Márcio Gomes

jornalista brasileiro

Márcio Gomes (Rio de Janeiro, 5 de dezembro de 1970) é um jornalista e apresentador de televisão.[1]

Márcio Gomes
Nascimento 5 de dezembro de 1970 (50 anos)
Rio de Janeiro (RJ)
Residência São Paulo (SP)
Nacionalidade brasileiro
Alma mater PUC-Rio
Ocupação jornalista e apresentador de televisão
Principais trabalhos SPTV
Bom Dia Rio
RJTV
Bom Dia Brasil
Jornal Hoje e Jornal Nacional
CNN Prime Time

HistóricoEditar

Formou-se em jornalismo na PUC-Rio, em 1992. A primeira experiência profissional aconteceu na rádio Opus 90, em que trabalhou como redator. Em 1994, na Rede Record, começou a se destacar como repórter e foi chamado, pouco tempo depois, para ingressar na TV Globo São Paulo, no jornal SPTV, aonde fez parte do rodízio de apresentadores. Foram dois anos em São Paulo, antes de voltar para o Rio de Janeiro, para trabalhar na Globo News, em 1996. Além de fazer reportagens, Márcio editava matérias e apresentava o jornal Em Cima da Hora, que ele se refere como sendo sua "grande escola": "Aprendi a fazer de tudo. Lá estamos sempre muito perto da notícia".[1][2]

Márcio Gomes assumiu a bancada do jornal Bom Dia Rio em 1998, por onde ficou durante um ano cobrindo os acontecimentos do Rio de Janeiro. Passou a ancorar o RJTV em 20 de janeiro de 1999, jornal que apresentou diretamente do Cristo Redentor.[1]

Além da apresentação do RJTV, participou do rodízio de apresentação do Jornal Nacional aos sábados e apresentador eventual do Bom Dia Brasil, também foi repórter especial da Rede Globo no Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro e tinha uma coluna no Bom Dia Brasil denominada "Você não sabia, mas já existe".[3]

Em janeiro de 2013, foi anunciada sua transferência para o escritório da IPCTV, afiliada da Rede Globo no Japão, onde seria correspondente internacional.[4] Estreou em julho como correspondente em Tóquio, no qual cobre o Extremo Oriente, o Sudeste Asiático e a Oceania, deixando a apresentação do RJTV com Ana Luíza Guimarães.[5][6]

Deixou de ser correspondente em Tóquio em junho de 2018, quando retornou à TV Globo São Paulo, na função de repórter especial do Jornal Nacional. Em 27 de dezembro do mesmo ano, reestreou como apresentador eventual do SPTV.[7] No dia 17 de agosto de 2019, Márcio Gomes estreou como apresentador eventual do Jornal da Globo juntamente com Carlos Tramontina que já estava na função de apresentador eventual.[8]

Em 17 de março de 2020, durante a pandemia de COVID-19 no Brasil, Márcio Gomes foi o escolhido pela Globo para apresentar o programa matinal Combate ao Coronavírus que durou menos de três meses.[9][10]

Após o fim do programa, foi escalado como interino para apresentar vários programas da emissora, passando pelo SPTV, Jornal Hoje, Jornal da Globo e telejornais da GloboNews, além de comandar um quadro diário no Jornal Nacional atualizando os números da pandemia de coronavírus no país.[11][12]

Márcio Gomes ficou por 21 anos na Globo, até 19 de outubro de 2020, quando a CNN Brasil anunciou a contratação do jornalista para desenvolver um novo projeto do canal de notícias.[13] O jornalista afirma ter saído da emissora após sentir "que não teria muito crescimento" e que optou pela mudança para "seguir evoluindo e usando tudo o que aprendi em 28 anos de jornalismo".[12] Na contratação, o CEO da CNN Brasil Douglas Tavolaro afirmou que Márcio Gomes é "um profissional completo e de alto gabarito".[14]

Estreou na CNN em 9 de novembro de 2020 com um telejornal no horário nobre, o CNN Prime Time.[15][16]

