Abrir menu principal

Lista dos países signatários do Protocolo de Quioto

artigo de lista da Wikimedia
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Participação no Protocolo de Quioto: a cor verde denota países que assinaram e ratificaram o tratado até fevereiro de 2009

Esta é uma lista dos países signatários do Protocolo de Quioto

Índice

Signatarios e retificadosEditar

# País Assinatura Ratifição Observações
1   Fiji 17 de setembro de 1997 17 de setembro de 1998
2   Antígua e Barbuda 16 de março de 1998 3 de novembro de 1998
3   Tuvalu 16 de novembro de 1998 16 de novembro de 1998
4   Maldivas 16 de março de 1998 30 de dezembro de 1998
5   Turquemenistão 28 de setembro de 1998 11 de janeiro de 1999
6   Trinidad e Tobago 7 de janeiro de 1999 28 de janeiro de 1999
7   Panamá 8 de junho de 1998 5 de março de 1999
8   Bahamas 9 de abril de 1999
9   Geórgia 16 de junho de 1998
10   Estados Federados da Micronésia 17 de março de 1998 21 de junho de 1999
11   Jamaica 28 de junho de 1999
12   Chipre 16 de julho de 1999
13   Paraguai 25 de agosto de 1998 27 de agosto de 1999
14   Guatemala 10 de julho de 1998 5 de outubro de 1999
15   Uzbequistão 20 de novembro de 1998 12 de outubro de 1999
16   Nicarágua 7 de julho de 1998 18 de novembro de 1999
17   Bolívia 29 de julho de 1998 30 de novembro de 1999
18   Palau 10 de dezembro de 1999
19   Mongólia 15 de dezembro de 1999
20   Equador 15 de janeiro de 1999 13 de janeiro de 2000
21   El Salvador 8 de junho de 1998 13 de janeiro de 2000
22   Honduras 25 de fevereiro de 1999 19 de julho de 2000
23   Barbados 7 de agosto de 2000
24   Guiné Equatorial 16 de agosto de 2000
25   Lesoto 6 de setembro de 2000
26   Guiné 7 de setembro de 2000
27   Kiribati 7 de setembro de 2000
28   México 9 de junho de 1998 7 de setembro de 2000
29   Azerbaijão 28 de setembro de 2000
30   Samoa 16 de março de 1998 27 de novembro de 2000
31   Uruguai 29 de julho de 1998 5 de fevereiro de 2001
32   Roménia 5 de janeiro de 1999 19 de março de 2001
33   Maurícia 9 de maio de 2001
34   Gâmbia 1 de junho de 2001
35   Vanuatu 17 de julho de 2001
36   Senegal 20 de julho de 2001
37   Nauru 16 de agosto de2001
38   Argentina 16 de março de 1998 28 de setembro de 2001
39   Burundi 18 de outubro de 2001
40   Bangladesh 22 de outubro de 2001
41   Malawi 26 de outubro de 2001
42   Malta 17 de novembro de 1998 11 de novembro de 2001
43   República Checa 23 de novembro de 1998 15 de novembro de 2001
44   Colômbia 30 de novembro de 2001
45   Marrocos 25 de janeiro de 2002
46   República Dominicana 12 de fevereiro de 2002
47   Benim 25 de fevereiro de 2002
48   Djibouti 12 de março de 2002
49   Uganda 25 de março de 2002
50   Mali 27 de janeiro de 1999 28 de março de 2002
51   Papua-Nova Guiné 2 de março de 1999 28 de março de 2002
52   Cuba 15 de março de 1999 30 de abril de 2002
53   Islândia 23 de maio de 2002
54   Noruega 29 de abril de 1998 30 de maio de 2002
--   União Europeia 29 de abril de 1998 31 de maio de 2002 Todos os membros da União Europeia (do 55 a 70) assinaram simultaneamente.
55   Áustria 24 de setembro de 1998 31 de maio de 2002
56   Bélgica 29 de abril de 1998 31 de maio de 2002
57   Dinamarca 29 de abril de 1998 31 de maio de 2002   Gronelândia : aplicado
  Ilhas Feroé : não aplicado
58   Finlândia 29 de abril de 1998 31 de maio de 2002
59   França 29 de abril de 1998 31 de maio 2002   Guiana Francesa,   Guadalupe,   Martinica,   Reunião: aplicado
  Polinésia Francesa,   Nova Caledônia,   Wallis e Futuna,   Terras Austrais e Antárticas Francesas,   Mayotte,   Saint-Pierre e Miquelon: não aplicado
60   Alemanha 29 de abril de 1998 31 de maio de 2002
61   Grécia 29 de abril de 1998 31 de maio de 2002
62   Irlanda 29 de abril de 1998 31 de maio de 2002
63   Itália 29 de abril de 1998 31 de maio de 2002
64   Luxemburgo 29 de abril de 1998 31 de maio de 2002
65   Países Baixos 29 de abril de 1998 31 de maio 2002   Aruba: não aplicado
  Antilhas Holandesas: não aplicado
66   Portugal 29 de abril de 1998 31 de maio de 2002
67   Eslováquia 26 de fevereiro de 1998 31 de maio de 2002
68   Espanha 29 de abril de 1998 31 de maio de 2002
69   Suécia 29 de abril de 1998 31 de maio de 2002
70   Reino Unido 29 de abril de 1998 31 de maio de 2002
71   Japão 28 de abril de 1998 4 de junho de 2002
72   Letônia 14 de dezembro de 1998 5 de julho de 2002
73   Seicheles 20 de março de 1998 22 de julho de 2002
74   África do Sul 31 de julho de 2002
75   Eslovênia 21 de outubro de 1998 2 de agosto de 2002
76   Granada 6 de agosto de 2002
77   Costa Rica 27 de abril de 1998 9 de agosto de 2002
