 30 100
2  USA Estados Unidos 36 39 37 112
3  RUS Rússia 24 13 23 60
4  GBR Grã-Bretanha 19 13 19 51
5  GER Alemanha 16 11 14 41
6  AUS Austrália 14 15 17 46
7  KOR Coreia do Sul 13 11 8 32
8  JPN Japão 9 8 8 25
9  ITA Itália 8 9 10 27
10  FRA França 7 16 20 43
11  NED Países Baixos 7 5 4 16
12  UKR Ucrânia 7 4 11 22
13  KEN Quênia 6 4 6 16
14  ESP Espanha 5 11 3 19
15  JAM Jamaica 5 4 2 11
16  POL Polônia 4 5 2 11
17  ETH Etiópia 4 2 1 7
18  ROU Romênia 4 1 4 9
19  CUB Cuba 3 10 17 30
20  CAN Canadá 3 9 8 20
21  HUN Hungria 3 5 2 10
22  NOR Noruega 3 5 1 9
23  BRA Brasil 3 4 10 17
24  BLR Bielorrússia 3 4 7 14
25  CZE República Checa 3 3 1 7
26  SVK Eslováquia 3 3   6
27  NZL Nova Zelândia 3 2 4 9
28  GEO Geórgia 3 2 2 7
29  KAZ Cazaquistão 2 3 4 9
30  DEN Dinamarca 2 2 3 7
31  PRK Coreia do Norte 2 2 2 6
 THA Tailândia 2 2 2 6
33  MGL Mongólia 2 2   4
34  SUI Suíça 2 1 4 7
35  ARG Argentina 2   4 6
36  MEX México 2   2 4
37  BEL Bélgica 2     2
38  ZIM Zimbabwe 1 3   4
39  SLO Eslovênia 1 2 2 5
40  AZE Azerbaijão 1 1 4 6
 INA Indonésia 1 1 4 6
42  BUL Bulgária 1 1 3 5
 TUR Turquia 1 1 3 5
44  FIN Finlândia 1 1 2 4
 TPE Taipé Chinês 1 1 2 4
46  LAT Letônia 1 1 1 3
47  DOM República Dominicana 1 1   2
 EST Estônia 1 1   2
 POR Portugal 1 1   2
 TRI Trinidad e Tobago 1 1   2
51  IND Índia 1   2 3
52  IRI Irã 1   1 2
53  CMR Camarões 1     1
 PAN Panamá 1     1
 TUN Tunísia 1     1
56  SWE Suécia   4 1 5
57  LTU Lituânia   3 2 5
 NGR Nigéria   3 2 5
59  CRO Croácia   2 3 5
60  COL Colômbia   2 1 3
 GRE Grécia   2 1 3
62  ARM Armênia   1 4 5
63  UZB Uzbequistão   1 3 4
64  AUT Áustria   1 2 3
 IRL Irlanda   1 2 3
 KGZ Quirguistão   1 2 3
 SRB Sérvia   1 2 3
68  ALG Argélia   1 1 2
 BAH Bahamas   1 1 2
 MAR Marrocos   1 1 2
 TJK Tajiquistão   1 1 2
72  RSA África do Sul   1   1
 CHI Chile   1   1
 ECU Equador   1   1
 ISL Islândia   1   1
 MAS Malásia   1   1
 SAM Samoa   1   1
 SIN Singapura   1   1
 SUD Sudão   1   1
 VIE Vietnã   1   1
81  EGY Egito     2 2
82  AFG Afeganistão     1 1
 ISR Israel     1 1
 MRI Maurício     1 1
 MDA Moldávia     1 1
 TOG Togo     1 1
 VEN Venezuela     1 1
TOTAL 302 303 353 958

Mudanças no quadro de medalhasEditar

Por dopingEditar

Em 31 de agosto de 2016
Em 26 de outubro de 2016
Em 12 de janeiro de 2017
Em 25 de janeiro de 2017

Por expulsãoEditar

  •  SWE Ara Abrahamian perdeu o bronze na categoria até 84kg da luta greco-romana por ter abandonado o pódio durante a cerimônia de premiação e jogado a medalha no chão, em protesto pela decisão dos árbitros, que o eliminaram nas semifinais.[34]

