Abrir menu principal

Copa do Mundo FIFA de 1986

Copa do Mundo FIFA de 1986
Copa Mundial de Fútbol México '86
Mexico 86
World cup Mexico 86 Logo svg.png
Cartaz promocional da Copa do Mundo de 1986,
realizada no México.
Dados
Participantes 24
Organização FIFA
Anfitrião México
Período 31 de maio29 de junho
Gol(o)s 132
Partidas 52
Média 2,54 gol(o)s por partida
Campeão Argentina (2° título)
Vice-campeão Alemanha Ocidental
3º colocado França
4º colocado Bélgica
Melhor marcador Inglaterra Gary Lineker – 6 gols
Melhor ataque (fase inicial) 9 gols:
Melhor defesa (fase inicial) Brasil – nenhum gol
Maior goleada
(diferença)
União Soviética 6 - 0 Hungria
Estádio Sergio León ChavezLeón
2 de junho, Grupo C, 1ª rodada
Público 2 393 331
Média 46 025,6 pessoas por partida
Premiações
Melhor jogador
Argentina Diego Maradona
Melhor jogador jovem Bélgica Enzo Scifo
Fair play Brasil
◄◄ Espanha 1982 Soccerball.svg 1990 Itália ►►

A Copa do Mundo FIFA de 1986 foi a 13ª Copa do Mundo disputada, e contou com a participação de 24 países divididos em seis grupos de quatro. De cada grupo os 2 primeiros colocados se classificavam diretamente para as Oitavas de Final. Para completar as 16 seleções classificadas, os 4 terceiros colocados de melhor campanha conquistavam a vaga por índice técnico. No total 113 países participaram das eliminatórias.

A Copa de 1986 seria disputada na Colômbia. Porém, os graves problemas econômicos deste país impediram os colombianos de serem os anfitriões do torneio. A FIFA ofereceu a Copa para o Brasil,[1] os Estados Unidos e o Canadá, em 1982, mas os governos desses três países recusaram. Então, o Mundial foi aceito pelo México, escolhido em 1983 para sediá-lo mais uma vez. Nem mesmo os terremotos um ano antes puseram em risco a realização da copa.

Índice

EliminatóriasEditar

Seleções participantesEditar

 
Países qualificados.

SorteioEditar

O sorteio foi realizado nos Estúdios de Televisão da Televisa na cidade do México, no dia 15 de Dezembro de 1985. Os cabeças de chave foram: Alemanha Ocidental, Brasil, França, Itália, México e Polônia.

Países lusófonosEditar

BrasilEditar

 Ver artigo principal: Brasil na Copa do Mundo FIFA de 1986

Brasil e França duelaram em Guadalajara. Após empate em 1 a 1, o Brasil teve a chance da vitória, mas Zico cobrou mal um pênalti defendido pelo goleiro francês Joël Bats. Na disputa de penais, o Brasil viu Sócrates errar a cobrança máxima, além do zagueiro Júlio César. Final 4 a 3 a favor da França.[2]

Mesmo retendo a base da seleção que teve bom desempenho em 1982, o Brasil não tinha as mesmas expectativas por problemas como a saída do técnico Evaristo de Macedo - substituído por Telê Santana, o mesmo da Copa anterior - e o corte do atacante Renato Gaúcho, que levou o lateral Leandro a desistir do torneio, além de diversas contusões entre o time que viajou para o México. A seleção venceu todos os jogos da primeira fase, e nas oitavas de final bateu a Polônia por folgados 4 a 0. Nas quartas de final contra a França, Careca - artilheiro da seleção com 5 gols - abriu o placar, e o capitão francês Michel Platini empatou. Na segunda etapa, Zico errou uma cobrança de pênalti que tornou o craque bode expiatório da eliminação brasileira, já que o jogo permaneceu empatado no tempo regulamentar e na prorrogação, e nos pênaltis os franceses ganharam por 4 a 3, com Sócrates e Júlio César errando suas cobranças.[3]

