Lista de reis de Navarra

artigo de lista da Wikimedia
(Redirecionado de Dinastia Jiménez)

Esta é uma lista de reis de Pamplona e Navarra, desde a fundação do reino no século IX até ao século XVII. O reino foi fundado com o nome de Reino de Pamplona, um título que só foi abandonado na segunda metade do século XII pelo rei Sancho VI (r. 1150–1194), o primeiro a intitular-se Rei de Navarra.

Escudo do Reino de Navarra

A Casa Real de Navarra caracterizou-se por uma mudança frequente de dinastias, relacionada com o número invulgar de rainhas que este país teve durante a sua história.

Dinastia ÍñiguezEditar

 Ver artigo principal: Dinastia Íñiguez
Nome Retrato Nascimento Início Reinado Fim Reinado Casamento(s) Morte Notas
Íñigo Arista de Pamplona   c. 770?[1]
Filho de Íñigo Jiménez e Oneca
c. 824? 851 ?
4 filhos
851[2]
c. 81 anos
Primeiro rei de Pamplona[3][4][5][6].
Garcia Íñiguez   c. 810?
Filho de Íñigo Arista de Pamplona
851 882 Urraca
3 filhos
882
c. 72 anos
Sepultado no Mosteiro de Leyre
Fortunio Garcês   ?
Filho de Garcia Íñiguez e Urraca
882 905 Aurea Ibn Lopo Ibn Musa
5 filhos
c. 925?
Mosteiro de Leyre
Sepultado no Mosteiro de Leyre
Abdicou, retirando-se para um convento.

Dinastia JimenaEditar

 Ver artigo principal: Dinastia Jimena
Nome Retrato Nascimento Início Reinado Fim Reinado Casamento(s) Morte Notas
Sancho Garcês I   c. 860?
Filho de Garcia Jimenes e Dadildis de Pallars
905 11 de dezembro de 925 Toda Aznares
7 filhos
11 de dezembro de 925
Resa
c. 65 anos
Sepultado no Castelo de San Esteban de Deyo, em Villamayor de Monjardín
Chegou ao trono afirmando os direitos de sua esposa Toda, neta de Fortún Garcés.
Garcia Sanches I   919[7]
Filho de Sancho Garcês I de Pamplona e Toda Aznares
11 de dezembro de 925 22 de fevereiro de 970 Andregoto Galíndez
c. 938
3 filhos
Teresa de Leão
c. 943[8]
2 filhos
22 de fevereiro de 970[9]
Villamayor de Monjardín
50-51 anos
Sepultado no Castelo de San Esteban de Deyo, em Villamayor de Monjardín
Entre 925-931, Jimeno Garcés, irmão de Sancho Garcés I, serviu como regente das potestas regia[10][11][12][13][14][15]. Entre 931-933, Íñigo Garcés, meio-irmão de Sancho Garcés I, tentou ocupar a regência ou o trono, confrontando a rainha mãe Toda, que acabou assumindo a regência até que, em 934, García Sánchez foi declarada maior de idade[12][16][17][18][19].
Sancho Garcês II   c. 938?
Filho de Garcia Sanches I de Pamplona e Andregoto Galíndez
22 de fevereiro de 970 Dezembro de 994 Urraca Fernandes de Castela
c. 963
3 filhos
Dezembro de 994
c. 56 anos
Sepultado no Mosteiro de San Juan de la Peña, em Jaca
Incorporou o condado de Aragão[20].
Garcia Sanches II
O Tremedor
  c. 964?
Filho de Sancho Garcês II de Pamplona e Urraca Fernandes de Castela
Dezembro de 994 29 de julho de 1000 Jimena Fernandes
4 filhos
29 de julho de 1000
c. 46 anos
Sepultado no Mosteiro de San Juan de la Peña, em Jaca
Interregno (1000-1004):
O rei Garcia morreu cerca de 1000, data de sua última aparição na documentação. Depois de sua morte, houve um interregno, gerido pela Sancho Ramires de Viguera, seu primo, até que seu filho mais velho, Sancho Garcês III de Pamplona, menor de idade, assumiu o trono em 1004[21].
Sancho Garcês III
O Grande
  c. 992?[22]
Filho de Garcia Sanches II de Pamplona e Jimena Fernandes
1004 18 de outubro de 1035 Munia Maior de Castela
1011
4 filhos
18 de outubro de 1035
c. 43 anos
Garcia Sanches III
O de Nájera
  1012
Nájera
Filho de Sancho Garcês III de Pamplona e Munia Maior de Castela
18 de outubro de 1035 1 de setembro de 1054 Estefânia de Foix
1038
Barcelona
9 filhos
1 de setembro de 1054
Atapuerca
38-39 anos
Sepultado no Mosteiro de Santa María la Real de Nájera, em La Rioja
Sancho Garcês IV
O Nobre
  c. 1039?
Filho de Garcia Sanches III de Pamplona e Estefânia de Foix
1 de setembro de 1054 4 de junho de 1076 Placencia de Normandia
1068[23]
1 filho
4 de junho de 1076
Peñalén
36-37 anos
Sancho V   c. 1043?[24]
Filho de Ramiro I de Aragão e Ermesinda de Foix
4 de junho de 1076 4 de junho de 1094 Isabel de Urgel
1062/1063
1 filho
Felícia de Roucy
1071
3 filhos
4 de junho de 1094
Huesca
50-51 anos
Sepultado no Mosteiro de San Juan de la Peña, em Jaca
Também rei de Aragão. Proclamado rei pelos navarros após o assassinato de seu primo Sancho Garcés IV por seus irmãos[25].
Pedro I   c. 1068?
Filho de Sancho I de Aragão e Isabel de Urgel
4 de junho de 1094 28 de dezembro de 1104 Inês da Aquitânia
1086
Jaca
2 filhos
Berta de Aragão
16 de agosto de 1097
Huesca
sem filhos
28 de dezembro de 1104
Vale de Arán
35-36 anos
Também rei de Aragão. Conquistou Huesca.
Afonso I
O Batalhador
  c. 1073?
Filho de Sancho I de Aragão e Isabel de Urgel
28 de dezembro de 1104 7 de setembro de 1134 Urraca I de Leão e Castela
1106
sem filhos
7 de setembro de 1134
Poleñino
59-60 anos
Sepultado no Mosteiro de São Pedro o Velho, em Huesca
Também rei de Aragão. Conquistou Saragoça. Esposo de Urraca I de Leão e Castela. Em sua vontade, ele legou o reino às ordens militares dos Templários, Hospitalários e do Santo Sepulcro de Jerusalém.
Garcia IV
O Restaurador
  c. 1110?
Filho de Ramiro Sanches de Pamplona e Cristina Rodríguez
7 de setembro de 1134 21 de novembro de 1150 Margarita de l'Aigle
1130
3 filhos
Urraca Afonso, a Asturiana
24 de junho de 1144
Leão
1 filha
21 de novembro de 1150
Lorca
39-40 anos
Rei escolhido quando os navarros não aceitaram a vontade de Afonso I.
Sancho VI
O Sábio
  1132/1133
Filho de Garcia Ramires de Pamplona e Margarita de l'Aigle
21 de novembro de 1150 27 de junho de 1194 Sancha de Castela
2 de junho de 1157
Carrión de los Condes
6 filhos
27 de junho de 1194
Pamplona
61-62 anos
Sepultado na Catedral de Santa Maria de Pamplona
Em 1162, ele mudou seu título de rei de Pamplona para o de rei de Navarra.
Sancho VII
O Forte
  17 de abril de 1154
Tudela
Filho de Sancho VI de Navarra e Sancha de Castela
27 de junho de 1194 7 de abril de 1234 Constança de Toulouse
1195
sem filhos
7 de abril de 1234
Tudela
79 anos
Sepultado na Real Colegiata de Santa María de Roncesvalles
Ele assinou um tratado prohijamiento com Jaime I de Aragão, pelo qual, se um monarca morresse antes do outro, herdaria o reino do falecido.

Casa de ChampagneEditar

 Ver artigo principal: Casa de Blois
Nome Retrato Nascimento Início Reinado Fim Reinado Casamento(s) Morte Notas
Teobaldo I
O Póstumo
O Trovador
  30 de maio de 1201
Troyes
Filho de Teobaldo III de Champanhe e Branca de Navarra, condessa de Champanhe
7 de abril de 1234 8 de julho de 1253 Gertrudes de Dagsburgo
1 de maio de 1220
sem filhos
Inês de Beaujeu
1222
1 filha
Margarida de Bourbon-Dampierre
12 de setembro de 1232
6 filhos
8 de julho de 1253
Pamplona
52 anos
Sepultado na Catedral de Santa Maria de Pamplona
Teobaldo I, também Conde de Champagne desde 1201 (Teobaldo IV), sucede ao tio Sancho VII através da mãe, Branca de Navarra, casada com Teobaldo III, Conde de Champagne[26].
Teobaldo II
O Jovem
  1238
Filho de Teobaldo I de Navarra e Margarida de Bourbon-Dampierre
8 de julho de 1253 4 de dezembro de 1270 Isabel de França
6 de abril de 1258
sem filhos
4 de dezembro de 1270
Trapani
31-32 anos
Também Conde de Champagne. Quando em 1270 ele partiu para a cruzada, deixou seu irmão Henrique como governador do reino.
Henrique I
O Gordo
  c. 1244?
Filho de Teobaldo I de Navarra e Margarida de Bourbon-Dampierre
4 de dezembro de 1270 2 de julho de 1274 Branca de Artésia
1269
2 filhos
2 de julho de 1274
Pamplona
c. 30 anos
Sepultado na Catedral de Santa Maria de Pamplona
Quando recebeu a notícia da morte de seu irmão Teobaldo, proclamou-se rei[27].
Joana I   17 de abril de 1271
Bar-sur-Seine
Filha de Henrique I de Navarra e Branca de Artésia
2 de julho de 1274 4 de abril de 1305 14 de agosto de 1284
Catedral de Notre Dame, em París
7 filhos
4 de abril de 1305
Vincennes
33 anos
Sepultada na Basílica de Saint-Denis, em Paris
Também Rainha consorte de França.
Filipe I
O Belo
O rei de Mármore
O rei de Ferro
  abril–junho de 1268
Fontainebleau
Filho de Filipe III de França e Isabel de Aragão
29 de novembro de 1314
Fontainebleau
46 anos
Sepultado na Basílica de Saint-Denis, em Paris
Foi o Rei Jure uxoris de Joana I. Também Filipe IV, Rei de França.

Dinastia CapetianaEditar

 Ver artigo principal: Dinastia Capetiana

Durante este período, Navarra formou uma união pessoal com França.

Nome Retrato Nascimento Início Reinado Fim Reinado Casamento(s) Morte Notas
Luís I
O Teimoso
O Obstinado
  4 de outubro de 1289
Paris
Filho de Filipe IV de França e Joana I de Navarra
4 de abril de 1305 5 de junho de 1316 Margarida da Borgonha
21 de setembro de 1305
1 filha
Clemência da Hungria
13 de agosto de 1315
1 filho
5 de junho de 1316
Vincennes
26 anos
Sepultado na Basílica de Saint-Denis, em Paris
Também Luís X, Rei de França.
João I
O Póstumo
  15 de novembro de 1316
Paris
Filho de Luís X de França e Clemência da Hungria
15 de novembro de 1316 19 de novembro de 1316 Não se casou 19 de novembro de 1316
Paris
4 dias
Sepultado na Basílica de Saint-Denis, em Paris
Também João I, Rei de França.
Filipe II
O Alto
O Comprido
O Caolho
  1293
Lyon
Filho de Filipe IV de França e Joana I de Navarra
19 de novembro de 1316 3 de janeiro de 1322 Joana II, Condessa da Borgonha
1307
5 filhos
3 de janeiro de 1322
Paris
29 anos
Sepultado na Basílica de Saint-Denis, em Paris
Regente durante a gestação da mãe de João I. Irmão de Luís X, também Filipe V, Rei de França.
Carlos I
O Belo
  18/19 de junho de 1294
Oise
Filho de Filipe IV de França e Joana I de Navarra
3 de janeiro de 1322 1 de fevereiro de 1328 Branca da Borgonha
20 de maio de 1308
2 filhos
Maria do Luxemburgo
21 de setembro de 1322
2 filhos
Joana de Évreux
11 de maio de 1326
3 filhas
1 de fevereiro de 1328
Vincennes
33 anos
Sepultado na Basílica de Saint-Denis, em Paris
Também Carlos IV, Rei de França. Somente teve filhas mulheres, que na França não tinham direito de assumir o trono. O Reino de Navarra foi delvolvido para Joana II. Felipe de Valois regente de Navarra desde a morte de Carlos I[28], até a demissão do governador francês em 13 de março de 1328[29].
Joana II   28 de janeiro de 1312
Conflans-Sainte-Honorine
Filha de Luís X de França e Margarida da Borgonha
2 de maio de 1328[30] 6 de outubro de 1349 18 de junho de 1318
9 filhos
6 de outubro de 1349
Charenton-le-Pont
38 anos
Sepultada na Basílica de Saint-Denis, em Paris
Filha de Luís I. Casa-se com Filipe III. Os regentes Juan Corbarán de Leet e Juan Martínez de Medrano, entre 13 de março de 1328, assembléia Puente la Reina e 27 de fevereiro de 1329, Cortes de Larrasoaña.
Filipe III
O Sábio
  27 de março de 1306
Filho de Luís de Évreux e Margarida de Artésia
16 de setembro de 1343 16 de setembro de 1343
Jerez de la Frontera
37 anos
Sepultado na Catedral de Santa Maria de Pamplona
Foi o Rei Jure uxoris de Joana II.

Casa de ÉvreuxEditar

 Ver artigo principal: Casa de Évreux

Em 1349, França é herdada pela Casa de Valois, enquanto que Navarra reverte para a Casa de Évreux, na pessoa de Filipe, Conde de Évreux e neto do rei Filipe III de França.

Nome Retrato Nascimento Início Reinado Fim Reinado Casamento(s) Morte Notas
Carlos II
O Mau
  10 de outubro de 1332
Évreux
Filho de Filipe III de Navarra e Joana II de Navarra
6 de outubro de 1349 1 de janeiro de 1387 Joana de Valois
3 de novembro de 1352
Vivier-en-Brie
9 filhos
1 de janeiro de 1387
Pamplona
54 anos
Sepultado na Catedral de Santa Maria de Pamplona
Carlos III
O Nobre
  22 de julho de 1361
Mantes-la-Jolie
Filho de Carlos II de Navarra e Joana de Valois
1 de janeiro de 1387 8 de setembro de 1425 Leonor de Castela
27 de maio de 1375
Soria
8 filhos
8 de setembro de 1425
Olite
64 anos
Sepultado na Catedral de Santa Maria de Pamplona
Branca I   1385
Pamplona
Filha de Carlos III de Navarra e Leonor de Castela
8 de setembro de 1425 3 de abril de 1441 Martim I da Sicília
21 de janeiro de 1402
1 filho
3 de abril de 1441
Santa María la Real de Nieva
56 anos
Sepultada na Igreja-Mosteiro de Nossa Senhora de La Soterraña, em Santa María la Real de Nieva
18 de janeiro de 1420
Pamplona
4 filhos
João II
O Grande
  29 de junho de 1398
Medina del Campo
Filho de Fernando I de Aragão e Leonor Urraca de Castela
20 de janeiro de 1479 20 de janeiro de 1479
Barcelona
80 anos
Sepultado na Mosteiro de Poblet, em Vimbodí
Foi o Rei Jure uxoris de Branca I. Rei de facto desde 1441.
Joana Henriques
1 de abril de 1444
Torrelobaton
3 filhos

