Seleção Galesa de Futebol

A Seleção Galesa de Futebol representa o País de Gales nas competições de futebol da FIFA. Esta selecção só esteve três vezes em competições oficiais: participou na Copa do Mundo, em 1958, na qual chegou aos quartos-de-final, esteve também no Campeonato Europeu de Futebol, em 2016, no qual chegou às semi-finais e no Campeonato Europeu de Futebol, em 2020, no qual foi eliminada nas oitavas de final.

País de Gales
Escudo Seleção Galesa de Futebol.png
Alcunhas?  The Dragons (Galês: Y Dreigiau, Os Dragões)
Associação Associação de Futebol do País de Gales
Confederação UEFA (Europa)
Material desportivo?  Alemanha Adidas
Treinador País de Gales Rob Page
Capitão Gareth Bale
Mais participações Chris Gunter (96)
Melhor marcador?  Gareth Bale (33)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Não existe nas competições olímpicas; nelas, os galeses competem juntamente com os ingleses, escoceses e norte-irlandeses pelo Reino Unido, cuja seleção obteve (como Grã-Bretanha) as medalhas de ouro nos Olímpicos de 1900, nos Jogos Olímpicos de 1908 e nos Jogos Olímpicos de 1912, apesar de formada basicamente por amadores ingleses.

Com a eleição de Londres como sede dos Jogos de 2012, surgiu a cogitação de que a Seleção Britânica voltasse para disputar a competição (não disputa as qualificações desde 1971). As federações de futebol da Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte recusaram ceder seus jogadores, e decidiu-se amigavelmente que a seleção do Reino Unido competirá apenas com ingleses. Entretanto, o técnico da seleção teve liberdade para convocar qualquer jogador britânico, sendo assim jogadores 13 jogadores ingleses e 5 galeses foram convocados, entre eles o astro galês Ryan Giggs.

Desempenho em competiçõesEditar

Copas do MundoEditar

Ano Fase Posição J V E D GP GC
19301938 Não era membro FIFA
19501954 Não classificou-se
  1958 Quartas de final 5/16 5 1 3 1 4 4
19622018 Não classificou-se
  2022 Classificado
Total 1/21 5 1 3 1 4 4

EurocopasEditar

Ano Fase Posição J V E D GP GC
1960 Não participou
19642012 Não classificou-se
  2016 Terceiro lugar 3/24 6 4 0 2 10 6
  2020 Oitavas de final 16/24 4 1 1 2 3 6
Total 2/16 10 5 1 4 13 12

Copa do Mundo de 1958Editar

A classificação para a Copa do Mundo de 1958 contou com boa dose de sorte: os galeses tinham terminado em segundo lugar em seu grupo na UEFA, o que significava a eliminação. Enquanto isso, a Seleção Israelense aguardava um adversário advindo da África, adversário esse que seria o Sudão.

A Seleção Sudanesa, entretanto, recusou-se a jogar contra Israel, que se classificaria automaticamente à Copa sem disputar um único jogo, algo que a FIFA acabou não permitindo, decidindo que os israelenses decidiriam a vaga contra alguma seleção europeia que terminou em segundo lugar em seu grupo. Por sorteio, os belgas foram os escolhidos, mas recusaram. Um novo sorteio apontou Gales como adversários de Israel nesta repescagem, e, após duas vitórias por 2 a 0, uma fora e outra dentro de casa, os galeses se classificaram para a sua primeira e até hoje única Copa do Mundo - curiosamente, o mundial de 1958 foi o único que contou com as quatro seleções do Reino Unido.

O País de Gales conseguiu eliminar a Hungria, então vice-campeã mundial. Foi eliminado pelo Brasil nas quartas-de-final, tornando-se a primeira seleção a tomar um gol em Copas do menino Pelé, então com apenas 17 anos.

