Campeonato Mineiro de Futebol de 2021 - Módulo I

O Campeonato Mineiro de Futebol de 2021 - Módulo I, oficialmente denominado como Campeonato Mineiro Sicoob 2021, foi a 107ª edição da principal divisão do futebol Mineiro. Organizado pela Federação Mineira de Futebol (FMF) e disputado por 12 clubes entre 27 de fevereiro e 23 de maio.[3] A competição manteve o mesmo formato da edição anterior.[1]

Campeonato Mineiro de 2021
Campeonato Mineiro Sicoob 2021
Brasil
Dados
Participantes 12
Organização FMF
Local de disputa  Minas Gerais
Período 27 de fevereiro23 de maio[1]
Gol(o)s 154
Partidas 73
Média 2,11 gol(o)s por partida
Campeão Bandeira de Belo Horizonte.svg Atlético Mineiro (46º título)
Vice-campeão Bandeira de Belo Horizonte.svg América Mineiro
Campeão do interior Bandeira de tombos.jpg Tombense
Rebaixado(s) Boa Esporte
Coimbra
Melhor marcador Rodolfo (América Mineiro) – 7 gols
Melhor ataque (fase inicial) Atlético Mineiro – 23 gols
Melhor defesa (fase inicial) Cruzeiro – 4 gols
Maior goleada
(diferença)
URT 0–5 América Mineiro
Estádio Zama MacielPatos de Minas
25 de abril, 11ª rodada
Outras divisões
Módulo II a definir
Segunda Divisão a definir
Premiações
Melhor jogador
(FMF)
Fábio (Cruzeiro)[2]
Melhor treinador Cuca (Atlético Mineiro)[2]
◄◄ Minas Gerais Módulo I de 2020 Soccerball.svg Módulo I de 2022 Minas Gerais ►►

RegulamentoEditar

Primeira faseEditar

O Módulo I foi disputado por doze clubes em turno único. Todos os times jogarão entre si uma única vez. Ao fim das onze rodadas, os quatro primeiros colocados avançam para a fase final com jogos eliminatórios, enquanto os dois últimos serão rebaixados para o Módulo II de 2022. Já os clubes terminados entre 5º e 8º lugar disputarão o Troféu Inconfidência.[1][4]

Os quatro primeiro colocados também garantem vaga na Copa do Brasil 2022. Caso o Estado Minas Gerais tenha direito a uma quinta vaga, está será designada para o Campeão do Troféu Inconfidência 2021. Para a Série D do Campeonato Brasileiro de 2022, a FMF indicará à CBF os clubes melhores colocados no Campeonato, excluídos os que já integram a Série A, Série B ou Série C, do Campeonato Brasileiro em 2022.

Critérios de desempateEditar

Caso houver empate de pontos entre dois clubes, os critérios de desempate serão aplicados na seguinte ordem:

  1. Número de vitórias
  2. Saldo de gols
  3. Gols marcados
  4. Confronto direto
  5. Número de cartões vermelhos
  6. Número de cartões amarelos
  7. Sorteio público na sede da FMF

Fase finalEditar

É disputada em formato eliminatório (conhecida como "mata-mata", com semifinais e final), com confrontos de ida e volta. O time de melhor campanha tem a vantagem de decidir se terá o mando de campo no primeiro ou segundo jogo de cada fase. O chaveamento é dado da seguinte forma: 1° melhor colocado x 4° melhor colocado e 2° melhor colocado x 3° melhor colocado.

Critérios de desempateEditar

  1. Saldo de gols
  2. Melhor campanha na primeira fase

Troféu Inconfidência e RecopaEditar

Os clubes terminados de 5º a 8º lugares na primeira fase disputarão este torneio, que será nos mesmos moldes da fase final do campeonato: semifinais e final com jogos eliminatórios de ida e volta. O chaveamento será 5º x 8º e 6º x 7º. O ganhador da final conquistará o Troféu Inconfidência e terá o direito de disputar a Recopa do Interior contra o Campeão do interior, ou seja, o clube do interior do estado mais bem colocado ao fim do campeonato. Caso um dos times da capital (América, Atlético ou Cruzeiro) se sagrar Campeão do Troféu Inconfidência, a Recopa do Interior será disputada entre o Campeão do Interior e clube do interior mais bem colocado no Troféu Inconfidência.[5]

Direitos de transmissãoEditar

Em 2021, pela primeira vez, todos clubes da Elite terão todas suas partidas exibidas ao público. A Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão do torneio, fará a seleção das partidas que serão exibidas na TV aberta ou na TV por assinatura, pelo canais SporTV e Premiere. Enquanto isso, os demais confrontos serão transmitidos, gratuitamente, através de um novo serviço de streaming da Federação chamado TV FMF.[6]

Com portões fechados para o público por conta da pandemia de Covid-19, a maioria dos jogos do Campeonato Mineiro deste ano ficaria "no escuro", especialmente, para os torcedores dos times do interior do Estado. Todas as partidas que não tinha Atlético, Cruzeiro ou América em campo foram exibidas no canal da FMF, incluindo os três jogos do Troféu Inconfidência. A final URT x Pouso Alegre, vencida pelo time do Sul de Minas, bateu o recorde, com 16.820 visualizações. Ao todo, 53 mil pessoas fizeram o cadastro na plataforma, oferecida gratuitamente e bancada com recursos da federação.[7]

ParticipantesEditar

Equipe Cidade Em 2020 Estádio Capacidade Títulos (último)
América Futebol Clube   Belo Horizonte Independência 23.019 16 (2016)
Clube Atlético Mineiro   Belo Horizonte Mineirão 61.846 45 (2020)
Athletic Club   São João del-Rei  (II) Joaquim Portugal 3.500 0
Boa Esporte Clube   Varginha Melão 15.471 0
Associação Atlética Caldense   Poços de Caldas Ronaldão 7.600 1 (2002)
Coimbra Esporte Clube   Contagem 10º Independência 23.019 0
Cruzeiro Esporte Clube   Belo Horizonte Mineirão 61.846 38 (2019)
Clube Atlético Patrocinense   Patrocínio Pedro Alves 10.250 0
Pouso Alegre Futebol Clube   Pouso Alegre  (II) Manduzão 26.000 0
Tombense Futebol Clube   Tombos Almeidão 3.050 0
Uberlândia Esporte Clube   Uberlândia Parque do Sabiá 53.350 0
União Recreativa dos Trabalhadores   Patos de Minas Zama Maciel 4.858 0

EstádiosEditar

América Mineiro Athletic Atlético Mineiro Boa Esporte
Independência Joaquim Portugal Mineirão Melão
Capacidade: 23 019 Capacidade: 3 050 Capacidade: 61 846 Capacidade: 15 071
       
Caldense Coimbra
Ronaldão Independência
Capacidade: 7 600 Capacidade: 23 019
   
Cruzeiro Patrocinense
Mineirão Pedro Alves do Nascimento
Capacidade: 61 846 Capacidade: 10 250
   
Tombense Pouso Alegre Uberlândia URT
Antônio Guimarães de Almeida Manduzão Parque do Sabiá Zama Maciel
Capacidade: 3 050 Capacidade: 26 000 Capacidade: 53 350 Capacidade: 4 858
     

Primeira faseEditar

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG % DF Classificação ou rebaixamento
1   Atlético Mineiro 27 11 9 0 2 23 7 +16 82   Classificados à Fase Final
2   América Mineiro 22 11 7 1 3 17 9 +8 67  
3   Cruzeiro 20 11 6 2 3 12 4 +8 61  
4   Tombense 20 11 5 5 1 16 9 +7 61  
5   URT 16 11 5 1 5 8 16 –8 48   Classificados à Taça Inconfidência
6   Pouso Alegre 15 11 4 3 4 13 10 +3 45  
7   Caldense 15 11 4 3 4 10 12 –2 45  
8   Athletic 13 11 4 1 6 9 10 –1 39  
9   Uberlândia 12 11 3 3 5 13 19 –6 36  
10   Patrocinense 10 11 2 4 5 7 15 –8 30  
11   Boa Esporte 8 11 2 2 7 8 14 –6 24   Rebaixados para o Módulo II de 2022
12   Coimbra 6 11 1 3 7 4 15 –11 18  

ConfrontosEditar

  AMM ATH ATM BOA CAL COI CRU PAT POU TOM UEC URT
América-MG 1–0 0–1 2–0 1–0 1–1
Athletic 0–1 0–1 1–0 2–1 0–1
Atlético-MG 3–1 2–1 3–0 1–0 4–0 3–0
Boa Esporte 2–0 2–1 0–1 0–0 1–4 1–2
Caldense 0–0 2–1 0–0 1–1 1–2
Coimbra 1–0 0–2 0–2 0–1 0–0 2–2
Cruzeiro 1–0 1–0 0–1 4–0 0–0
Patrocinense 0–2 1–3 1–0 1–1 0–1
Pouso Alegre 1–2 3–1 0–0 1–0 3–0
Tombense 2–1 2–1 1–2 2–2 2–0 1–0
Uberlândia 1–2 2–3 1–1 1–0 1–3 1–1
URT 0–5 1–1 3–1 1–0 0–2 1–0

DesempenhoEditar

Rodadas na liderançaEditar

Clubes que lideraram o campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11
CAM

Rodadas na lanternaEditar

Clubes que ficaram na última posição do campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11
URT COI UEC COI UEC BOA COI

Troféu InconfidênciaEditar

Em itálico, as equipes que tiveram mando de campo, por ter melhor campanha na fase de grupos.

Semifinais Final
   URT (pen) 1 (3)  
   Athletic 1 (2)  
 
       URT 0 (2)
     Pouso Alegre (pen) 0 (4)
   Pouso Alegre (pen) 0 (6)
   Caldense 0 (5)  

Fase finalEditar

Em itálico, as equipes que jogarão pelo empate no resultado agregado, por ter melhor campanha na fase de grupos. Em negrito as equipes que avançaram de fase.

  Semifinais Final
                     
   Atlético Mineiro 3 1 4  
   Tombense 0 1 1  
     Atlético Mineiro 0 0 0
     América Mineiro 0 0 0
   América Mineiro 2 3 5
   Cruzeiro 1 1 2
FinaisEditar
Ida
16 de maio América Mineiro   0 – 0   Atlético Mineiro Estádio Independência, Belo Horizonte
16:00
  Histórico
Súmula Público: Portões fechados
Árbitro:  MG Wanderson Alves de Sousa (CBF)
     
 
 
América-MG
     
 
 
Atlético-MG
Volta
22 de maio Atlético Mineiro   0 – 0   América Mineiro Estádio Mineirão, Belo Horizonte
16:30
  Histórico
Súmula Público: Portões fechados
Árbitro:  MG Felipe Fernandes de Lima (CBF)
     
 
 
Atlético-MG
     
 
 
América-MG

PremiaçãoEditar

Campeonato Mineiro de 2021
 
Atlético Mineiro
Bicampeão
(46.º título)
Troféu do Interior 2021
 
Tombense
Bicampeão
(3.º título)
Taça Inconfidência 2021
 
Pouso Alegre
Campeão
(1.º título)

Seleção do campeonatoEditar

A promoção da FMF e da Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão do Campeonato Mineiro, reuniu mais de 2,7 milhões de votos para eleger o craque do campeonato. O goleiro Fábio, do Cruzeiro, ficou com 50,24% dos votos, contra 49,37% de Hulk, do Atlético. Os outros candidatos eram Keké, do Tombense (0,21%), e Rodolfo, do América (0,18%).[8]

Ainda foram escolhidos os melhores em cada posição, por jornalistas, para a seleção do campeonato:[2]

Posição Jogador Equipe
Goleiro Fábio Cruzeiro
Lateral direito Raúl Cáceres Cruzeiro
Zagueiro Anderson América-MG
Igor Rabello Atlético
Lateral esquerdo Guilherme Arana Atlético-MG
Meio-campista Juninho América-MG
Alê América-MG
Nacho Fernández Atlético-MG
Atacante Keké Tombense
Rodolfo América-MG
Hulk Atlético-MG
Técnico Cuca Atlético-MG

ArtilhariaEditar

Gols Jogador Equipe
7   Rodolfo América Mineiro
6   Keké Tombense
5   Daniel Amorim
4   Jefferson Boa Esporte

TécnicosEditar

Equipe Técnico
América Mineiro   Lisca (1ª—)
Athletic   Cícero Júnior (1ª—8ª)
  Gustavo Brancão (9ª—)
Atlético Mineiro   Lucas Gonçalves (interino) (1ª—4ª)
  Cuca (5ª—)
Boa Esporte   Ariel Mamede (1ª—5ª)
  Luiz Gabardo Júnior (6ª—)
Caldense   Marcus Paulo Grippi (1ª—)
Coimbra   Diogo Giacomini (1ª—4ª)
  Eugênio Souza (5ª—)
Cruzeiro   Felipe Conceição (1ª—)
Patrocinense   Thiago Oliveira (1ª—4ª)
  Rogério Henrique (5ª—)
Pouso Alegre   Emerson Ávila (1ª—)
Tombense   Bruno Pivetti (1ª—)
Uberlândia   Tuca Guimarães (1ª—3ª)
  Chiquinho Lima (Interino) (4ª—5ª)
  Waguinho Dias (6ª—)
URT   Welington Fajardo (1ª—)

Classificação GeralEditar

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG % Classificação ou rebaixamento
  Atlético Mineiro 33 15 10 3 2 27 8 +19 76 Campeão e classificado para a Copa do Brasil 2022
  América Mineiro 30 15 9 3 3 22 11 +11 69 Finalista e classificado para a Copa do Brasil 2022
  Tombense 21 13 5 6 2 17 13 +4 54 Semifinalistas e classificados para a Copa do Brasil 2022
  Cruzeiro 20 13 6 2 5 14 9 +5 51
  Pouso Alegre 17 13 4 5 4 13 10 +3 44 Classificados para o Campeonato Brasileiro de Futebol de 2022 - Série D[9]
  URT 18 13 5 3 5 9 17 –8 46
  Caldense 16 12 4 4 4 10 12 –2 44
  Athletic 14 12 4 2 6 10 11 –1 39
9   Uberlândia 12 11 3 3 5 13 19 –6 36
10   Patrocinense 10 11 2 4 5 7 15 –8 30
11   Boa Esporte 8 11 2 2 7 8 14 –6 24 Rebaixados para o Módulo II de 2022
12   Coimbra 6 11 1 3 7 4 15 –11 18

Ver TambémEditar

Referências

  1. a b c «Arbitral mantém fórmula do Campeonato Mineiro 2021, com início em 28 de fevereiro». Consultado em 14 de dezembro de 2020 
  2. a b c «Fábio, do Cruzeiro, é eleito o Craque do Mineiro; Atlético-MG e América-MG dominam a seleção». ge. 22 de maio de 2021. Consultado em 28 de maio de 2021 
  3. Superesportes (18 de fevereiro de 2021). «FMF altera estreias de America, Atletico e Cruzeiro no Mineiro». Superesportes. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  4. «Campeonato Mineiro 2021 - Regulamento e datas de jogos». esportes.yahoo.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  5. «REC - Regulamento do Campeonato Mineiro Módulo I - 2021» (PDF). Federação Mineira de Futebol. 28 de dezembro de 2020. Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  6. Campos, Luiz Henrique (23 de fevereiro de 2021). «FMF anuncia que transmitirá todos os jogos do Mineiro pela internet». Superesportes. Consultado em 29 de maio de 2021 
  7. Nogueira, Thiago (7 de maio de 2021). «Streaming do Campeonato Mineiro gera público médio de 3,2 mil em jogos de 2021». SuperFC. O Tempo. Consultado em 29 de maio de 2021 
  8. «Fábio agradece torcida do Cruzeiro pelo prêmio de craque do Mineiro». Superesportes.com. 23 de maio de 2021. Consultado em 28 de maio de 2021 
  9. «URT, Pouso Alegre e Caldense garantem vagas na Série D 2022». SuperFC. O Tempo. 25 de abril de 2021. Consultado em 22 de maio de 2021 

Ligações externasEditar