Casa de TrastâmaraEditar

 Ver artigo principal: Casa de Trastâmara
Nome Retrato Nascimento Início Reinado Fim Reinado Casamento(s) Morte Notas
Leonor I   2 de fevereiro de 1426
Olite
Filha de Branca I de Navarra e João II de Aragão
20 de janeiro de 1479 12 de fevereiro de 1479 Gastão IV & I, Conde de Foix e Rei de Navarra
1441
11 filhos
12 de fevereiro de 1479
Tudela
54 anos

Casa de FoixEditar

 Ver artigo principal: Casa de Foix
Nome Retrato Nascimento Início Reinado Fim Reinado Casamento(s) Morte Notas
Francisco I   18 de abril de 1469
Mazères
Filho de Gastão de Foix e Madalena da França
12 de fevereiro de 1479 30 de janeiro de 1483 Não se casou 30 de janeiro de 1483
Pau
16 anos
Sepultado na Catedral de Nossa Senhora da Assunção, em Lescar
Neto de Leonor I.
Catarina I 18 de abril de 1468
Filha de Gastão de Foix e Madalena da França
30 de janeiro de 1483 12 de fevereiro de 1517 14 de junho de 1484
13 filhos
12 de fevereiro de 1517
Mont-de-Marsan
48 anos
Sepultada na Catedral de Nossa Senhora da Assunção, em Lescar
Neta de Leonor I, casada com João III, Rei de Navarra, Duque de Albret. Rainha titular de 1512 a 1517.
João III   1469
Ségur-le-Château
Filho de Alan de Albret e Françoise de Châtillon
14 de junho de 1484 17 de junho de 1516 17 de junho de 1516
Monein
47 anos
Sepultado na Catedral de Nossa Senhora da Assunção, em Lescar
Foi o Rei Jure uxoris de Catarina I. Rei titular de 1512 a 1516.

Divisão do reinoEditar

Em 1512 a parte do reino de Navarra situada na Península Ibérica, a Baixa Navarra, é conquistada por Fernando II de Aragão, o Católico, sendo reconhecido rei pelas Cortes de Navarra (principalmente frequentadas por beaumonteses) em 23 de março de 1513, reduzindo assim o reino à sua expressão francesa, a Alta Navarra. Em 1530, Carlos I decidiu renunciar definitivamente à Baixa Navarra devido à impossibilidade de controlá-la[31][32], passando a ser efetivamente governada por Henrique II, enquanto Carlos I e sua mãe Joana, a Louca continuaram como reis em Alta Navarra. Para uma lista de reis que governaram a Navarra ibérica, veja-se a lista de reis de Espanha.

