Associação de Tênis Feminino

Women's Tennis Association (WTA, sigla em inglês, e Associação de Tênis Feminino, em português) é uma entidade esportiva internacional que organiza as competições tenísticas profissionais femininas no mundo inteiro. A WTA é o equivalente da ATP.

Associação de Tênis Feminino
Esporte Tênis profissional
Abreviação WTA
Fundação junho de 1973; há 47 anos
Sede Estados Unidos São Petersburgo, Estados Unidos
Presidente Mickey Lawler
Diretor geral Steve Simon
Página oficial
http://www.wtatennis.com
Temporada atual

OrigensEditar

 
Billie Jean King, fundadora da WTA

A WTA tem origem em 1970 nos Estados Unidos da América.

Desde o início da era Open, dois anos antes, homens e mulheres não eram tratados da mesma maneira, os prêmios femininos reduzidos a uma fração dos prêmios masculinos.

Gladys Heldman, fundadora e diretora da revista World Tennis, decide então instaurar um circuito profissional exclusivamente feminino e autônomo. Nove jogadoras, the Original Nine, aceitam segui-la nesse projeto: Billie Jean King, Rosie Casals, Nancy Richey, Kerry Melville, Peaches Bartkowicz, Kristy Pigeon, Judy Dalton, Valerie Ziegenfuss e Julie Heldman (filha de Gladys Heldman).

Rapidamente, Gladys Heldman obtém o apoio financeiro de Philip Morris e, em 23 de setembro de 1970, é organizado em Houston (Texas) o primeiro torneio do recém-criado Virginia Slims tour, dotado de 7 500 dólares.

Em 1971, dezenove torneios são programados pour um total de prêmios de 309 100 dólares.

Em 1973, Billie Jean King cria a WTA com o intuito de defender o interesse das jogadoras e de englobar o maior número possível de torneios femininos em uma mesma organização (essa unificação será finalmente efetiva em 1983); no mesmo ano, no US Open, homens e mulheres dividem prêmios iguais.

A WTA assina em 1974 seu primeiro contrato de retransmissão por televisão com a CBS.

Duzentas e cinqüenta jogadoras são profissionais em 1980, disputando cinqüenta torneios pelo mundo.

Em 1982, Martina Navrátilová torna-se a primeira desportista a ultrapassar o milhão de dólares em uma temporada.

ReformulaçãoEditar

No final de 2020, a entidade se reestruturou, não só na identidade visual - incluindo logomarca -, mas no nome das categorias dos torneios, aproximando-os da ATP. Saíram os WTA Premier Mandatory, Premier 5, Premier, International e 125K; entraram os WTA 1000, 500, 250 e 125, tendo o primeiro absorvido Premier Mandatory e Premier 5, embora se permaneçam diferenças cruciais entre elas.[1][2]

TransmissãoEditar

Esta é a lista de canais, de tv ou internet, designados para transmitir os torneios da WTA em 2021.[3]

Distribuição de pontosEditar

A distribuição de pontos para a temporada de 2021 foi definida:[5]

