Ricardo Waddington

diretor de cinema brasileiro

Ricardo Waddington (Rio de Janeiro, 22 de dezembro de 1960) é um diretor de televisão brasileiro. É um dos principais diretores artísticos da Rede Globo. Em televisão, onde atua profissionalmente desde 1985, esteve sob o comando de inúmeras produções de sucesso e prestígio do público e da crítica, como Vale Tudo, Tieta, Quatro por Quatro, História de Amor, Por Amor, Laços de Família, Presença de Anita, Coração de Estudante, Mulheres Apaixonadas, Cabocla, Sinhá Moça, A Favorita, Cordel Encantado, Avenida Brasil, O Canto da Sereia e Amores Roubados.

Ricardo Waddington
Nome completo Ricardo Waddington
Nascimento 22 de dezembro de 1960 (60 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileiro
Cônjuge Lídia Brondi (1982 - 1988)
Helena Ranaldi (1994 - 2004)
Ocupação Diretor

Vida pessoalEditar

É irmão do cineasta Andrucha Waddington. Em 8 de dezembro de 1982 se casou com a atriz Lídia Brondi e se divorciou em 1988.[1] O casal tem uma filha chamada Isadora.[2] Começou na televisão como assistente de direção de Paulo Ubiratan em Champagne (1983) e Transas e Caretas (1984) e de Dennis Carvalho em Corpo a Corpo (1984). Assinou sua primeira direção-geral na polêmica Mandala (1987), de Dias Gomes, adaptação da peça Édipo Rei, de Sófocles. Em 1994 se casou com a atriz Helena Ranaldi e se separou em 2004. O casal tem um filho chamado Pedro.[2] Quando esteve casado com Helena, Ricardo dirigiu as novelas Olho no Olho (1993), Quatro por Quatro (1994), Anjo de Mim (1996), Laços de Família (2000), Coração de Estudante (2002), Mulheres Apaixonadas (2003), e em A Favorita (2008), além da minissérie Presença de Anita (2001). Estes trabalhos foram alguns que renderam vários prêmios de televisão ao diretor. Recentemente, destacaram-se seus trabalhos no especial Por Toda Minha Vida (2006), na minissérie A Cura (2010) e em Cordel Encantado (2011) e especialmente Avenida Brasil (2012). Foi diretor geral e de núcleo da novela Boogie Oogie (2014). Atualmente, assina a direção geral e artística do programa Amor & Sexo (2009) e do programa musical Só Toca Top (2018).

Trabalhos na televisãoEditar

TelenovelasEditar

Minisséries e seriadosEditar

ProgramasEditar

Referências

Ligações externasEditar