Baixa NavarraEditar

Casa de AlbretEditar

 Ver artigo principal: Casa de Albret
Nome Retrato Nascimento Início Reinado Fim Reinado Casamento(s) Morte Notas
Henrique II   25 de abril de 1503
Sangüesa
Filho de João III de Navarra e Catarina de Foix
12 de fevereiro de 1517 25 de maio de 1555 Margarida de Angolema
24 de janeiro de 1527
Saint-Germain-en-Laye
2 filhos
25 de maio de 1555
Hagetmau
52 anos
Sepultado na Catedral de Nossa Senhora da Assunção, em Lescar
Rei titular (1517-1530).
Joana III   7 de janeiro de 1528
Castelo de Saint-Germain-en-Laye
Filha de Henrique II de Navarra e Margarida de Angolema
25 de maio de 1555 9 de junho de 1572 Guilherme de Jülich-Cleves-Berg
1541
sem filhos
9 de junho de 1572
Paris
44 anos
Sepultada na Igreja Colegiada de San Jorge, em Vendôme
20 de outubro de 1548
Moulins
5 filhos
António I   22 de abril de 1518
La Fère
Filho de Carlos de Bourbon, Duque de Vendôme e Francisca de Alençon
17 de novembro de 1562 17 de novembro de 1562
Les Andelys
44 anos
Sepultado na Igreja Colegiada de San Jorge, em Vendôme
Foi o Rei Jure uxoris de Joana III.

Casa de BourbonEditar

 Ver artigo principal: Casa de Bourbon
Nome Retrato Nascimento Início Reinado Fim Reinado Casamento(s) Morte Notas
Henrique III
O Grande
  13 de dezembro de 1553
Pau
Filho de Antônio de Bourbon e Joana III de Navarra
9 de junho de 1572 14 de maio de 1610 Margarida de Valois
18 de agosto de 1572
Palácio do Louvre, em Paris
sem filhos
Maria de Médici
17 de dezembro de 1600
Florença (procuração)
Lyon (em pessoa)
6 filhos
14 de maio de 1610
Hagetmau
56 anos
Sepultado na Basílica de Saint-Denis, em Paris
Em 1589, torna-se rei de França.
Luís II
O Justo
  27 de setembro de 1601
Palácio de Fontainebleau
Filho de Henrique II de Navarra e Maria de Médici
14 de maio de 1610 30 de outubro de 1620 Ana da Áustria
24 de novembro de 1615
2 filhos
14 de maio de 1643
Paris
41 anos
Sepultado na Basílica de Saint-Denis, em Paris
Também Luís XIII de França.
Luís VII
O rei dos 20 minutos
  6 de Agosto de 1775
Palácio de Versalhes
Filho de Carlos X de França e Maria Teresa de Saboia
20 minutos (Deposto) 20 Minutos Maria Teresa Carlota
24 de novembro de 1615
0 filhos
3 de Junho de 1844
Gorizia
68 anos
Sepultado na Mosteiro de Kostanjevica, em Nova Gorica
Também Luís XIX de França.
Em 1620, Navarra incorporada na Coroa Francesa, começando o Reino Unido de França e Navarra, embora os reis de França continuem a usar o título de reis de França e de Navarra até à 1791, e depois, durante a Restauração (1814-1830).

Para uma lista de reis que governaram a Baixa Navarra sob a égida da Coroa Francesa, veja-se a lista de monarcas da França.

Alta NavarraEditar

Para uma lista de reis que governaram a Alta Navarra, veja-se a lista de reis de Espanha.

