Justiça (série de televisão)

série de televisão dramática brasileira
(Redirecionado de Justiça (minissérie))

Justiça é uma série de televisão dramática e antológica brasileira, criada por Manuela Dias e produzida pelos Estúdios Globo. Sua primeira temporada, inicialmente projetada como minissérie, foi exibida entre 22 de agosto e 23 de setembro de 2016 na TV Globo, no horário das 22 horas.[1] A segunda temporada, intitulada Justiça 2, estreou em 11 de abril de 2024 na plataforma de streaming Globoplay. Além de Dias, a série tem a colaboração de Mariana Mesquita, Lucas Paraizo, Roberto Vitorino, João Ademir e Walter Daguerre no roteiro, e conta com a direção de Isabella Teixeira, Luísa Lima, Marcus Figueiredo, Walter Carvalho, Gustavo Fernandez, Mariana Betti, Pedro Pelegrino e Ricardo França. A direção geral e artística é de José Luiz Villamarim.[2][3]

Justiça
Above Justice (EN)
Justicia (ES)
Justiça (série de televisão)
Informação geral
Formato série
Gênero drama
Duração 34–52 minutos
Criador(es) Manuela Dias
Elenco Débora Bloch
Marina Ruy Barbosa
Jesuíta Barbosa
Camila Márdila
Adriana Esteves
(Veja o elenco completo abaixo)
País de origem Brasil
Idioma original português
Temporadas 2
Episódios 48
Produção
Diretor(es) Temporada 1
Isabella Teixeira
Luísa Lima
Marcus Figueiredo
Walter Carvalho
Temporada 2
Gustavo Fernandez
Mariana Betti
Pedro Pelegrino
Ricardo França
Diretor(es) de criação José Luiz Villamarim
Editor(es) Fabricio Ferreira
Claudio Ferri
Elaine Stopatto
João Gomes
Roteirista(s) Manuela Dias
Temporada 1
Mariana Mesquita
Lucas Paraizo
Roberto Vitorino
Temporada 2
João Ademir
Walter Daguerre
Narrador(es) Fernanda Montenegro (chamadas da temp. 1 na TV Globo)
Tema de abertura Tema instrumental, por Eduardo Queiroz
Localização Recife, PE, Brasil (temp. 1)
Distrito Federal, Brasil (temp. 2)
Exibição
Emissora original TV Globo (temp. 1)
Globoplay (temp. 2)
Formato de exibição 1080i (16:9 HDTV)
4K (21:9 UHDTV) (Streaming)
Formato de áudio Dolby Digital 5.1 (DVD)
Dolby Atmos (Streaming)
Transmissão original 22 de agosto de 2016 – 23 de maio de 2024

Justiça é um drama que acompanha a vida de quatro personagens que vão presos no mesmo dia. Após sete anos, eles são soltos e precisam lidar com as consequências de suas prisões. Essas quatro histórias independentes se interligam e provocam a reflexão sobre o que é justiça, a partir do entendimento particular de cada personagem.

Justiça foi bem recebida pelos telespectadores brasileiros e pela crítica. O programa teve um alcance diário de aproximadamente 41 milhões de telespectadores e um alcance total de aproximadamente 134 milhões de telespectadores. Os quatro primeiros episódios foram disponibilizados no Globoplay antes da estreia da então minissérie na rede de televisão aberta.

Em 2017, a série foi indicada ao 45º Emmy Internacional nas categorias melhor série dramática e melhor atriz para Adriana Esteves.