Categoria T F SF QF R16 R32 R64 R128 Q Q3 Q2 Q1
Grand Slam (S) 2000 1300 780 430 240 130 70 10 40 30 20 2
Grand Slam (D) 2000 1300 780 430 240 130 10 40
Finals (S) 750+RR 330+RR RR Round robin (RR): 250 por vitória, 125 por derrota
Finals (D) 1500 1080 750 375
Elite Trophy (S) 460+RR 200+RR RR Round robin (RR): 120 por vitória, 40 por derrota
WTA 1000 (96S, 48Q)[nota 1] 1000 650 390 215 120 65 35 10 30 20 2
WTA 1000 (64/60S, 32Q)[nota 1] 1000 650 390 215 120 65 10 30 20 2
WTA 1000 (28/32D)[nota 1] 1000 650 390 215 120 10
WTA 1000 (56S, 64Q)[nota 2] 900 585 350 190 105 60 1 30 22 15 1
WTA 1000 (56S, 48/32Q)[nota 2] 900 585 350 190 105 60 1 30 20 1
WTA 1000 (28D)[nota 2] 900 585 350 190 105 1
WTA 1000 (16D)[nota 2] 900 585 350 190 1
WTA 500 (56S) 470 305 185 100 55 30 1 25 13 1
WTA 500 (32S) 470 305 185 100 55 1 25 18 13 1
WTA 500 (16D) 470 305 185 100 1
WTA 250 (32S, 32Q) 280 180 110 60 30 1 18 14 10 1
WTA 250 (32S, 16Q) 280 180 110 60 30 1 18 12 1
WTA 250 (16D) 280 180 110 60 1
WTA 125K (S) 160 95 57 29 15 1 - 6 - 4 1
WTA 125K (16D) 160 95 57 29 1 - - - - - - -
ITF W100 (32S, 16D) 150 90 55 28 14/1 1 - - 6 4 -
ITF W100 + H (32S, 16D) 140 85 50 25 13/1 1 - - 6 - 4 -
ITF W80 (32S, 16D) 130 80 48 24 12/1 1 - - 5 3 -
ITF W80 + H (32S, 16D) 115 70 42 21 10/1 1 - - 5 - 3 -
ITF W60 (32S, 16D) 100 60 36 18 9/1 1 - - 5 3 -
ITF W60 +H (32S, 16D) 80 48 29 15 8/1 1 - - 5 - 3 -
ITF W25 (32S, 16D) 60 36 22 11 6/1 1 - - 2 - - -
ITF W25 +H (32S, 16D) 50 30 182 9 5/1 1 - - 1 - - -

Categorias de torneiosEditar

Existem diferentes categorias de torneios no circuito WTA.

Por ordem de importância:

  • Os quatro torneios do Grand Slam
  • O Masters de tênis feminino (Sony Ericsson Championships), no final da temporada, incluindo as oito ou dezesseis melhores jogadoras da temporada e distribuindo três milhões de dólares (US$ 3 000 000) em prêmios
  • Até 2008 existiam quatro classes de torneios WTA :
  1. Torneios Tier:
    1. Torneios WTA Tier I — prêmio mínimo de US$ 1 340 000: dez (10) torneios Tier I.
    2. Torneios WTA Tier II — prêmio mínimo de US$ $600 000: dezesseis (16) torneios Tier II.
    3. Torneios WTA Tier III — prêmio mínimo de US$ $175 000: dezessete (17) torneios Tier III.
    4. Torneios WTA Tier IV — prêmio mínimo de US$ $145 000: doze (12) torneios Tier IV.
  • A partir de 2009 os torneios da WTA passaram a ser divididos em
  1. Premier Mandatory - quatro (4) torneios com premiação de US$ 4 500 000, que são: Indian Wells, Miami, Madrid e Pequim.
  2. Premier 5 - cinco (5) torneios com premiação de US$ 2 000 000, que são: Dubai, Roma, Cincinnati, Montreal/Toronto e Tóquio.
  3. Premier - dez (10) torneios com premiações entre US$ 600 000 até US$ 1 000 000.
  4. Torneios Internacionais - trinta e um (31) torneios com premiação de US$ 220 000.
  5. Commonwealth Bank Tournament of Champions - torneio realizado no fim da temporada com as melhores jogadoras e premiação de US$ 600 000.

Pontos na classificação WTA também podem ser obtidos em certos torneios da Federação Internacional de Tênis (ITF) abaixo de Tier IV.

RankingsEditar

Notas

  1. a b c Refere-se ao grupo de torneios obrigatórios (antigo Premier Mandatory), composto por Indian Wells, Madri, Miami e Pequim.
  2. a b c d Refere-se ao grupo de torneios não obrigatórios (antigo Premier 5), composto por Cincinnati, Doha ou Dubai, Montreal ou Toronto, Roma e Wuhan.

Referências

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar