Trae Young

Jogador de basquete estadunidense

Rayford Trae Young (Lubbock, 19 de setembro de 1998) é um jogador de basquete nascido nos Estados Unidos e que atualmente joga pelo Atlanta Hawks, disputando a NBA. O armador atuou por uma temporada na universidade de Oklahoma, quando se tornou o primeiro atleta da história do basquete universitário a liderar a liga em pontos e assistências[1] e então foi selecionado na 5.ª escolha geral do Draft de 2018 pelo Dallas Mavericks, que o trocou para os Hawks.

Trae Young
20170329 MCDAAG Trae Young dribbling.jpg
Young no McDonald's All-American Game de 2017
Informações pessoais
Nome completo Rayford Trae Young
Data de nasc. 19 de setembro de 1998 (21 anos)
Local de nasc. Lubbock, Texas, Estados Unidos
Altura 1,85 m (6 ft 1 in)
Peso 82 kg (180 lb)
Informações no clube
Clube atual Estados Unidos Atlanta Hawks
Número 12
Posição Armador
Clubes de juventude
2017–2018 Estados Unidos Oklahoma Sooners
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2018–presente Estados Unidos Atlanta Hawks

Basquete universitárioEditar

RecrutamentoEditar

Informações de recrutamento
Nome Cidade Natal Residência Escola/Universidade Altura Peso Data da revisão
Trae Young

PG

Lubbock, TX Norman, OK Norman North High School 1,88 m 83 kg 16 de fevereiro de 2017
Recrutamento: Rivais:    Scout:    247sports:    ESPN: 94
Classificação Geral de novatos: Scout: 21º | Rivals: 14º | 247sports: 18º | ESPN: 15º
  • Nota : Em muitos casos, Scout, Rivals, 247Sports e ESPN podem entrar em conflito em suas listas de altura e peso, nestes casos, a média foi obtida.
  • Nota: A ESPN mede os calouros numa escala de 0 à 100.
  • Fonte:[2][3]

Chegando do ensino médio como um dos principais prospectos dos Estados Unidos[4], Trae Young decidiu se juntar ao Oklahoma Sooners — time de basquete da Universidade de Oklahoma — em fevereiro de 2017. Na temporada 2017–18 do basquete universitário, a equipe teve um recorde de 18–13[5], sendo liderada pelo freshman. Com várias partidas de duplo-duplo, ele se tornou o único atleta a ser líder em pontuação e assistências em um mesmo ano da NCAA[1].

Os Sooners avançaram para o March Madness, sendo classificados como a 10.ª posição da Região Midwest. A equipe enfrentou a universidade de Rhode Island na primeira fase, sendo eliminada na prorrogação por 83–78[6]. Young foi responsável por 28 pontos e 7 assistências na derrota, sua última partida pela faculdade.

NBAEditar

Draft de 2018Editar

Trae Young se declarou para o Draft da NBA de 2018, mas ainda havia incertezas se ele seria uma das principais escolhas. Alguns meses antes do evento acontecer, alguns olheiros e executivos da liga haviam afirmado que ele poderia acabar sendo selecionado apenas no final da primeira rodada[7], o que não aconteceu. O Dallas Mavericks selecionou o armador na quinta posição e trocou-o para o Atlanta Hawks por Luka Dončić, enviando uma escolha do próximo draft[8].

Temporada 2018–19Editar

Trae Young fez sua estreia na NBA em uma derrota contra o New York Knicks. Na ocasião, anotou 14 pontos e 5 assistências, mas teve um baixo aproveitamento nos arremessos. Tal problema mostrou-se repetitivo, visto que, na primeira metade da temporada, ele acertou apenas 39% nos chutes e 29% de longa distância[9].

A partir de janeiro, no entanto, Young começou a ter mais proveito em seus arremessos. Na segunda metade de 2018–19, ele conseguiu aproximar suas estatísticas daquelas que apresentou no basquete universitário. Em março, conseguiu chegar à liderança do Rookie Ladder[10], ranking de calouros do site oficial da NBA.

Trae Young conquistou o prêmio de Calouro do Mês na Conferência Leste em novembro, janeiro e fevereiro, terminou a temporada com 20,1 pontos e 6,9 assistências de média [11].

EstatísticasEditar

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira
Campeão da temporada
Líder da liga
MVP da temporada regular/campeonato
Recorde da história da NBA

NBAEditar

Temporada Regular
Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2018–19 Atlanta 81 81 30.9 .418 .324 .829 3.7 8.1 0.9 0.2 19.1
Carreira 81 81 30.9 .418 .324 .829 3.7 8.1 0.9 0.2 19.1

Basquete universitárioEditar

Temporada Equipe PJ PT MP FG% 3PT FT% REB AST STL PTS
2017–18 Oklahoma 32 32 35.4 42% 36% 86% 3.9 8.7 1.7 27.4

Prêmios e HomenagensEditar

Referências

  1. a b «Trae Young is the draft pick all the sneaker companies want». ESPN.com (em inglês). 12 de maio de 2018. Consultado em 23 de março de 2019 
  2. «Oklahoma 2017 Basketball Commits». 247Sports. Consultado em 4 de dezembro de 2019 
  3. «2017 Oklahoma Basketball Commitment List - Rivals.com». n.rivals.com. Consultado em 4 de dezembro de 2019  line feed character character in |titulo= at position 14 (ajuda)
  4. «Oklahoma 2017 Basketball Commits». 247Sports (em inglês). Consultado em 23 de março de 2019 
  5. «2017-18 Oklahoma Sooners Roster and Stats». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de março de 2019 
  6. «Oklahoma vs. Rhode Island Box Score, March 15, 2018». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de março de 2019 
  7. Wasserman, Jonathan. «'I Don't See It': NBA Scouts, Execs Doubting Trae Young After NCAA Tourney Exit». Bleacher Report (em inglês). Consultado em 23 de março de 2019 
  8. «Mavs, Hawks trade Trae Young, Luka Doncic in draft-night deal». USA TODAY (em inglês). Consultado em 23 de março de 2019 
  9. «Trae Young 2018-19 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 24 de março de 2019 
  10. NBA.com, Drew Packham. «Kia Rookie Ladder: Monster performance powers Young to top». NBA.com (em inglês). Consultado em 24 de março de 2019 
  11. «NBA Rookie Of The Month - NBA Awards - RealGM». basketball.realgm.com. Consultado em 24 de março de 2019 
  Este artigo sobre um(a) basquetebolista, integrado ao Projeto Basquetebol, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.