78   Bulgária 18 de setembro de 1998 15 de agosto de 2002
79   Hungria 21 de agosto de 2002
80   Camboja 22 de agosto de 2002
81   Brasil 29 de abril de 1998 23 de agosto de 2002
82   Butão 26 de agosto de 2002
83   Chile 17 de junho de 1998 26 de agosto de 2002
84   Índia 26 de agosto de 2002
85   Tanzânia 26 de agosto de 2002
86   Camarões 28 de agosto de 2002
87   Tailândia 2 de fevereiro de 1999 28 de agosto de 2002
88   China 29 de maio de 1998 30 de agosto de 2002   Hong Kong: aplicado desde 8 de abril de 2003
  Macau: não aplicado
89   Sri Lanka 3 de setembro de 2002
90   Malásia 12 de março de 1999 4 de setembro de 2002
91   Peru 13 de novembro de 1998 12 de setembro de 2002
92   Vietnã 3 de dezembro de 1998 25 de setembro de 2002
93   Estónia 3 de dezembro de 1998 14 de outubro de 2002
94   Libéria 5 de novembro de 2002
95   Coreia do Sul 25 de setembro de 1998 8 de novembro de 2002
96   Polónia 15 de julho de 1998 13 de dezembro de 2002
98   Nova Zelândia 22 de maio de 1998 19 de dezembro de 2002   Niue: assinado em 8 de dezembro de 1998, ratificado em 6 de maio de 1999
  Ilhas Cook: assinado em 16 de setembro de 1998, ratificado 27 de agosto de 2001
  Toquelau: não aplicado
99   Lituânia 21 de setembro de 1998 3 de janeiro de 2003
100   Jordânia 17 de janeiro de 2003
101   Tunísia 22 de janeiro de 2003
102   Laos 6 de fevereiro de 2003
103   Ilhas Salomão 29 de setembro de 1998 13 de março de 2003
104   Moldávia 22 de abril de 2003
105   Armênia 25 de abril de 2003
106   Quirguistão 13 de maio de 2003
107   Gana 30 de maio de 2003
108   Suíça 16 de março de 1998 9 de julho de 2003
109   Guiana 5 de agosto de 2003
110   Botswana 8 de agosto de 2003
111   Ilhas Marshall 17 de março de 1998 11 de agosto de 2003
112   Mianmar 13 de agosto de 2003
113   Santa Lúcia 16 de março de 1998 20 de agosto de 2003
114   Namíbia 4 de setembro de 2003
115   Madagáscar 24 de setembro de 2003
116   Belize 26 de setembro de 2003
117   Filipinas 15 de abril de 1998 20 de novembro de 2003
118   Israel 16 de dezembro de 1998 15 de março de 2004
119   Ucrânia 15 de março de 1999 12 de abril de 2004
120   Togo 2 de julho de 2004
121   Ruanda 22 de julho de 2004
122   Iêmen 15 de setembro de 2004
123   Níger 23 de outubro de 1998 30 de setembro de 2004
124   Sudão 2 de novembro de 2004
125   Rússia 11 de março de 1999 18 de novembro de 2004 Com a ratificação da Rússia, a cláusula de "55% das emissões de CO2 em 1990 das Partes inclusas no Anexo I" foi satisfeita e o tratado entrou em vigor, efetivamente a partir de 16 de fevereiro de 2005.
126   Macedônia do Norte 18 de novembro de 2004
127   Indonésia 13 de julho de 1998 3 de dezembro de 2004
128   Liechtenstein 29 de junho de 1998 3 de dezembro de 2004
129   Nigéria 10 de dezembro de 2004
130   São Vicente e Granadinas 19 de março de 1998 31 de dezembro de 2004
131   Paquistão 11 de janeiro de 2005
132   Catar 11 de janeiro de 2005
133   Egito 15 de março de 1999 12 de janeiro de 2005
134   Moçambique 18 de janeiro de 2005
135   Omã 19 de janeiro de 2005
136   Dominica 25 de janeiro de 2005
137   Emirados Árabes Unidos 26 de janeiro de 2005
138   Arábia Saudita 31 de janeiro de 2005
139   Argélia 16 de fevereiro de 2005
140   Venezuela 18 de fevereiro de 2005
141   Quênia 25 de fevereiro de 2005
142   Kuwait 11 de março de 2005
143   República Democrática do Congo 23 de março de 2005
144   Burkina Faso 31 de março de 2005
145   Albânia 1 de abril de 2005
146   Etiópia 14 de abril de 2005
147   Coreia do Norte 27 de abril de 2005
148   Haiti 6 de julho de 2005
149   Mauritânia 22 de julho de 2005
150   Eritreia 28 de julho de 2005
151   Irão 22 de agosto de 2005
152   Bielorrússia 26 de agosto de 2005
153   Nepal 16 de setembro de 2005
154   Guiné-Bissau 18 de novembro de 2005
155   Suazilândia 13 de janeiro de 2006
156   Síria 27 de janeiro de 2006
157   Bahrein 31 de janeiro de 2006
158   Cabo Verde 10 de fevereiro de 2006
159   Mónaco 29 de abril de 1998 27 de fevereiro de 2006
160   Singapura 12 de abril de 2006
161   Zâmbia 5 de agosto de 1998 7 de julho de 2006
162   Líbia 24 de agosto de 2006
163   Suriname 25 de setembro de 2006
164   Serra Leoa 10 de novembro de 2006
165   Gabão 12 de novembro de 2006
166   Líbano 13 de dezembro de 2006
167   República do Congo 12 de fevereiro de 2007
168   Bósnia e Herzegovina 16 de abril de 2007
169   Costa do Marfim 23 de abril de 2007
170   Croácia 11 de março de 1999 27 de abril de 2007
171   Angola 8 de maio de 2007
172   Austrália 3 de dezembro de 2007
173   Turquia 4 de junho de 2008 5 de fevereiro de 2009