PortugalEditar

Ver também: Caso Saltillo

Havia 20 anos que Portugal não participava de uma Copa. No sorteio das eliminatórias, Portugal ficou alinhado com Alemanha Ocidental, Tchecoslováquia, Suécia e Malta. Duas equipas por grupo iriam ao campeonato. Portugal começou bem, indo ganhar à Suécia por 1 a 0, em Estocolmo, a 12 de setembro de 1984. Foi a primeira vitória frente à Suécia. O gol foi de Gomes. Depois, no Porto, a 14 de outubro, Portugal derrotou a Tchecoslováquia por 2 a 1, com gols de Diamantino Miranda e Carlos Manuel; com Janecka pelos tchecoslovacos. Mas, um mês depois, a 14 de Novembro, em Lisboa, Portugal cedeu 1 a 3 com a Suécia, com um golo de Rui Jordão, Nilsson e Prytz (2) pelos suecos. Em Malta, a 10 de Fevereiro, Portugal ganhou por 1 a 3, com golos de Gomes (2) e Carlos Manuel, Ferrugia marcou o gol dos malteses. Esse jogo caracterizou-se por ter sido jogado da parte da manhã, antes de almoço. Com a Alemanha Ocidental, em Lisboa, a 14 de Fevereiro, Portugal voltou a perder 1 a 2 (Diamantino marcou para Portugal; Völler e Pierre Littbarski marcaram para a Alemanha Ocidental). As esperanças de qualificação ficaram quase completamente arrasadas com mais uma derrota, desta vez em Praga, a 25 de setembro por 1 a 0, gol de Hruska. Com Malta, em Lisboa, Portugal venceu novamente, mas tangencialmente 3 a 2, com gols de Gomes (2) e José Rafael; Frederico marcou na sua própria baliza; Di Giorgio marcou também por Malta. Portugal foi para Stuttgart, e o que parecia impossível aconteceu. A Alemanha Ocidental perdeu para Portugal por 1 a 0, em casa, com um gol de fora da área de Carlos Manuel, carimbando o passaporte português para a Copa do México.

No México, Portugal ficou no grupo da Inglaterra, Polónia e Marrocos; à partida, este era um grupo acessível. A equipa portuguesa instalou-se em Saltillo. A 3 de Junho de 1986, em Monterrey, Portugal estreou bem, vencendo a Inglaterra por 1 a 0, gol de Carlos Manuel. No entanto, os jogadores e a federação não chegavam a acordo sobre prémios de jogo. Havia problemas de indisciplina e entre o primeiro e o segundo jogo, os jogadores fizeram greve aos treinos. Além disso, o guarda-redes português, Bento, partiu uma perna na véspera do segundo jogo, tendo sido substituído por Vítor Damas. A 7 de junho, também em Monterrey, Portugal defrontou a Polónia e perdeu por 0 a 1, com gol de Smolarek. A 11 de junho, em Guadalajara, Marrocos, que antes havia surpreendentemente empatado com Polónia e Inglaterra, ganhou 3 a 1 (Khairi (2) e Krimau; Diamantino). Portugal ficou em último lugar e foi eliminado. A greve de Saltillo deixou marcas profundas: a quase totalidade dos jogadores que foram ao campeonato do Mundo recusaram voltar a jogar pela selecção durante dois anos, e Portugal viu-se obrigado a jogar com uma equipa de reservistas.

SedesEditar

TransmissãoEditar

Em 1986 as emissoras que exibiram a Copa do Mundo foram as redes Globo, Manchete e SBT; no caso desta última, a transmissão foi realizada em conjunto com a TV Record/REI, uma vez que Silvio Santos era co-proprietário desta juntamente com o empresário Paulo Machado de Carvalho.[4]

Primeira FaseEditar

Grupo AEditar

Time Pts J V E D GF GC SG
  Argentina 5 3 2 1 0 6 2 4
  Itália 4 3 1 2 0 5 4 1
  Bulgária 2 3 0 2 1 2 4 -2
  Coreia do Sul 1 3 0 1 2 4 7 -3
31 de maio de 1986
12:00
  Itália 1 – 1   Bulgária Estádio Azteca, Cidade do México
Árbitro: Fredriksson (Suécia)
Público: 95,000

Altobelli 43' Sirakov 85'

2 de junho de 1986
12:00
  Argentina 3 – 1   Coreia do Sul Estádio Olímpico Universitário, Cidade do México
Árbitro: Sánchez (Espanha)
Público: 60,000

Valdano 6', 46'
Ruggeri 18'
Park Chang-Seon 73'

5 de junho de 1986
12:00
  Itália 1 – 1   Argentina Estadio Cuauthémoc, Puebla
Árbitro: Keizer (Países Baixos)
Público: 32,000

