Abrir menu principal

Torneio Heleno Nunes

Torneio Heleno Nunes
Torneio Heleno Nunes de 1984
Dados
Participantes 10
Organização CBF
Local de disputa Brasil
Período 15 de abril20 de maio de 1984
Gol(o)s 82
Partidas 43
Média 1,91 gol(o)s por partida
Campeão Internacional
Vice-campeão Bahia
3.º colocado Botafogo
Melhor marcador Osni (Bahia) – 5 gols
Melhor ataque (fase inicial) Internacional – 15 gols
Melhor defesa (fase inicial) Botafogo – 3 gols
Maiores goleadas
(diferença)
Cruzeiro 4 – 0 Sport
MineirãoBelo Horizonte
8 de maio
 
Sport 0 – 4 Internacional
Ilha do RetiroRecife
15 de maio

O Torneio Heleno Nunes foi uma competição brasileira de futebol criado pela CBF, que contou com a participação de 10 equipes que não haviam se classificado para a segunda fase do Campeonato Brasileiro. A fórmula de disputa era em turno único com todos os clubes enfrentando-se entre si, realizado no ano de 1984 e vencido pelo Internacional, tendo como vice-campeão o Bahia do artilheiro Osni. Após a conquista do clube gaúcho, a CBF convocou 11 jogadores do Internacional para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, entre eles Dunga, Mauro Galvão e Gilmar.[1]

ParticipantesEditar

TabelaEditar

Turno ÚnicoEditar

15 de abril de 1984
Guarani   0 – 0   Sport Brinco de Ouro, Campinas (SP)
Público: 1.542 (1.224 pagantes)
Árbitro:   Ílton José da Costa
Auxiliares:   José Renato de Oliveira Fidalgo e   Paulo de Souza Arruda


15 de abril de 1984
Cruzeiro   4 – 2   Atlético Mineiro Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Público: 6.726 pagantes
Árbitro:   Alvimar Gaspar dos Reis
Auxiliares:

Carlos Alberto Seixas   16'
Tostão   20'
Carlinhos   39'
Luís Cosme   87'
  10' Nelinho
  61' Palhinha

15 de abril de 1984
Bahia   2 – 1   Internacional Fonte Nova, Salvador (BA)
Público: 2.616 pagantes
Árbitro:   Paulo Celso Bandeira de Souza
Auxiliares:

Osni   50' (pen.)
Robson   57'
  1' Dunga

16 de abril de 1984
Santa Cruz   1 – 2   São Paulo Arruda, Recife (PE)
Público: 3.339 pagantes
Árbitro:   Manuel Amaro de Lima
Auxiliares:

Valença   53'   54' Renato
  83' Darío Pereyra (pen.)

17 de abril de 1984
Palmeiras   1 – 1   Botafogo Canindé, São Paulo (SP)
Público: 5.138 pagantes
Árbitro:   Márcio Campos Salles
Auxiliares:

Baltazar   63'   89' Cláudio Adão

17 de abril de 1984
Bahia   1 – 2   Sport Fonte Nova, Salvador (BA)
Público: 2.457
Árbitro:   Ney Andrade Nunes Maia
Auxiliares:

Beijoca   39'   78' Fernando Baiano
  80' Nei

17 de abril de 1984
Atlético Mineiro   0 – 1   Internacional Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Público: 8.400 pagantes
Árbitro:   Ângelo Antônio Ferrari
Auxiliares:

  49' Paulo Santos

17 de abril de 1984
Cruzeiro   0 – 2   Guarani Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Público: 10.778 (8.400 pagantes)
Árbitro:   Edson Alcântara do Amorim
Auxiliares:   Marcos Vinícius dos Santos e   Ali Rachid Lauar

  33' Roberto
  39' Chiquinho

22 de abril de 1984
Internacional   2 – 0   São Paulo Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Público: 1.164 pagantes
Árbitro:   Carlos Sérgio da Rosa Martins
Auxiliares:

Kita   1'
Gualberto   52'

22 de abril de 1984
Cruzeiro   0 – 0   Botafogo Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Público: 2.839 pagantes
Árbitro:
Auxiliares:


22 de abril de 1984
Palmeiras   1 – 2   Atlético Mineiro Canindé, São Paulo (SP)
Público: 7.462 pagantes
Árbitro:   Almir Ricci Peixoto Laguna
Auxiliares:

Jorginho   83'   67',   88' Formiga

22 de abril de 1984
Sport   1 – 1   Santa Cruz Arruda, Recife (PE)
Público: 9.210 pagantes
Árbitro:   Oséas Gomes
Auxiliares:

Nei   17'   15' Cândido

24 de abril de 1984
Atlético Mineiro   0 – 3   Botafogo Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Público: : 2.156 pagantes
Árbitro:   João Lúcio Marra
Auxiliares:

