Lista de mulheres laureadas com o Nobel

Até o ano de 2020, 57 mulheres ganharam o Prêmio Nobel, e um total de 58 Prêmios Nobel foram concedidos a mulheres (Marie Curie ganhou duas vezes, uma em física e outro em química). Até 2020, o Prêmio Nobel foi concedido a um total de 873 homens, 57 mulheres e 25 organizações (contando aqueles que ganharam vários prêmios apenas uma vez cada).[1]

Todos os prêmios Nobel ganhos por mulheres (1901–2020)

A primeira mulher a ganhar um Prêmio Nobel foi Marie Curie, que ganhou o Prêmio Nobel de Física em 1903 com seu marido, Pierre Curie, e Antoine Henri Becquerel.[2][3] Curie também é a única mulher a ganhar múltiplos Prêmios Nobel; em 1911, ela ganhou o Prêmio Nobel de Química. A filha de Curie, Irène Joliot-Curie, ganhou o Prêmio Nobel de Química em 1935, tornando ambas a única dupla de mãe e filha a receber o Prêmio Nobel.[2]

O maior número de prêmios Nobel atribuídos a mulheres em um único ano foi em 2009, quando cinco mulheres foram laureadas em quatro categorias.

As mulheres que receberam o Prêmio Nobel mais recentemente foram Louise Glück em Literatura, Andrea Ghez em Física, Emmanuelle Charpentier e Jennifer Doudna em Química (2020), Esther Duflo em Economia (2019), Donna Strickland em Física, Frances Arnold em Química, Nadia Murad pela Paz e Olga Tokarczuk em Literatura (2018).

A distribuição das mulheres ganhadoras do Prêmio Nobel é a seguinte:[2][4]

  • dezessete mulheres ganharam o Prêmio Nobel da Paz (12,6% de 107 indivíduos e 28 organizações no total[5]);
  • dezesseis ganharam o Prêmio Nobel de Literatura (13,7% de 117 laureados no total[6]);
  • doze ganharam o Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina (5,4% de 222 laureados no total[7]);
  • sete ganharam o Prêmio Nobel de Química (3,8% de 186 laureados no total[8]);
  • quatro ganharam o Prêmio Nobel de Física (1,9% de 216 laureados no total[9]);
  • e duas, Elinor Ostrom e Esther Duflo, ganharam o Prêmio Nobel de Ciências Econômicas (2,3% de 86 laureados no total[10]).