Altobelli 6' pen Maradona 34'

5 de junho de 1986
16:00
  Bulgária 1 – 1   Coreia do Sul Estádio Olímpico Universitário, Cidade do México
Árbitro: Al Shanar (Arábia Saudita)
Público: 45,000

Getov 11' Kim Jong-boo 70'

10 de junho de 1986
12:00
  Itália 3 – 2   Coreia do Sul Estádio Cuauhtémoc, Puebla
Árbitro: Socha (Estados Unidos)
Público: 20,000

Altobelli 17', 73'
Cho Kwang-rae 82' (g.c.)
Choi Soon-ho 62'
Huh Jung-moo 83'

10 de junho de 1986
12:00
  Argentina 2 – 0   Bulgária Estádio Olímpico Universitário, Cidade do México
Árbitro: Morera (Costa Rica)
Público: 65,000

Valdano 3'
Burruchaga 79'
 

Grupo BEditar

Time Pts J V E D GF GC SG
  México 5 3 2 1 0 4 2 2
  Paraguai 4 3 1 2 0 4 3 1
  Bélgica 3 3 1 1 1 5 5 0
  Iraque 0 3 0 0 3 1 4 -3
3 de junho de 1986
12:00
  México 2 – 1   Bélgica Estádio Azteca, Cidade do México
Árbitro: Espósito (Argentina)
Público: 110,000

Quirarte 23'
Sánchez 39'
Vandenbergh 45'

4 de junho de 1986
12:00
  Paraguai 1 – 0   Iraque Estádio Nemesio Díez, Toluca
Árbitro: Picon-Ackong (Ilhas Maurício)
Público: 24,000

Romerito 35'  

7 de junho de 1986
12:00
  México 1 – 1   Paraguai Estádio Azteca, Cidade do México
Árbitro: Courtney (Inglaterra)
Público: 114,000

Flores 3' Romerito 85'

8 de junho de 1986
12:00
  Bélgica 2 – 1   Iraque Estadio Nemesio Díez, Toluca
Árbitro: Díaz (Colômbia)
Público: 20,000

Scifo 16'
Claesen 19' (pen)
Radhi 59'

11 de junho de 1986
12:00
  Bélgica 2 – 2   Paraguai Estadio Nemesio Díez, Toluca
Árbitro: Dochev (Bulgária)
Público: 16,000

Vercauteren 30'
Veyt 59'
Cabañas 50', 76'

11 de junho de 1986
12:00
  México 1 – 0   Iraque Estádio Azteca, Cidade do México
Árbitro: Petrović (Iugoslávia)
Público: 103,000

Quirarte 54'  

Grupo CEditar

Time Pts J V E D GF GC SG
  União Soviética 5 3 2 1 0 9 1 8
  França 5 3 2 1 0 5 1 4
  Hungria 2 3 1 0 2 2 9 -7
  Canadá 0 3 0 0 3 0 5 -5
1 de junho de 1986
16:00
  França 1 – 0   Canadá Estádio Nou Camp, León
Árbitro: Silva (Chile)
Público: 36,000

Jean-Pierre Papin 79'  

2 de junho de 1986
12:00
  União Soviética 6 – 0   Hungria Estádio Sergio León Chavez, Irapuato
Árbitro: Agnolin (Itália)
Público: 16,500

Yakovenko   2'
Aleinikov   4'
Belanov   24' (pen.)
Yaremchuk   66'
Dajka   73'
Rodionov   80'
 

5 de junho de 1986
12:00
  França 1 – 1   União Soviética Estadio Nou Camp, León
Árbitro: Arppi Filho (Brasil)
Público: 36,500

Luis Fernández 60' Vasilly Rats 53'

6 de junho de 1986
12:00
  Canadá 0 – 2   Hungria Estádio Sergio León Chavez, Irapuato
Árbitro: Al-Sharif (Síria)
Público: 14,000

  Márton Esterházy 2'
Lajos Détári 75'

9 de junho de 1986
12:00
  França 3 – 0   Hungria Estádio Nou Camp, León
Árbitro: Valente (Portugal)
Público: 31,000

Yannick Stopyra 29'
Jean Tigana 62'
Dominique Rocheteau 84'
 

9 de junho de 1986
12:00
  Canadá 0 – 2   União Soviética Estádio Sergio León Chavez, Irapuato
Árbitro: Traoré (Mali)
Público: 14,200

