Alma e Coração (telenovela)

Telenovela portuguesa

Alma e Coração é uma telenovela portuguesa produzida pela SP Televisão que foi exibida pela SIC de 17 de setembro de 2018 a 11 de outubro de 2019, substituindo Paixão e sendo substituída por Nazaré. É a "25.ª novela" do canal.

Alma e Coração
Heart & Soul[1] (EN)
Alma e Coração (telenovela)
Informação geral
Formato Telenovela
Género
Duração ± 45 minutos
Estado terminada
Criador(es) Pedro Lopes
Elenco
País de origem Portugal Portugal
Idioma original português
Temporadas 1 (3 fases)
Episódios 318
Produção
Diretor(es) Hugo Xavier
Câmara multicâmara
Guionista(s)
  • Manuel Moura Marques
  • Ana Casaca
  • Catarina Bizarro
  • Felipa Saraiva
  • José Pinto Carneiro
  • Lígia Dias
  • Marina Preguiça Ribeiro
  • Marta Pais Lopes
Tema de abertura "Alma e Coração", Carlão e Moullinex ft. Silk
Tema de encerramento "Alma e Coração", Carlão e Moullinex ft. Silk
Empresa(s) produtora(s) SP Televisão
Localização
Exibição
Emissora original SIC
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 17 de setembro de 2018 – 11 de outubro de 2019
Ligações externas
Site oficial

Escrita por Pedro Lopes, tem a colaboração de Manuel Moura Marques, Ana Casaca, Catarina Bizarro, Felipa Saraiva, José Pinto Carneiro, Lígia Dias, Marina Preguiça Ribeiro e Marta Pais Lopes como guionistas, a direção de Hugo Xavier, a direção de atores de António Melo e a direção de produção de Francisco Barbosa.[2]

Conta com Cláudia Vieira, Soraia Chaves, Madalena Almeida, José Fidalgo, Ricardo Pereira, Afonso Pimentel e Dânia Neto nos papéis principais.

Sinopse editar

FasesEpisódiosOriginalmente exibido
Estreia da temporada Final da temporada
113517 de setembro de 2018 (2018-09-17)25 de fevereiro de 2019 (2019-02-25)
28226 de fevereiro de 2019 (2019-02-26)1 de junho de 2019 (2019-06-01)
31013 de junho de 2019 (2019-06-03)11 de outubro de 2019 (2019-10-11)

Primeira fase (2018-2019) editar

Benedita Almeida, perdeu os pais quando era ainda criança, tendo sido criada pelo avô Albano, uma figura sinistra com quem nunca conseguiu estabelecer uma relação de afeto ou cumplicidade. Mas Benedita sai aos pais e procura ver sempre o lado bom das pessoas. Embora seja naturalmente positiva não é ingénua, o que a faz reagir quando confrontada com a injustiça. E será esse seu sentido do que é certo e errado que a levará à sua perdição.

Ainda jovem, numa viagem de barco que faz pelo Mediterrâneo com os amigos Francisca e Gonçalo, e o namorado André, que tem como profissão levar os iates e veleiros de milionários para os seus destinos de férias, descobre que este está ligado a um grupo de tráfico humano, que usa os barcos para transportar ilegalmente mulheres, iludidas com o sonho de viver na Europa.

A descoberta de Benedita causa alvoroço no grupo criminoso, mais ainda quando se trata da neta do chefe. Benedita não sonha, mas Albano é o líder da rede criminosa. E é Albano quem dá a ordem para matar a neta quando é informado que ela se vai encontrar com a polícia em Itália para denunciar a situação.

Mas Benedita sobrevive à tentativa de homicídio. Como os médicos descobrem que está grávida, e o feto é viável, fazem tudo para a manter viva para que possam realizar o parto daí a uns meses. No entanto, e contra as expectativas, Benedita acorda do coma quando rebentam as águas. O facto de ser mãe sem estar preparada, de ter consciência que o ex-namorado conspirou para que morresse e que até o seu avô está contra si, leva-a a criar um plano para desaparecer, incendiando a casa do avô e largando o carro numa ponte da cidade onde vive, desaparecendo do mapa, e assumindo uma nova identidade.