RestauradasEditar

Referências

  1. BBC. «Afghans win first Olympic medal» (em inglês). Consultado em 26 de agosto de 2009 
  2. Reuters. «Olympics-Boxing-Julie secures first medal for Mauritius» (em inglês). Consultado em 26 de agosto de 2009 
  3. Reuters. «Triple track joy for Africa in Bird's Nest» (em inglês). Consultado em 26 de agosto de 2009 
  4. Associated Content. «Countries Winning Their First Olympic Medals at the Beijing 2008 Olympics» (em inglês). Consultado em 26 de agosto de 2009 [ligação inativa]
  5. BBC. «Togo claims first Olympic medal» (em inglês). Consultado em 26 de agosto de 2009 
  6. «Bittersweet victory for Samoa's first Olympic medalist». Radio New Zealand (em inglês). 28 de dezembro de 2016 
  7. Fanhouse Olympics. «Olympic Moment: Tuvshinbayar Naidan Wins Mongolia's First Gold Medal» (em inglês). Consultado em 26 de agosto de 2009 
  8. UOL. «Mongólia - Medalhas». Consultado em 26 de agosto de 2009 
  9. UOL. «"Meio-brasileiro", Irving Saladino conquista o ouro no salto em distância». Consultado em 26 de agosto de 2009 
  10. Diário de notícias. «Dos 204 países participantes, 79 nunca ganharam medalhas olímpicas». Consultado em 8 de maio de 2009 [ligação inativa]
  11. BBC. «Ramzi storms to 1500 m gold medal» (em inglês). Consultado em 26 de agosto de 2009 
  12. a b Comitê Olímpico Internacional (18 de novembro de 2009). «IOC Executive Board Decision Regarding Rashid Ramzi» (PDF) (em inglês) 
  13. a b UOL Esportes (18 de novembro de 2009). «Campeão olímpico dos 1.500 m rasos tem medalha retirada por doping» 
  14. Beijing2008.cn (21 de agosto de 2008). «Men's Marathon 10km: Maarten van der Weijden surprises favorites» (em inglês). Consultado em 8 de maio de 2009. Arquivado do original em 6 de janeiro de 2011 
  15. Terra Esportes. «Ficha de Usain Bolt». Consultado em 8 de maio de 2009 
  16. UOL Esportes. «Ketleyn Quadros». Consultado em 8 de maio de 2008 
  17. Comitê Olímpico Internacional. «Quadro de medalhas (ver nota de rodapé)» (em inglês). Consultado em 8 de maio de 2009 
  18. CBC Sports (15 de agosto de 2008). «2 more athletes fail doping tests» (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2008 
  19. ESPN.com (22 de agosto de 2008). «Ukrainian Blonska stripped of silver medal in heptathlon» (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2008 
  20. «IOC SANCTIONS TWO ATHLETES FOR FAILING ANTI-DOPING TEST AT BEIJING 2008 AND LONDON 2012» (em inglês). Comitê Olímpico Internacional. 24 de abril de 2017. Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  21. Terra Esportes (22 de dezembro de 2008). «Doping de cavalo tira bronze olímpico da Noruega». Consultado em 26 de dezembro de 2008 
  22. Comitê Olímpico Internacional (18 de novembro de 2009). «IOC Executive Board Decision Regarding Davide Rebellin» (PDF) (em inglês) 
  23. «IOC sanctions Turkish weightlifter for failing anti-doping test at Beijing 2008» (em inglês). Comitê Olímpico Internacional. 22 de julho de 2016. Consultado em 22 de julho de 2016 
  24. «IOC SANCTIONS YULIA CHERMOSHANSKAYA FOR FAILING ANTI-DOPING TEST AT BEIJING 2008» (em inglês). Comitê Olímpico Internacional. 16 de agosto de 2016. Consultado em 29 de agosto de 2016 
  25. «IOC SANCTIONS THREE ATHLETES FOR FAILING ANTI-DOPING TESTS AT BEIJING 2008» (em inglês). Comitê Olímpico Internacional. 19 de agosto de 2016. Consultado em 29 de agosto de 2016 
  26. a b c d «IOC SANCTIONS SIX ATHLETES FOR FAILING ANTI-DOPING TESTS AT BEIJING 2008» (em inglês). Comitê Olímpico Internacional. 31 de agosto de 2016. Consultado em 6 de setembro de 2016 
  27. «IOC sanctions two athletes for failing anti-doping tests at Beijing 2008» (em inglês). Comitê Olímpico Internacional. 1 de setembro de 2016. Consultado em 18 de setembro de 2016 
  28. «IOC sanctions four athletes for failing anti-doping tests at Beijing 2008 and London 2012» (em inglês). Comitê Olímpico Internacional. 13 de setembro de 2016. Consultado em 18 de setembro de 2016 
  29. «IOC SANCTIONS ANNA CHICHEROVA FOR FAILING ANTI-DOPING TEST AT BEIJING 2008» (em inglês). Comitê Olímpico Internacional. 6 de outubro de 2016. Consultado em 12 de outubro de 2016 
  30. a b c d e f «IOC SANCTIONS NINE ATHLETES FOR FAILING ANTI-DOPING TEST AT BEIJING 2008» (em inglês). Comitê Olímpico Internacional. 26 de outubro de 2016. Consultado em 2 de novembro de 2016 
  31. a b c d «De uma só vez, China perde três ouros olímpicos por doping». ISTOÉ Independente. 12 de janeiro de 2017 
  32. http://globoesporte.globo.com/atletismo/noticia/2017/01/coi-confirma-sancao-por-doping-de-carter-e-bolt-perde-ouro-de-pequim.html
  33. «Tatiana Lebedeva perde duas medalhas olímpicas de prata». Record. 25 de janeiro de 2017. Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  34. The New York Times (16 de agosto de 2008). «Swede Stripped of His Medal After His Angry Reaction» (em inglês). Consultado em 30 de agosto de 2008 
  35. Terra Esportes (11 de dezembro de 2008). «COI retira medalhas de 2 atletas por doping». Consultado em 11 de dezembro de 2008 
  36. «CAS reinstates Olympic medals for hammer throwers» (em inglês). The Seattle Times. 10 de junho de 2010. Consultado em 8 de dezembro de 2012 

Ver tambémEditar