Premissas editar

Temporada 1 (2016) editar

 Ver artigo principal: Justiça (1.ª temporada)

A primeira temporada de Justiça possuí quatro histórias conectadas por crimes ocorridos na noite de 26 de junho de 2009, em Recife, Pernambuco. A primeira é a de Vicente (Jesuíta Barbosa), o namorado ciumento e controlador de Isabela (Marina Ruy Barbosa), que a flagra nos braços do ex-namorado e atira nela na frente de sua mãe, Elisa (Débora Bloch), que depois nutre um desejo de se vingar do Vicente, que é preso por assassinato. A segunda história é de Fátima (Adriana Esteves), que para defender o filho do ataque do cachorro do vizinho Douglas (Enrique Díaz), ela atira no animal. Indignado, o vizinho, um policial, planta drogas no jardim dela e ela é presa como traficante. A terceira narrativa é de Rose (Jéssica Ellen), que na comemoração de seu aniversário e aprovação no vestibular, ela é detida com drogas, enquanto sua amiga branca, Débora (Luísa Arraes), não. Ao sair da cadeia, Rose descobre que Débora sofreu abuso e oferece ajuda para encontrar o estuprador. O último drama é de Maurício (Cauã Reymond), que é casado com a bailarina Beatriz (Marjorie Estiano), que após ser atropelada, fica tetraplégica. Inconformada com a nova condição, ela implora pela eutanásia para o marido, que é preso por assassinato. Vicente, Fátima, Rose e Maurício são levados para a mesma delegacia e todos são condenados a sete anos de prisão e ao saírem, precisam lidar com suas questões de ressocialização.[4][5][6]

Temporada 2 / Justiça 2 (2024) editar

 Ver artigo principal: Justiça 2

Ambientada nas cidades de Ceilândia e Brasília, no Distrito Federal, Justiça 2 acompanha mais quatro histórias. A primeira trama é do motoboy Balthazar (Juan Paiva), que é preso injustamente após ser reconhecido como assaltante do restaurante Canto do Bode em um catálogo digital de suspeitos da polícia pelo seu ex-patrão, Nestor (Marco Ricca). O segundo drama é de Carolina (Alice Wegmann), que foi violentada pelo tio Jayme (Murilo Benício) na adolescência e mudou-se de cidade para se distanciar da situação. Quando ela volta para Ceilândia, revive traumas do passado e decide denunciar seu abusador. A terceira história é de Geíza (Belize Pombal) e sua filha Sandra (Gi Fernandes), que entram em conflito com Renato (Filipe Bragança), um traficante de classe média, que se mudou para a comunidade delas, Sol Nascente, e perturba-as com seu som alto ligado 24 horas por dia. Durante uma noite, em um momento de fúria, Renato ataca Sandra e é morto por Geíza, que tenta fugir com a filha, mas é pega e presa. A quarta história é de Milena (Nanda Costa), que rouba um carro por necessidade a fim de ajudar sua mãe, mas acaba presa por um homicídio que não cometeu ao encontrarem um corpo morto no porta-malas do carro roubado. Balthazar, Jayme, Geíza e Milena são presos na mesma noite de 7 de novembro de 2016 e ao passar os sete anos, deverão reconstruir suas vidas.[7]

Elenco e personagens editar

1ª temporada editar

Na primeira temporada, a exibição dos capítulos eram semanais, e para cada dia da semana, um episódio apresentava um elenco central.

* Leal reprisa seu papel na segunda temporada, sendo introduzida no "Caso Jayme".[31]

2ª temporada editar

A lista do elenco abaixo está organizada em ordem de lançamento dos episódios.

Produção editar

 
Orla do Recife, onde mora a personagem Elisa (Débora Bloch) e onde Rose (Jéssica Ellen) foi presa.

A primeira temporada de Justiça foi gravada no Recife, num esforço da TV Globo para ambientar algumas de suas produções fora do eixo Rio-São Paulo. Segundo o diretor, a capital pernambucana foi escolhida devido à sua distribuição de renda, que é muito desigual, dando mais veracidade à minissérie. Para Villamarim, "Recife é uma síntese do Brasil".[42][43]

A forma de contar a trama, que tem quatro histórias paralelas que se cruzam, já foi utilizada no cinema, em filmes como Short Cuts (1993), Crash (2004) e Babel (2006).[44] A preparação do elenco da primeira temporada foi feita com Chico Accioly e o rabino Nilton Bonder.[45][46]

Em maio de 2022, a TV Globo anunciou que a premiada minissérie ganharia uma nova temporada exibida exclusivamente pelo serviço de streaming Globoplay. A continuação da produção indicada ao Emmy Internacional como Melhor Série em 2016, segue com a assinatura de Manuela Dias e o mesmo formato da primeira temporada e previsão de estreia inicial para o segundo semestre de 2023.[47]

As gravações da segunda temporada se iniciaram em março de 2023 em Ceilândia e Sol Nascente, regiões administrativas do Distrito Federal, encerrando-se em julho nos Estúdios Globo. O primeiro teaser da série foi exibido em durante painel do Grupo Globo no Rio2C. Os personagens de Alice Wegmann, Nanda Costa, Paolla Oliveira, Juan Paiva e Murilo Benício foram os destaques nas primeiras imagens.[48]

Episódios editar

Visão geral editar

Temporada Episódios Exibição original Emissora
Estreia da temporada Final da temporada
1 20 22 de agosto de 2016 23 de setembro de 2016 TV Globo
2 28 11 de abril de 2024 23 de maio de 2024 Globoplay

Música editar

 
Rufus Wainwright interpreta o tema central da minissérie, um cover de Leonard Cohen.

Justiça tem como tema principal a canção "Hallelujah", um cover de Rufus Wainwright para a canção de Leonard Cohen, que é executada em algumas cenas e nos trailers. A primeira temporada, chamada na época de minissérie, conta com as seguintes canções:[49]

Justiça (Trilha Sonora da Minissérie)

N.º TítuloArtista(s) Duração
1. "Hallelujah" (canção original de Leonard Cohen)Rufus Wainwright 4:08
2. "Risoflora"  Elba Ramalho 4:00
3. "Pedaço de Mim"  Chico Buarque e Zizi Possi 3:17
4. "Crua"  Otto 3:30
5. "Último Romance"  Los Hermanos 4:23
6. "Dona da Minha Cabeça"  Geraldo Azevedo 3:25
7. "Vamos Fugir" (canção original de Skank)Gilberto Gil 5:37
8. "Amor Perfeito"  Roberto Carlos 4:54
9. "Revelação"  Fagner 4:17
10. "Gente Aberta"  Erasmo Carlos 2:20
11. "Tempo de Estilo"  Caetano Veloso 5:08
12. "Pense em Mim" (canção original de Leandro & Leonardo)Johnny Hooker 3:08
13. "Chão de Giz"  Zé Ramalho 4:47
14. "Acabou Chorare"  Novos Baianos 4:13
15. "O Que Será? (À flor da pele)"  Chico Buarque e Milton Nascimento 4:13
16. "Candy"  Iggy Pop 4:13
17. "O Bobo"  Cícero 3:41
18. "Gracias a la vida" (canção original de Mercedes Sosa)Elis Regina 4:23
19. "Fui Fiel"  Pablo 3:26
20. "É o Amor"  Zezé Di Camargo & Luciano 3:22
21. "Justiça / Contrastes"  Eduardo Queiroz 3:05
Duração total:
1:20:27

Recepção editar

Análise da crítica editar

Após a primeira semana de exibição da primeira temporada, a então minissérie, Henrique Haddefinir fez para o site Omelete uma avaliação individual dos episódios, baseada na premissa da série. De todas as histórias contadas, Haddefinir apontou que a de Rose (Jéssica Ellen) "pode enfraquecer a coerência do roteiro se não for bem controlada" por ter uma subversão em sua busca por justiça, em relação aos demais personagens principais. Com base nos trailers, Justiça é definida como "sombria e pesada" e sua iniciativa por apresentar um texto complexo na televisão aberta é apontada como ponto positivo.[50]

Audiência editar

Em seu primeiro capítulo, a primeira temporada registrou 29,6 pontos de média e 49% de share no Ibope em São Paulo, aumentando a audiência do horário em 30%[51] No segundo capítulo, a trama conseguiu 28 pontos e 44% de participação.[52] Os episódios seguintes mantiveram os bons resultados iniciais.[53][54][55]

Prêmios e indicações editar

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref.
2016
Prêmio Extra de Televisão
Melhor Série
Manuela Dias
Venceu [56]
Melhor Atriz
Adriana Esteves
Venceu [56]
Débora Bloch
Indicado [56]
Melhor Ator
Jesuíta Barbosa
Indicado [56]
Melhor Atriz Coadjuvante
Leandra Leal
Indicado [56]
Melhor Ator Coadjuvante
Enrique Díaz
Indicado [56]
Revelação Feminina
Camila Márdila
Indicado [56]
Melhor Ator/Atriz Mirim
Tobias Carrieres
Indicado [56]
Troféu APCA
Melhor Série
Manuela Dias
Venceu [57]
Melhor Diretor
José Luiz Villamarim
Venceu [57]
Melhor Ator
Enrique Díaz
Indicado [57]
Melhor Atriz
Adriana Esteves
Indicado [57]
Débora Bloch
Indicado [57]
Melhores do Ano
Melhor Ator de Série ou Minissérie
Cauã Reymond
Indicado [58]
Jesuíta Barbosa
Venceu
Melhor Atriz de Série ou Minissérie
Adriana Esteves
Venceu
Débora Bloch
Indicado
Prêmio Quem de Televisão
Melhor Atriz
Adriana Esteves
Venceu [59]
Débora Bloch
Indicado
Melhor Ator
Cauã Reymond
Indicado
Vladimir Brichta
Indicado
Melhor Atriz Coadjuvante
Drica Moraes
Indicado
Melhor Ator Coadjuvante
Enrique Díaz
Indicado
Melhor Autor
Manuela Dias
Indicado
2017
Emmy Internacional
Melhor Série Dramática
Manuela Dias
Indicado [60]
Melhor Atriz
Adriana Esteves
Indicado

Referências

  1. «Antes da estreia, minissérie "Justiça", da Globo, terá capítulos iniciais divulgados na internet». GZH. 19 de agosto de 2016. Consultado em 27 de março de 2024 
  2. «Minissérie "Justiça" mostra personagens condenados por diferentes crimes». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 27 de março de 2024 
  3. «'Do Plim ao play: vamos juntos fazer acontecer?'». Imprensa Globo. Consultado em 27 de março de 2024 
  4. «Justiça». Memórias Globo.com. Consultado em 24 de abril de 2024 
  5. «Justiça». Teledramaturgia.com. Consultado em 24 de abril de 2024 
  6. {[citar web|url=https://gshow.globo.com/tv/noticia/2016/06/justica-conheca-historia-da-nova-minisserie-da-globo.html%7Ctítulo='Justiça': veja um resumo da história da nova minissérie da Globo|website=Gshow.globo.com|data=20 de junho de 2016|acessodata=24 de abril de 2024}}
  7. «Justiça 2: Tudo o que sabemos sobre a série em 1 minuto». Gshow.globo.com. 14 de março de 2024. Consultado em 24 de abril de 2024 
  8. Giselle de Almeida (20 de julho de 2016). «Debora Bloch terá filha assassinada e sede por vingança em "Justiça"». UOL TV e Famosos. Consultado em 21 de julho de 2016 
  9. Gshow (13 de junho de 2016). «Jesuíta Barbosa será noivo de Marina Ruy Barbosa na minissérie 'Justiça'». TV. Consultado em 21 de julho de 2016 
  10. a b c Gshow (23 de junho de 2016). «Elenco de 'Justiça': veja os atores da nova minissérie». TV. Consultado em 22 de julho de 2016 
  11. Carla Bittencourt (3 de maio de 2016). «Marina Ruy Barbosa viverá patricinha fútil em 'Justiça' e trairá noivo». Extra. Telinha. Consultado em 21 de julho de 2016 
  12. Anna Luiza Santiago (28 de abril de 2016). «Vilã das 19h, Priscila Steinman fala da cena da morte de Sofia». O Globo. Patrícia Kogut. Consultado em 21 de julho de 2016 
  13. a b Anna Luiza Santiago (21 de julho de 2016). «Ex-'Malhação', Giovana Echeverria fala de cenas de sexo em 'Justiça' e no cinema». O Globo. Patrícia Kogut. Consultado em 21 de julho de 2016 
  14. Rafaela Santos (6 de julho de 2016). «Pedro Lamin será ex de Marina Ruy Barbosa em 'Justiça'». O Globo. Patrícia Kogut. Consultado em 21 de julho de 2016 
  15. Paula Paiva (21 de julho de 2016). «Adriana Esteves divide set com Vladimir Brichta em 'Justiça' e diz como concilia trabalho e família». Gshow. Consultado em 21 de julho de 2016 
  16. Gshow (9 de junho de 2016). «Enrique Diaz será um policial na minissérie 'Justiça'». TV. Consultado em 21 de julho de 2016 
  17. Carla Bittencourt (11 de julho de 2016). «Entenda as tramas da série 'Justiça'». Extra. Telinha. Consultado em 21 de julho de 2016 
  18. Gshow (15 de julho de 2016). «Ângelo Antônio será motorista de ônibus em 'Justiça' e fará par romântico com Adriana Esteves». TV. Consultado em 21 de julho de 2016 
  19. Rafaela Santos (4 de junho de 2016). «Julia Dalavia muda visual para interpretar prostituta em série». O Globo. Patrícia Kogut. Consultado em 21 de julho de 2016 
  20. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome est
  21. Gshow (18 de julho de 2016). «Júlio Andrade será o cantor Firmino na minissérie 'Justiça'». TV. Consultado em 21 de julho de 2016 
  22. «Leandro Léo fala de personagem em nova minissérie da Globo». Jornal da Paraíba. 24 de agosto de 2016. Consultado em 21 de julho de 2016 
  23. Gshow (10 de junho de 2016). «Jéssica Ellen viverá ex-prisioneira e será uma das protagonistas de 'Justiça'». TV. Consultado em 21 de julho de 2016 
  24. Gshow (13 de junho de 2016). «Luisa Arraes vai interpretar vítima de abuso sexual na próxima minissérie 'Justiça'». TV. Consultado em 21 de julho de 2016 
  25. Carla Bittencourt (19 de maio de 2016). «Adriana Esteves vira doméstica em 'Justiça' e Vladimir Brictha será traficante». Extra. Telinha. Consultado em 21 de julho de 2016 
  26. a b c UOL SP (18 de julho de 2016). «Minissérie "Justiça" mostra personagens condenados por diferentes crimes». UOL TV e Famosos. Consultado em 21 de julho de 2015 
  27. Gshow (21 de junho de 2016). «Cauã Reymond tira a barba e adota visual mais conservador para viver Maurício em 'Justiça'». TV. Consultado em 21 de julho de 2016 
  28. Gshow (11 de julho de 2016). «Antonio Calloni viverá empresário sem escrúpulos em 'Justiça' e cometerá crime na trama». TV. Consultado em 21 de julho de 2016 
  29. Gshow (24 de junho de 2016). «Drica Moraes se envolverá com personagem de Cauã Reymond em 'Justiça'». TV. Consultado em 21 de julho de 2016 
  30. Gshow (13 de junho de 2016). «Marjorie Estiano grava as primeiras cenas na pele da bailarina Beatriz, de 'Justiça'». Bastidores. Consultado em 21 de julho de 2016 
  31. Selvatti', 'Patrick (13 de fevereiro de 2012). «'Justiça 2' será gravada no Distrito Federal entre março e abril». Diversão e Arte. Consultado em 18 de março de 2023 
  32. Cardoso, Jorge (16 de fevereiro de 2023). «Atriz de O Cravo e a Rosa é escalada para segunda temporada de Justiça». TV Pop. Consultado em 12 de março de 2023 
  33. «Julia Lemmertz e Adriano Garib farão 'Justiça' 2. Saiba os papéis». O Globo. Consultado em 12 de março de 2023 
  34. «'Justiça' retorna com novos personagens e histórias». Correio 24 Horas. 10 de abril de 2024. Consultado em 12 de abril de 2024 
  35. «Rita Assemany fará 'Justiça 2'. Conheça a personagem». O Globo. Consultado em 13 de abril de 2023 
  36. «Danton Mello fará 'Justiça' 2. Saiba o papel». O Globo. Consultado em 13 de abril de 2023 
  37. Papelpop, Redação (2 de março de 2023). «Paolla Oliveira e Nanda Costa serão rivais na nova temporada de "Justiça"; saiba mais». PAPELPOP. Consultado em 12 de março de 2023 
  38. Vieira, Nayara (5 de março de 2023). «Paolla Oliveira assume papel de vilã em Justiça 2». MIX ME. Consultado em 12 de março de 2023 
  39. «Globo define início de gravações de Justiça 2». NaTelinha. Consultado em 12 de março de 2023 
  40. Solamini, Geovanne (18 de fevereiro de 2023). «Após ter novela prejudicada, autora ganhará nova chance na Globo». TV História. Consultado em 12 de março de 2023 
  41. «Longe da Globo há 16 anos, Tereza Seiblitz vai voltar ao ar em série». O Globo. Consultado em 18 de março de 2023 
  42. «'Ter bons atores não é garantia de sucesso; o que dá audiência são boas histórias', diz José Luiz Villamarim». Folha de S.Paulo. Consultado em 27 de março de 2024 
  43. «Conheça os personagens da minissérie Justiça, gravada no Recife». Jornal do Commercio. Consultado em 27 de março de 2024 
  44. Lígia Mesquita (12 de junho de 2016). «'Ter bons atores não é garantia de sucesso; o que dá audiência são boas histórias', diz José Luiz Villamarim». Folha de S.Paulo. Ilustrada. Consultado em 12 de junho de 2016 
  45. Viver/Diário (3 de maio de 2016). «No Recife, gravações de nova série da Globo começam com Jesuíta Barbosa e Camila Márdila». Diário de Pernambuco. Consultado em 21 de julho de 2016 
  46. Patrícia Kogut (15 de abril de 2016). «Leandra Leal e Enrique Diaz serão um casal na série 'Justiça'». O Globo. Consultado em 12 de junho de 2016 
  47. «Justiça 2: Série volta à Globo com mesma música, personagem intensa e nova cidade». Noticias de TV. Consultado em 26 de março de 2024 
  48. «Globo apresenta lançamentos para todas as telas durante painel no Rio2C». Gshow. Consultado em 27 de março de 2024 
  49. Música (16 de agosto de 2016). «Trilha sonora de 'Justiça' tem Roberto Carlos, Los Hermanos, Chico Buarque e mais!». Gshow. Consultado em 27 de março de 2024 
  50. Henrique Haddefinir (28 de agosto de 2016). «Justiça - Nossas primeiras impressões da minissérie da Globo». Omelete. UOL. Consultado em 31 de agosto de 2016 
  51. «Malhação tem a melhor estreia em quatro anos e Justiça eleva ibope em 30%» 
  52. «Nova Malhação surpreende, e novelas da Globo têm noite de recordes» 
  53. «Adnight derruba audiência da Globo e perde para A Praça É Nossa» 
  54. «Eta Mundo Bom! chega ao fim com maior audiência em quase dez anos». Notícias da TV. UOL. 29 de agosto de 2016. Consultado em 29 de agosto de 2016 
  55. [1] Sol Nascente repete boa audiência de estreia de Eta Mundo Bom!
  56. a b c d e f g h «Prêmio Extra de TV 2016: vote nos melhores da televisão». 22 de outubro de 2016 
  57. a b c d e «'Aquarius', 'Velho Chico', Rita Lee e Montagner levam os prêmios da APCA». 3 de dezembro de 2016 
  58. Melhores do Ano: conheça os vencedores ao prêmio em 2016[ligação inativa]
  59. Os vencedores do Prêmio QUEM
  60. 'Justiça', 'Tá no Ar', 'Velho Chico', 'Totalmente Demais' e 'Alemão' concorrem ao Emmy Internacional

Ligações externas editar