Benedita responde agora pelo nome de Diana. Quando desapareceu encontrou refúgio num circo itinerante. O carácter nómada circense ajudou-a a fugir do Porto e a manter o anonimato essencial à sua “nova” vida. No circo ninguém lhe fez grandes perguntas. De Portugal viajou para outros países, tendo corrido praticamente todo o mundo. Quando a reencontramos, está a tentar regressar ao seu país de origem, mais concretamente a Lisboa, onde arranja trabalho numa escola de artes circenses. Segura de que conseguiu fugir ao passado, Diana não imagina que está muito perto de o reencontrar.

Júlia é uma mulher que há vinte anos foi internada num hospital no Porto para fazer um transplante cardíaco devido a uma degeneração mixomatosa. Na operação, Júlia recebe o coração de Albano, o avô de Diana. Júlia sempre foi uma mulher bondosa, mas desde a operação o seu feitio parece ter-se alterado. A mulher doce e positiva deu lugar a uma pessoa cada vez mais amarga. A sua única preocupação aparenta ser a filha que adotou ilegalmente, e que pensa ser sua filha biológica. Na recuperação que fez no hospital, Júlia cruzou-se com um bebé que havia sido abandonado e que se encontra num lar de acolhimento, e devido a um apelo que não consegue explicar consegue ficar com aquela criança. Esse bebé recém-nascido é Vitória, a filha de André e Diana. Vitória cresce e torna-se uma miúda de sorriso aberto, mas de alma negra. Júlia criou-a à sua imagem, sem grandes escrúpulos nem dilemas morais. Júlia conseguiu tornar Vitória naquilo que Albano queria transformar Diana.

Durante vinte anos, Diana conseguiu manter o seu passado secreto. Tudo o que tinha projetado para o seu futuro, quando era jovem, ficou por concretizar, vivendo um dia de cada vez e ganhando dinheiro apenas para sobreviver.

Mas, mais uma vez, a sua vida está prestes a mudar quando aceita uma proposta de casamento por conveniência com um cirurgião plástico. E é neste novo ambiente em que se movimenta que se cruza novamente com André, Vitória e Júlia.

Depois de ter fugido do avô que lhe destruiu a vida, Diana reencontra o seu passado e vai recomeçar uma nova luta pela sobrevivência.

Segunda fase (2019) editar

Passam-se seis meses desde o rapto de Rodrigo, orquestado por Gonçalo. Todos acreditam que ele está morto, incluindo Diana, que ainda não superou a sua suposta morte. Gonçalo, que foi tentando conquistar Diana no decorrer do tempo, está farto de esperar por ela. Vitória regressa a casa depois de seis meses no hospital, tendo que enfrentar agora um isolamento criado por Júlia para a manter longe de Diana.

Confrontada com o reaparecimento de Rodrigo, a vida de Diana ganha uma nova esperança. Ao mesmo tempo, descobrirá as verdadeiras intenções de Gonçalo e que no passado a violou e drogou-a para não se lembrar, e que dessa violação nasceu a Vitória. Também, descobre que a sua mãe, Sara Pinto, está viva. Mas, com ela, virá também uma verdade cruel sobre o seu avô Albano.

Conseguirá, ainda assim, conquistar o amor de Vitória, que foi manipulada por Gonçalo e Júlia para a fazerem acreditar que Diana a vendeu? E como será a relação com Sara? Irão perceber que têm mais em comum do que aparentam?

Terceira fase (2019) editar

Seis meses depois de ser esfaqueada por Sara, e por consequência, ter que sofrer um novo transplante de coração, Júlia sente-se uma mulher diferente. O que outrora havia sido, uma mulher bondosa e gentil, voltou a surgir nela, deixando para trás todo o mal que o coração amaldiçoado de Albano lhe deixou. Ao mesmo tempo, mantém a aliança com Diana e Vitória (e posteriormente, também Rodrigo) para destruir Gonçalo.

Júlia e Diana descobrem que estão grávidas na mesma altura e, o que deveria ser uma noticia feliz para Vitória, tornou-se em algo que a pode deixar vulnerável para um ataque do Gonçalo, por se sentir descartada e em segundo plano pelas suas duas mães. Gonçalo manipula a filha e fá-la crer que será sempre a sua prioridade, prometendo-lhe que conseguirá tudo o que quiser. Então, Vitória trai Diana, Júlia e Rodrigo.