  8' Otávio
  58' Alemão
  68' Leandro

24 de abril de 1984
Bahia   2 – 1   Guarani Fonte Nova, Salvador (BA)
Público: 1.739 pagantes
Árbitro:   Manoel Serapião Filho
Auxiliares:   Manoel Lima Matos e   Antônio Santana

Osni   51'   55'   26' Chiquinho

28 de abril de 1984
Palmeiras   1 – 0   São Paulo Pacaembu, São Paulo (SP)
Público: 55.000 pagantes
Árbitro:   Ulisses Tavares da Silva Filho
Auxiliares:

Carlos Alberto Borges   68'

28 de abril de 1984
Internacional   1 – 0   Cruzeiro Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Público: 5.178 pagantes
Árbitro:   Airton Bernardoni
Auxiliares:

Paulo Santos   82'

28 de abril de 1984
Atlético Mineiro   0 – 0   Sport Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Público: : 915 pagantes
Árbitro:   Edson Alcântara do Amorim
Auxiliares:


28 de abril de 1984
Santa Cruz   2 – 1   Guarani Arruda, Recife (PE)
Público: 2.451 pagantes
Árbitro:   Gilson Ramos Cordeiro
Auxiliares:   Laerte Marquezini e   ?

Júlio César   28'
Jarbas   72'
  40' Júlio César

29 de abril de 1984
Bahia   0 – 0   Botafogo Fonte Nova, Salvador (BA)
Público: 4.431 pagantes
Árbitro:   Manoel Serapião Filho
Auxiliares:


1º de maio de 1984
Cruzeiro   0 – 0   São Paulo Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Público: 2.311 pagantes
Árbitro:   Ângelo Antônio Ferrari
Auxiliares:


1º de maio de 1984
Botafogo   0 – 0   Sport Marechal Hermes, Rio de Janeiro (RJ)
Público: 7.148 pagantes
Árbitro:   Luís Carlos Félix
Auxiliares:


1º de maio de 1984
Atlético Mineiro   0 – 1   Bahia Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Público:: 1.256 pagantes
Árbitro:   Aldenir Vieira Matos
Auxiliares:

  26' Robson

1º de maio de 1984
Internacional   1 – 1   Palmeiras Olímpico Regional, Cascavel (PR)
Público: 19.412 pagantes
Árbitro:   Alceu Corenado
Auxiliares:

Kita   61'   84' Vágner Bacharel

6 de maio de 1984
Cruzeiro   4 – 0   Sport Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Público: 2.114 pagantes
Árbitro:   Marcus Vinícius Santos
Auxiliares:

Geraldão   19'
Ademar   39'
Douglas   58'
Carlos Alberto Seixas   69'

6 de maio de 1984
Santa Cruz   1 – 0   Botafogo Arruda, Recife (PE)
Público: 2.762 pagantes
Árbitro:   Laerte Marquezini
Auxiliares:

Celso   68'

6 de maio de 1984
Bahia   0 – 0   Palmeiras Fonte Nova, Salvador (BA)
Público: 5.161 pagantes
Árbitro:   Saul Mendes
Auxiliares:


6 de maio de 1984
Guarani   2 – 2   Internacional Brinco de Ouro, Campinas (SP)
Público: 1.700 (1.458 pagantes)
Árbitro:   João Leopoldo Ayeta
Auxiliares:   Antonio Carlos dos Santos Loupo e   João Massonetto

Roberto   40',   80'   41' Milton Cruz
  77' Ademir

8 de maio de 1984
Sport   1 – 2   Palmeiras Ilha do Retiro, Recife (PE)
Público: 1.837 pagantes
Árbitro:   Oséas Gomes
Auxiliares:

Neco   89' (pen.)   66' Robertinho
  68' Reinaldo Xavier

9 de maio de 1984
Guarani   0 – 0   Atlético Mineiro Brinco de Ouro, Campinas (SP)
Público: 2.834 (2.508 pagantes)
Árbitro:   Luís Carlos Antunes
Auxiliares:   Antonio Carlos Gomes e   Oswaldo Francisco Pedro Basso


9 de maio de 1984
Cruzeiro   1 – 1   Santa Cruz Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Público: 3.587 pagantes
Árbitro:   Valdemar Firme
Auxiliares:

Carlos Alberto Seixas   75'   35' Gabriel

10 de maio de 1984
Bahia   1 – 1   São Paulo José Rocha, Jacobina (BA)
Público:
Árbitro:   Jomar Maia
Auxiliares:

Osni   24'   85' Paulo César

13 de maio de 1984
Guarani   3 – 0   Palmeiras Brinco de Ouro, Campinas (SP)
Público: 1.563 (1.174 pagantes)
Árbitro:   Márcio Campos Sales
Auxiliares:   Alcírio Walter Ferreira Agostinho e   Marco Antonio Iazzetti