Campeonato Europeu de Futebol de 2016Editar

Passados 58 anos desde a única presença numa Copa do Mundo, o País de Gales voltou a se classificar para uma competição oficial, desta vez para um Campeonato Europeu. Na fase de qualificação, os galeses tinham a Bélgica e a Bósnia e Herzegovina como maiores adversários do seu grupo. Sendo um grupo quase acessível, os galeses terminaram a campanha no segundo lugar do grupo B, classificando-se para a fase final de um Europeu pela primeira vez na história. Sendo assim, o País de Gales enfrentou, na fase de grupos, a Eslováquia, a rival Inglaterra e a Rússia. Num grupo que parecia ser muito complicado de ultrapassar, os galeses não se deixaram subestimar e classificaram-se para os oitavos-de-final, tirando inclusive o primeiro lugar do grupo à Inglaterra, mesmo perdendo contra os mesmos. Os galeses não se satisfizeram apenas com a passagem aos oitavos e acabaram por ir muito mais longe: nos oitavos, eliminaram a Irlanda do Norte com uma vitória por 1-0, e depois, afastaram um dos adversários da fase de qualificação, a Bélgica, agora com nova vitória por 3-1, sendo que o País de Gales nunca perdeu com a Bélgica na fase de qualificação. A "caminhada" surpreendente do País de Gales até à semi-final da prova levou com que os jornais galeses descrevessem a equipa presente em França como "a melhor selecção que o País de Gales alguma vez teve", e até afirmando que "o País de Gales nunca mais iria ter uma equipa com tanta qualidade como aquela". A campanha galesa viria a acabar nas semi-finais, com uma derrota por 2-0 frente ao futuro campeão Portugal.

UniformesEditar

Uniformes atuaisEditar

  • 1º - Camisa vermelha, calção e meias vermelhas;
  • 2º - Camisa amarela, calção verde e meias amarelas.
     
 
 
1º Uniforme
     
 
 
2º Uniforme
     
 
 
Alternativo

Uniformes dos goleirosEditar

  • Camisa verde, calção e meias verdes;
  • Camisa cinza, calção e meias cinzas;
  • Camisa preta, calção e meias pretas.
     
 
 
'
     
 
 
'
     
 
 
'

Uniformes anterioresEditar

  • 2018-19
     
 
 
1º Uniforme
     
 
 
2º Uniforme
     
 
 
Alternativo
  • 2016-17
     
 
 
1º Uniforme
     
 
 
2º Uniforme
     
 
 
3º Uniforme
     
 
 
Alternativo
  • 2015
     
 
 
1º Uniforme
     
 
 
2º Uniforme
  • 2014
     
 
 
1º Uniforme
     
 
 
2º Uniforme
  • 2012-13
     
 
 
1º Uniforme
     
 
 
2º Uniforme
  • 2011-12
     
 
 
1º Uniforme
     
 
 
2º Uniforme

Material esportivoEditar

Fornecedor Período
  Admiral 1976–1980
  Adidas 1980–1987
  Hummel 1987–1990
  Umbro 1990–1996
  Lotto 1996–2000
  Kappa 2000–2008
  Champion 2008–2010
  Umbro 2010–2013
  Adidas 2013– presente

Elenco atualEditar

Os seguintes 27 jogadores foram convocados para os jogos da Liga das Nações da UEFA contra Polônia, Holanda e Bélgica, entre 3 e 13 de junho de 2022.[2]

Nome Posição Clube
Adam Davies Goleiro   Sheffield United
Wayne Hennessey Goleiro   Burnley
Danny Ward Goleiro   Leicester
Ben Davies Lateral-esquerdo   Tottenham
Chris Gunter Zagueiro   Charlton Athletic
Chris Mepham Zagueiro   Bournemouth
Rhys Norrington-Davies Lateral-esquerdo   Sheffield United
Connor Roberts Lateral-direito   Burnley
Joe Rodon Zagueiro   Tottenham
Neco Williams Lateral-direito   Liverpool
Joe Allen Meio-campo   Stoke City
Ethan Ampadu Volante   Venezia
Rubin Colwill Meia-atacante   Cardiff City
Dylan Levitt Meio-campo   Dundee United
Joe Morrell Meio-campo   Portsmouth
Aaron Ramsey Meia-atacante   Rangers
Matthew Smith Volante   Milton Keynes Dons
Jonny Williams Meio-campo   Swindon Town
Gareth Bale Atacante   Real Madrid
Nathan Broadhead Atacante   Sunderland
Mark Harris Atacante   Cardiff City
Daniel James Ponta   Leeds United
Brennan Johnson Atacante   Nottingham Forest
Rabbi Matondo Ponta   Cercle Brugge
Kieffer Moore Centroavante   Bournemouth
Sorba Thomas Ponta   Huddersfield Town
Harry Wilson Ponta   Fulham
Rob Page Treinador
  1. a b c «Ranking Mundial da FIFA/Coca-Cola» (em inglês). FIFA.com. 23 de dezembro de 2021. Consultado em 31 de janeiro de 2022 
  2. «Cymru squad announced for FIFA World Cup Play-off Final & UEFA Nations League» (em inglês). Associação de Futebol do País de Gales. 19 de maio de 2022