Abrir menu principal

Enderson Moreira

futebolista brasileiro

Enderson Alves Moreira, mais conhecido como Enderson Moreira (Belo Horizonte, 28 de setembro de 1971) é um treinador de futebol brasileiro. Atualmente comanda o Ceará.

Enderson Moreira
Informações pessoais
Nome completo Enderson Alves Moreira
Data de nasc. 28 de setembro de 1971 (47 anos)
Local de nasc. Belo Horizonte (MG), Brasil
Informações profissionais
Equipa atual Ceará
Posição Treinador
Times/Equipas que treinou
2008
2009–2011
2011
2011–2013
2014
2014–2015
2015
2015
2016
2016–2018
2018–2019
2019–
Ipatinga
Internacional B
Fluminense
Goiás
Grêmio
Santos
Atlético Paranaense
Fluminense
Goiás
América Mineiro
Bahia
Ceará
Última atualização: 25 de agosto de 2019

Índice

CarreiraEditar

Graduado em Educação Física pela Universidade Federal de Minas Gerais,[1] iniciou a carreira no futebol profissional como preparador físico do América Mineiro em 1995, ascendendo a treinador da categoria de base no ano seguinte. No entanto, o seu inicio como treinador ocorreu de fato na Escolinha de Futebol Pequeno Craque, no bairro Letícia, Venda Nova, Belo Horizonte/MG. Após passagem pelo Atlético Mineiro, comandou o Cruzeiro que foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2007.

Treinando as categorias de base do Ipatinga em 2008, estreou na equipe profissional do clube nas últimas sete partidas da equipe no Campeonato Brasileiro de Futebol de 2008, quando esta foi rebaixada para a Série B.[2]

Voltou a trabalhar em equipes de base do América Mineiro, Atlético Paranaense e o Inter B, onde esteve em algumas partidas do Campeonato Gaúcho de 2011.

FluminenseEditar

Em 21 de março de 2011 acertou com o Fluminense como auxiliar-técnico pemanente,[3] assumindo o comando do elenco principal três dias depois, na partida contra o América do México pela Copa Libertadores da América de 2011.[4] Dirigiu interinamente a equipe em treze oportunidades até a chegada do técnico titular Abel Braga.[5]

GoiásEditar

No dia 28 de setembro de 2011, Enderson Moreira foi anunciado pelo Goiás para substituir Ademir Fonseca.[6] No comando da equipe, conquistou o Campeonato Goiano de 2012 e o Campeonato Brasileiro de 2012 - Série B.

Em dezembro de 2013, não renovou o contrato com o Goiás após boa campanha no Campeonato Brasileiro e deixou o clube.[7]

GrêmioEditar

O Grêmio anunciou Enderson em 16 de dezembro de 2013 com seu treinador para 2014, em substituição a Renato Gaúcho.[8] Permaneceu no cargo até 27 de julho de 2014, após derrota em casa diante do Coritiba pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.[9]

SantosEditar

Em 3 de setembro de 2014 foi contratado pelo Santos até dezembro de 2015.[10] Com ele, a equipe concluiu o Campeonato Brasileiro de 2014 na nona posição. Seis meses depois, em 5 de março de 2015, deixou o cargo em comum acordo com o clube.[11] Insatisfação com pedidos negados de contratações e direitos de imagem em atraso foram os motivos, segundo o presidente do Santos, Modesto Roma Júnior.[12]

Atlético ParanaenseEditar

Onze dias depois de deixar o Santos, assumiu o comando técnico do Atlético Paranaense em 16 de março.[13] Depois de 34 dias e oito jogos onde conquistou apenas 50% de aproveitamento, Enderson Moreira foi demitido do Atlético Paranaense.[14]

Retorno ao FluminenseEditar

Retornou ao comando técnico do Fluminense em 21 de maio, com vínculo até o final de 2015.[15] Foi demitido em 16 de setembro de 2015 após levar uma goleada de 4 a 1 do Palmeiras completando sete jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro.[16] Enderson comandou o time por 26 jogos e nesse período venceu 11 vezes, empatou quatro e perdeu 11. Um aproveitamento de 47,4%.[16]

Retorno ao GoiásEditar

Retornou ao comando técnico do Goiás no fim de 2015 com vínculo até o final de 2016.[15] Após ser eliminado da Copa do Brasil pelo River-PI, acabou conquistando o Campeonato Goiano de 2016.

