Torneio dos Campeões (CBF)

O Torneio dos Campeões foi uma competição promovida pela Confederação Brasileira de Futebol em 1982 e vencida pelo America do Rio de Janeiro.[1]

Torneio dos Campeões 1982
Copa-TorneioCampeoes1978e1982.png
Dados gerais
Organização CBF
Edições 1
Local de disputa Brasil
Número de equipes 18
Sistema Grupos (fase inicial) e Eliminatórias
editar

Disputado logo após a conclusão do Campeonato Brasileiro daquela temporada (vencido pelo Flamengo) até os primeiros dias da Copa do Mundo FIFA de 1982, o torneio foi idealizado para reunir todos os clubes que já tinham sido campeões de alguma competição nacional até então.[1] Portanto, participariam deste torneio todos os campeões e vices de competições nacionais oficiais já disputadas no Brasil (Campeonato Brasileiro, Torneio Roberto Gomes Pedrosa e Taça Brasil) e do Torneio Rio-São Paulo.[2]

Como o total de clubes que cumpria esse critério somava dezessete, a CBF convidou o clube que mais havia disputado suas competições — no caso, o America do Rio.[2] Como o Flamengo preferiu excursionar pelo exterior, abriu-se mais uma vaga, e foi utilizado o mesmo critério: o Santa Cruz e o Paysandu estavam empatados em número de participações e disputaram um jogo-desempate em Recife, com vitória do clube pernambucano, que ficou com a vaga.[2]

ParticipantesEditar

Equipe Classificação
  America Participação em quinze torneios organizados pela CBF, além de edições do Torneio Rio–São Paulo
  Atlético Mineiro Campeão brasileiro em 1971 e vice-campeão brasileiro em 1977 e 1980
  Bahia Campeão da Taça Brasil em 1959 e vice-campeão da Taça Brasil em 1961 e 1963
  Botafogo Campeão da Taça Brasil em 1968, vice-campeão da Taça Brasil em 1962, e vice-campeão brasileiro em 1972
  Corinthians Vice-campeão brasileiro em 1976
  Cruzeiro Campeão da Taça Brasil em 1966, vice-campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1969, e vice-campeão brasileiro em 1974 e 1975
  Fluminense Campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1970
  Fortaleza vice-campeão da Taça Brasil em 1960 e 1968
  Grêmio Campeão brasileiro em 1981
  Guarani Campeão brasileiro em 1978
  Internacional Campeão brasileiro em 1975, 1976 e 1979, e vice-campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1967 e 1968
  Náutico vice-campeão da Taça Brasil em 1967
  Palmeiras Campeão da Taça Brasil em 1960 e 1967, campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1967 e 1969, e campeão brasileiro em 1972 e 1973, vice-campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1970, e vice-campeão brasileiro em 1978
  Portuguesa Campeã do Torneio Rio–São Paulo em 1952 e 1955
  Santa Cruz Participação em quinze torneios organizados pela CBF; venceu desempate com o Paysandu
  Santos Campeão da Taça Brasil em 1961, 1962, 1963, 1964 e 1965, campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1968, e vice-campeão da Taça Brasil em 1959 e 1966
  São Paulo Campeão brasileiro em 1977, e vice-campeão brasileiro em 1971, 1973 e 1981
  Vasco da Gama Campeão brasileiro em 1974, vice-campeão da Taça Brasil em 1965, e vice-campeão brasileiro em 1979

RegulamentoEditar

Na primeira e na segunda fases, os clubes foram divididos em quatro grupos, dois com cinco e dois com quatro, em sistema de ida e volta, classificando-se o campeão de cada grupo em cada um dos dois turnos.[2] Os campeões de turno em cada grupo enfrentar-se-iam nas quartas de final.[3] Em caso de empate, haveria uma prorrogação de trinta minutos e, caso necessário, disputa de pênaltis.[3] As finais seriam disputadas em jogos de ida e volta.[3]