  Oleg Blokhin 58'
Aleksandr Zavarov 74'

Grupo DEditar

Time Pts J V E D GF GC SG
  Brasil 6 3 3 0 0 5 0 5
  Espanha 4 3 2 0 1 5 2 3
  Irlanda do Norte 1 3 0 1 2 2 6 -4
  Argélia 1 3 0 1 2 1 5 -4
1 de junho de 1986
12:00
Espanha   0 – 1   Brasil Estádio Jalisco, Guadalajara
Árbitro: Bambridge (Austrália)
Público: 65,000

Sócrates   62'

3 de junho de 1986
12:00
Argélia   1 – 1   Irlanda do Norte Estádio Tres de Marzo, Guadalajara
Árbitro: Butenko (União Soviética)
Público: 22,000

Zidane   59' Whiteside   6'

6 de junho de 1986
12:00
Brasil   1 – 0   Argélia Estádio Jalisco, Guadalajara
Árbitro: Méndez (Guatemala)
Público: 48,000

Careca   66'  

7 de junho de 1986
12:00
Irlanda do Norte   1 – 2   Espanha Estádio Tres de Marzo, Guadalajara
Árbitro: Brummeier (Áustria)
Público: 28,000

Clarke   46' Butragueño   1'
Salinas   18'

12 de junho de 1986
12:00
  Brasil 3 – 0   Irlanda do Norte Estádio Jalisco, Guadalajara
Árbitro: Kirschen (Alemanha Oriental)
Público: 51,000

Careca 15', 87'
Josimar 42'
 

12 de junho de 1986
12:00
  Espanha 3 – 0   Argélia Estádio Tecnológico, Monterrey
Árbitro: Takada (Japão)
Público: 20,000

Calderé 15', 68'
Eloy Olaya 70'
 

Grupo EEditar

Time Pts J V E D GF GC SG
  Dinamarca 6 3 3 0 0 9 1 8
  Alemanha Ocidental 3 3 1 1 1 3 4 -1
  Uruguai 2 3 0 2 1 2 7 -5
  Escócia 1 3 0 1 2 1 3 -2
4 de junho de 1986
12:00
  Alemanha Ocidental 1 – 1   Uruguai Estádio La Corregidora, Quéretaro
Árbitro: Christov (Tchecoslováquia)
Público: 30,000

Allofs 84' Alzamendi 4'

4 de junho de 1986
16:00
  Escócia 0 – 1   Dinamarca Estádio Neza 86, Nezahualcóyotl
Árbitro: Nemeth (Hungria)
Público: 18,000

  Elkjær Larsen 57'

8 de junho de 1986
12:00
  Alemanha Ocidental 2 – 1   Escócia Estadio La Corregidora, Querétaro
Árbitro: Igna (Romênia)
Público: 30,000

Völler 23'
Allofs 49'
Strachan 18'

8 de junho de 1986
16:00
  Dinamarca 6 – 1   Uruguai Estádio Neza 86, Nezahualcóyotl
Árbitro: Ramírez (México)
Público: 26,000

Elkjær Larsen   11',   67',   80'
Lerby   41'
Laudrup   52'
J. Olsen   88'
Francescoli   45' (pen.)

13 de junho de 1986
12:00
  Alemanha Ocidental 0 – 2   Dinamarca Estádio La Corregidora, Querétaro
Árbitro: Ponnet (Bélgica)
Público: 36,000

  J. Olsen 43' pen
Eriksen 62'

13 de junho de 1986
12:00
  Uruguai 0 – 0   Escócia Estádio Neza 86, Nezahualcóyotl
Árbitro: Quiniou (França)
Público: 20,000

   

Grupo FEditar

Time Pts J V E D GF GC SG
  Marrocos 4 3 1 2 0 3 1 2
  Inglaterra 3 3 1 1 1 3 1 2
  Polónia 3 3 1 1 1 1 3 -2
  Portugal 2 3 1 0 2 2 4 -2
2 de junho de 1986
16:00
  Polónia 0 – 0   Marrocos Estádio Universitário, Monterrey
Árbitro: Bazan (Uruguai)
Público: 19,000

   

3 de junho de 1986
16:00
  Portugal 1 – 0   Inglaterra Estádio Tecnológico, Monterrey
Árbitro: Roth (Alemanha Ocidental)
Público: 23,000