Enquanto que Júlia percebe que nunca poderá recuperar Vitória por a ter criado exatamente dessa mesma maneira: manipuladora e sem escrúpulos, Diana ainda mantém a esperança de conseguir trazer Vitória de volta para o seu lado. Conseguirá ser bem sucedida? Ou irá Vitória ficar ao lado de Gonçalo até ao fim?

Perceberão também que Gonçalo é um mal muito antigo de há vários séculos atrás, que causa o caos e o terror por onde quer que passe e nunca é responsabilizado por tais atos. Sempre com o mesmo aspeto mas com outra identidade, quando morre o seu espírito encarna noutro corpo e volta a nascer, ficando com mais força que a sua vida anterior, permitindo-o assumir sempre a mesma forma. Para não deixar Gonçalo a continuar a sair ileso de tudo o que fez, Diana, Júlia e Rodrigo terão que contar com a ajuda de quem menos esperam para o mal erradicar… de vez.

Elenco editar

Elenco principal editar

Ator/Atriz Personagem Fase
1
(2018-19)
2
(2019)
3
(2019)
Cláudia Vieira Benedita Pinto Almeida / Diana Almeida (nome oficializado) Principal
Soraia Chaves Júlia Neto[a] Principal
Madalena Almeida Vitória Neto Principal
José Fidalgo Rodrigo Macedo Cotrim Principal
Afonso Pimentel André Frois Principal Does not appear
Dânia Neto Francisca Frois Principal Does not appear
Ricardo Pereira Gonçalo Oliveira Participação Principal
Virgílio Rey Does not appear Participação
Jorg Hoffman Does not appear Participação

Elenco recorrente editar

Ator/Atriz Personagem Fase
1
(2018-19)
2
(2019)
3
(2019)
Renato Godinho João Macedo Cotrim Recorrente
Margarida Carpinteiro Jacinta Macedo Recorrente
Manuel Cavaco Nestor Macedo Recorrente
Manuela Couto Adelaide Macedo Recorrente
Sinde Filipe Miguel Arriaga Recorrente Does not appear
Mariana Pacheco Maria do Carmo «Carminho» Macedo Cotrim Recorrente
Victoria Guerra Marta de Sousa Melo Recorrente
Cristóvão Campos Gustavo de Sousa Melo Recorrente
Rita Lello Margarida de Sousa Melo Recorrente Does not appear
Alexandre de Sousa Fernando de Sousa Melo Recorrente Participação Does not appear
Cristina Homem de Mello Eduarda Lopes Recorrente Participação
Miguel Damião Flávio Lopes Recorrente Participação
Marcantónio Del Carlo Paulo Gomes Recorrente Does not appear
Sandra Barata Belo Cecília de Sousa Melo Recorrente Does not appear
Carlo Porto Luís Carvalhais Recorrente
Diana Marquês Guerra Vera de Sousa Melo Recorrente
Sharam Diniz Naomi Andrade Recorrente
Vítor Silva Costa Nélson Mendes Recorrente Participação
Mafalda Vilhena Deolinda Pereira[b] Recorrente
Adriano Carvalho Raimundo Moura Recorrente
Miguel Costa Rui Neves Recorrente
Cleonise Malulo Aida Andrade Recorrente
Rui M. Silva António Reis Recorrente
Sílvia Chiola Clara Fernandes Recorrente
Diogo Martins Alexandre «Alex» Lopes Recorrente Participação
Ioana Hristova Leonor de Sousa Melo Carvalhais Recorrente
João Gadelha Celso Pereira Moura Recorrente
Valdemar Brito Léo Andrade Recorrente
Lucas Dutra José «Zé» Maria Frois Recorrente Adicional
Hélder Agapito Martim Martinelli Adicional Recorrente
Cecília Henriques Carla Isabel Adicional Recorrente
Débora Monteiro Esmeralda Ramirez Adicional Recorrente
Luís Gaspar Pedro Mascaranhas Does not appear Adicional Recorrente
Mariana Pinheiro Sofia Mascaranhas Does not appear Adicional Recorrente