Serginho   22'
Roberto   87'
Neto   90'

13 de maio de 1984
Botafogo   1 – 1   Internacional Marechal Hermes, Rio de Janeiro (RJ)
Público: 3.467 pagantes
Árbitro:   Luís Carlos Gonçalves
Auxiliares:

Amarildo   86'   59' Milton Cruz

13 de maio de 1984
Atlético Mineiro   3 – 1   Santa Cruz Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Público:: 1.459 pagantes
Árbitro:   Alvimar Gaspar dos Reis
Auxiliares:

Paulinho Kiss   51'
Sérgio Araújo   54'
Éverton   58'
  68' Cristovão

13 de maio de 1984
Sport   0 – 0   São Paulo Ilha do Retiro, Recife (PE)
Público: 8.071 pagantes
Árbitro:   Laerte Marquezini
Auxiliares:


15 de maio de 1984
Bahia   2 – 2   Cruzeiro Fonte Nova, Salvador (BA)
Público: 4.109 pagantes
Árbitro:   Paulo Celso Bandeira de Souza
Auxiliares:

Osni   50' (pen.)
Carlinhos   56'
  47' Tostão
  89' Ademar (pen.)

15 de maio de 1984
Botafogo   0 – 0   São Paulo Marechal Hermes, Rio de Janeiro (RJ)
Público: 1.905 pagantes
Árbitro:   Valquir Pimentel
Auxiliares:


15 de maio de 1984
Sport   0 – 4   Internacional Ilha do Retiro, Recife (PE)
Público: 4.409 pagantes
Árbitro:   Gilson Ramos Cordeiro
Auxiliares:

  27' Silvinho
  32' Paulo Santos
  71',   85' Milton Cruz

17 de maio de 1984
Botafogo   0 – 0   Guarani Marechal Hermes, Rio de Janeiro (RJ)
Público: 958 pagantes
Árbitro:   Luís Carlos Félix
Auxiliares:   João Batista Santana e   Ivan Barsan Lemkas


17 de maio de 1984
São Paulo   0 – 1   Atlético Mineiro Pacaembu, São Paulo (SP)
Público: 917 pagantes
Árbitro:   João Leopoldo Ayeta
Auxiliares:

  82' Luizinho

17 de maio de 1984
Internacional   2 – 1   Santa Cruz Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Público: 4.152 pagantes
Árbitro:   Roque Jose Gallas
Auxiliares:

Jair   7'
Paulo Santos   86'
  55' Cristóvão

20 de maio de 1984
Guarani   0 – 2   São Paulo Brinco de Ouro, Campinas (SP)
Público: 796 (612 pagantes)
Árbitro:   Almir Ricci Peixoto Laguna
Auxiliares:   Edson Massa e   Oswaldo Francisco Pedro Basso

  22' Agnaldo
  62' Zé Sérgio

20 de maio de 1984
Bahia   1 – 1   Santa Cruz Fonte Nova, Salvador (BA)
Público: 3.218 pagantes
Árbitro:   Saul Mendes
Auxiliares:

Carlinhos   34'   48' Celso (pen.)
Torneio Heleno Nunes 1984
 
INTERNACIONAL
Campeão

ClassificaçãoEditar

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG % Resultado
1
  Internacional 13 9 5 3 1 15 7 8 72,2% Campeão
2
  Bahia 11 9 3 5 1 10 8 2 61,1% Vice-Campeão
3
  Botafogo 9 9 1 7 1 5 3 2 50,0%
4
  Cruzeiro 8 8 2 4 2 11 8 3 50,0%
5
  Atlético Mineiro 8 9 3 2 4 8 11 -3 44,4%
6
  Guarani 8 9 2 4 3 9 8 1 44,4%
7
  São Paulo 8 9 2 4 3 5 6 -1 44,4%
8
  Palmeiras 7 7 2 3 2 6 8 -2 50,0%
9
  Santa Cruz 7 8 2 3 3 9 11 -2 43,7%
10
  Sport 7 9 1 5 3 4 12 -8 38,8%

Nota: Os seguintes confrontos marcados com * foram cancelados, pois ambas as equipes não tinham mais chances de conquistar o título: Palmeiras x Cruzeiro e Santa Cruz x Palmeiras.

Origens: Heleno de Barros Nunes, ex-presidente da CBD, faleceu no início de 1984. Como forma de homenagear o ex-dirigente, o torneio foi criado oficialmente com o seu nome, graças a uma votação na CBF.

Curiosidades: Em 1984 quando o torneio foi realizado, apenas os lanternas da competição Santa Cruz e Sport, não haviam conquistado o título do Campeonato Brasileiro.

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre futebol brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.