Abrir menu principal

Resultados do Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1 realizado em Monza à 10 de setembro de 1989. Foi a décima segunda etapa daquela temporada.[1]

Índice

ResumoEditar

Havia uma batalha anunciada para Monza entre Ayrton Senna e as Ferrari. O brasileiro era o grande inimigo e passou a ser vaiado quando fez a pole position, com as Ferrari de Gerhard Berger e Nigel Mansell entre ele e Alain Prost. Ao contrário das corridas anteriores em território italiano, Senna não era mais aplaudido e sim Prost, que vinha depois da dupla da Ferrari na preferência dos 150 mil torcedores presentes no autódromo. A rejeição ao brasileiro estava no fato da contratação do francês pela Ferrari para 1990, anunciada na véspera do grande prêmio. Por isso é que Monza foi ao delírio quando o motor de Ayrton Senna estourou na 44ª volta, a nove da final, quando era líder destacado.

Os italianos sonhavam com a repetição da vitória de Gerhard Berger do ano anterior, mas contentaram-se com o triunfo de Alain Prost, numa espécie de vingança contra Senna, que não aceitou ir para a Ferrari.

Classificação da provaEditar

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 2   Alain Prost McLaren-Honda 53 1'19:28.4 4 9
2 28   Gerhard Berger Ferrari 53 +7.326 2 6
3 5   Thierry Boutsen Williams-Renault 53 +14.975 6 4
4 6   Riccardo Patrese Williams-Renault 53 +38.722 5 3
5 4   Jean Alesi Tyrrell-Ford 52 + 1 volta 10 2
6 7   Martin Brundle Brabham-Judd 52 + 1 volta 12 1
7 23   Pierluigi Martini Minardi-Ford 52 + 1 volta 15  
8 24   Luis Pérez-Sala Minardi-Ford 51 + 2 voltas 26  
9 25   René Arnoux Ligier-Ford 51 + 2 voltas 23  
10 12   Satoru Nakajima Lotus-Judd 51 Suspensão 19  
11 21   Alex Caffi Dallara-Ford 47 Motor 20  
Ret 22   Andrea de Cesaris Dallara-Ford 45 Motor 17  
Ret 1   Ayrton Senna McLaren-Honda 44 Motor 1  
Ret 27   Nigel Mansell Ferrari 41 Câmbio 3  
Ret 37   Bertrand Gachot Onyx-Ford 38 Radiador 22  
Ret 19   Alessandro Nannini Benetton-Ford 33 Freios 8  
Ret 16   Ivan Capelli March-Judd 30 Motor 18  
Ret 26   Olivier Grouillard Ligier-Ford 30 Exaustor 21  
Ret 11   Nelson Piquet Lotus-Judd 23 Spun Off 11  
Ret 3   Jonathan Palmer Tyrrell-Ford 18 Motor 14  
Ret 9   Derek Warwick Arrows-Ford 18 Sistema de combustível 16  
Ret 17   Nicola Larini Osella-Ford 16 Câmbio 24  
Ret 29   Michele Alboreto Lola-Lamborghini 14 Pane elétrica 13  
Ret 15   Mauricio Gugelmin March-Judd 14 Regulador 25  
Ret 30   Philippe Alliot Lola-Lamborghini 1 Spun Off 7  
Ret 20   Emanuele Pirro Benetton-Ford 0 Transmissão 9  
DNQ 8   Stefano Modena Brabham-Judd    
DNQ 10   Eddie Cheever Arrows-Ford    
29 38   Christian Danner Rial-Ford    
DNQ 39   Pierre-Henri Raphanel Rial-Ford    
DNPQ 36   Stefan Johansson Onyx-Ford    
DNPQ 40   Gabriele Tarquini AGS-Ford    
DSQ 31   Roberto Moreno Coloni-Ford    
DNPQ 18   Piercarlo Ghinzani Osella-Ford    
DNPQ 34   Bernd Schneider Zakspeed-Yamaha    
DNPQ 35   Aguri Suzuki Zakspeed-Yamaha    
DNPQ 33   Oscar Larrauri Eurobrun-Judd    
DNPQ 41   Yannick Dalmas AGS-Ford    

Tabela do campeonato após a corridaEditar

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas e a campeã mundial de construtores surge grafada em negrito. Entre 1981 e 1990 cada piloto podia computar onze resultados válidos por temporada não havendo descartes no mundial de construtores.

NotasEditar

  • Volta mais rápida: Alain Prost 1'28.107

Referências