Participações especiais editar

Ator/Atriz Personagem Fase
1
(2018-19)
2
(2019)
3
(2019)
Liliana Santos Beatriz Castro Participação Does not appear
Marcello Urgeghe Giácomo Camilleri Participação Does not appear
Rui Madeira Albano Pinto Participação Does not appear
Aurea ela mesma Participação Does not appear
João Catarré Jaime Does not appear Participação Does not appear
Rita Blanco Sara Pinto Does not appear Participação
Júlio César Diogo Lemos Does not appear Participação Does not appear

Elenco adicional editar

Ator/Atriz Personagem
Alexander William Smith Galerista
Igor do Vale Carlos Silva
Alexandre Jorge Tiago Veiga
Igor Regalla Lucas Monteiro
Patrícia Candoso Alice
Vítor de Almeida Carlos Alves
Joana França Daniela
Jacira Araujo Ana
Gonçalo Cabral Gil
Bernardo Faria Salvador
Marco Mendonça Renato
João Loy Funcionário do Circo
Rui Oliveira Américo Almeida
Carlos Areia Vítor
Miguel Monteiro Padre
Ângela Pinto Irmã Gabriela
Marta Fernandes Cecília
Jorge Albuquerque Telmo
Lourenço Seruya Ricardo
Gonçalo Oliveira Henrique
Mário Spencer Raul
Chiuzo Hayz Ricardo
Alberto Magassela Paul

Produção editar

A novela teve o título provisório "O Peso da Alma".[3]

As gravações decorreram nos estúdios da SP Televisão e nas cidades de Oeiras, Lisboa, Cova da Moura, Porto e Portofino. As cenas da história passadas em Marrocos foram gravadas em Belas, Sintra, devido a contenção de custos da produção.[4] Foram gravados 351 episódios de produção.[1]

Exibição editar

Alma e Coração estreou na 1.ª faixa de novelas a 17 de setembro de 2018, em substituição de Paixão. Foi transferida para a 2.ª faixa com a estreia de Golpe de Sorte a 27 de maio de 2019, onde ficou até ao seu fim, a 13 de outubro do mesmo ano, com 318 episódios de exibição, sendo substituída por Nazaré.

Transmissão na OPTO editar

Com o lançamento da OPTO, a plataforma de streaming da SIC, a 24 de novembro de 2020, a novela foi disponibilizada com os seus 351 episódios de produção.[5]

Audiências editar

"Alma e Coração" estreou a 17 de setembro de 2018 com 13.3 de audiência e 28.6% de share, com cerca de 1 milhão e 290 mil espectadores, na liderança, com um pico de 13.9 de audiência e 30.2% de share, sendo o programa mais visto do dia.[6]

No segundo episódio, a trama de Pedro Lopes rendeu à SIC uma audiência média de 11.8 e 25.5% de quota média de mercado, em termos médios, 1 milhão e 144 mil espectadores estiveram com o segundo episódio da novela de Carnaxide.[7]

Ao terceiro episódio "Alma e Coração" divide a liderança com um dos últimos episódios de "A Herdeira". Na média geral a história da SIC alcança 11.3 de rating o que correspondeu a 23.8% de share, com um pico de 12.5 / 26.8%.[8]

A 24 de setembro de 2018 (7º episódio), "Alma e Coração" regista 9.9 / 21.4%, na vice-liderança, impulsionada pela final da novela "Paixão" (11.2 / 29.3%).[9]

No último episódio de "A Herdeira", "Alma e Coração" baixa atingindo 7.4 / 18.5% na vice-liderança.[10]

Com a estreia da sua nova rival "Valor da Vida", a novela da SIC apresenta o seu pior resultado de sempre, com 5.8 / 12.3%, na vice-liderança.[11]

A 28 de novembro de 2018, "Alma e Coração" consegue melhor valor exceto estreia, na liderança, ganhando terreno frente a "A Teia" da TVI, com 11.8 / 25.6%.[12]

A 18 de dezembro de 2018, a SIC transmite o episódio em que Fernando pede Júlia em casamento. Este liderou as audiências com 10.5 de audiência média e 22.3% de share, garantindo 1 milhão e 19 mil espectadores fidelizados. O pico de audiência foi às 22h14 quando a história de Pedro Lopes marcava 11.2/23.6%.[13]

