Abrir menu principal

Wikipédia Discussão:Critérios de notoriedade/Eventos

Retomando a discussãoEditar

@Ismael Silva Oliveira:, @PauloMSimoes:, @Theys York:, @Lord Mota:, @Albertoleoncio: e @Artur Gomes de Morais:, podemos continuar daqui? Tentando pontuar as dúvidas, creio o seguinte:

  1. Há consenso de que crimes, em geral, para terem notoriedade, precisam ser cobertos por fontes terciárias, com distanciamento histórico, mas há algumas exceções listadas, tais como o Massacre de Realengo, o Caso João Hélio, e o Assassinato de Marielle Franco. A dúvida é, o que faz com que estes últimos crimes se diferenciem dos demais? Não estou questionando a notoriedade deles, e sim, tentando traduzir qual elemento exatamente os torne notórios, para que se possa transformá-lo num parâmetro objetivo. Chamando aqui o @Érico:, que pode ser interessado.
  2. Acidentes nos meios de transporte - creio que quedas de avião de modo geral são notórias, certo? Ou precisa morrer alguém, ou cair numa grande cidade, ou ser um voo comercial regular? O Voo LaMia 2933, não caiu numa área urbana, e nem era um voo comercial regular, mas causou grande consternação devido a ter ocorrido com um time de futebol que estava numa final de torneio continental.
  3. Sobre catástrofes naturais, podemos assumir que todo furacão ou tufão seja notório? Em caso de sismos, seria prudente estabelecer algum parâmetro na Escala Richter? Atingir metrópoles? —Pórokhov Порох 20h20min de 6 de novembro de 2019 (UTC)
Me parece que "grande comoção" e "repercussão internacional" sejam critérios relevantes a considerar. Também se deveria considerar crimes em que, concomitantemente com esses critérios, estejam envolvidas figuras notórias, por exemplo nas artes e na política, como o caso do assassinato do marido da deputada federal Flordelis, dada a repercussão e desdobramentos do caso, que ainda aparece na mídia, depois de vários meses.--PauloMSimoes (discussão) 20h41min de 6 de novembro de 2019 (UTC)
  1. Na minha opinião, todos os acidentes que põe em risco a vida de várias pessoas é notório, mesmo sem registro de mortes (tufões, massacres e acidentes de aviões). Assassinato de políticos também são relevantes, visto que chamam a atenção da opinião pública.Theys Y☺rk (discussão) 20h49min de 6 de novembro de 2019 (UTC)
  2. Crimes que chamam a atenção, ou são denunciados a instituições internacionais também são notórios, como o caso João Hélio e o Caso Lucas Terra.Theys Y☺rk (discussão) 20h53min de 6 de novembro de 2019 (UTC)
  3. Crimes que são descobertas falhas ao serem reinvestigados anos, ou décadas depois por jornalistas, escritores, historiadores, ou qualquer fonte notória que seja, também são notórios. Ex: Caso Rui Pedro, Caso Marco Aurélio, Caso família Pesseghini, Desaparecimento de Madeleine McCann, Caso Evandro.... Theys Y☺rk (discussão) 20h58min de 6 de novembro de 2019 (UTC)

PauloMSimoes, o problema é que "grande comoção" e "repercussão internacional" são um tanto quanto subjetivos, não? Um crime que aconteça em Santana do Livramento e repercuta em Rivera é notório? Não haveria um modo de quantificar isso melhor? Concordo sobre o assassinato do marido da Flordelis, mas tenho dificuldade sobre como redigir um critério para isso que não abarque outros casos menos notórios. Theys York, sobre políticos assassinados, veja só no México, recentemente, tivemos 122 assassinatos de políticos, e no Brasil, uma média de 9 por ano na última década, isso somente entre os eleitos, mas se citarmos os candidatos, a lista aumenta bastante. Nem todos são como o caso da Marielle. Acidentes que põe em risco a vida de pessoas é subjetivo, qualquer batida de ônibus, queda de prédio, descarrilamento de trem pode resultar nisso, ou você está se referindo especificamente a acidentes de vôos comerciais? "Crimes que chamam a atenção", também não acha que é muito subjetivo? Qualquer crime em tese pode ser denunciado a uma instituição internacional, mas que tipo de instituição? Não seria melhor "crimes cujas denúncias sejam recebidas por instituições internacionais", mas somente aquelas formadas por governos, tais como a ONU ou OTAN, pois a Anistia Internacional por exemplo recebe inúmeras denúncias, e nem todas são relevantes. Sobre "crimes que são descobertas falhas ao serem reinvestigados anos, ou décadas depois por jornalistas, escritores, historiadores, ou qualquer fonte notória que seja, também são notórios", aí creio que já entra na cobertura por fonte terciária e com distanciamento histórico, não? —Pórokhov Порох 21h20min de 6 de novembro de 2019 (UTC)

