Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para o rio afluente do rio Doce, veja Rio Piracicaba (rio de Minas Gerais). Para outros significados, veja Piracicaba (desambiguação).

Rio Piracicaba é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Sua população estimada em 2019 era de 14 339 habitantes.[3]

Município de Rio Piracicaba
Vista parcial de Rio Piracicaba

Vista parcial de Rio Piracicaba
Bandeira de Rio Piracicaba
Brasão de Rio Piracicaba
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 29 de setembro[1]
Fundação 29 de setembro de 1713 (306 anos)[1]
Emancipação 30 de agosto de 1911[2]
Gentílico piracicabense[3]
Padroeiro(a) São Miguel Arcanjo[4]
CEP 35940-000 a 35949-999[5]
Prefeito(a) Antônio José Cota (DEM)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Rio Piracicaba
Localização de Rio Piracicaba em Minas Gerais
Rio Piracicaba está localizado em: Brasil
Rio Piracicaba
Localização de Rio Piracicaba no Brasil
19° 55' 44" S 43° 10' 26" O19° 55' 44" S 43° 10' 26" O
Unidade federativa Minas Gerais
Região intermediária

Ipatinga IBGE/2017[6]

Região imediata

João Monlevade IBGE/2017[6]

Municípios limítrofes Bela Vista de Minas, João Monlevade, São Gonçalo do Rio Abaixo, Santa Bárbara, Alvinópolis, São Domingos do Prata e Dom Silvério
Distância até a capital 127 km
Características geográficas
Área 373,037 km² [3]
Distritos Conceição de Piracicaba, Padre Pinto e Rio Piracicaba (sede)[7]
População 14 339 hab. estatísticas IBGE/2019[3]
Densidade 38,44 hab./km²
Altitude 690 m
Clima tropical de altitude Cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,685 médio PNUD/2010[8]
PIB R$ 362 594,57 mil IBGE/2016[9]
PIB per capita R$ 24 813,15 IBGE/2016[9]

HistóriaEditar

Rio Piracicaba, antigo distrito criado com a denominação de São Miguel de Piracicaba em 1750 e subordinado ao município de Santa Bárbara, tornou-se município pela lei estadual nº 556, de 30 de agosto de 1911.[2]

Além da sede, o município é composto por mais dois distritos: Conceição de Piracicaba (mais conhecido como "Jorge") e Padre Pinto (mais conhecido como "Caxambu").

GeografiaEditar

De acordo com a divisão regional vigente desde 2017, instituída pelo IBGE,[10] o município pertence às Regiões Geográficas Intermediária de Ipatinga e Imediata de João Monlevade.[6] Até então, com a vigência das divisões em microrregiões e mesorregiões, fazia parte da microrregião de Itabira, que por sua vez estava incluída na mesorregião metropolitana de Belo Horizonte.[11]

A cidade de Rio Piracicaba tem como municípios limítrofes as cidades de: Bela Vista de Minas, João Monlevade, São Gonçalo do Rio Abaixo, Santa Bárbara, Alvinópolis e São Domingos do Prata.

EconomiaEditar

Rio Piracicaba tem sua economia voltada para a extração de minério de ferro, agricultura de subsistência e pecuária leiteira. O minério que antes era extraído quase que exclusivamente na mina de "Morro Agudo" hoje é extraído em "Água Limpa". Carregado na Pera Ferroviária de Bicas, o minério de ferro segue de trem até o porto de Tubarão, no Espírito Santo, de onde é exportado.

HidrografiaEditar

O nome do rio vem do tupi-guarani, significando "lugar onde o peixe para".[12] É uma referência às quedas do rio Piracicaba, que bloqueiam a piracema dos peixes. A cidade é banhada pelo rio que lhe deu o nome. Cortando a cidade de ponta a ponta, o rio, outrora piscoso, hoje sofre com uma intensa poluição.

TransportesEditar

A cidade é cortada pela linha de trem Belo Horizonte - Vitória, uma das únicas que ainda estão em funcionamento diariamente. A estação ferroviária está situada na avenida principal da cidade a poucos metros da rodoviária.

A cidade também possui uma companhia de ônibus (Lopes & Filhos) que transporta pessoas diariamente para os municípios próximos à cidade e também para a capital de Minas Gerais, Belo Horizonte.

Entre junho e julho de 2018 a empresa Lopes e Filhos foi adquirida pela Enscon Viação da cidade vizinha de João Monlevade, desde então a população enfrenta diversos problemas como atraso nas viagens causado pela retirada dos cobradores dos ônibus, obrigando o motorista a fazer as cobranças.

EventosEditar

Sua principal festa é o Jubileu do Senhor Bom Jesus, que acontece nos dias 1º a 3 de maio reunindo milhares de fiéis que acompanham os cortejos com as imagens do Senhor Bom Jesus, Nossa Senhora dos Passos e de São Miguel. Também é tradicional na cidade a festa de Nossa Senhora do Rosário, no mês de agosto, com apresentação de varias Guardas de Congado de toda a região, incluindo de Belo Horizonte e cavalgada.

Panorama de Rio Piracicaba

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Piracicaba (AMEPI) (29 de setembro de 2014). «Aniversário 301 anos da cidade de Rio Piracicaba, Festa de São Miguel Padroeiro, 22ª Corrida Rústica». Consultado em 10 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 10 de setembro de 2019 
  2. a b Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). «Rio Piracicaba - Histórico» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 20 de junho de 2012. Cópia arquivada (PDF) em 10 de setembro de 2019 
  3. a b c d Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «Rio Piracicaba». Consultado em 10 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 10 de setembro de 2019 
  4. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 17. Consultado em 10 de setembro de 2019. Cópia arquivada (PDF) em 10 de setembro de 2019 
  5. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 10 de setembro de 2019 
  6. a b c Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de setembro de 2019 
  7. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (9 de setembro de 2013). «Rio Piracicaba - Unidades territoriais do nível Distrito». Consultado em 10 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 10 de setembro de 2019 
  8. Atlas do Desenvolvimento Humano (29 de julho de 2013). «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Consultado em 10 de setembro de 2019. Arquivado do original (PDF) em 8 de julho de 2014 
  9. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2016). «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2016». Consultado em 10 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 10 de setembro de 2019 
  10. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Divisão Regional do Brasil». Consultado em 10 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 10 de setembro de 2019 
  11. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2016). «Divisão Territorial Brasileira 2016». Consultado em 10 de setembro de 2019 
  12. http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/index.php?lingua=portugues-portugues&palavra=piracicaba

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.