A 31 de janeiro de 2019, “Alma e Coração” bate melhor valor do ano registando 11.1 de audiência média e 23.1% de share. A novela da SIC fidelizou uma média de 1 milhão e 74 mil espectadores, na liderança.[14]

A 12 de fevereiro de 2019, "Alma e Coração" bate novo recorde do ano registando 11.2 de audiência media e 23.2% de share. Em media foram 1 milhão e 89 mil espectadores que viram este episódio, desta vez na vice-liderança. O pico de audiência foi as 22h30 quando marcava 12.0/26.0%.[15]

A 27 de maio de 2019, a novela passa para segundo horário no horário nobre começando na liderança das audiências registando 8.6 de audiência media e 24.4% de share. Foram 830 mil espectadores que viram este episódio.[16]

No dia a seguir a 28 de maio de 2019, "Alma e Coração" bate recorde de share e regista 9.2 de audiência media e 25.9% de share. Foram 890 mil espectadores que viram o episódio, na liderança.[17]

A 13 de setembro de 2019, “Alma e Coração” bate novo recorde de share, fixou-se nos 9.6 de audiência e 26.9% de share com cerca de 913 mil espectadores em média.[18]

A 11 de outubro de 2019, foi exibido o seu último episódio alcançando o melhor valor do ano, com início pelas 23h02, marcando 11.0/28.9% com 1 milhão e 42 mil espectadores ligados na SIC. Às 23h20 o episódio teve o seu pico de audiência onde se sintonizaram 1 milhão e 88 mil espectadores (11.5 de rating). Já o pico de share ocorreu às 23h33 onde bateu nos 31.3% de share. “Alma e Coração” liderou de forma absoluta sendo o 5º programa mais visto do dia.[19]

Média Episódios transmitidos Rating Share Ref.
2018 Setembro 13 episódios 9.6 21.4% ...
Outubro 27 episódios 9.6 21.0% ...
Novembro 26 episódios 9.7 20.8% ...
Dezembro 22 episódios 9.6 21.0% ...
2019 Janeiro 26 episódios 9.6 20.3% ...
Fevereiro 24 episódios 9.8 21.3% ...
Março 25 episódios 9.2 20.1% [20]
Abril 26 episódios 9.3 22.1% [21]
Maio 27 episódios 8.8 20.7% ...
Junho 25 episódios 8.6 23.2% ...
Julho 24 episódios 8.7 25.4% [22]
Agosto 22 episódios 8.7 22.4% [23]
Setembro 22 episódios 8.8 27.1% [24]
Outubro 9 episódios 9.1 25.2% [25]
Total 318 episódios 9.2 22.3%

Projetos derivados editar

Lua de Mel editar

 Ver artigo principal: Lua de Mel

No âmbito do anúncio das celebrações dos 30 anos da SIC, foi revelada a existência de um spin-off em formato novela que para além de contar com personagens novas e de raiz, contaria também com personagens marcantes de telenovelas anteriores do mesmo canal, intitulada com o mesmo nome da editora da novela, Lua de Mel, devido ao foco da história se encontrar na editora.[26][27] Vindo diretamente desta novela para a Lua de Mel, veio Miguel Costa com a sua respetiva personagem Rui Neves para uma participação especial.[28]

Prémios editar

Ano Prémio Categoria Por Resultado
2019 20ª WORLD MEDIA FESTIVAL Telenovela Alma e Coração Venceu[nota 1]
40º BANFF WORLD MEDIA FESTIVAL – The Rockie Awards Serials, Soaps & Telenovelas Indicado

Notas e referências

Notas

  1. Venceu a medalha de ouro.
  1. Enquanto esteve casada com Fernando, teve o seu apelido: Sousa Melo.
  2. Enquanto esteve casada com Raimundo, teve o seu apelido: Moura. Quando se casou com Rui, passou a ter o seu apelido: Neves.