LaureadasEditar

Ano Imagem Laureada País Categoria Citação
1903   Marie Skłodowska Curie
(dividido com Pierre Curie e Antoine Henri Becquerel)
Polônia e França Física "pelas suas pesquisas conjuntas sobre o fenômeno da radiação descoberta pelo professor Antoine Henri Becquerel"[3]
1905   Bertha von Suttner Áustria–Hungria Paz por ter escrito Abaixo as Armas! e ter contribuído para a criação do Prêmio; Presidente Honorária da Gabinete Internacional Permanente para a Paz;[11]
1909   Selma Lagerlöf Suécia Literatura "em apreciação pelo idealismo sublime, imaginação vívida e percepção espiritual que caracterizam seus escritos"[12]
1911   Marie Skłodowska Curie Polônia e França Química "por sua descoberta dos elementos químicos rádio e polônio"[13]
1926   Grazia Deledda Itália Literatura "por seus escritos idealisticamente inspirados que, com clareza plástica descreve a vida na sua ilha natal e com profundidade e simpatia trata dos problemas humanos em geral"[14]
1928   Sigrid Undset Noruega Literatura "principalmente pelas suas fortes descrições da vida nórdica durante a Idade Média"[15]
1931   Jane Addams
(dividido com Nicholas Murray Butler)
Estados Unidos Paz "[p]or seu trabalho de reforma social" e por "liderar a Liga Internacional de Mulheres pela Paz e Liberdade"[16]
1935   Irène Joliot-Curie
(dividido com Frédéric Joliot-Curie)
França Química "pela síntese de novos elementos radioativos"; descobriu a existência do nêutron e a radioatividade artificial[17]
1938   Pearl S. Buck Estados Unidos Literatura "por suas ricas e verdadeiras descrições épicas da vida dos camponeses na China e por seus trabalhos biográficos"[18]
1945   Gabriela Mistral Chile Literatura "por sua poesia lírica, inspirada por fortes emoções, que fez de seu nome um símbolo das aspirações idealistas de todo o mundo latino-americano"[19]
1946   Emily Greene Balch
(dividido com John Raleigh Mott)
Estados Unidos Paz "ex-professora de História e Sociologia; Presidente internacional honorária, Liga Internacional de Mulheres pela Paz e Liberdade"[20]
1947   Gerty Cori
(dividido com Carl Ferdinand Cori e Bernardo Houssay)
Estados Unidos Fisiologia ou Medicina "por suas descobertas do processo de conversão catalítica de carboidratos"[21]
1963   Maria Goeppert-Mayer
(dividido com J. Hans D. Jensen e Eugene Wigner)
Estados Unidos Física "por suas contribuições para a teoria do núcleo atômico e partículas elementares, particularmente pela descoberta e aplicações dos princípios fundamentais de simetria"[22]
1964   Dorothy Crowfoot Hodgkin Reino Unido Química "por suas determinações por técnicas de raio-X das estruturas de importantes substâncias bioquímicas"[23]
1966   Nelly Sachs
(dividido com Samuel Agnon)
Suécia e Alemanha Literatura "por sua arte narrativa profundamente característica com motivos da vida do povo judeu"[24]
1976   Betty Williams Reino Unido Paz "Fundador[as] do Movimento pela Paz na Irlanda do Norte (posteriormente renomeado Comunidade Gente de Paz)"[25]
  Mairead Corrigan
1977   Rosalyn Yalow
(dividido com Roger Guillemin e Andrew Schally)
Estados Unidos Fisiologia ou Medicina "por estudos relacionados com vários hormônios produzidos pelo hipotálamo."[26]
1979   Madre Teresa de Calcutá Índia e Jugoslávia Paz "Fundadora das Missionárias da Caridade."[27]
1982   Alva Reimer Myrdal
(dividido com Alfonso García Robles)
Suécia Paz "[por] seus trabalhos magníficos nas negociações de desarmamento das Nações Unidas, nas quais ambas tiveram papel crucial e ganharam reconhecimento internacional"[28]
1983   Barbara McClintock Estados Unidos Fisiologia ou Medicina "pelo seu trabalho com os transposões"[29]
1986   Rita Levi-Montalcini
(dividido com Stanley Cohen)
Itália e Estados Unidos Fisiologia ou Medicina "pelas suas descobertas do fator de crescimento da epiderme"[30]
1988   Elion, Gertrude B.Gertrude B. Elion
(dividido com James W. Black e George H. Hitchings)
Estados Unidos Fisiologia ou Medicina "por suas descobertas de princípios fundamentais para o tratamento com drogas."[31]
1991   Nadine Gordimer África do Sul Literatura "que pela sua magnífica escrita épica trouxe — nas palavras de Alfred Nobel — um grande benefício para a humanidade"[32]
  Aung San Suu Kyi Myanmar Paz "por sua luta não-violenta pela democracia e direitos humanos"[33]