Na quarta-feira (8) de junho de 2016, entregou o cargo de técnico do Goiás.Foram apenas 27 jogos a frente da equipe.18 jogos no Campeonato Goiano,2 na Copa do Brasil e 7 pela Série B do Campeonato Brasileiro de 2016.

Foram 13 vitórias,7 empates e 7 derrotas,com um aproveitamento de 57%.

América MineiroEditar

Em 20 de julho assina contrato com o América Mineiro até o final do Campeonato Mineiro de 2017 com a missão de salvar o clube do rebaixamento no Campeonato Brasileiro que se encontrava em difícil situação, na lanterna do campeonato com apenas 8 pontos em 15 jogos.[17]

BahiaEditar

Em 16 de junho de 2018, o América Mineiro comunicou que Enderson Moreira pediu demissão do clube para comandar o Bahia.[18]

No dia 31 de Março de 2019, com a eliminação precoce da Copa do Nordeste, foi demitido do comando técnico do Bahia.[19]

CearáEditar

No dia 22 de abril de 2019, após demissão do técnico Lisca, Enderson Moreira é anunciado como novo treinador do Ceará para a Série A do Campeonato Brasileiro de 2019.[20]

EstatísticasEditar

Atualizado até 25 de agosto de 2019.

Equipe Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
Ipatinga 7 2 1 4 33,3%
Inter B 6 3 1 2 66,6%
Fluminense 38 18 6 14 52,6%
Goiás 178 98 42 38 55,0%
Grêmio 35 19 9 7 62,8%
Santos 30 16 5 9 56,9%
Atlético-PR 8 3 3 2 50,0%
América-MG 111 43 32 36 45,1%
Bahia 59 22 19 18 48%
Ceará 15 6 2 7 50%

TítulosEditar

Referências

  1. O Globo, 1/4/2011
  2. Internacional.com.br, 23/12/2009
  3. Globoesporte.com, 21/3/2011
  4. Extra, 22/3/2011
  5. Terra, 29/5/2011
  6. Enderson Moreira é o novo técnico do Goiás para a sequência da Série B
  7. Fim da era Enderson: técnico não topa renovar, e Goiás já procura substituto
  8. «Enderson Moreira é o novo técnico do Grêmio». Sítio oficial do Grêmio FBPA. 16 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 23 de dezembro de 2014 
  9. «Enderson Moreira não é mais técnico do Grêmio». Sítio oficial Grêmio FBPA. 27 de julho de 2014. Arquivado do original em 11 de agosto de 2014 
  10. «Enderson Moreira é novo técnico do Santos FC». Sítio oficial do Santos FC. 3 de setembro de 2014. Arquivado do original em 5 de setembro de 2014 
  11. «Modesto Roma Jr. fala sobre a saída de Enderson Moreira». Sítio oficial Santos FC. 5 de março de 2015. Arquivado do original em 9 de março de 2015 
  12. «Modesto diz que Enderson enumerou reclamações e saída foi 'acordada'». Lancenet!. 5 de março de 2015 
  13. «Enderson Moreira é o novo técnico do Atlético Paranaense». Sítio oficial Clube Atlético Paranaense. 16 de março de 2015 
  14. «Após oito partidas, Enderson Moreira não é mais o técnico do Atlético-PR». GloboEsporte.com. 20 de abril de 2015. Consultado em 20 de abril de 2015 
  15. a b «Enderson Moreira é o novo técnico do Fluminense para a sequência do Brasileiro». Sítio oficial Fluminense FC. 21 de maio de 2015 
  16. a b «Enderson sucumbe à goleada e não é mais técnico do Fluminense». Consultado em 17 de setembro de 2015  line feed character character in |título= at position 30 (ajuda)
  17. «Enderson acerta com o América-MG e já comanda o time contra o Flamengo». Consultado em 20 de julho de 2016 
  18. «Comunicado Oficial - Enderson Moreira». Consultado em 16 de junho de 2018 
  19. [https://globoesporte.globo.com/ba/futebol/times/bahia/noticia/bahia-anuncia-demissao-do-tecnico-enderson-moreira.ghtml Bahia anuncia demissão do técnico Enderson Moreira
  20. [1]
  21. «Festa premia melhores do Goianão Chevrolet 2012» [ligação inativa]

Ligações externasEditar