Primeira faseEditar

Grupo A
Primeiro turno Segundo turno
Pos. Time PG J V E D GP GC SG Pos. Time PG J V E D GP GC SG
1 Portuguesa 6 4 2 2 0 8 5 3 1 Fluminense 7 4 3 1 0 5 2 3
2 Corinthians 6 4 2 2 0 5 2 3 2 Portuguesa 5 4 1 3 0 5 3 2
3 Palmeiras 5 4 1 3 0 6 5 1 3 Palmeiras 5 4 2 1 1 2 1 1
4 Fluminense 2 4 1 0 3 3 5 -2 4 Corinthians 2 4 0 2 2 4 6 -2
5 Santa Cruz 1 4 0 1 3 3 8 -5 5 Santa Cruz 1 4 0 1 3 3 7 -4
Grupo B
Primeiro turno Segundo turno
Pos. Time PG J V E D GP GC SG Pos. Time PG J V E D GP GC SG
1 São Paulo 7 4 3 1 0 3 0 3 1 Guarani 5 4 2 1 1 8 7 1
2 Guarani 4 4 2 0 2 6 5 1 2 São Paulo 5 4 2 1 1 3 2 1
3 Vasco da Gama 4 4 1 2 1 2 2 0 3 Santos 4 4 2 0 2 6 5 1
4 Botafogo 3 4 1 1 2 3 5 -2 4 Vasco da Gama 4 4 1 2 1 9 9 0
5 Santos 2 4 1 0 3 3 5 -2 5 Botafogo 2 4 0 2 2 5 8 -3
Grupo C
Primeiro turno Segundo turno
Pos. Time PG J V E D GP GC SG Pos. Time PG J V E D GP GC SG
1 America-RJ 4 3 1 2 0 3 2 1 1 Atlético-MG 4 3 1 2 0 3 2 1
2 Atlético-MG 3 3 1 1 1 4 3 1 2 America-RJ 4 3 1 2 0 2 1 1
3 Cruzeiro 3 3 0 3 0 4 4 0 3 Grêmio 3 3 1 1 1 3 3 0
4 Grêmio 2 3 0 2 1 2 4 -2 4 Cruzeiro 1 3 0 1 2 1 3 -2
Grupo D
Primeiro turno Segundo turno
Pos. Time PG J V E D GP GC SG Pos. Time PG J V E D GP GC SG
1 Internacional-RS 5 3 2 1 0 4 1 3 1 Bahia 5 3 2 1 0 4 2 2
2 Fortaleza 3 3 1 1 1 2 2 0 2 Fortaleza 4 3 1 2 0 6 4 2
3 Bahia 2 3 1 0 2 2 3 -1 3 Náutico 3 3 1 1 1 3 2 1
4 Náutico 2 3 0 2 1 2 3 -1 4 Internacional-RS 0 3 0 0 3 1 6 -5

DisputasEditar

  Quartas de final Semifinais Final
                             
  2tC  Atlético Mineiro 0  
1tC  America 1  
     America* 2  
     Portuguesa 2  
2tA  Fluminense 1
  1tA  Portuguesa 3  
       America 1 2
     Guarani 1 1
  1tD  Internacional 2  
2tD  Bahia 3  
     Bahia 0
     Guarani 1  
1tB  São Paulo 0
  2tB  Guarani 1  


*Nos pênaltis, America 4–3.

FinaisEditar

Nos jogos decisivos, o America empatou com o Guarani no Brinco de Ouro (1 a 1) e ganhou no Maracanã (2 a 1, com 1 a 1 no tempo normal e 1 a 0 na prorrogação), em jogo disputado debaixo de muita chuva. O America, que estava invicto havia onze jogos, e o Guarani receberam dois milhões de cruzeiros cada um pelo televisionamento, e o ingresso de arquibancada da partida decisiva foi majorado para quinhentos cruzeiros.[4]

12 de junho de 1982 America-RJ   2–1   Guarani Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Moreno   13'
Gilson Gênio   25' (prorr.)
Delém   62' Público: 11 329 pagantes
Renda: Cr$ 5 099 600
Árbitro:  RS Carlos Sérgio Rosa Martins
Auxiliares:   Olinto Preussler e   Luis Carlos Tybursky

Referências

  1. a b «O que foi o Torneio dos Campeões?». Placar – Edição Tira-Teima (1). São Paulo: Abril. Novembro de 1997. p. 59. 98 páginas 
  2. a b c d «Torneio movimenta 18 clubes até 12 de junho». Rio de Janeiro: Infoglobo Comunicação e Participações. O Globo (17 707). 25 páginas. 24 de abril de 1982 
  3. a b c «Na Taça, agora só jogos decisivos». São Paulo: S.A. O Estado de S. Paulo. O Estado de S. Paulo (32 890). 26 páginas. 1 de junho de 1982. ISSN 1516-2931 
  4. Jornal dos Sports de 12 de junho de 1982 (edição eletrônica 16173), página 8.

Ligações externasEditar