Carlos Manuel 76'  

6 de junho de 1986
16:00
  Marrocos 0 – 0   Inglaterra Estádio Tecnológico, Monterrey
Árbitro: González (Paraguai)
Público: 20,000

   

7 de junho de 1986
16:00
  Polónia 1 – 0   Portugal Estádio Universitário, Monterrey
Árbitro: Bin Nasser (Tunísia)
Público: 20,000

Smolarek 68'  

11 de junho de 1986
16:00
  Polónia 0 – 3   Inglaterra Estádio Tecnológico, Monterrey
Árbitro: Daina (Suíça)
Público: 23,000

  Lineker 9', 14', 34'

11 de junho de 1986
16:00
  Marrocos 3 – 1   Portugal Estádio Jalisco, Guadalajara
Árbitro: Snoddy (Irlanda do Norte)
Público: 24,000

Khairi 19', 26'
Merry Krimau 62'
Diamantino 80'

Fase finalEditar

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
                           
16 de junho – Puebla            
   Argentina  1
22 de junho – Cidade do México
   Uruguai  0  
   Argentina  2
18 de junho – Cidade do México
     Inglaterra  1  
   Inglaterra  3
25 de junho – Cidade do México
   Paraguai  0  
   Argentina  2
18 de junho – Querétaro
     Bélgica  0  
   Dinamarca  1
22 de junho – Puebla
   Espanha  5  
   Espanha  1 (4)
15 de junho – León
     Bélgica (pen)  1 (5)  
   União Soviética  3
29 de junho – Cidade do México
   Bélgica (pro)  4  
   Argentina  3
16 de junho – Guadalajara
     Alemanha Ocidental  2
   Brasil  4
21 de junho – Guadalajara
   Polónia  0  
   Brasil  1 (3)
17 de junho – Cidade do México
     França (pen)  1 (4)  
   Itália  0
25 de junho – Guadalajara
   França  2  
   França  0
17 de junho – Monterrey
     Alemanha Ocidental  2   Terceiro lugar
   Marrocos  0
21 de junho – Monterrey 28 de junho – Puebla
   Alemanha Ocidental  1  
   Alemanha Ocidental (pen)  0 (4)    Bélgica  2
15 de junho – Cidade do México
     México  0 (1)      França (pro)  4
   México  2
   Bulgária  0  

Oitavas-de-FinalEditar

15 de junho de 1986
12:00
  México 2 – 0   Bulgária Estádio Azteca, Cidade do México
Árbitro: Arppi Filho (Brasil)
Público: 114,000

Negrete 34'
Servín 61'
 

15 de junho de 1986
16:00
  União Soviética 3 – 4 (pro.)   Bélgica Estádio Nou Camp, León
Árbitro: Fredriksson (Suécia)
Público: 32,300

Belanov   27',   70',   111' (pen.) Scifo   56'
Ceulemans   77'
Demol   102'
Claesen   110'

16 de junho de 1986
12:00
  Brasil 4 – 0   Polónia Estádio Jalisco, Guadalajara
Árbitro: Roth (Alemanha Ocidental)
Público: 45,000

Sócrates   30' (pen.)
Josimar   55'
Edinho   79'
Careca   83' (pen.)
 

16 de junho de 1986
16:00
  Argentina 1 – 0   Uruguai Estádio Cuauhtémoc, Puebla
Árbitro: Agnolin (Itália)
Público: 26,000

Pasculli 42'  

17 de junho de 1986
12:00
  França 2 – 0   Itália Estádio Olímpico Universitário, Cidade do México
Árbitro: Espósito (Argentina)
Público: 70,000

Platini 15'
Stopyra 57'
 

17 de junho de 1986
16:00
  Marrocos 0 – 1   Alemanha Ocidental Estádio Universitário, Monterrey
Árbitro: Petrović (Iugoslávia)
Público: 19,000

  Matthäus 87'

18 de junho de 1986
12:00
  Inglaterra 3 – 0   Paraguai Estádio Azteca, Cidade do México
Árbitro: Al Sharif (Síria)
Público: 99,000

Lineker 31', 73'
Beardsley 56'
 

18 de junho de 1986
16:00
  Dinamarca 1 – 5   Espanha Estadio La Corregidora, Querétaro
Árbitro: Keizer (Países Baixos)
Público: 38,500