Assinado com intenção de ratificarEditar

Não assinado e não ratificadoEditar

0 País desconhecido 1   Afeganistão 2   Andorra 3   Brunei 4   Chade 5   Comores 6   Estados Unidos 7   Iraque 8   Mónaco 9   Palestina 10   Saara Ocidental 11   República Centro-Africana 12   São Cristóvão e Névis 13   San Marino 14   São Tomé e Príncipe 15   Sérvia 16   Somália 17   Tajiquistão 18   Taiwan 19   Timor-Leste 20   Tonga 21   Vaticano 22 Predefinição:PENEZ

Países pertencentes ao Anexo IEditar

As Partes Anexo I correspondem aos países-membros da OECD e os países do antigo bloco soviético, que são chamados de países em transição para economia de mercado.

As Partes Anexo I são aquelas que têm metas de redução em relação ao Protocolo de Quioto. São divididos em dois sub-grupos:

  • Membros da OECD, aqueles países que necessitam diminuir suas emissões e portanto podem tornar-se compradores de créditos provenientes dos mecanismos de flexibilização, como a Alemanha, Japão, Holanda, etc.
  • os países que estão em transição econômica (antigo bloco soviético) e por isso podem ser anfitriões de projetos do tipo implementação conjunta, como a Ucrânia, Rússia, Romênia, etc.

Note que a lista abaixo é a lista completa, incluindo países não signatários.

(1) Países em processo de transição para uma economia de mercado.

(2) Países que passaram a fazer parte do Anexo I mediante emenda que entrou em vigor no dia 13 de agosto de 1998, em conformidade com a decisão 4/CP.3 adoptada na COP 3.

Os países com economia em transição (marcados com (1)) podem ser anfitriões de projetos de Implementação conjunta. Os demais países da lista são (ou deveriam ser) os países com metas para diminuição de emissões de gases do efeito estufa, portanto necessitam adquirir créditos de carbono.

Os países em desenvolvimento são chamados países do "não Anexo I" e podem ser anfitriões de projetos de mecanismo de desenvolvimento limpo.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar