Abrir menu principal

Eleições estaduais em Rondônia em 2006

As eleições estaduais em Rondônia em 2006 aconteceram em 1 de outubro, como parte das eleições gerais no Brasil. Nesta ocasião, foram realizadas eleições em todos os 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. Os cidadãos aptos a votar elegeram o Presidente da República, o Governador e um Senador por estado, além de deputados estaduais e federais. Como nenhum dos candidatos a cargos no Executivo obtiveram mais da metade do votos válidos(o que não foi o caso de Rondônia), um segundo turno foi realizado no dia 29 de outubro. Na eleição presidencial, o segundo turno foi entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB), com a vitória de Lula. Segundo a Constituição Federal, o Presidente e os Governadores são eleitos diretamente para um mandato de quatro anos, com um limite de dois mandatos.

2002 Brasil 2010
Eleições estaduais em  Rondônia em 2006
1º de outubro de 2006
(Decisão em Primeiro turno)
Ivo Cassol 2013.JPG Fatima cleide senado.jpg
Candidato Ivo Cassol Fátima Cleide
Partido PPS PT
Natural de Concórdia, SC Porto Velho, RO
Votos 387.208 185.272
Porcentagem 54,14% 25,90%


BrasaoRondonia.jpg
Governador de Rondônia

Titular
Ivo Cassol
PPS

Os principais candidatos ao governo de Rondônia foram o governador Ivo Cassol (PPS), a Senadora Fátima Cleide (PT), Carlinhos Camurça (PSB) e o senador Amir Lando (PMDB).

O governador Ivo Cassol foi reeleito com 54,14% dos votos válidos. Em segundo lugar ficou a candidata Fátima Cleide (PT), com 25,90%.Carlinhos Camurça (PSB) obteve 12,50%. O senador Amir Lando (PMDB) ficou com 6,17% dos votos. Adilson Siqueira (Psol), obteve 1,12% e Edgar do Boi, 0,17%.Votos brancos foram 2,72% e os nulos 6,27%.[1]

Rondônia elegeu oito deputados federais: Marinha Raupp (PMDB), Mauro Nazif Rasul (PSB), Eduardo Valverde (PT), Natan Donadon (PMDB), Lindomar Garçon (PV), Anselmo (PT), Moreira Mendes (PPS), Amorim (PTB),[2] e 24 deputados estaduais.[3]

Lista dos candidatos ao Governo do Estado e resultadosEditar

Candidato a governador(a)
(em ordem alfabética)
Candidato a vice-governador(a) Coligação Previsão de gasto máximo na campanha Votos Porcentagem
Adilson Siqueira
PSOL
Margarida Arcari
PSOL
-
Sem Coligação
R$300 mil[4]
7.984 1,12%
Amir LandoPMDB Hamilton Casara
PSDB
Rondônia mais Humana
(PMDB/PSDB/PP/PHS/PMN/PTC/PRP/PTdoB)
R$ 4 milhões[5] 44.155 6,17%
Carlinhos Camurça
PSB
Inês Zanol
PSB
Juntos por Rondônia
(PSB/PDT/PTB/PL)
R$ 5 milhões[6]
89.426 12,50%
Edgar do Boi
PSDC
Valdenora Araújo
PSDC
-
R$ 5 milhões[7]
1.185 0,17%
Fátima Cleide
PT
Julio Olivar
PCdoB
Rondônia no Coração
(PT/PCdoB/PSC/PRTB)
R$ 4,5 milhões[8]
185.272 25,90%
Ivo Cassol
PPS
João Cahulla
PPS
O Trabalho Continua
(PPS/PFL/PTN/PAN/PV/PRONA)
R$ 6,5 milhões[9]
387.208 54,14%
  Eleito(a)

Lista dos candidatos ao SenadoEditar

  • Expedito Júnior
  • Acir Gurgacz
  • Melkisedek Donadon
  • José Augusto de Oliveira
  • Marcos Augusto Gomes Sussuarana

Deputados federais eleitosEditar

Foram 8 deputados federais eleitos em Rondônia.

Candidato Coligação Votos Porcentagem
Marinha Raupp
Rondônia no Coração
65.420 8,98%
Mauro Nazif Rasul
Juntos por Rondônia
43.623 5,99%
Eduardo Valverde
Rondônio no Coração
34.631 4,76%
Natan Donadon
Rondônia mais Humana
32.747 4,50%
Lindomar Garçon
O Trabalho Continua
31.446 4,32%
Anselmo de Jesus Abreu
Sem Coligação
29.401 4,04%
Moreira Mendes Filho
O Trabalho Continua
29.119 4,04%
Amorim
Juntos por Rondônia
26.573 3,65%

Referências

  1. Governador Ivo Cassol é reeleito em RondôniaG1.9 de dezembro de 2010
  2. Deputados FederaisTerra.9 de dezembro de 2010
  3. Deputados estaduaisTerra.9 de dezembro de 2010
  4. (em português) "ADILSON SIQUEIRA (PSOL)". G1. 9 de dezembro de 2010.
  5. (em português) "AMIR LANDO (PMDB)". G1. 9 de dezembro de 2010.
  6. (em português) "CARLINHOS CAMURÇA (PSB)". G1. 9 de dezembro de 2010.
  7. (em português) "EDGAR DO BOI (PSDC)". G1. 9 de dezembro de 2010.
  8. (em português) "FÁTIMA CLEIDE (PT)". G1. 9 de dezembro de 2010.
  9. (em português) "IVO CASSOL (PPS)". G1. 9 de dezembro de 2010.

Ligações externasEditar