1992   Rigoberta Menchú Guatemala Paz "por seu trabalho por justiça social e reconciliação étnico-cultural baseada no respeito pelos direitos dos povos indígenas"[34]
1993   Toni Morrison Estados Unidos Literatura "que em romances caracterizados por força visionária e lastro poético, oferece vida a um aspecto essencial da realidade dos Estados Unidos"[35]
1995   Christiane Nüsslein-Volhard
(dividido com Edward B. Lewis e Eric F. Wieschaus)
Alemanha Fisiologia ou Medicina "pela identificação dos genes que controlam o início do desenvolvimento dos animais (genes homeóticos)"[36]
1996   Wisława Szymborska Polônia Literatura "pela poesia que, com precisão irônica, permite que contextos históricos e biológicos venham à tona, em fragmentos de realidade humana"[37]
1997   Jody Williams
(dividido com a Campanha Internacional para a Eliminação de Minas)
Estados Unidos Paz "por seu trabalho pela proibição e limpeza de minas antipessoais"[38]
2003   Shirin Ebadi Irã Paz "por seus esforços pela democracia e os direitos humanos. Concentrou-se especialmente na luta pelos direitos das mulheres e das crianças"[39]
2004   Elfriede Jelinek Áustria Literatura "pelo seu fluxo musical de vozes e contra-vozes em novelas e peças que com extraordinário zelo linguístico revelam o absurdo dos clichés/clichês da sociedade e o seu poder subjugante"[40]
  Wangari Maathai Quênia Paz "por sua contribuição para o desenvolvimento sustentável, a democracia e a paz"[41]
  Linda Buck
(dividido com Richard Axel)
Estados Unidos Fisiologia ou Medicina "pelas suas descobertas dos receptores odoríferos e organização do sistema olfactivo"[42]
2007   Doris Lessing Reino Unido Literatura "tal epicista da experiência feminina que, com ceticismo, ardor e poder visionário sujeitou uma civilização dividia ao escrutínio"[43]
2008   Françoise Barré-Sinoussi
(dividido com Harald zur Hausen e Luc Montagnier)
França Fisiologia ou Medicina "por suas descobertas sobre o vírus da imunodeficiência humana"[44]
2009   Elizabeth Blackburn
(dividido com Jack W. Szostak)
Austrália e Estados Unidos Fisiologia ou Medicina "pela descoberta da enzima telomerase e dos telómeros como protectores das extremidades dos cromossomas"[45]
  Carol Greider
(dividido com Jack W. Szostak)
Estados Unidos
  Ada Yonath
(dividido com Venkatraman Ramakrishnan e Thomas A. Steitz)
Israel Química "por trabalhos sobre "a estrutura e a função do ribossoma", estrutura que produz as proteínas nas células"[46]
  Herta Müller Alemanha e Romênia Literatura "que, com a densidade da sua poesia e franqueza da prosa, retrata o universo dos desapossados"[47]
  Ostrom, ElinorElinor Ostrom
(dividido com Oliver E. Williamson)
Estados Unidos Economia "pela sua análise da governança econômica, especialmente dos bens comuns"[48]
2011   Ellen Johnson Sirleaf Libéria Paz "pelas suas lutas não-violentas pela segurança de mulheres e pelos direitos das mulheres de sua plena participação no trabalho de construção da paz"[49]
  Leymah Gbowee
  Tawakel Karman Iêmen
2013   Alice Munro Canadá Literatura "mestra do conto contemporâneo"[50]
2014   May-Britt Moser
(dividido com Edvard Moser e John O'Keefe)
Noruega Fisiologia ou Medicina "pelas suas descobertas de células que constituem um sistema de posicionamento no cérebro"[51]
  Malala Yousafzai
(dividido com Kailash Satyarthi)
Paquistão Paz "por sua luta contra a repressão de crianças e jovens e pelo direito de todas as crianças à educação".[52]
2015   Tu Youyou
(dividido com William C. Campbell e Satoshi Ōmura)
China Fisiologia ou Medicina "pelas suas descobertas sobre uma nova terapia contra a malária"[53]
  Svetlana Alexijevich Bielorrússia Literatura "pelos seus escritos polifônicos, um monumento ao sofrimento e à coragem em nosso tempo"[54]
2018   Donna Strickland
(dividido com Gérard Mourou e Arthur Ashkin)
Canadá Física "por invenções inovadoras no campo da física do laser"[55]
  Frances Arnold
(dividido com Gregory Winter e George Smith)
Estados Unidos Química "pela evolução dirigida de enzimas"[56]
  Nadia Murad
(dividido com Denis Mukwege)
Iraque Paz "por seus esforços pelo fim do uso da violência sexual como uma arma de guerra e de conflito armado"[57]
  Olga Tokarczuk Polônia Literatura[nota 1] "por uma imaginação narrativa que, com paixão enciclopédica, representa o cruzamento de fronteiras como uma forma de vida"[59]
2019

