Abrir menu principal

Eleições estaduais na Paraíba em 1954

As eleições estaduais na Paraíba em 1954 ocorreram em 3 de outubro como parte das eleições gerais no Distrito Federal, em 20 estados e nos territórios federais do Acre, Amapá, Rondônia e Roraima. Foram eleitos os senadores João Arruda e Argemiro de Figueiredo, além de 11 deputados federais e 40 deputados estaduais.[1][nota 1][nota 2]

1950 Brasil 1955
Eleição parlamentar na  Paraíba em 1954
3 de outubro de 1954
Senadores eleitos
Replace this image male.png Argemiro f.jpg
Líder João Arruda Argemiro de Figueiredo
Partido PSP UDN
Natural de Bonito de Santa Fé, PB Campina Grande, PB
Votos 110.000 109.416
Porcentagem 25,31% 25,17%


Coat of arms of Brazil.svg
Senador da Paraíba

Nascido em Bonito de Santa Fé, o industrial João Arruda formou-se advogado na Universidade Federal de Pernambuco em 1937 e nesse mesmo ano dedicou-se ao comércio de algodão em Campina Grande o que lhe valiam muitas viagens à cidade de São Paulo na qual fixou residência. Pertencente ao quadro societário da Fiação e Tecelagem Santana, filiou-se ao PSP de Ademar de Barros sendo eleito senador pela Paraíba em 1954. Ao fim de seu mandato afastou-se da política regressando ao seu cotidiano empresarial.[2]

Também diplomado pela Universidade Federal de Pernambuco, o advogado Argemiro de Figueiredo concluiu sua graduação em 1924 e passou a atuar em Campina Grande, sua cidade natal. Eleito deputado estadual em 1929, era egresso de um partido que se integraria à Aliança Liberal, embrião da Revolução de 1930 que levou Getúlio Vargas à presidência da República ao invés de Júlio Prestes. Graças a uma sugestão de José Américo de Almeida, ministro de Viação e Obras Públicas, o interventor Gratuliano Brito nomeou Argemiro de Figueiredo como secretário de Justiça. Em 1935 foi eleito governador por via indireta e após o Estado Novo subiu ao posto de interventor, onde ficou até 1940. Eleito deputado federal pela UDN em 1945, assinou a Constituição de 1946.[3][4] Em 1950 foi derrotado por José Américo de Almeida ao disputar o governo estadual e no ano seguinte perdeu a prefeitura de Campina Grande sendo, porém, eleito senador em 1954.[5]

Resultado da eleição para senadorEditar

Conforme o Tribunal Superior Eleitoral houve 434.668 votos nominais, 57.616 votos em branco (1,15%) e 7.350 votos nulos (1,47%), resultando no comparecimento de 499.634 eleitores.[1]

Candidatos a senador da República
Primeiro suplente de senador Número Coligação Votação Percentual
João Arruda
PSP
Ver abaixo
-
-
PSP, UDN
110.000
25,31%
Argemiro de Figueiredo
UDN
Ver abaixo
-
-
PSP, UDN
109.416
25,17%
Assis Chateaubriand
PSD
Ver abaixo
-
-
PSD, PL
103.713
23,86%
Veloso Borges[nota 3]
PSD
Ver abaixo
-
-
PSD, PL
101.871
23,44%
Hermano Alfredo Neto de Sá
PTB
Ver abaixo
-
-
PTB (sem coligação)
9.193
2,11%
José Demétrio de Albuquerque e Silva
PST
Ver abaixo
-
-
PST (sem coligação)
475
0,11%
  Eleitos

Resultado da eleição para suplente de senadorEditar

Conforme o Tribunal Superior Eleitoral houve 428.728 votos nominais, 63.434 votos em branco (12,70%) e 7.472 votos nulos (1,49%), resultando no comparecimento de 499.634 eleitores.[1]

Primeiro suplente de senador
Candidatos a senador da República Número Coligação Votação Percentual
Otacílio Jurema
PSP
Ver acima
-
-
PSP, UDN
109.710
25,59%
José Mário Porto
UDN
Ver acima
-
-
PSP, UDN
108.845
25,39%
Francisco de Paula Porto
PSD
Ver acima
-
-
PSD, PL
103.088
24,04%
Antônio Pinto de Oliveira[nota 4]
PSD
Ver acima
-
-
PSD, PL
101.608
23,70%
Paulo Acácio Galvão
PTB
Ver acima
-
-
PTB (sem coligação)
4.971
1,16%
Nazir Pinto da Silva
PST
Ver acima
-
-
PST (sem coligação)
506
0,12%
  Eleitos

Deputados federais eleitosEditar

São relacionados os candidatos eleitos com informações complementares da Câmara dos Deputados.[6][7]

Deputados federais eleitos Partido Votação Percentual Cidade onde nasceu Unidade federativa
Janduhy Carneiro PSD 24.153 Pombal   Paraíba
José Joffily PSD 20.840 Campina Grande   Paraíba
Drault Ernani PSD 19.390 São José dos Cordeiros   Paraíba
João Úrsulo UDN 17.953 Santa Rita   Paraíba
João Agripino UDN 17.129 Brejo do Cruz   Paraíba
Plínio Lemos PL 15.490 Areia   Paraíba
Antônio Pereira Diniz PL 14.235 Alagoa Nova   Paraíba
Rafael Corrêa[nota 5] UDN 14.038 Goiana   Pernambuco
Ernani Sátiro UDN 13.010 Patos   Paraíba
Ivan Bichara PSD 9.951 Cajazeiras   Paraíba
Praxedes Pitanga[nota 6] UDN 6.546 Itaporanga   Paraíba

Deputados estaduais eleitosEditar

As 40 cadeiras da Assembleia Legislativa da Paraíba foram assim distribuídas: UDN quinze, PSD quatorze, PL cinco, PTB três, enquanto PSP, PR e PSB obtiveram uma cadeira cada um.[1]

Notas

  1. No Distrito Federal não houve eleição para governador, apenas para o Senado Federal.
  2. Não houve eleições no Território Federal de Fernando de Noronha.
  3. Irmão do também político Veloso Borges.
  4. Homônimo do segundo Barão de Santo Antônio.
  5. Faleceu na cidade do Rio de Janeiro em 04 de junho de 1958 e em seu lugar foi efetivado Giácomo Porto.
  6. O ardil das "candidaturas múltiplas" permitiu a Argemiro Figueiredo eleger-se deputado federal e senador em 1954 e como ele optou pelo Senado Federal, a cadeira de deputado foi entregue ao primeiro suplente.

Referências

  1. a b c d «Banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral». Consultado em 12 de julho de 2017 
  2. «Senado Federal do Brasil: senador João Arruda». Consultado em 12 de julho de 2017 
  3. «BRASIL. Presidência da República: Constituição de 1946». Consultado em 12 de julho de 2017 
  4. «Câmara dos Deputados do Brasil: deputado Argemiro de Figueiredo». Consultado em 12 de julho de 2017 
  5. «Senado Federal do Brasil: senador Argemiro de Figueiredo». Consultado em 12 de julho de 2017 
  6. «Página oficial da Câmara dos Deputados». Consultado em 12 de julho de 2017. Arquivado do original em 2 de outubro de 2013 
  7. «BRASIL. Presidência da República: Lei nº 9.504 de 30/09/1997». Consultado em 12 de julho de 2017