Língua cingalesa

Cingalês
Falado(a) em: Sri Lanka, Índia e imigrantes em outros países.
Região: Ásia
Total de falantes: 19 milhões, aproximadamente.
Posição: n/d
Família: Indo-europeia
 Indo-iraniano
  Indo-ariano
   Indo-ariana insular
    Cingalês
Estatuto oficial
Língua oficial de: Sri Lanka
Códigos de língua
ISO 639-1: si
ISO 639-2: sin
ISO 639-3: sin

O cingalês[1][2] (සිංහල, transl. sinhala[3]) é a língua falada pelo grupo étnico maioritário do Sri Lanka (antigo Ceilão), os cingaleses. Pertence ao ramo das línguas indo-arianas e tem relação com o divehi, falado nas ilhas Maldivas. O cingalês é falado por cerca de 19 milhões de pessoas.

EscritaEditar

 
ආයුබෝවන් (āyubōvan) significa "bem-vindo", literalmente desejando uma longa vida

A [[Escrita cingalesa], Sinhala hodiya, é baseada na antiga escrita brami, assim como a maioria das escritas da Índia. A escrita cingalesa está intimamente relacionada com a escrita Grantha do sul da Índia e o alfabeto khmer pegou os elementos da escrita kadamba relacionada..[4]

O sistema de escrita para cingalês é um abugida, onde as consoantes são escritas com letras enquanto as vogais são indicadas com diacríticos (pilla) nessas consoantes, ao contrário do português onde tanto consoantes quanto vogais são letras completas, ou Urdu, onde as vogais não precisam ser escritas. Além disso, quando um diacrítico não é usado, uma "vogal inerente", seja /a/ ou /ə/, é entendida, dependendo da posição da consoante na palavra. Por exemplo, a letra ක k sozinha indica ka, seja /ka/ ou /kə/. As várias vogais são escritas කා /kaː/, කැ /kæ/, කෑ /kæː/ (após a consoante), කි /ki /, කී /kiː/ (acima da consoante), කු /ku/, කූ /kuː/ (abaixo da consoante), කෙ /ke/, කේ /keː/ (antes da consoante), කො /ko/, කෝ /koː/ (ao redor da consoante) . Existem também alguns sinais diacríticos para consoantes, como /r/ em circunstâncias especiais, embora a tendência hoje em dia seja soletrar palavras com a letra completa ර /r/, mais um precedendo ou seguindo hal kirima. Uma palavra que ainda é escrita com um diacrítico "r" é ශ්රී, como em ශ්රී ලංකාව (Sri Lankawa). O diacrítico "r" é a linha curva sob a primeira letra ("ශ": "ශ්ර"). Um segundo diacrítico, desta vez para o som da vogal /iː/ completa a palavra ("ශ්ර": "ශ්රීී"). Para /k/ simples sem uma vogal, um diacrítico de cancelamento de vogal (virama) chamado හල් කිරීම /hal kiriːmə/ é usado: ක් /k /. Vários desses diacríticos ocorrem em duas formas, que dependem da forma da letra consoante. As vogais também têm letras independentes, mas são usadas apenas no início de palavras onde não há consoante precedente para adicionar um diacrítico.

A escrita completa consiste em cerca de 60 letras, 18 para vogais e 42 para consoantes. No entanto, apenas 57 (16 vogais e 41 consoantes) são necessários para escrever cingalês falado coloquial (suddha cingalês). O resto indica sons que foram fundidos no curso da mudança linguística, como os aspirados, e estão restritos a palavras emprestadas sânscrito e páli. Uma letra (ඦ), representando o som /ⁿd͡ʒa/, é atestada, embora nenhuma palavra usando essa letra seja atestada.

O cingalês é escrito da esquerda para a direita e a escrita cingalesa é usada principalmente para o cingalês, assim como as línguas litúrgicas Páli e Sânscrito. A sequência alfabética é semelhante à de outros escritas brahmicos:

a/ā æ/ǣ i/ī u/ū [ŗ] e/ē [ai] o/ō [au] k [kh] g [gh] ṅ c [ch] j [jh] [ñ] ṭ [ṭh] ḍ [ḍh] [ṇ] t [th] d [dh] n p [ph] b [bh] m y r l v [ś ṣ] s h [ḷ] f

FonologiaEditar

 
Tabela de vogais cingalesas, de Perera & Jones (1919):5

O cingalês tem as chamadas consoantes pré-nasalizadas, ou consoantes 'meio nasais'. Uma curta homorgânica nasal ocorre antes de uma oclusiva sonora, é mais curta do que uma sequência de nasal mais oclusiva. A nasal é silabada com o início da sílaba seguinte, o que significa que o peso moraico da sílaba anterior permanece inalterado. Por exemplo, tam̆ba 'cobre' contrasta com tamba 'ferver'.

Labial Dental/
Alveolar
Retroflexa Palatal Velar Glotal
Nasal m n ɲ ŋ
Oclusiva/
africada
surda p t ʈ k
sonora b d ɖ ɡ
pré-nasalisada ᵐb ⁿd ᶯɖ ᵑɡ
Fricativa (f~ɸ) s (ʃ) h
Vibrante r
Aproximante ʋ l j

/f~ɸ/ e /ʃ/ são restritos a empréstimos, normalmente do inglês oudo sânscrito. Eles são comumente substituídos por /p/ e /s/ respectivamente no discurso coloquial. Alguns falantes usam a surda labiodental fricativa [f], como em portuguêss, e alguns usam a surda bilabial fricativa [ɸ] devido à sua semelhança com a nativa surda bilabial oclusiva /p/ .

Anterior Central Poserior
curta longa curta longa curta longa
Fechada i u
Medial e ə (əː) o
Aberta æː a

NotasEditar

Referências

  1. Dicionário Aurélio
  2. Dicionário Houaiss
  3. Almanaque Abril
  4. «Ancient Scripts: Sinhala». www.ancientscripts.com. Consultado em 7 de abril de 2016 
  Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.