Pórokhov, nem tudo a considerar nesses critérios deve ser cartesiano. Para alguns casos em que há grande comoção, não há muito o que quantificar. Talvez se possa adicionar "grande comoção nacional e/ou repercussão internacional" (e claro, com fontes a confirmar).--PauloMSimoes (discussão) 21h34min de 6 de novembro de 2019 (UTC)

Pórokhov, concordo você. Eu retiro os pontos apresentados. Mas qual seria o tempo mínimo de distanciamento histórico? Theys Y☺rk (discussão) 21h53min de 6 de novembro de 2019 (UTC)

PauloMSimoes, mas o que seria grande comoção? Basta uma fonte dizer que o crime chocou/comoveu o país? Theys Y☺rk (discussão) 21h57min de 6 de novembro de 2019 (UTC)

@Theys York:, "grande comoção nacional e/ou repercussão internacional" é quando 80% dos brasileiros (ou de outro país) tomarem conhecimento de algum crime através da mídia e/ou o crime ganhar notoriedade além dos limites do país Isso dá para quantificar? Claro que não... poderia ser 90% ou 70%. Comoção nacional não se pode quantificar, é intuitivo, subjetivo. Nem tudo que é enciclopédico se pode "quantificar" com números. No caso de "repercussão internacional", obviamente as fontes vão confirmar. Resumindo, acho que estamos querendo ser "mais realistas do que o rei".--PauloMSimoes (discussão) 22h11min de 6 de novembro de 2019 (UTC)
Se o país decretar luto nacional é um bom indicador da tragédia.. Vanthorn® 01h47min de 7 de novembro de 2019 (UTC)
Concordo, Vanthorn. Mas nestes casos, se levou a um luto nacional, muito provavelmente não haverá dúvida quanto à notoriedade. Mas muitos casos também notórios não levam necessariamente a um decreto de luto nacional. Devemos tomar cuidado para não vincular a notoriedade apenas a isso, e considerar que a notoriedade pode advir de uma avaliação subjetiva em muitos casos. Minha sugestão de texto seria algo abrangente, como: "Crimes que causem grande comoção nacional e repercussão internacional". Cito o exemplo do "Caso João Hélio". Não sei se foi decretado luto nacional. Creio que não, pois a repercussão não foi imediata ao crime. Mesmo não tendo decreto de luto, pode-se facilmente aferir a repercussão e comoção nacional. Praticamente toda a mídia repercutiu o fato, que se tornou notório, sem dúvida. No caso do "Massacre de Realengo", a Dilma Rousseff chorou em uma declaração que fez à mídia e naquele caso houve o luto oficial.--PauloMSimoes (discussão) 03h38min de 7 de novembro de 2019 (UTC)
O luto nacional que referi era mais para o caso tragédias como tufões, sismos, etc.. Não creio que todos esses acontecimentos naturais que provocam invariavelmente mortes sejam notórios por definição. Vejo na PP esses eventos noticiados como se fosse algo de excepcional que mereça relevância. Vanthorn® 16h33min de 7 de novembro de 2019 (UTC)
Não tenho nada contra o luto nacional ser usado como parâmetro, mas este caso teve luto oficial, e será que teve relevância? Creio que o caso do João Hélio tenha tido luto sim, a comoção foi automática, mas não estou achando nenhuma fonte agora. —Pórokhov Порох 15h56min de 13 de novembro de 2019 (UTC)
Pórokhov, por isso escrevi acima Citação: Devemos tomar cuidado para não vincular a notoriedade apenas a isso. O termo "apenas" acho que foi a mais. Se colocamos nas regras, por exemplo, "casos em que tenha sido decretado luto nacional", isso pode gerar interpretações contraditórias, como poderia haver neste caso que você trouxe. Quanto ao luto pela morte do menino João Hélio, eu já tinha visto tempos atrás, mas não trouxe à discussão pois não foi um luto nacional, mas sim da Associação de Cartórios do Rio de Janeiro.--PauloMSimoes (discussão) 19h24min de 13 de novembro de 2019 (UTC)
Voltar à página de projeto "Critérios de notoriedade/Eventos".