J. Olsen   33' (pen.) Butragueño   43',   56',   80',   88' (pen.)
Goikoetxea   68' (pen.)

Quartas-de-FinalEditar

21 de junho de 1986
12:00
  Histórico
  Brasil 1 – 1 (Prorrogação)
(3–4 Disputa por pênaltis)
  França Estadio Jalisco, Guadalajara
Árbitro: Igna (Romênia)
Público: 65,000

Careca 17' Platini 40'
    Penalidades  
Sócrates: Bats defendeu
Alemão: marcou
Zico: marcou
Branco: marcou
Júlio César: chutou na trave
3–4 Stopyra: marcou
Amoros: marcou
Bellone: marcou
Platini: chutou para fora
Fernández: marcou
 

21 de junho de 1986
16:00
  México 0 – 0 (Prorrogação)
(1–4 Disputa por pênaltis)
  Alemanha Ocidental Estádio Universitário, Monterrey
Árbitro: Díaz (Colômbia)
Público: 44,000

   
    Penalidades  
Negrete: marcou
Quirarte: Schumacher defendeu
Servín: Schumacher defendeu
1–4 Allofs: marcou
Brehme: marcou
Matthäus: marcou
Littbarski: marcou
 

22 de junho de 1986
12:00
  Argentina 2 – 1   Inglaterra Estádio Azteca, Cidade do México
Árbitro: Bin Nasser (Tunísia)
Público: 115,000

Maradona 51', 55' Lineker 81'

Nesta partida Diego Maradona marcou os famosos gols La Mano de Dios e aquele que ficou conhecido como O Gol do Século, onde ele dribla 6 jogadores ingleses até tocar a bola para o gol vazio.


22 de junho de 1986
16:00
  Bélgica 1 – 1 (Prorrogação)
(5–4) (Disputa por pênaltis)
  Espanha Estádio Cuauhtémoc, Puebla
Ref: Kirschen (Alemanha Oriental)
Público: 45,000

Ceulemans 35' Señor 85'
    Penalidades  
Claesen: marcou
Scifo: marcou
Broos: marcou
Vervoort: marcou
van der Elst: marcou
5–4 Señor: marcou
Eloy: Pfaff defendeu
Chendo: marcou
Butragueño: marcou
Víctor: marcou
 

SemifinaisEditar

25 de junho de 1986
12:00
  Alemanha Ocidental 2 – 0   França Estádio Jalisco, Guadalajara
Árbitro: Agnolin (Itália)
Público: 50,000

Brehme 9'
Völler 89'
 

25 de junho de 1986
16:00
  Argentina 2 – 0   Bélgica Estádio Azteca, Cidade do México
Árbitro: Ramírez (México)
Público: 110,000

Maradona 51', 63'  

Disputa de 3º LugarEditar

28 de junho de 1986
12:00
  França 4 – 2 (Prorrogação)   Bélgica Estádio Cuauhtémoc, Puebla
Árbitro: Courtney (Inglaterra)
Público: 21,000

Ferreri 27'
Papin 43'
Genghini 104'
Amoros 111' pen
Ceulemans 11'
Claesen 73'

FinalEditar

 Ver artigo principal: Final da Copa do Mundo FIFA de 1986
29 de junho de 1986 Argentina   3 – 2   Alemanha Ocidental Estádio Azteca, Cidade do México
12:00 (UTC-5)
Brown   23'
Valdano   55'
Burruchaga   83'
Relatório Rummenigge   74'
Völler   80'
Público: 114 600
Árbitro: Romualdo Arppi Filho (Brasil)

Classificação finalEditar

FinalistasEditar

PremiaçõesEditar

Campeã da Copa do Mundo FIFA de 1986
 
Argentina
Segundo Título

IndividuaisEditar

Bola de Ouro Bola de Prata Bola de Bronze Prêmio Yashin
  Diego Maradona   Harald Schumacher   Preben Elkjær Larsen   Harald Schumacher

ArtilhariaEditar

Chuteira de Ouro Chuteira de Prata Chuteira de Bronze FIFA Prêmio Fair Play
  Gary Lineker   Diego Maradona
  Careca
  Emilio Butragueño
  Jorge Valdano
  Preben Elkjær Larsen
  Alessandro Altobelli
  Igor Belanov
  Brasil

ArtilhariaEditar

6 gols[5]
5 gols
4 gols
3 gols

Referências

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Copa do Mundo FIFA de 1986