 

Esther Duflo
(dividido com Abhijit Banerjee e Michael Kremer)
França e Estados Unidos Economia "por sua abordagem experimental para aliviar a pobreza global"[60]
2020 Andrea Ghez
(dividido com Reinhard Genzel e Roger Penrose)
Estados Unidos Física "pela descoberta de um objeto compacto supermassivo no centro de nossa galáxia"[61]
  Emmanuelle Charpentier
(dividido com Jennifer Doudna)
França Química "pelo desenvolvimento de um método de edição de genoma"[62]
  Jennifer Doudna
(dividido com Emmanuelle Charpentier)
Estados Unidos
  Louise Glück Estados Unidos Literatura "por sua inconfundível voz poética que com austera beleza torna universal a existência individual"[63]
2021

 

Ressa, MariaMaria Ressa
(dividido com Dmitry Andreyevich Muratov
Filipinas Paz "pelo seu esforço na proteção da liberdade de expressão, que é pré-condição para a democracia e uma paz duradoura[64]

Notas

  1. O Prêmio Nobel de Literatura de 2018 foi concedido em 2019, quando escândalos dentro da Academia Sueca forçaram o adiamento da cerimônia.[58]

Referências

  1. «Nobel Prize facts». NobelPrize.org (em inglês). Consultado em 9 de outubro de 2020 
  2. a b c «Nobel Laureates Facts - Women» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  3. a b «The Nobel Prize in Physics 1903» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  4. «Economics 2009» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  5. «All Nobel Peace Prizes». NobelPrize.org (em inglês). Consultado em 9 de outubro de 2020 
  6. «All Nobel Prizes in Literature». NobelPrize.org (em inglês). Consultado em 9 de outubro de 2020 
  7. «All Nobel Prizes in Physiology or Medicine». NobelPrize.org (em inglês). Consultado em 9 de outubro de 2020 
  8. «All Nobel Prizes in Chemistry». NobelPrize.org (em inglês). Consultado em 9 de outubro de 2020 
  9. «All Nobel Prizes in Physics». NobelPrize.org (em inglês). Consultado em 9 de outubro de 2020 
  10. «All Prizes in Economic Sciences». NobelPrize.org (em inglês). Consultado em 9 de outubro de 2020 
  11. «Nobel Peace Prize 1905» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  12. «Nobel Prize in Literature 1909» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  13. «The Nobel Prize in Chemistry 1911» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  14. «Nobel Prize in Literature 1926» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  15. «Nobel Prize in Literature 1928» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  16. «Nobel Peace Prize 1931» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  17. «The Nobel Prize in Chemistry 1935» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  18. «Nobel Prize in Literature 1938» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  19. «Nobel Prize in Literature 1945» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  20. «Nobel Peace Prize 1946» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  21. «Nobel Prize in Physiology or Medicine 1947» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  22. «The Nobel Prize in Physics 1963» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  23. «The Nobel Prize in Chemistry 1964» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  24. «Nobel Prize in Literature 1966» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  25. «Nobel Peace Prize 1976» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  26. «Nobel Prize in Physiology or Medicine 1977» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  27. «Nobel Peace Prize 1979» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  28. «Nobel Peace Prize 1982» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  29. «Nobel Prize in Physiology or Medicine 1983» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  30. «Nobel Prize in Physiology or Medicine 1986» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  31. «Nobel Prize in Physiology or Medicine 1988» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  32. «Nobel Prize in Literature 1991» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  33. «Nobel Peace Prize 1991» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  34. «Nobel Peace Prize 1992» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  35. «Nobel Prize in Literature 1993» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  36. «Nobel Prize in Physiology or Medicine 1995» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  37. «Nobel Prize in Literature 1996» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  38. «Nobel Peace Prize 1997» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  39. «Nobel Peace Prize 2003» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  40. «Nobel Prize in Literature 2004» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  41. «Nobel Peace Prize 2004» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  42. «Nobel Prize in Physiology or Medicine 2004» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  43. «Nobel Prize in Literature 2007» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  44. «Nobel Prize in Physiology or Medicine 2008» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  45. «Nobel Prize in Physiology or Medicine 2009» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  46. «Nobel Prize in Chemistry 2009» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  47. «Nobel Prize in Literature 2009» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  48. «Nobel Prize in Economics 2009» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  49. «The Nobel Peace Prize 2011» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  50. «The Nobel Prize in Literature 2013» (PDF) (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020. Cópia arquivada (PDF) em 12 de outubro de 2013 
  51. «The Nobel Prize in Physiology or Medicine 2014» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  52. «The Nobel Peace Prize 2014» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  53. «The Nobel Prize in Physiology or Medicine 2015» (PDF) (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  54. «Nobel Prize in Literature 2015» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  55. «The Nobel Prize in Physics 2018» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  56. «Nobel Prize in Chemistry Is Awarded to 3 Scientists for Using Evolution in Design of Molecules» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  57. «Nobel Peace Prize for anti-rape activists Nadia Murad and Denis Mukwege» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  58. Henley, Jon (10 de outubro de 2019). «Two Nobel literature prizes to be awarded after sexual assault scandal». The Guardian (em inglês). Consultado em 9 de outubro de 2020 
  59. «Nobel Prize in Literature 2018» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  60. «Press release: The Prize in Economic Sciences 2019» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  61. «Nobel Prize awarded women» (em inglês). Fundação Nobel. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  62. «The Nobel Prize in Chemistry 2020» (em inglês). Nobel Prize. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  63. «The Nobel Prize in Literature 2020» (em inglês). Nobel Prize. Consultado em 9 de outubro de 2020 
  64. «The Nobel Prize in Peace 2021» (em inglês). Nobel Prize. Consultado em 8 de outubro de 2021 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre mulheres laureadas com o Nobel