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Cargo Emissora
1994 - 1995 Jornal da Record Repórter e apresentador RecordTV
1995-1996 SP Já Apresentador Rede Globo
1996 SPTV
1996-1998 Em Cima da Hora GloboNews
1998-1999 Bom Dia Rio Rede Globo
Jornal Hoje (eventualmente)
1999-2013 RJTV
2000-2013
Bom Dia Brasil (eventualmente)
Jornal Nacional (eventualmente)
2013-2018 (todos os telejornais) Correspondente internacional
2018 Jornal Nacional Repórter
2018-2020 SPTV (eventualmente) Apresentador
Jornal Hoje (eventualmente)
2020 Combate ao Coronavírus
Jornal da Globo (eventualmente)
Jornal GloboNews - Edição das 16h (eventualmente) GloboNews
GloboNews em Pauta (eventualmente)
2020-presente CNN Prime Time CNN Brasil

Referências

  1. a b c «Perfil completo – Márcio Gomes». Memória Globo. Rede Globo. Consultado em 31 de dezembro de 2020 
  2. «Márcio Gomes - Jornal Nacional». Jornal Nacional. Grupo Globo. Consultado em 31 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 31 de dezembro de 2020 
  3. «Carnaval 2009 da Rede Globo será todo captado e exibido em alta definição». Consultado em 7 de julho de 2011. Arquivado do original em 18 de fevereiro de 2009 
  4. «Novo correspondente da Globo, Márcio Gomes diz: "É um sonho"». NaTelinha. UOL. 23 de maio de 2013. Consultado em 7 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2017 
  5. «Márcio Gomes se emociona ao se despedir do 'RJTV'». Comunique-se. 10 de junho de 2013 [ligação inativa] 
  6. «Márcio Gomes se despede do 'RJ TV' para ser correspondente da Globo na Ásia». Purepeople. Webedia. 7 de junho de 2013. Consultado em 31 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 3 de agosto de 2013 
  7. «Márcio Gomes estreia como apresentador do "SP2" e ganha boas-vindas de Maju». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 27 de dezembro de 2018 
  8. https://observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br/noticia-da-tv/2019/08/marcio-gomes-apresenta-jornal-da-globo-pela-primeira-vez-e-e-elogiado-por-internautas
  9. «Com coronavírus, Globo terá 11h de jornalismo diário e programa focado apenas na doença». F5. Folha de S. Paulo. 16 de março de 2020. Consultado em 16 de março de 2020 
  10. «Márcio Gomes se despede do Combate ao Coronavírus: 'Seguimos com a mesma missão'». F5. Folha de S. Paulo. 22 de maio de 2020. Consultado em 31 de dezembro de 2020 
  11. «Márcio Gomes assume 7º jornal em 5 meses e vira piada nos bastidores da Globo». TV História. 2 de outubro de 2020. Consultado em 31 de dezembro de 2020 
  12. a b Luciano Guaraldo (9 de dezembro de 2020). «Há um mês na CNN Brasil, Márcio Gomes revela por que saiu da Globo». Notícias da TV. UOL. Consultado em 31 de dezembro de 2020 
  13. «CNN Brasil contrata o apresentador Márcio Gomes - Televisão». NaTelinha. Consultado em 19 de outubro de 2020 
  14. Flávio Ricco (19 de outubro de 2020). «Márcio Gomes deixa Globo após 24 anos e assina com a CNN Brasil». R7.com. Grupo Record. Consultado em 31 de dezembro de 2020 
  15. REDAÇÃO (27 de outubro de 2020). «CNN define estreias de Gloria Vanique, Márcio Gomes e Carla Vilhena». Notícias da TV. Consultado em 27 de outubro de 2020 
  16. «Márcio Gomes faz estreia no 'Prime Time' da CNN Brasil; assista». Emais. Estadão. 9 de novembro de 2020. Consultado em 31 de dezembro de 2020