Abrir menu principal

Willian Magrão

futebolista brasileiro

Willian Henrique Antunes, mais conhecido como Willian Magrão (Mogi Mirim, 11 de fevereiro de 1987), é um futebolista brasileiro que atua como volante sua posição de origem, ou zagueiro. Atualmente, joga pelo FC Juárez do México.

Willian Magrão
Informações pessoais
Nome completo Willian Henrique Antunes
Data de nasc. 11 de fevereiro de 1987 (32 anos)
Local de nasc. Mogi Mirim (SP),  Brasil
Altura 1,90 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Kagoshima United
Número 4
Posição Volante e/ou Zagueiro
Clubes de juventude

20052007
Mogi Mirim
Grêmio
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20072012
2011
2012
2013
2014
2014
20152017
2015
20172018
2019
Grêmio
Ponte Preta (emp.)
Cruzeiro (emp.)
Figueirense
Portuguesa
Boa Esporte
Red Bull Brasil
Náutico (emp.)
FC Juárez
Kagoshima United
0105 000(12)
0019 0000(2)
0018 0000(1)
0030 0000(2)
0012 0000(2)
0009 0000(0)
0036 0000(2)
0025 0000(1)
0028 0000(0)
0003 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 30 de março de 2019.

CarreiraEditar

Willian Magrão foi promovido no início de 2007, pelo técnico Mano Menezes, ao grupo profissional do Grêmio. Foi titular apenas no final do Brasileirão, por causa de suspensão de Eduardo Costa no STJD e de contusão de Sandro Goiano.

No início de 2008, devido à saída de Sandro Goiano, Willian Magrão assumiu a titularidade. Após uma série de boas atuações, o jogador se firmou como titular, beneficiado também por uma lesão de Júnior, que havia sido contratado inicialmente para assumir a posição de segundo volante. Com o passar do tempo, Magrão se firmou na equipe principal e, junto com Rafael Carioca, formou a dupla de volantes titular do time que levou o Grêmio ao vice-campeonato brasileiro.

Magrão marca bem e sai bastante ao ataque. O atleta é elogiado principalmente por ser um "elemento-surpresa", já que ele sai do campo de defesa e seguidamente ataca, chutando de fora da área.[carece de fontes?]

Em 15 de fevereiro de 2009, em jogo contra o Avenida, válido pelo Campeonato Gaúcho 2009, Willian Magrão se lesionou. No dia seguinte, após exames, foi detectada uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito. Em virtude da grave lesão, foi submetido a uma cirurgia[1][2] e ficou afastado dos gramados até o final do ano.

Em 28 de abril de 2009, renovou seu contrato com o Grêmio até 2012. Após quase 7 meses recuperando-se da cirurgia, Magrão fez sua reestréia no dia 18 de novembro de 2009, ao substituir Willian Thiego durante o jogo contra o Palmeiras. O jogo acabaria sendo vencido pelo Grêmio por 2 a 0.

Em 15 de agosto de 2010, em jogo contra o Goiás Esporte Clube, válido pelo Campeonato Brasileiro 2010, Willian Magrão fez dois gols, voltando a ser considerado um elemento surpresa. O volante atuou com a camisa 9 e foi eleito o melhor jogador da partida. O jogo acabaria sendo vencido pelo Grêmio por 2 a 0.

O volante, entretanto, alternou bons e maus momentos em 2010, sendo submetido, no final do ano, a uma microcirurgia para limpeza do joelho operado. Espera-se que em 2011, Willian Magrão consiga recuperar o bom futebol apresentado em 2008.

Em dezembro, foi confirmado seu empréstimo para Ponte Preta para jogar em 2012.

Na Ponte Preta Willian Magrão não se firmou com titular, e com a chegada de Renê Junior e Baraka, percebeu ainda mais que não seria titular, então, pediu para ser negociado e foi parar no Cruzeiro. No dia 18/05/2012 foi confirmada a contratação de seu empréstimo para Cruzeiro para disputa o braselirão de 2012, ele foi emprestado até o dia 2 de dezembro de 2012.[3]

Em 2013 com fim de contrato com a equipe Grêmista, Foi contratado pelo Figueirense para disputa do Campeonato Brasileiro da Série A. Em 2014 passou pela Portuguesa e Boa Esporte sem muito destaque, Até que em 2015 chegou ao Red Bull Brasil, onde disputou dois Campeonatos Paulista - 2015/2016 com um bom desempenho.

Em Maio de 2015, foi contratado por empréstimo pelo Náutico, por indicação do técnico Lisca. Começou bem como titular, no jogo contra o Flamengo pela Copa do Brasil que terminou 1x1 no Maracanã, Magrão acertou um belo chute na trave, e recebeu vários elogios. Fez um gol até na vitória do Náutico sobre o Ceará, batendo de chapa com a perna esquerda no canto. Ao final de 2015 foi dispensado ao fim da temporada, não conseguindo ajudar no acesso à série A.

Para o ano de 2017 acertou com o FC Juárez do México sua primeira experiencia internacional.

EstatísticasEditar

TítulosEditar

Outras ConquistasEditar

Referências

  1. «Willian Magrão rompe ligamento e fica pelo menos seis meses parado». ClicRBS. 16 de fevereiro de 2009. Consultado em 16 de fevereiro de 2009 
  2. «Grêmio perde Willian Magrão por seis meses». Terra. 16 de fevereiro de 2009. Consultado em 16 de fevereiro de 2009 
  3. «Cruzeiro acerta empréstimo do volante Willian Magrão». Lancenet. 18 de maio de 2012. Consultado em 18 de maio de 2012 

Ligações externasEditar