Abrir menu principal
Éder
Voleibol
Nome completo Éder Francis Carbonera
Apelido Éder
Representante  Brasil
Nascimento 19 de outubro de 1983 (35 anos)
Farroupilha, RS
Nacionalidade brasileiro
Compleição Peso: 107 kg Altura: 2,07 m
Posição Central
Clube Brasil Sesi SP

Éder Francis Carbonera (Farroupilha, 19 de outubro de 1983)[1] é um jogador de voleibol brasileiro. Atualmente joga como central no SESI/SP

Índice

CarreiraEditar

Com quinze anos de idade Éder começou a jogar na categoria infantil no programa esportivo da Universidade de Caxias do Sul (UCS).[2] Disputou a Superliga pela primeira vez pela UCS na temporada 2004/2005. [carece de fontes?] Em 2005 foi contratado pela recém-criada equipe de voleibol da Cimed, com a qual fez parte de todas as suas conquistas: tetracampeonato da Superliga, pentacampeonato catarinense e os títulos da Liga Nacional e do Sul-Americano de Clubes. Com a retirada do patrocínio do Grupo Cimed à equipe catarinense vários jogadores acabaram por deixá-la, inclusive Éder, que acabou indo para o Sesi-SP.[3] Em 2012 conquistou o campeonato paulista.[4]

Foi convocado para a seleção brasileira ainda nas categorias de base, nas quais conquistou o título do Mundial infanto de 2001 e o vice-campeonato no Mundial juvenil de 2003.[5] Com a equipe adulta fez parte das conquistas das ligas mundiais de 2007 e 2009, da Copa dos Campeões de 2009, do Sul-Americano de 2009 e dos Jogos Pan-Americanos de 2011.[1]

ClubesEditar

Clube País De Até
UCS   Brasil 2004 2005
Cimed   Brasil 2005 2012
Sesi-SP   Brasil 2012 2013
Sada Cruzeiro Vôlei   Brasil 2013 2016
Funvic Taubaté   Brasil 2016 2017
Diatec Trentino   Itália 2016 atual

TítulosEditar

ClubesEditar

SeleçãoEditar

Premiações individuaisEditar

Referências

  1. a b CBV. «Liga Mundial 2009 - Perfis dos atletas». Consultado em 16 de novembro de 2012. Arquivado do original em 13 de abril de 2014 
  2. Universidade de Caxias do Sul. «Programa UCS Olimpíadas prioriza a formação de atletas e revela talentos para o esporte». Consultado em 16 de novembro de 2012 
  3. Diário Catarinense (14 de abril de 2012). «Sem Sky, dirigente admite desmanche, mas confia na manutenção da Cimed». Consultado em 17 de novembro de 2012 
  4. UOL Esporte (23 de outubro de 2012). «Sesi supera 'vergonha' da briga no 1º jogo, vira série contra o Campinas e é tri paulista». Consultado em 17 de novembro de 2012 
  5. CBV. «Liga Mundial 2010 - Perfis dos atletas». Consultado em 16 de novembro de 2012. Arquivado do original em 29 de outubro de 2013 
  6. UOL Esporte (28 de abril de 2007). «Minas vence e é o maior campeão da história da Superliga». Consultado em 16 de novembro de 2012