Referências

  1. a b «SIC Content Distribution | HEART & SOUL». SIC Content Distribution. Consultado em 21 de fevereiro de 2021 
  2. «Alma e Coração». A impossibilidade de fugir de quem somos e do nosso passado…. Consultado em 3 de novembro de 2023 
  3. Pinto, Pedro (10 de maio de 2018). «SIC define título provisório de substituta de "Paixão"». Zapping. Consultado em 3 de novembro de 2023 
  4. «"Alma e Coração": Cenário de terrorismo nas gravações da novela da SIC». N-TV. 11 de janeiro de 2019. Consultado em 15 de dezembro de 2023 
  5. «Conheça algumas das apostas do OPTO SIC nas séries, filmes e novelas». Zapping. 3 de novembro de 2020. Consultado em 16 de janeiro de 2021 
  6. «Audiências: Saiba como foi a estreia de "Alma e Coração" | Zapping». www.zapping-tv.com. Consultado em 18 de setembro de 2018 
  7. «Audiências: Saiba como correu o segundo episódio de "Alma e Coração"». Zapping. 19 de setembro de 2018. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  8. «"Alma e Coração" lidera até meio, mas "A Herdeira" vence». Zapping. 20 de setembro de 2018. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  9. Pinto, Pedro (25 de setembro de 2018). «Em dia de final de "Paixão", "A Herdeira" mantém liderança da tabela de audiências». Zapping. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  10. Ferreira, João. «AUDIÊNCIAS | Sábado, 29 de Setembro de 2018». Olhar a Televisão. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  11. «'Valor da Vida' estreia em primeiro lugar e cilindra novela da SIC». Espalha-Factos. 1 de outubro de 2018. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  12. «"Alma e Coração" bate toda a concorrência e lidera audiências». Zapping. 29 de novembro de 2018. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  13. «"Alma e Coração" lidera tabela e "Valor da Vida" fica em terceiro». Zapping. 19 de dezembro de 2018. Consultado em 3 de novembro de 2021 
  14. «"Alma e Coração" bate "Valor da Vida" e foi a novela mais vista em Portugal». Zapping. 1 de fevereiro de 2019. Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  15. «Audiências: "Alma e Coração" bate recorde no ano». Zapping. 13 de fevereiro de 2019. Consultado em 3 de novembro de 2021 
  16. «Mais tarde, "Alma e Coração" arranca vitória destacada à TVI». Zapping. 28 de maio de 2019. Consultado em 3 de novembro de 2021 
  17. «"Alma e Coração" bate novo recorde e arrasa "A Teia"». Zapping. 29 de maio de 2019. Consultado em 3 de novembro de 2021 
  18. «Com recorde, "Alma e Coração" é mais vista que último episódio da principal aposta da TVI». Zapping. 14 de setembro de 2019. Consultado em 14 de setembro de 2019 
  19. «Saiba como foi a audiência do último episódio de "Alma e Coração"». Zapping. 12 de outubro de 2019. Consultado em 12 de outubro de 2019 
  20. «SIC reforçou liderança de canais em Março». Meios & Publicidade. 5 de abril de 2019. Consultado em 19 de novembro de 2021 
  21. «SIC mantém quota e reforça liderança em Abril com descida da TVI». Meios & Publicidade. 3 de maio de 2019. Consultado em 19 de novembro de 2021 
  22. «Canais Pay TV reforçaram share em Julho». Meios & Publicidade. 1 de agosto de 2019. Consultado em 2 de novembro de 2021 
  23. «Agosto: SIC mantém-se líder… e aumenta vantagem para TVI [vídeo]». Zapping. 2 de setembro de 2019. Consultado em 18 de janeiro de 2020 
  24. «As audiências de Setembro perante estreias na SIC e TVI». Meios & Publicidade. 1 de outubro de 2019. Consultado em 2 de novembro de 2021 
  25. «Outubro 2019: SIC aumenta liderança e já lidera há 9 meses consecutivos». Zapping. 5 de novembro de 2019. Consultado em 5 de novembro de 2021 
  26. SAPO. «Uma super novela com as suas personagens favoritas? É verdade e vai acontecer na SIC». MAGG. Consultado em 19 de março de 2022 
  27. «Saiba qual é o título do 'novelão' da SIC». Zapping. 23 de março de 2022. Consultado em 29 de março de 2022 
  28. Sousa, Joana. «"Lua de Mel": Fica a conhecer o crossover que junta várias personagens da ficção da SIC». Fantastic - Mais do que Televisão. Consultado em 21 de março de 2022 

Ligações externas editar