Referências

  1. Levi-Provençal 1953, p. 14.
  2. Martínez Diez 2007, p. 23.
  3. Díez, Gonzalo Martínez (2007). Sancho III el Mayor: rey de Pamplona, Rex Ibericus (em espanhol). [S.l.]: Marcial Pons Historia 
  4. García, Fermín Miranda; Navarrete, Yolanda Guerrero (2008). Medieval: territorios, sociedades y culturas (em espanhol). [S.l.]: Silex Ediciones 
  5. Rivero, Isabel (1 de janeiro de 1982). Compendio de historia medieval española (em espanhol). [S.l.]: Ediciones AKAL 
  6. Fernández, José María Mínguez (2004). La España de los siglos VI al XIII: guerra, expansión y transformaciones : en busca de una frágil unidad (em espanhol). [S.l.]: Editorial NEREA 
  7. Cañada Juste 1982, p. 22.
  8. Cañada Juste 1981, p. 24.
  9. Cañada Juste 1982, p. 28.
  10. Riu, Manuel; Zamora, José María Jover (1999). Historia de España Menéndez Pidal (em espanhol). [S.l.]: Espasa Calpe, S.A. 
  11. Usunáriz Garayoa, Jesús María (2006). Historia breve de Navarra. [S.l.]: Silex Ediciones. p. 31. ISBN 9788477371472 
  12. a b Martínez Díez, Gonzalo (2005). El condado de Castilla, 711-1038: la historia frente a la la leyenda. 1. [S.l.]: Marcial Pons Historia. p. 315. ISBN 9788495379948 
  13. Riu y Riu, Manuel (1999). Historia de España. [S.l.]: Espasa-Calpe. p. 216. ISBN 9788423989133 
  14. Riu y Riu, Manuel (1999). Historia de España. [S.l.]: Espasa-Calpe. p. 217. ISBN 9788423989133 
  15. Ubieto Arteta, Antonio (1950). «Monarcas navarros olvidados: Los Reyes de Viguera». Hispania: Revista española de historia (38): 10. ISSN 0018-2141 
  16. Palenzuela, Vicente A. Álvarez (2005). Edad Media: historia de España (em espanhol). [S.l.]: Editorial Ariel 
  17. Gudiol, Antonio Durán (1 de janeiro de 1975). De la marca superior de Al-Andalus al reino de Aragón, Sobrarbe y Ribagorza (em espanhol). [S.l.]: Caja de Ahorros y Monte de Piedad de Zaragoza, Aragón y Rioja 
  18. Suárez Fernández, Luis; Álvarez Palenzuela, Vicente Ángel (1988). Historia General de España y América: El Fallido Intento de un Estado Hispánico Musulmán: (711-1085). 3. [S.l.]: Rialp. ISBN 9788432120985 
  19. Riu y Riu, Manuel (1999). Historia de España. [S.l.]: Espasa-Calpe. p. 212. ISBN 9788423989133 
  20. Matilla, Enrique Rodríguez-Picavea (30 de julho de 1999). La Corona de Aragón (em espanhol). [S.l.]: Ediciones AKAL 
  21. Cañada Juste 1988, p. 15-18.
  22. Martínez Díez 2017, p. 39.
  23. Reilly 1995, p. 71.
  24. Lapeña Paúl 2004, p. 22.
  25. Aguirre, José Ángel García de Cortázar y Ruiz de (1969). El dominio del Monasterio de San Millán de la Cogolla, (siglos X a XIII). Introducción a la historia rural de Castilla altomedieval (em espanhol). [S.l.]: Universidad de Salamanca 
  26. https://books.google.es/books?id=XeuWBAAAQBAJ&lpg=PA170&dq=&hl=es&pg=PA170#v=onepage&q=&f=false
  27. http://books.google.es/books?id=P6WBTALVuh8C&dq=&pg=PA135#v=onepage&q=&f=false
  28. http://books.google.es/books?id=zjUjX_JFxykC&lpg=PA35&dq=&pg=PA35#v=onepage&q=&f=true
  29. http://books.google.es/books?id=0XMQbFaY00EC&lpg=PA56&ots=qrawO4ckZn&dq=&hl=es&pg=PA59#v=onepage&q=&f=true
  30. Nas Cortes de Pamplona, ​​em 2 de maio de 1328, foi prestado juramento de lealdade a Juana como rainha, que Juana e seu marido Felipe de Évreux foram aceitos em 20 de julho(Lacarra, José María (1972). El Juramento de los reyes de Navarra (1234-1329). [S.l.]: Real Academia de la Historia. pp. 59–60 )
  31. http://books.google.es/books?id=Ovb0VM7bHcgC&dq=&pg=PA268#v=onepage&q=&f=false
  32. http://books.google.es/books?id=iBdayOrll58C&lpg=PA190&dq=&pg=PA190#v=onepage&q=&f=false